Feirense 1 - 2 BENFICA

sábado, 28 de janeiro de 2012

Foi sofrer até ao último segundo de jogo. Campo muito difícil, com zonas claramente afectadas pela afluência de toupeiras à superfície; árbitro com decisões estranhas, não obstante ter invalidade um golo (parece-me) legal do Feirense, mas a culpa foi do fiscal de linha; atitude de vida ou de morte dos jogadores do Feirense. Tudo isto contribuiu para um jogo que obrigou a lutar até ao fim.


Artur - sem hipóteses no golo. Boas saídas nas bolas aéreas, mas isto já não é novidade.

Maxi Pereira - jogo electrizante. Tanta garra, tanta luta, que me faz pedir um desejo: arranjem um destes para a esquerda.

Luisão - bem no jogo aéreo, mas mal nesse aspecto quando em cantos. Falhou na marcação no golo do Feirense.

Garay - dobrou várias vezes os colegas da defesa. Esteve bem, apesar de abusar muito nos passes longos.

Emerson - provou uma vez mais que César Peixoto era um grande jogador... Apesar do jogo fraquíssimo que fez, a dar espaço de sobra aos adversários e falhar passes tanto com os pés como com as mãos nos lançamentos laterais, evitou o provável 2-2.

Javi Garcia - muito trabalho no meio-campo e bem em algumas dobras a Emerson. Foi condicionado pelo cartão amarelo.

Witsel - perdeu algumas bolas pouco habituais nele, mas fez um bom jogo. Esteve perto de marcar. Dá outra qualidade ao passe e pauta bem o jogo.

Aimar - marcado muito em cima, não conseguiu impor o seu jogo. Ainda assim, ofereceu a Rodrigo de bandeja a hipótese do 1-0.

Bruno César - muito apagado. Saiu para entrar Gaitan.

Rodrigo - mais um grande jogo. Mostra-se cada vez mais incisivo. Se melhorar a finalização, será um caso sério no futebol. Até de cabeça esteve perto de marcar. Sofreu a falta que deu o penalti do 2-1. No final, esteve perto do 3-1, mas o guarda-redes adversário fez uma defesa fantástica.

Cardozo - esteve no primeiro golo, ao desviar a bola de cabeça na direcção da baliza, acabando Varela por fazer auto-golo e marcou o 2-1 de penalti. De resto, pouco em jogo.

Nolito - muito lutador como sempre. Inventou espaço para desmarcar Rodrigo dentro da área, acabando este por sofrer falta. Mexeu com o jogo.

Gaitan - continua sem realizar boas exibições. Podia ter marcado numa jogada de contra-ataque, mas mandou por cima.

Matic - veio dar altura à manobra defensiva da equipa e recuperou algumas bolas.

9 comentários:

John Wakefield disse...

Na minha perspectiva, foi 1 jogo pouco conseguido por parte do Benfica. Até os nossos golos foram "deficientes" - um autogolo desastroso de Varela e um penalti de Cardozo completamente à figura. De resto, o Benfica não conseguiu bater um canto ou uma bola parada em condições o que neste tipo de campos é essencial.
Foi 1 jogo onde voltamos a ser felizes mas o nível de rendimento tem de melhorar... e bastante.

zizou disse...

O golo é invalidado por pé em riste sobre o Luisão.

Abraço e Viva o BENFICA !

Jotas disse...

Vitória sofrida, mas com raça, pelo mau estado do relvado, pelas suas curtas dimensões e pela grande atitude do adversário.
Vitória no entanto justa e daquelas que fazem campeões.

Jotas disse...

Vitória sofrida, mas com raça, pelo mau estado do relvado, pelas suas curtas dimensões e pela grande atitude do adversário.
Vitória no entanto justa e daquelas que fazem campeões.

samuel disse...

O golo anulado ao feirense foi bem anulado. Não há fora de jogo, mas há falta (jogo perigoso) sobre maxi pereira. Atenção a isso, a TVI so falou no fora de jogo inexistente, mas no momento que é feito o passe, o jogador que faz o passe fez falta sobre o maxi. Divulgem as imagens na gloriososfera para que nao continuem com a cantiga de sermos levados ao colo.

Scandium disse...

Obrigado zizou e samuel pela informação sobre o golo anulado. Não reparei nesse pormenor, que faz toda a diferença e que impede que os do costume venham dizer q somos levados ao colo. carrega BENFICA!

Luis Rosario disse...

É continuar a carregar contra tudo e todos!

Força Benfica!

RB disse...

Impressionante a conversa do "golo anulado" (dá a sensação que o Artur não aborda o lance concentrado pois o "arbitro" tinha já apitado). Outros lances são esquecidos muito facilmente como o penalty e aquele cartão ao Javi...

Defendemos muito mal, abrindo demasiados espaços e não fomos capazes de segurar a posse de bola por mais de alguns segundos! Ofensivamente não posso deixar de salientar a quantidade de cantos (quase todos se a memória não me atraiçoa) que foram batidos a meia altura e ao primeiro poste! incompreensível...

Anónimo disse...

a quem tiver oportunidade reveja o jogo e contém quantas bolas Cardozo ganhou de cabeça para assistir Rodrigo.
Dizer que ele não muito é distração.

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.