Mal a bola entrou vi logo o filme todo

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Nos cerca de 15 minutos que esteve em campo, Yartey marcou um golão. Pegar nisto para entrar no típico histerismo benfiquista de ver no rapaz o próximo salvador da pátria e um injustiçado pelo mauzão do Jesus é profundamente parvo.

Compreendo que se peça que, por exemplo, o David Simão e o Nélson Oliveira tenham uma hipótese de participar no estágio da pré-época. Mas o Yartey... Porquê? Porque marcou um grande golo?

Eu preferia que primeiro ele se conseguisse impor numa equipa mais modesta do que viesse já para o Benfica, onde seria queimado depois de três passes falhados e dois cruzamentos para trás da baliza, como é habitual no típico histerismo benfiquista atrás mencionado. É que nem a memória do golo de ontem o salvaria dos assobios e insultos da praxe. E o estúpido do treinador também não escaparia decerto a uns lencinhos brancos. Apostar num jovem sem experiência, onde é que já se viu isto? E a direcção, como é que permitia uma coisa destas? E com um bocado de sorte o Eusébio e o Coluna também levavam por tabela.

8 comentários:

TC disse...

Concordo, é absurdo falar-se no Yartey como opção para o Benfica, mas o que dizer do Fernandez (ou como passei o jogo a dizer "do Diece)?
Ambos não servem para o Benfica e isso parece-me claro, mas se alguém deveria estar no plantel seria o Giggs do Gana e não um jogador de futsal que custou 1,5M (dizem que pagos por um empresário, mas não sei se...!!!) e isto é que vai irritando as pessoas nomeadamente a mim.

antoniomaia disse...

mais uma vez de acordo... embora fique a pensar um bocadinho se o rapaz não tem lugar no Beira Mar e porquê? fico a pensar que o fato de ser jogador do Benfica não o marginalizará? a ele e a outros que vejo por aí... parecendo que não, há muitas maneiras de matar pulgas :)
força Yartey!
amanhã vamos ao andebol? Vamos!

boa continuação, Éter

Alexandre Calado disse...

Completamente de acordo. Os adeptos do Benfica que agora choram o Yartey e choram a falta de aposta na formação entram no absoluto ridículo. Em primeiro lugar, são eles os primeiros a assobiar os Roderick e afins e a acusá-los de falta de humildade. Em segundo lugar, são os primeiros a chorar o número de estrangeiros na formação. Em terceiro lugar, são aqueles que vêem um jogo dos juniores e vão a correr para os blogues a chorar a falta de talento da equipa e a incapacidade dos treinadores. Quarto, a grande maioria nem sabia que o Yartey existia, quanto mais terem-no visto jogar. Em suma, o choradinho de hoje dedicado ao Yartey é o dos mesmos do costume - calimeros sem qualquer sentido crítico.

Falando de coisas sérias. Eu concordo contigo. Embora tenha algumas nuances. Acho que sim, que os jogadores têm que se impor antes em outros clubes, mas também temos que arriscar. Jogar num grande em Portugal é completamente diferente de jogar numa equipa que luta pela manutenção.

Para isso é que há pré-temporadas e jogos pós-temporada. Eu não vejo mal nenhum em levar os "miúdos" mais categorizados para estágio e ver como se comportam. Já são miúdos com nome, pelo que não devem ter depois dificuldade em ser colocados, caso se tome essa opção.

Nesse sentido, e como tenho dito sempre, não me parece que o Yartey tenha feito substancialmente menos que outros. Portanto, para mim, Simão, Nélson, Rodrigo, Rosa e Yartey deveriam ser testados. Não tenho certezas sobre nenhum, mas acho que é o momento de terem 1 mês de trabalho com a equipa como séniores.

Abraço,

Alexandre

PS: Já agora, eu gosto do miúdo. Ele tem mostrado talento desde que subiu a sénior. Mas a cabeça não sei se ajuda. Ainda é naif, mas o talento está lá. Ontem ia partindo a baliza.

Carlos Alberto disse...

Eu tenho um lema: Um gajo para ser jogador do Benfica tem de ser o MELHOR JOGADOR de qualquer destas equipazecas onde estão emprestados, logo desses referidos só o David Simão mostra poder fazer parte do plantel.

pge disse...

É parvo, é estupido e os anos passam e tudo continua igual.

E apontas muito bem quem deve regressar e como já disse nem Nelson Oliveira me convence assim tanto. Não deveria ser titular indiscutivel no Paços? Bem sei que pode acontecer por questões tácticas que normalmente equipas como o Paços têm, que muitas vezes preferam pôr avançados rápidos.

Então se comparássemos o rendimento dos nossos jovens emprestados com os dos corruptos que têm alguns que são titulares indiscutiveis, havia de ser lindo.

E o novo Mozer? Dasss.

Hattori Hanzo disse...

De todos os emprestados se calhar o que mereceria mais a volta à Luz é Miguel Rosa, que tem sido constantemente o melhor jogados das equipas por onde tem passado...

Mentiroso disse...

Num plantel de 27 jogadores o ideal seria contar com um mínimo de cinco jogadores jovens da formação. Roderick teve a sua oportunidade e seguramente não dá garantias no imediato. A seu favor o facto de actuar numa posição onde os erros são mais notados.

Os cinco jovens já aqui citados poderiam constituir uma boa opção para completar um plantel equilibrado (vinte e dois titulares + cinco jovens da formação). David Simão, Nélson Oliveira, Rodrigo, Miguel Rosa e Yartey poderiam estar nesse lote não fosse o caso de todos eles actuarem em posições ofensivas o que retira experiência a esse sector e equilíbrio ao plantel.

Por esta altura pouco conhecemos do que virá por aí quanto a opções de fundo na estruturação do plantel da próxima época. A actual conjuntura económica do país poderá vir a condicionar as opções da direcção nos próximos anos. Pouco ou nada se sabe quanto ao pensamento de LFV sobre esta matéria e todos nós gostaríamos de saber algo mais sobre o que se está a fazer para enfrentar a crise que temos pela frente.

DMC disse...

O Filipe Bastos também marcou um grande golo no benfica-braga, quando o quique nos orientava e não foi por causa disso que se salvou.E o rapaz ate anda a jogar pelo Vasco..
cumps
DMC

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.