Rodrigomania

terça-feira, 1 de novembro de 2011

Sou fã desde a primeira entrevista, nem sequer tinha visto jogar. Um jogador clarividente, que pensa e fala bem e certo, pensei eu mais tarde, uma raridade nos dias que correm. Se jogar tanto como aparenta ter em inteligência temos jogador, ansiei em Agosto de 2010.

Um ano e 3 meses depois, começamos a ver resultados e presença assídua na nossa equipa e pensamos porque é que tem muitas possibilidades de dar certo...

Um jogador inteligente, com excelentes características físicas? Um óptimo começo.

Um jogador com o talento brasileiro educado provavelmente numa das melhores escolas de futebol do mundo? Muito interessante!

Um jogador com presença assídua nas selecções jovens de Espanha? Bom, bom...!

Um jogador polivalente, capaz de fazer várias posições no ataque? Uma mais-valia!

Um jogador inteligente capaz de comunicar na língua materna com a esmagadora maioria do plantel? Uma preciosidade!

Um jogador que serve adicionalmente de tradutor a Jesus no momento de corrigir Matic? Fantástico!

Das 7 questões referidas atrás, apenas a última não era conhecida pelo SLB no momento da contratação. O risco foi elevado não pelo potencial do activo, mas sim pelo custo do mesmo. De qualquer forma, a estrutura decidiu investir e começa agora a recolher os frutos desse investimento, esperemos que por algumas épocas.

Todavia, não posso deixar de manifestar a minha preocupação por esta Rodrigomania que temos vivido nestas últimas 2 semanas (dentro e fora do clube).

Rodrigo fez 3 jogos e já temos dezenas de páginas e capas na imprensa feitas, isto porque aliado às boas (não mais do que isso) exibições e aos golos com o Olhanense, o clube está a dar alguma liberdade ao jogador para falar com os media (aspecto no qual Rodrigo tem sido exemplar, mostrando a sua satisfação por estar no Benfica e reforçando o elogio à estrutura actual do clube - desde o treinador à direcção).

Ora esta questão, perigosa se estivéssemos a falar de outro jogador, só me desassossega porque a nossa imprensa aproveita os conteúdos obtidos para os empolar da forma que já conhecemos (já é seguido por A e B, a clausula é para aumentar, o ordenado vai subir, etc... etc...), influenciando percepções dos benfiquistas que diariamente são bombardeados com isto.

O segundo elemento de preocupação tem sido a actuação do nosso treinador: O flash interview em Basileia foi um aviso claro: Jesus quer provar que a escolha de Rodrigo foi acertada e está disponível potencialmente para queimar etapas no desenvolvimento do jogador ou tornar segundas opções jogadores até à data imprescindíveis na sua equipa para provar que estava correcto.

É pena que a abordagem do nosso treinador seja visivelmente diferente em função dos activos que tem no plantel, e que projectam claramente as lacunas que detém ao nível da comunicação, que afectam a forma como lidera o grupo. Quando Nolito brilhava no início do campeonato, Jesus desvalorizava as prestações do atleta, diminuindo o seu valor em público. Quando Rodrigo fez um jogo bom em Basileia (não mais do que isso), a flash interview não terminou sem o elogio público ao jogador e, como não podia deixar de ser, sem o auto-elogio da decisão.

Será importante que o Benfica e sobretudo Jorge Jesus resguardasse o jogador, até porque, apesar do elevado potencial, pouco ainda fez. Tem muito para dar certo? Tem, mas da mesma forma que fui entusiasta na contratação pelo que li, não quero que este jogador corra o risco de subir demasiado depressa, pois a queda pode ser muito dura.

Não podemos esquecer que foi o Portimonense, o Basileia e o Olhanense da 1ª parte e que Rodrigo ainda tem muito a aprender não só jogando com frequência mas também vendo Cardozo, Saviola e Aimar do banco dos suplentes enquanto ouve conselhos de Jesus.

5 comentários:

Bcool973 disse...

E o nélson ? não tem as mesmas oportunidades porquê ? por ser português, ter vindo da formação e o passe dele não ter sido adquirido ? só porque falhou um golo em portimão, foi logo condenado só à taça e à taça da liga ?

Luis Rosario disse...

Nelson está a aprender, como já o fez o ano passado. Não creio que esteja esquecido e terá certamente oportunidades nessas duas competições, eventualmente até num jogo do campeonato qdo Cardozo vier da selecção.

Não faz ainda sentido é reclamar uma dupla atacante Rodrigo / Nelson qdo se tem Saviola / Cardozo ou Rodrigo / Cardozo e todos estão disponíveis.

Bcool973 disse...

Não estou a reclamar uma dupla rodrigo/nelson, a única coisa que estou a dizer é que no mundial de sub-20 o nelson foi unanimente considerado o 2.º melhor jogador do torneio, e o o 1.º não foi o rodrigo, ou seja se em sub-20 o nelson era melhor que o rodrigo, porque é que agora uns meses depois, tem muito menos oportunidades que ele ?

Éter disse...

Intrometendo-me na discussão...

O Nélson obteve essa distinção porque literalmente levou sozinho à final uma equipa com enormes limitações. Mas isso não faz dele melhor jogador do que o Rodrigo. Já para não falar que Jesus pode preferir as características do Rodrigo.

Luis Rosario disse...

Para além de que Rodrigo está a fazer de Saviola enquanto Nelson terá de fazer de Cardozo.

E dado que o momento de forma dos 2 "consagrados" é muito distinto, Nelson vai ter de esperar para já.

Eu anseio por esta dupla, mas vejo como difícil tal acontecer - Nelson afirmar-se-á provavelmente em 2013/14, época onde provavelmente Rodrigo será vendido... Digo eu.

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.