O Rui Pereira que meta trela e açaime nos animais

quarta-feira, 6 de abril de 2011


Lembram-se deste rapaz, que seguramente já todos vimos em imagens na televisão ou no Youtube relativas à carga policial de domingo passado na Luz?

Vasco Cabral, 28 anos, perdeu o olho esquerdo, na sequência dos disparos de balas de borracha efectuados pela PSP, durante os confrontos que antecederam o clássico de domingo, relata o Correio da Manhã.

Balas essas "disparadas apenas para o ar de modo a fazer dispersar a multidão", como assegurou na altura o intendente, ou comandante, ou o raio que o parta da PSP. Quando um disparo para o ar atinge em cheio um olho de alguém, julgo que nem sequer são necessários comentários...

Aguardo a reacção oficial da direcção do Benfica em relação um adepto do clube ter ficado sem uma vista dentro do perímetro do Estádio da Luz, devido à brutalidade das forças de segurança. E além de aguardar espero que seja uma reacção duríssima. E não me interessa se o ministro da Administração Interna costuma sentar-se na mesa presidencial nas Galas do Benfica a enfardar rissóis de camarão.

E é bom relembrar o senhor ministro que, graças a isto, dia 20 os ânimos vão estar ainda mais incendiados e mais anti-PSP. Ele que controle bem a matilha se não corremos sério risco que haja uma desgraça maior.


Ficar sem um olho por ir ver bola? Foda-se, pá... Isto não se faz. Não é justo. É difícil um gajo conformar-se com uma coisa destas. É difícil não pensar "podia ter sido eu".

4 comentários:

antoniomaia disse...

a nossa solidariedade com o Vasco Cabral, claro!

tem alguma piada é verificarmos os comportamentos das bófias em Lisboa e o no Porto, esta distinção deixa-me enojado :)
depois, fazia um apelo à inteligência dos adeptos benfiquistas, é um erro muito grande enfrentar as bestas de peito feito, não pode, são sempre os mesmos que perdem, as forças são desproporcionadíssimas.
GUERRILHA! guerrilha! as pessoas organizem-se e guerrilha para receber os "amigos", com um trabalho bem feito e organizado quero ver quem ganhará. Há muita informação sobre o assunto e a história mostra a eficácia.
Era bom que as pessoas tivessem a noção que é fácil, barato e resulta, sem a necessidade de muita gente.
Lamento estar aqui com essas ideias, mas sofro bué quando vejo as pessoas serem agredidos brutalmente.
Organizem-se!
Amanhã estamos lá, rumo à Irlanda!
Força Benfica!
e pluribus unum!

FCdaFruta disse...

É triste sem dúvida... Lá no dragão até a PSP ruma para o mesmo lado... Tudo em defesa dos corruptos... Lembro-me de ter visto estas declarações o ano passado no jogo idêntico lá no dragão... Esse video reflecte a postura da postura da PSP no Norte... Vejam bem apartir do minuto 1:10...

http://www.youtube.com/watch?v=phET5q8bjEs&feature=related

Adamastásio disse...

"além de aguardar espero uma reacção duríssima"... Oxalá esteja enganado, mas é melhor esperares sentado, Éter.

Institucionalmente somos representados por um cacho de verdadeiros BANANAS.

Basta lembrar os resultados das medidas preconizadas no patético comunicado redigido no início da época. Muita indignação, muitas advertências expressas e veladas, apelos a boicotes a jogos fora, etc. e tal ... com os resultados que se conhecem. E aposto já aqui o meu testículo mais descaído (o esquerdo) em como vamos acabar por renogociar os direitos tv com o oliveirinha por uma bagatela.

Mr.T disse...

Isto é revoltante realmente fosse o macaco ou o pidá faziam dele um martir e executavam os moinas e rebentavam com as esquadras todas no porto tudo isto com zeros cegos alguidares e quejandos com a conversa da final da taça autocarro e o c#%%$%$.

É isto que me mete nojo digamos assim o campeonato ja estava perdido na 4º ou 5º jornada ou até mesmo na supertaça ou vá desde o jogo do benfica com o rio ave....

Como é que um clubezeco de treta consegue dominar este circo do futebolzinho tuga e um clube que basicamente sustenta todos estes %&$%/$/& não acontece nada é normal.

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.