O exemplo inglês

terça-feira, 18 de janeiro de 2011

A Federação inglesa decidiu lançar uma investigação para analisar a violência registada na partida entre o Sunderland e o Newcastle.

O presidente do Sunderland, Niall Quinn, já pediu desculpas ao guarda-redes do Newcastle Steve Harper, isto porque um jovem adepto entrou no relvado e empurrou-o, após o golo de Asamoah Gyan.

A polícia inglesa também confirmou que 24 pessoas foram presas na sequência dos incidentes.


Não é só pelos jogos disputados a um ritmo alucinante e pelas muitas estrelas que passeiam pelos relvados que o campeonato inglês é o futebol mais lucrativo do mundo, com seguidores espalhados pelos quatro cantos do planeta. Isso acontece, principalmente, porque a Federação inglesa cuida muito bem do futebol e não permite que o estraguem nem que o público se afaste.

Alguém está a imaginar detenções de indivíduos que arremessam bolas de golfe nos estádios em Portugal? Ou um presidente de um clube português pedir desculpas a um guarda-redes adversário por este ter sido atingido por uma bola de golfe vinda do público?

2 comentários:

Giovani Mattiollo disse...

E ae Éter...
Tenho um carrinho pelo Benfica pois escrevo no Blog do Manuel.

Aceita parceria?

Abraço

http://gremista-sangueazul.blogspot.com/

Master Groove disse...

Os merdia em Portugal, por vezes, gostam de comparar o nosso futebol com o Inglês...
Mas no aspecto da violência e respectivos castigos, ISSO JAMAIS!!!!Veja-se o caso do Túnel da Luz, nunca os vi censurarem de forma clara e inequívoca os prevaricadores, nem o respectivo clube que os tratou como heróis.

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.