Os desafios do SLB para 2011/2012 – Rui Costa

segunda-feira, 14 de novembro de 2011

Já abordei Jorge Jesus, o Presidente e Miguel Bento. Vamos ao Maestro.

Rui Costa facilitou a execução deste post com a entrevista que recentemente deu. Nela foram visíveis alguns dos aspectos-chave onde a sua intervenção se faz notar e outros onde, detendo conhecimento, não é visível intervenção relevante.

O seu contexto de inserção dentro do clube é talvez único. Rui tem conhecimento real dos últimos 25 anos do clube, por os ter vivido directamente ou acompanhado de perto. Tem (parece que já teve mais nos últimos 2 anos que agora, mas ainda tem) o ouvido do Presidente disponível para abordar assuntos do clube, reputação no exterior e, por último mas talvez o mais relevante, um amor ao clube sem limites. É um crime não aproveitar o Maestro para ajudar a fazer um SLB melhor.

Todavia, é visível um problema actual. O perfil de Rui Costa é diferente do de Luis Filipe Vieira e de Jorge Jesus. Esta situação tem gerado decrescente protagonismo desde o primeiro ano de ligação, onde o Maestro foi responsabilizado pela infeliz aposta em Quique (LFV sacudiu a “água do capote” também nessa ocasião). Daí para cá, Rui tem tido menos visibilidade, menos intervenção, mas o seu papel é e pode ser ainda muito relevante na nossa estrutura.

Rui Costa não é propriamente um factor de inibição de desempenho. É sobretudo um elemento que pode potenciar o nosso sucesso. Como?

Validando talentos a contratar. A experiência é uma mais-valia, mas a grande certeza de que Rui Costa deve ser aproveitado nesta componente é o facto de, ele próprio, ter sido um talento enorme. Olhando para eles, falando com eles, obtendo informação deles, poderemos ter nele uma grande ajuda para diminuir o risco de falhar nesta componente.

Enquadrando talentos contratados. Como exposto no ponto anterior, o percurso de Rui Costa fez com que vivenciasse também esta questão. Também ele sentiu dificuldade na entrada no plantel dos seniores, também passou pelo empréstimo, também passou pelo enquadramento até à afirmação na equipa principal do nosso clube. Excelentes os insights que deu na reunião em relação a esta temática, onde ficou provado que pode dar valiosos contributos aos nossos jovens.

Gerando/fortalecendo relações internacionais. A reputação exterior do homem é enorme e vai manter-se pelo menos nos próximos 10 anos. Esta reputação poderá contribuir para estreitar as relações com os maiores clubes europeus, reforçando a partilha de conhecimento, oportunidades e troca/venda de jogadores.

Defendendo o grupo / equipa de futebol. Demorou 2/3 dias para surgirem as primeiras palavras de protecção a Javi no caso da semana passada, proferidas pelo presidente num contexto desadequado. Até o presidente do zbording falou do assunto antes do SLB. Rui Costa deveria ter a responsabilidade/possibilidade de assumir esta questão, matando o assunto de imediato e resguardando o presidente de um assunto “não presidencial”.

Representar o SLB. Quem melhor que um atleta reputadíssimo e de comprovada qualidade técnica e humana para dar a cara pelo clube, em cerimónias, sorteios ou outras ocasiões onde o SLB necessite de estar.

Complementar/ser a extensão o Presidente. A primeira valência atribuída aquando da despedida dos relvados, que paulatinamente tem sido cada vez menos visível. O Presidente tem responsabilidades e áreas de intervenção que tem de delegar e Rui Costa é o homem certo para as assumir. Um dos erros na gestão de LFV tem sido este, em vez de delegar nos competentes, assume a liderança em assuntos que não domina, falhando por inabilidade, incompetência ou timing.

Influenciar consagrados. Pablo Aimar. Deveremos estar para sempre gratos por isto. E como este poderão vir mais, persuadidos pelo Maestro para o desafio desportivo do nosso clube e pela paixão com que Rui Costa fala dele. Uma mais-valia que muito poucos no mundo poderão dar a um clube.

Estabelecer parcerias internas. Se no exterior o prestígio é inequívoco, também internamente Rui Costa pode trabalhar muito e bem sobre a vertente institucional, desenvolvendo parcerias dentro da primeira e segunda liga e com instituições do futebol nacional – colocar jogadores, melhorar relação, diminuir influência do sistema. Há muito que pode e deve ser feito.

Parte da blogosfera benfiquista defende que Rui Costa já se devia ter demitido, pois está limitado nas funções e já várias vezes foi “desautorizado” ou “responsabilizado” por falhas da estrutura. Não compreendem como é que não saiu ainda do clube.

Rui Costa foi claro na entrevista. Sai quando deixar de ser útil, quando o mandarem embora. Porquê? Rui Costa está profundamente ligado ao clube que ama, ignorando o menor protagonismo que detém, a responsabilização excessiva pelos insucessos, os problemas de erros ou falhas nas contratações (por que é que pensam que é sempre Rui Costa que apresenta os talentos aquando da chegada…)

Como é que ele aguenta isto? É fácil de perceber. Se eu trabalhasse no SLB, seria preciso fazerem-me a vida negra, mas mesmo negra, para me afastar, porque era ali que queria estar. Engolia todos os sapos necessários em prol do clube. Se visse o clube prejudicado não me calaria, é certo, mas enquanto o visse dirigido no rumo certo, não vacilaria e manter-me-ia à disposição – a máxima seria “I serve at the pleasure of the President”.

Rui Costa mantém-se na Direcção, mesmo prejudicado pessoalmente, porque ama de mais o clube para se importar com isso. Está 7 dias por semana ao dispor do SLB e é feliz porque está perto dele e do que sempre gostou de fazer. É como se fosse um de nós lá dentro, porque o Rui é dos nossos. E se conseguir dar o contributo que pode, continuará a ser um tremendo activo.

5 comentários:

Bimbosfera disse...

Esta série de artigos está belíssima, e é um prazer lê-los. Só deixo uma espécie de reparo, para mais facilmente nos orientarmos... Quando no início o Luis diz "Jesus", "presidente", etc., porque não transformar cada uma dessas palavras no link para o texto em que, precisamente, foram eles os visados? Era muito mais prático e rápido para irmos dar com eles!

De resto, brutal!

Grande abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

POC disse...

Boa ideia Bimbosfera.

De resto, mais um grande artigo.
Eu sou daqueles que já disse que Rui se devia ter demitido, para não pactuar com determinadas situações.

Existem pessoas que só assim abrem os olhos. Mas infelizmente serão poucas, a maioria vai dizer: olha outro traidor!

Enfim, é uma situação delicada e eu falo com muito amor e sangue na guelra, mas continuo inclinado para a demissão, se ela nos trouxesse coisas boas (desmascarar o Presidente).

http://simaoescuta.blogspot.com

Luis Rosario disse...

Já está!

Mindfuck disse...

Culpa-se muito o Rui Costa por certas contratações. Mas é graças à sua influência que contamos com um Witsel na equipa... E com um campeão mundial, mas que não é valorizado (não quero estar a bater na mesma tecla). Ele sabe o que são jogadores, e é um grande trunfo para facilitar negociações. Agora é preciso haver gente que saiba usar esse trunfo, e não o responsabilizar quando falha. Quando algo falha é o grupo que falha, quando se acerta é o grupo também. Agora andar-se a culpar o Rui Costa pelo Quique e outros que tais... O JJ foi buscar Felipe Menezes, Kardec, etc, etc. O LFV tem comprado camiões...

Bcool973 disse...

Acho que não haveria horas suficientes no dia para fazer isso tudo. Percebo o que dizes, mas quando se tenta fazer demasiadas coisas, raramente se faz tudo muito bem ... Quanto a demitir-se, acho que é uma questão de feitio, eu por muito menos saí de um projecto que ajudei a começar e pelo qual nutria grande afeição, mas obviamente que o Benfica é o Benfica e além disso, o salário dele não é nada mau ... Acho que ele deve ficar enquanto achar que é útil, ficando assim associado a tudo o que de bom e de mau LFV obtenha enquanto presidente do Benfica. Sinceramente acho o tempo de LFV e JJ já passou, mas espero sempre que o Benfica tenha sucesso, mesmo que isso contribua para manter no Benfica ambas as personalidades, pois o Benfica está acima dos meus "não gostos" pessoais.

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.