Cruel

quinta-feira, 26 de janeiro de 2012

Esta votação coloca vários dilemas de difícil resolução ao adepto benfiquista, mas a questão dos avançados é particularmente cruel. Tirando uns seis ou sete que se eliminam de caras, é quase desumano pedir que se escolham quatro jogadores deste leque:

Artur Jorge, Espírito Santo, Filipovic, Van Hooijdonk, Vata, Stanic, José Águas, Yuran, Jordão, Magnusson, Manniche, José Torres, Caniggia, César Brito, João Pinto, Rogério "Pipi", Nené, Vítor Batista, Rui Águas, Eusébio, Vítor Silva e Nuno Gomes.

Eu não consegui. A minha votação ficou incompleta.

13 comentários:

Anónimo disse...

Concordo plenamente, é de muito dificil escolha qual o melhor 11 do MAIOR DE PORTUGAL.

Gandaia disse...

José Águas, Magnusson, José Torres e Eusébio.

Fáceis de cortar: Nuno Gomes, César Brito, Caniggia, Yuran, Stanic, Van Hoijdonk

Anónimo disse...

aguas, nene, eusebio e torres, nao sei onde está a dificuldade.

mas complicado é escolher 2 guarda redes, pelo menos 4 sao do melhor que ha.

2 medios centro, pelo menos 3 sao do melhor.

Éter disse...

A dificuldade? Cada um sabe de si e nem me vou alongar por muitos nomes, mas deixar de fora o Rogério Pipi de qualquer onze da História do Benfica é assim um bocadinho...

Anónimo disse...

Eusébio, Águas, Torres e Pipi. Se houvesse um 5º seria o Nené.

Luis Rosario disse...

Listar Stanic é um atentado.

Quem terá sido o tipo que, dentro do nosso clube, aprovou a short list para avançados?

edgar_slb disse...

Eu escolhi como avançados: King, Águas, Pipi e Vata (este último para o caso de o jogo estar empatado a 5 minutos do fim). Mas todos os jogadores do SLB são imortais.
CARREGA BENFICA!!!

Rui Sérgio Guerra disse...

Difícil, mas eu apostava nestes:
King/ José Aguas/ Magnusson/ João Pinto.

FOrçA BENFICA
Temos de ganhar na Feira, Sáb°.!
GANHAR, GANHAR, GANHAR!

Lá nos encontraremos,
RSG

Bcool973 disse...

king, águas, rogério pipi e espírito santo. (nené foi médio direito durante anos)

Diego Armés disse...

Meu caro, que exagero... há aqui umasérie deles que só podem ser piada:

Artur Jorge - nunca devia surgir numa lista relacionada com o Benfica, a não ser a de "maiores coveiros";

Espírito Santo - desconheço o trabalho, não comento;

Filipovic - bom, mas nunca entre os melhores;

Van Hooijdonk - bom, mas nunca entre os melhores;

Vata - um ícone, mas figurar nesta lista, só por brincadeira (saiu do Benfica, foi ser suplente no Torrense...);

Stanic - sinto-me OFENDIDO;

José Águas - capitão do primeiro Campeão Europeu: tem o meu voto;

Yuran - sinto-me OFENDIDO;

Jordão - bom, mas nunca entre os melhores;

Magnusson - bom, nunca entre os melhores;

Manniche - insuficiente para figurar na lista (apesar de não ofender);


José Torres - grande: talvez tenha o meu voto;

Caniggia - sinto-me OFENDIDO;

César Brito - opá, brincadeirinha outra vez? Se a lista fosse "elege os 15 melhores suplentes", talvez eu ponderasse...;

João Pinto - aqui, sim, um caso bicudo: como classificar o melhor jogador de uma geração que jogou, desde 1995, nas piores equipas da história do Benfica? Tem o meu voto;

Rogério "Pipi" - respect: os seus números são avassaladores - mas o futebol era tão mais ingénuo... caso a considerar;

Nené - grande! Voto sem hesitações;

Vítor Batista - o talento não é tudo na vida e, reconhecendo-lhe o génio, não lhe entrego o voto;

Rui Águas - o Diego não vota em traidores;

Eusébio - porque é que o Rei aparece a votos? Não deveria ser "para além de Eusébio, quais são os 3 avançados que consideras como melhores do século XX"? Sinto-me ofendido;

Vítor Silva - oh meus amigos...;

Nuno Gomes - bom, mas longe dos 4 melhores.

Assim, temos: Eusébio, Nené, José Águas e João Pinto. Menção muito honrosa para José Torres e Pipi.

Bcool973 disse...

Diego, que injustiça que cometes para com o enorme Espírito Santo, avançado temível, recordista nacional de salto em altura e 110 barreiras. é certo que o futebol era outro, como no tempo do Rogério, mas por isso se está a falar de 1 século, não podemos comparar jogadores entre si, mas os desempenhos que tiveram nas alturas que jogaram.

Diego Armés disse...

Não me parece injusto não levar em conta os desempenhos no salto em altura e nos 110 barreiras sendo a votação para "melhores avançados". Fora isso, acho que justifiquei minimamente o meu voto em cada um dos 4. Seria justo deixar de fora Nené ou José Águas ou João Pinto? Para mim, não. Por isso, votei neles. Está votado.

Bcool973 disse...

Diego,
Com a vénia ao Alberto Miguéns, essa enciclopédia viva do Benfica, fica aqui um excerto da história do grande Guilherme Espírito Santo que podem verificar no blog dele:

http://em-defesa-do-benfica.blogspot.com/search/label/Guilherme%20Esp%C3%ADrito%20Santo

"Em 8 de Dezembro de 1949, com 30 anos, despediu-se numa festa de homenagem, organizada no nosso Estádio do Campo Grande, na vitória por 7-1 com a equipa da Associação Académica de Coimbra, instituição que sempre admirou! Jogou os últimos 15 minutos, a avançado-centro, despedindo-se para sempre do futebol. Participou durante 12 temporadas na equipa principal do “Glorioso”, com nove épocas a titular. Jogou um total de 24 561 minutos (correspondentes a 17 dias a jogar ininterruptamente) em 285 jogos marcando 199 golos. Entre 4 de Abril de 1937 e 17 de Abril de 1938, durante um ano, participou nos 42 jogos consecutivos da nossa equipa principal de futebol, num total de 3 735 minutos.
Entre 285 jogos e 199 golos, em destaque 116 jornadas e 79 golos no campeonato nacional, 22 jogos (e 16 golos) na Taça de Portugal, 60 jornadas (e 45 golos) no campeonato regional de Lisboa, oito encontros (seis golos) na Taça de Honra da AFL, um jogo e um golo na “Taça Império” (inauguração do Estádio Nacional, no Vale do Jamor), 44 jogos (e 36 golos) em particulares nacionais, sete jogos internacionais particulares e 15 encontros (e sete golos) em jogos nacionais em torneios."

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.