As alternativas de compensação dos Benfiquistas fora de Lisboa

terça-feira, 14 de setembro de 2010

Percebo que quem mora em Braga e sofre pelo Glorioso anseia pela visita do Benfica ao Minho para assistir a um ou dois jogos ao vivo por época.

Mas pede-se neste momento, não que se abandone o clube, mas que não se pague os 30, 40, 50 ou 60 Euros em cada jogo que fazemos fora.

O clube, neste momento, deve avançar com algumas iniciativas que compensem os adeptos de fora de Lisboa pelo facto de não verem o Benfica ao vivo.

Na sequência desta questão, deixamos aqui algumas das ideias que poderiam ser avançadas pelo clube:

1: Disponibilizar 5000 bilhetes gratuitos em cada jogo (entregar um topo do estádio aos correspondentes), para os sócios do Benfica correspondentes poderem vir assistir a um jogo na Luz.

2: Fazer um acordo com a CP, Rede Expressos e outros transportadores para conseguir preços e condições especiais para deslocações ao fim de semana.

3: Forçar na medida do possível que os jogos no Estádio da Luz sejam no Sábado, o mais cedo possível, para permitir maior facilidade de deslocação.

4: Encontrar e preparar locais outdoor na cidade visitada (excepto Porto) para visionamento do jogo, onde os adeptos do Benfica se devem concentrar para assistir e puxar pela equipa. A equipa passaria pelo local para ser ovacionada pela massa adepta antes de ir para o jogo.

5: Criar um evento mensal fora de Lisboa "Venha conviver com os seus ídolos de perto", com 3 ou 4 jogadores do clube e um programa de actividades que promova a ligação entre as partes.

6: Sugerir aos jogadores do clube a subsidiação para um fundo de apoio à criação de sócios - apadrinhamento de novos sócios, onde o jogador suporta 1 ano de quotização de 10 novos sócios (sorteado entre os novos sócios entrantes no clube), com o compromisso de o sócio comprar um Red Pass.

7: Marcar os jogos das modalidades antes do jogo do clube durante o fim de semana e proporcionar o visionamento do jogo dentro do nosso pavilhão.

8: Concurso entre sócios para angariar ideias de apoio à equipa na Luz com possibilidade de conseguir presença no avião onde viaja a equipa para as competições europeias.

9: Fazer nova campanha de angariação de sócios em França e na Alemanha com sorteio de bilhetes para os jogos do Lyon e do Shalke.

10: Convidar 3 equipas Espanholas e fazer, no Natal, antes das férias dos jogadores, três jogos exibição com todo o plantel e juniores, num Sábado, em Faro, 11:00; em Évora 16:00 e às 21:00 em Viseu, gratuitos ou pagos a valor simbólico - 5€, como forma de retribuição pelo apoio na Luz e pela assumpção do compromisso de não ida aos estádios. Um pormenor que sugiro: Estes jogos não teriam árbitros ou os árbitros seriam estrangeiros.

15 comentários:

Master Groove disse...

EXCELENTES IDEIAS.
PARABÉNS
ENVIA EMAIL À PRESIDENCIA

gabpresidencia@slbenfica.pt

Trapalhadas disse...

No minimo brutal...muito bem pensado:P
Adorei o post...continua assim...

abraco

Anónimo disse...

Lindo!!!

Mas que bela ideia...

Tive uma visão, imaginei-me nas asas da nossa Águia a caminho do seu ninho...

Voava ao encontro dos seus filhotes e meus irmãos...

Sou sócio correspondente que vivo no Porto e nunca entrei no antro dos porcos porque me recuso a dar-lhes dinheiro. Por perto o estádio onde gosto de ver o Benfica é no Rio Ave - bom ambiente e boa visibilidade!

Se tivesse disponibilidade para mais estaria sempre no Estádio da Luz mas as deslocações são caríssimas...

Conheço alguns como eu e outros que não sou sócios mas que se pudessem não perderiam a oportunidade de irem ao Estádio da luz!!!

O ano passado tive dois bilhetes gratuitos para ver um jogo na luz, oferta do Kit de sócio mas nem isso me permitiu ir conhecer o nosso Estádio.

Vivo num país de corruptos e numa cidade exemplar nesse aspecto e Ser filho da Águia cá e vivermos de acordo com isso tem consequências...

PS: Não consigo assinar o meu nome

DarthVader disse...

muito original e sensato, não se deve só pedir sacrificios aos adeptos, mas também compensá-los pelo esforço pedido.

Nairo disse...

Sou benfiquista de Maputo e quero me tornar socio do Glorioso. Como faco?

JNF disse...

Já devias era estar no departamento de marketing ou assim parecido. Excelentes ideias.

Anónimo disse...

Ao amigo do Portuense,

Inscreve-te como sócio da Casa do Benfica no Porto, Gaia ou Matosinhos. Fica-te por uns 2 euros por mês. Tens acesso a bilhetes sem problemas e as deslocações ficam baratas, média, 20€ ida e volta. Além disso, ver os jogos pela tv com dezenas de Benfiquista em pleno Porto é um luxo! ;)
Eu fiz o mesmo. Sou sócio da casa de Gaia. Abraço, Luís Urbano

magonall disse...

Muito boas ideias de facto, parabéns pelo génio! Tal como uma mãe que zela pelos seus filhos, protegendo-os das garras dos chupistas. Também para mim que sou de Aveiro, já próximo do Porto é um sacrificio evitar ir a outros estádios nas poucas oportunidades que temos de ver o SLB junto de nós. Mas ir à Luz é insubstituível e único, assim aguardarei ansiosamente as minhas oportunidades.
É um sacrificio valioso. Lá terei eu de esperar que as tuas medidas se concretizem ;D

Luis Rosario disse...

Nairo,

Manda um mail para o blogue com os teus contactos que nós ajudamos-te a ser sócio.

Fred disse...

Parabéns Luís, independentemente da viabilidade das tuas ideias, é sempre de louvar a iniciativa. Todos nós, sócios e sipatizantes do Benfica, temos o dever de contribuir para a melhoria progressiva do clube. Nós na blogosfera temos responsabilidade acrescida, porque temos um cantinho para dizer o que pensamos, e consigamos chegar a um número maior de benfiquistas do que se formos para o café da rua expressar o que sentimos. Vou linkar no meu blog este teu post, espero que não leves a mal. Saudações benfiquistas

http://tudoportibenfica.blogspot.com/

Anónimo disse...

Sinceramente, é dos poucos post onde vi fazerem sugestões de forma gratuita e concordo com todas. Penso mesmo que se deveria enviar para o Benfica essas propostas, porque de certeza que se fariam parcerias vantajosas para o Benfica e que colocariam alguém muito irritado.

Luis Rosario disse...

Imaginemos que o SLB joga a taça da liga com os juniores e é eliminado.

Na próxima jornada da taça da liga marca um jogo exibição de homenagem a José Torres, com uma equipa conhecida ou no limite com o Fátima, em Torres Novas, convida os adeptos para o jogo a preços simbólicos e vende os direitos televisivos à Sic.

Com este tipo de iniciativas pode-se pressionar os restantes agentes desportivos.

Mas isto são ideias, que é fácil... Fazer acontecer é mais difícil.

Águia Preocupada disse...

Concordo em pleno com as ideias que são ezequíveis e fáceis de pôr em prática.
Apenas uma achega: Os tais 5000 bilhetes gratuitos, contemplarem de preferência os sócios e adeptos da zona onde o Benfica joga no jogo imediatamente antes ou depois do jogo da Luz.
Por exemplo:
O Benfica joga com o Paços de Ferreira; no domingo antes ou depois deste jogo, serem os desta zona a ter a preferência.
O Benfica joga em Olhão, serem os do sul a usufruir.
E assim se compensariam com igualdade de tratamento, todos os que estando longe, não podem vir sempre à Catedral!
É verdade que os do norte terão mais oportunidades, pois é lá que se concentra a maior parte dos clubes, mas quanto a isso, nada a fazer.
Ah! E esses e outros sócios das regiões em destaque nesses jogos, tomarem o compromossivo de se concentrarem junto desses campos, passíficamente, ordeiramente, mas mostrar que poderiam estar dentro do campo e não estão para dar de comer a corruptos e seus acólitos!

Luis Rosario disse...

Muito boa sugestão, águia preocupada.

Era lindo todos os fds ver romarias à luz tipo final da taça de Portugal.

Anónimo disse...

Será que estas propostas chegam á nossa Direcção?Se não chegam é uma pena.O Benfica devia ter um canal para estas coisas e permanentemente actualizado,não só para enfeitar.Canal interno que deveria ser só disponibilizado a quem decide,para não estarmos a dar pérolas a porcos.

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.