Até ao fim

sábado, 31 de Março de 2012

Jogo até ao fim, em que tudo podia ter ficado decisivamente perdido. Em pouco mais de 10 minutos, 3 golos. Bruno César foi decisivo, pois esteve no lance do penalti e marcou o golo da vitória.

Nota-se pouca inspiração, nota-se muito menos Benfica, até nas bancadas. A equipa está cansada, muito cansada, mas é de esperar que esta vitória dê um alento para o que resta.

Acredito que o Braga vá querer ganhar ao foculporto, tendo nós que fazer a nossa parte, ganhando ao Sporting.

Jesus, menos cagança ficava-lhe bem. "Fui feliz na troca que fiz do Gaitan pelo Bruno César"...

Vamos manter esta bonita relação à distância, ok?

Gostava de voltar um dia ao Benfica porque acho que a porta ficou aberta.

Sempre que virem Enrique Flores próximo da Luz, façam o favor de respeitar o sinal.

Fia-te na Virgem...

sexta-feira, 30 de Março de 2012

Os problemas que aconteceram não têm interesse para o jogo de amanhã, onde Benfica e Sp. Braga vão jogar sem truques, acredita Jorge Jesus.

Não dou nem dez minutos de jogo para o Mossoró fazer crer que levou um tiro numa perna ou que lhe deram uma naifada num olho.

Venha a greve

quinta-feira, 29 de Março de 2012

Vítor Pereira está preocupadíssimo com os árbitros (atenção, não falo do Vítor Pereira mas sim do Vítor Pereira). Isto está a atingir proporções graves. Já existem testemunhos chocantes e estamos no limiar de acontecimentos graves.

É um panorama assustador, de facto. Os árbitros continuam a levar o foculporto ao colo e não recebem há mais de três meses. Há até um caso de quem encomendou um relógio de ouro e agora não tem dinheiro para o pagar. Ou outro caso, angustiante, de um árbitro que foi à casa da Madalena para pedir aconselhamento familiar e descobriu que Pinto da Costa já não mora lá e não lhe deu a nova morada. Que avancem com a greve. Estou com eles nessa luta.

Volta, Mário

Espero então que as regras não mudem, que Mário Palma abandone a selecção e que regresse ao Benfica, que bem precisamos dele aqui.

Agressão sem bola dá um jogo; camisola do Benfica dá dois

quarta-feira, 28 de Março de 2012

Parece que o Benfica vai recorrer da suspensão do Aimar utilizando o exemplo do Rinaudo em Guimarães, em que este só apanhou um jogo de castigo. Eu não iria por aí, já que nesse lance o Rinaudo até disputa a bola, mas sim pelo caso do James contra o Feirense, em que uma agressão sem bola só lhe valeu um jogo de suspensão.

A fila AB não é a seguir à fila A

Ontem, enquanto me dirigia para o meu lugar, passei por uma pequena discussão:

- Não, não, os seus lugares não são aqui. São bem lá para cima.

- Então mas a fila AB não é a seguir à A?

- Não, é a seguir à Z.

- À Z? Nem sabia que havia filas depois da Z.

- Ca burro! - gritou uma terceira pessoa, algures entre a multidão.


Não, não é burro. É simplesmente uma pessoa que não vai ao Estádio da Luz ver o Benfica e, naturalmente, não está familiarizada com o local. Esta pessoa ontem foi ver o Chelsea, tal como provavelmente terá ido ver o Manchester United, o zbordin ou o foculporto.

Ir ver o Benfica é um pouco diferente. Ir ver o Benfica é marcar presença num Benfica-Rio Ave, numa gélida sexta à noite, por exemplo. Ir ver o Benfica é eu aqui há umas semanas perguntar a um conhecido que costuma ser presença assídua no estádio se já comprou bilhete para o foculporto (no jogo do campeonato) e ele responder-me que o dinheiro não dá para tudo e que como nesse jogo não faltará público na Luz ele prefere poupar para comprar bilhete para o jogo contra o Beira-Mar.

Portanto não é de estranhar que num jogo contra o Chelsea eu não consiga ver os primeiros 10 minutos decentemente por haver gente constantemente a chegar e mais gente a sair por estarem nos lugares errados. Nem são de estranhar os vários assobios ao Emerson (vão escasseando as palavras para qualificar este jogador), como se isso o fosse fazer jogar melhor ou ficar mais tranquilo. Nem é de estranhar a total apatia das pessoas, que parece que ficam indignadas quando alguém bate palmas ou canta (só falta mandarem calar quem ousa fazer barulho). Tal como não é de estranhar o facto de eu não conseguir ver decentemente os últimos 5 minutos de jogo porque há pressa, muita pressa, para não apanhar confusão à saída.

Metade dos 63 mil de ontem dizem-me muito pouco. Aliás, arrisco, não fazem falta. Abençoados os 30/35 mil fiéis e apaixonados que lá estão todas as semanas, e que conseguem fazer parecer que o estádio tem mais gente do que quando enche.

Diz-se por aí que é uma espécie de plantel, Jesus - Actualização a Março

Primeiro recordar este Post. Depois analisar os dados actualizados ao dia de hoje, que se apresentam em baixo.

No fim, contestar as conclusões ou confirmar as suspeitas levantadas em Outubro. O plantel do SL Benfica foi de 27 jogadores, mas no fim só 14 contam para Jesus.

Da minha parte mantenho as convicções e as conclusões já retiradas na altura:

Equipa em sobreesforço físico é uma equipa com menor capacidade para pensar e tomar decisões em campo, efeito esse visível sobretudo na performance individual dos seus elementos na componente básica do jogo (o posicionamento, o passe, o remate).

Este efeito é incontestável, podendo ser mais ou menos intenso em função da motivação do atleta para o jogo em causa.

Um Benfica em boa forma física não teria sofrido o golo, não teria levado a bola ao poste, não teria feito 9 remates para fora e todos os restantes 8 para a área física de actuação do Cech (o único remate para golo foi o do Cardozo à peitaça do David Luiz). Um Benfica em boa forma física não teria tido apenas 2 oportunidades de golo contra este Chelsea (Cardozo e Jardel), a bola tinha entrado mais cedo, não havia lugar à lamentação dos penaltis que não se marcam.

Os dados dizem respeito à utilização dos jogadores no Campeonato, Taça de Portugal, Taça da liga e Liga dos Campeões (sem pré-eliminatórias, mas com pré-eliminatórias ainda agravava mais o peso dos 14).

Se tiver interesse apresento os dados de cada competição, mas penso que assim dá a visão global do que tem sido a época, não é preciso mais.

14 jogadores representam 85% dos minutos jogados e 80% dos jogos efectuados.

A caixa de comentários é vossa. O que pensam que nos vai trazer Abril?

A pedido de muitas famílias (uma), o quadro da liga, só com o acumulado dos minutos.

A pedido de muitas famílias - a comparação com outras equipas nacionais e europeias.

Relevante e sintomático o número de minutos do 20 mais utilizado, o momento onde a utilização acumulada chega aos 90% e aos 95% e o facto de o único clube com uma utilização similar à nossa (Bayern Munique) ter uma pausa para Inverno que lhe permite fazer nova pré-época...



UEFA adere ao programa Novas Oportunidades

Como é possível um árbitro, sem ninguém a tapar-lhe a visão e estando a três metros do lance, nada assinalar quando um jogador dentro da grande área coloca os braços em posição "Jesus Cristo na cruz" e com o direito corta a bola? Para que servem afinal os árbitros de baliza? Aliás, quem são os árbitros de baliza? De onde vieram? O que querem eles? Mas quem é esta gente? Será que há scouts da UEFA a deambular pelas ruas das cidades europeias à procura de homens com perfil para árbitro de baliza? "Olhe, desculpe, acreditamos que você tem potencial para ser árbitro de baliza. Quer vir trabalhar para nós?"

Postura correcta, mandíbula bem delineada, unhas cuidadas, pouca barriga, peitorais razoavelmente definidos, sem pêlos a sair do nariz. Poderá muito bem ser este o perfil ideal de um árbitro de baliza. O indivíduo em questão tem 12 dioptrias no olho esquerdo e no lugar do direito está um berlinde dos grandes (o mítico "abafador")? Isso não interessa. O importante é a mandíbula e a pouca pilosidade nasal. Tudo a pensar no bem do futebol e no combate à taxa de desemprego.

BENFICA 0 - 1 Chelsea

terça-feira, 27 de Março de 2012

Primeira parte segura, mas sem criar perigo. Segunda parte com oportunidades de golo, mas com um Chelsea mais perigoso no contra-ataque, acabando por marcar num lance começado no lado esquerdo antes do meio-campo, com Emerson a ficar nas covas, Javi a não conseguir cortar e Jardel a cair perante o poder de Torres.

Apesar da antecipação do jogo contra o Olhanense, não se viu velocidade da equipa. Apesar da poupança de Aimar nesse mesmo jogo, este não esteve em grande nível hoje.

Temos razões de queixa do árbitro, ao não ver um penalti do tamanho do Estádio da Luz.

Artur - teve uma grande defesa na primeira parte, a remate do tatuado barbudo. Não teve hipóteses no lance do golo.

Maxi - dos poucos que corre actualmente na equipa. Do primeiro ao último minuto, deixa a pele em campo. No lance do golo, acabou por preferir marcar o jogador que tinha nas costas deixando Kalou solto, mas terá pensado que Luisão cortava a bola. Bom jogo.

Luisão - alguns cortes importantes, mas falhou o corte no golo do Chelsea. Mas, antes dele, já tinham falhado três colegas de equipa.

Jardel - fez um bom jogo. Esteve calmo e concentrado. Podia ter marcado, mas cabeceou à figura. Foi bem comido por Torres no lance do golo. Esteve alguns minutos fora, aparentemente com uma lesão muscular. Esperemos que não seja nada de grave.

Emerson - pede para cagar e sai... É incrível a quantidade de erros que comete. Falha passes básicos, oferece contra-ataques ao adversário, é inconsequente a atacar, não tem segurança para fazer passes para desmarcações. Só Jesus poderá entender o porquê de o colocar em campo... Eu desisti de tentar entender.

Javi - um pouco mais em jogo do que nos últimos jogos. Tentou marcar de cabeça, mas nunca criou perigo.

Gaitan - fez um bom jogo. Defendeu bem. Mas a verdade é que produz pouco perigo.

Bruno César - pouco fulgor. Pode fazer muito mais.

Aimar - foi bem defendido e acabou por não ter grande produtividade. Saiu aos 68'.

Witsel - um pouco mais recuado para ajudar Javi, acabou por não aparecer muito em zonas mais adiantadas. Jogo razoável.

Cardozo - foi massacrado por Terry. Pouco espaço teve para criar perigo. Enviou uma bomba contra David Luiz.

Matic - entrou para render Aimar. Pouco fez.

Rodrigo - algumas arrancadas e tabelas, mas sem criar perigo. Podia ter ficado isolado perante Cech, mas dominou mal a bola.

Nolito - 10 minutos em campo. Rematou com perigo, mas por cima. Parece preso.

Na bilheteira

Pai de uma cantora conhecida da praça: Então ainda há bilhetes?
Segurança: Só para o Piso 1.

PCCP: Então pode ser, o mais central possivel... onde for possível.
S: Sim senhor

PCCP: Olhe, é melhor 2... Vou levar um amigo.
S: Sim senhor. É sócio ou acompanhante?

PCCP: É acompanhante. Não é sócio.
S: Sim senhor. São 200 €.

PCCP: ???!?!?!?!?!? Quanto?
S: 50€ o seu bilhete mais 150€ o bilhete de acompanhante.... 200€

PCCP: ....

PCCP: Desculpe... Ainda dá para desistir...? Acho que vou ver em casa...
S: Sim senhor...


Civismo, por favor

Como já ficou comprovado na semana passada, a cena que o Drogba fez no dia do sorteio foi precisamente quando se soube que o vencedor da eliminatória Benfica-Chelsea iria jogar contra o vencedor da eliminatória Milan-Barcelona, e não quando se soube que o Chelsea defrontaria o Benfica, como inicialmente se pensou.

Portanto hoje vamos lá comportarmo-nos como gente civilizada. Os jogadores adversários podem e devem ser assobiados quando têm a bola, isso faz parte do jogo e do factor casa. Agora embarcar na onda do racismo ignóbil, com imitações de ruídos simiescos, não é comportamento de pessoas decentes e muito menos de benfiquistas que honram a História do clube.

Ainda hoje tinha falado dele

segunda-feira, 26 de Março de 2012



Reafirmo que seria uma boa solução de banco para ir dando uns minutos de descanso a Witsel e Aimar.

Muito curto

Sendo o centro do terreno o sector onde os jogadores mais se desgastam e aquele onde é necessário fazer mais rotação dos mesmos durante uma época, o Benfica chega a esta fase crucial com quatro jogadores para três posições: Javi, Matic, Witsel e Aimar.

Se olharmos para a época 2009/10, vemos que para essas mesmas três posições mais centrais tínhamos não quatro, mas sete jogadores: Javi, Airton, Amorim, Ramires, Martins, Menezes (só jogava 15 ou 20 minutinhos aqui e ali mas parecendo que não isso permitiu que alguém descansasse mais um pouco) e Aimar.

Regressemos então ao presente e aos nossos quatro jogadores. Que poderiam ser cinco se o processo do Ruben Amorim tivesse sido conduzido de outra forma (ainda por cima foi reforçar uma equipa que também está na luta pelo título!!!). E que poderiam ser seis se o David Simão não tivesse sido emprestado no Natal. O rapaz não iria jogar muito mas, à semelhança do Menezes em 2009/10, poderia permitir que, ocasionalmente, os colegas pudessem ter um descanso extra.

Talvez por aqui se explique um pouco o que temos visto nos últimos jogos (um Javi a atravessar o pior momento desde que chegou ao Benfica e um Witsel completamente estoirado) e o que ainda está por vir.

Este devia ser de caras

domingo, 25 de Março de 2012

Este empate do foculporto só vem mostrar uma coisa: este campeonato era para ganhar de caras.

Depois do investimento feito no plantel, depois das vontades feitas ao Jesus, depois de termos encontrado um guarda-redes digno desse nome e tendo o foculporto um treinador muito abaixo da média, só com muita incompetência se perde este campeonato.

Espero que se dê um grito de revolta no balneário e entrem em campo para ganhar os jogos que faltam.

Isto promete!

A nossa sorte é que o foculporto está a ser orientado por um autêntico mentecapto, que só se mantém no cargo dada a conhecida incapacidade de Pinto da Costa dar o braço a torcer quando erra. Por outro lado, em Braga mora um treinador que é tudo menos mentecapto.

Um Benfica aos soluços, um foculporto que não joga rigorosamente nada, um Braga maduro e uma APAF viçosa. Esta recta final vai ser a mais animada dos últimos anos.

APAF, um pilar fundamental na formação dos jogadores

Sete amarelos e três vermelhos (dois directos e outro por acumulação). É este o saldo disciplinar com que a equipa de juniores do Benfica acabou ontem o jogo contra o Nacional, sendo que na próxima jornada recebemos o zbordin.

Agrada-me que estes jovens jogadores benfiquistas sejam preparados desde muito cedo para o que encontrarão no futuro. Temos que reconhecer que a APAF também se preocupa com a aprendizagem dos nossos miúdos e trabalha muito bem neste aspecto.

Agora pode ser tarde

sábado, 24 de Março de 2012

Hoje, finalmente, alguém da estrutura do clube, sem ser Jesus, criticou (aqui) as arbitragens que têm vindo a criticar o Benfica.

Há muitos que se vem reclamando uma intervenção da estrutura benfiquista e uma crítica voraz às arbitragens. A bem dizer, nós adeptos, desde o início que reclamamos.

Esta reacção, neste momento, merece duas considerações a meu ver:

1.º é ridículo que, após um jogo, em que jogámos ZERO e em que a expulsão não é assim tão absurda (se fosse ao contrário, estaríamos a dizer que tinha sido uma expulsão justa), se façam estas críticas. Perdem logo credibilidade e soam a desculpa de mau perdedor.

2.º Ainda que a perda de pontos de ontem se devesse a uma arbitragem má, que não foi o caso, estas críticas já viriam tarde. Elas são devidas desde o primeiro jogo em que fomos prejudicados, independentemente de termos ganho ou perdido. Uma crítica credível é aquela que surge mesmo que ganhemos o jogo e mesmo que levemos pontos de avanço,porque uma má arbitragem é sempre uma má arbitragem. Mas é agora, ao fim de 10 pontos perdidos, que as hostes se insurgem??? Haja paciência... Isto roça o amadorismo.

Preferiram, assim, que o regabofe se fosse repetindo. Agora?! Agora pode ser tarde...

Para desentorpecer as pernas

Assim?

Terça: foculporto
Quarta: descanso
Quinta: descanso
Sexta: descanso
Sábado: Olhanense
Domingo: descanso
Segunda: descanso
Terça: Chelsea

Ou assim?

Terça: foculporto
Quarta: descanso
Quinta: descanso
Sexta: descanso (a meias com um joguito com o Olhanense)
Sábado: descanso
Domingo: descanso
Segunda: descanso
Terça: Chelsea

E agora digam-me qual é a grande prioridade do Benfica neste final de época e se ficaram espantados com o jogo de hoje, onde a equipa entrou nitidamente a querer gerir o jogo sem grandes sobressaltos ou acelerações, confiante no golo que acabaria por aparecer porque tem muito melhores jogadores. Só o Maxi é que resolveu não seguir as instruções e correu como sempre. Este Maxi é mesmo tonto, coitado. Não percebe nada de como se gere o esforço de uma equipa. Até sprints ele fez... Sprints, imaginem só! Tem que ser vendido, como é evidente. Um jogador do Benfica tem sempre que cumprir as ordens do seu treinador. Há uma hierarquia a respeitar, caramba!

O Aimar foi expulso aos 62 minutos e até aí o Benfica tinha produzido ZERO contra uma equipa fraquíssima e desfalcada de quase metade dos habituais titulares. Chega de desculpar tudo com os árbitros. Além de que não é preciso ser bruxo para perceber que se a falta fosse ao contrário estava tudo a pedir a expulsão do jogador.

Uma nota final para a forma como, durante os descontos, todo o banco adversário esperava em cima da linha lateral pelo apito final, como se estivessem prestes a ganhar uma final da Champions. Enquanto eu não vir este tipo de coisas nos jogos em que o foculporto intervém, não poderei achar o futebol português saudável ou tão pouco normal.

Ridículo

sexta-feira, 23 de Março de 2012

A exibição do Benfica no jogo de hoje foi patética. Não houve ideias, não houve criatividade, não houve remates.

Jogar com 10 é complicado; jogar com 9 pior ainda. Emerson é um a menos durante qualquer jogo que dispute. Não me lembro de um lateral esquerdo tão mau a actuar no Benfica.

Há umas jornadas, já éramos campeões. Num ápice, deitámos fora 10 pontos e estamos a oferecer o campeonato a um dos treinadores mais fracos que me lembro de ver no porto.

O porto joga mal, mas nós temos demonstrado que não somos melhores.

De quem é a culpa? Do Jesus que insiste num lateral esquerdo sem qualidade e em dois avançados quando não tem quem lhes meta a bola a jeito para marcar? Do Rui Costa que deixou de ser visto? Do Vieira que abandonou as bancadas antes do jogo terminar? Dos árbitros? No fundo, será de tudo um pouco...

Mas o que me custa mesmo a engolir é como é que se f... 10 pontos numa fase crucial do campeonato.

Protegidos

O Ministério da Administração Interna criou um plano de protecção dos árbitros da primeira categoria, na sequência da divulgação dos seus dados pessoais na Internet, revelou esta sexta-feira à Lusa fonte oficial da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF).

Entretanto os Super Dragões já foram contratados para efectuar esse serviço de protecção, deixando assim os senhores dos apitos e das bandeirinhas totalmente concentrados em continuarem a roubar o Benfica por esses campos fora. O líder do gangue, Macaco, quando contactado sobre o assunto, reagiu mesmo com alguma emoção e orgulho, declarando: "SLB, filhos de Fernanda Miranda, SLB".

Os maus também conseguem

‘A sorte’ tem prefácio do selecionador de Espanha, Vicente Del Bosque e é o título de um livro que o jogador queria que se chamasse ‘Os maus também conseguem’, porque acha que é um futebolista mediano com sorte na carreira.

Gesto bonito do Capdevila, ao deixar o título que tinha em mente para outros utilizarem quando lançarem as suas biografias.

Há bons jogadores no campeonato português

Esta época já vi uns seis ou sete jogos do Gil Vicente e há lá dois jogadores bem interessantes. Rodrigo Galo, o lateral direito, e Júnior Caiçara, o lateral esquerdo (mas que também pode jogar na direita). O primeiro faz lembrar o Maxi (mas talvez com mais técnica e melhor remate), sempre num corrupio a desbravar terreno pelo flanco direito, e encaixaria muito bem na táctica do Jesus, onde um dos laterais tem imensa liberdade para se aventurar no ataque. O segundo não é tão ofensivo mas tecnicamente dá quinze a zero ao Emerson e nunca dá uma bola como perdida.

É claro que o mais certo até seria eles chegarem ao Benfica e não darem em nada, mas pelo preço podia valer a pena tentar. No caso do Rodrigo Galo, pelo menos teríamos um lateral direito de raiz para ser opção ao Maxi e não teríamos de ser sujeitos a ver um jogador do calibre do Witsel afastado do seu lugar para tapar um buraco noutro lado. Quanto custaria o Rodrigo Galo? Não sei. Talvez o mesmo que custou o Djaniny, ou menos (atenção, não quero com isto dizer que o Djaniny é mau, mas tendo em conta as necessidades do plantel não me parece que mais um jovem avançado seja assim tão necessário).

Há bons jogadores no campeonato português. Há bons jogadores no campeonato português. Há bons jogadores no campeonato português. Há bons jogadores no campeonato português. Há bons jogadores no campeonato português. Vamos repetir isto um bocadinho. Pode ser que alguém oiça.

Isolado

quinta-feira, 22 de Março de 2012

Durante quanto mais tempo permitirá a estrutura de futebol do Benfica que Jorge Jesus enfrente sozinho Vítor Pereira, Pinto da Costa, jogadores do foculporto, jogadores e treinadores das restantes equipas que aproveitam sempre estas ocasiões, dirigentes da APAF, jornalistas, comentadores, etc, etc, etc?

Jorge Jesus é pago para pôr a equipa a jogar à bola e é nisso que se deve concentrar. É particularmente imbecil deixá-lo desgastar-se com ataques à arbitragem quando somos roubados ou com a defesa dos seus jogadores e do Benfica quando somos injustamente acusados de termos sido beneficiados.

Alguém dentro do clube pode fazer o favor de se chegar à frente? Ou só é bonito dar a cara na Gala do Benfica?

O drama

Gaspar diz que Jesus treinava bloqueios, tirava macacos do nariz e, por vezes, tinha restos de carne entre os dentes.

Vítor fala verdade

quarta-feira, 21 de Março de 2012




Tenho uma admiração extra pelos benfiquistas do Porto. Grande Vítor!

Três preocupações

1ª. Ontem quando vi o onze inicial, pensei que íamos finalmente jogar em 4-3-3. Mas mal começou o jogo lá andava Aimar coladinho ao Nelson... Poderei dizer aos meus netos - não com orgulho - que vi Aimar disputar duas bolas de cabeça na área contrária no mesmo jogo, sendo que numa delas até conseguiu subir bem alto e fazer falta sobre o guarda-redes adversário (e isto é, muito provavelmente, o melhor que se pode pedir a Aimar na pequena área). Recordo-me vagamente do que foi dito de Quique Flores em relação a esta colocação de Aimar no campo. Não eram palavras bonitas. Mesmo nada bonitas. Mas eram merecidas.

2ª. Javi García está num momento de forma que até dói. Dói-me a mim e ao Witsel, que se continua a ter que correr por dois durante os próximos jogos vai rebentar não tarda. Javi não se mexe, Javi abre auto-estradas, Javi não tem pernas para acompanhar quem vem embalado. Ontem Javi passou metade do tempo completamente alheado daquilo que a equipa adversária estava a construir. Não pode ser.

3ª. O Garay demora muito? É que o Jardel, que até tinha estado relativamente bem contra o Beira-Mar, ontem foi um central digno de pontificar no Vilaverdense. Por sorte, do outro lado estava uma anedota chamada Kléber, avançado que, por sua vez, poderia brilhar no Maria da Fonte, o que acabou por proporcionar uma espécie de mini-clássico Vilaverdense-Maria da Fonte, em que o objectivo passava por ver quem sairia dali menos humilhado. Mas para a semana há Drogba...

Reforços para o resto da época

Já estavam junto à loja da Adidas os reforços para o ataque, que vão fazer o tridente atacante com o Rolo Compressor (há quem lhe chame Tacuara).


Carrega Benfica!

Como o Benfica auxilia a equipa de arbitragem



Diz-se que a defesa do Benfica estava mal posicionada no lance do segundo golo do foculporto. Isto é obviamente conversa de quem não percebe nada de futebol português. Passemos à análise cuidada do lance.

No momento em que a bola é batida, há sete jogadores do Benfica em cima da linha de pequena área, como quem diz ao fiscal-de-linha, perdão, ao árbitro auxiliar (assim é mais fino, um pouco como o velhinho termo "contínuo" que acompanhou toda a minha adolescência escolar mas que agora se diz "auxiliar de educação"): "Olha para a linha branca, meu cabrão! Se vires alguma coisa azul para lá da mesma, levanta a bandeira. Tu olha para a linha!" Ou seja, uma demonstração cabal de inteligência táctica e também o assumir do erro cometido na derrota para o campeonato, onde Maicon marcou aquele bonito golo porque o árbitro auxiliar não tinha uma linha para o ajudar.

Depois vemos Mangala vir de trás solto de marcação. Pois como queriam que alguém lhe prestasse importância se a atenção dos jogadores do Benfica estava totalmente focada no árbitro auxiliar? Aliás, se repararmos na imagem, vemos todos os jogadores do Benfica com os olhos cravados no senhor de amarelo com a bandeira na mão, temendo a reedição do lance do jogo do campeonato.

O Benfica tem realmente uma vida dura nas bolas paradas defensivas. Ou marca os jogadores adversários ou auxilia o árbitro auxiliar (que lá por ter "auxiliar" no nome não significa que não precise também ele de auxílio). Um dia havemos de atingir a perfeição de conseguir fazer ambas.

Curtas

terça-feira, 20 de Março de 2012

Jogo intermitente do Benfica. Entrámos a marcar, sofremos dois num ápice e reagimos perto do intervalo. Resolvemos antes dos 80 minutos.

Cheguei a temer mais um descalabro, muito fruto do lado psicológico, poucas vezes superior ao do adversário. Mas o Benfica demonstrou vontade de vencer e foi para cima do foculporto.

Individualmente, e pela positiva, destaco Luisão, Javi Garcia, Nolito (que garra...) e Cardozo.

Pela negativa, falarei de Aimar (muito apagado e pouco inspirado) e Bruno César.

Gostei de ver o pintinho a espumar... Para quem diz que a Taça da Liga é secundária, espumou muito.

Bloqueios??? Já não me ria tanto há muito tempo...

Vítor Python


AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHA!!!

A sério, tenham vergonha na cara...

É tão bom ser criança (mas nem sempre)

Responde uma criança da escola de futebol Dragon Force de Lisboa, quando questionada pelo jornalista sobre o porquê de ser do foculporto: O Benfica faz muitas coisas más e o foculporto é mansinho.

Ah, o Algarve...

Um Agosto perdido no tempo. Algures numa qualquer típica praia algarvia. No areal não há espaço para nem mais uma toalha. Não se consegue chegar ao mar, o salgado, sem ter que atravessar outro mar, este de toalhas. Já com a água a vir lamber os pés, novo mar se avizinha, o de gente. Fora da praia a situação não é melhor. Filas no supermercado, filas nas bombas de gasolina, filas nos restaurantes. Em casa chega a haver um intervalo de tempo, ali perto da hora de jantar, em que não há água para o banho.

Mas, no entanto, insistem em chamar pessoas para o Algarve. "Venham, venham, que isto é muito bom e há lugar para todos." Não há. Já desisti do típico Algarve e admiro a coragem de quem vai para sítios como Armação de Pêra, Oura, Portimão e outros lugares deste calibre. São uns pequenos heróis e merecem o meu respeito. Ainda há locais sossegados no Algarve, é verdade, mas são poucos e vão rareando (não vamos mencionar nomes para manter a placidez dessas praias, ok?).

Lembrei-me disto hoje enquanto tentava comprar bilhetes no site oficial do Benfica durante cerca de 10 horas. Se sabem que não conseguem providenciar um bom serviço, por que caralho anunciam que há bilhetes disponíveis online? De que nos serve ser o, mui aclamado, clube com mais sócios no planeta se o apoio prestado aos mesmos é completamente amador?

Vejam lá isso, por favor.

Há vantagens em só se falar uma língua

segunda-feira, 19 de Março de 2012

Felizmente que o mister não domina a língua inglesa, caso contrário o seu ego incharia ainda mais depois de ler isto. Pés bem assentes na terra e uma grande dose de humildade são meio caminho andado para bater o Chelsea.

Obrigado por tudo


Feliz dia do Pai.

Apagado

domingo, 18 de Março de 2012


E eis que, finalmente, a duas jornadas de receber o Braga, o Benfica e a Adidas se lembram de que Ruben Amorim já não joga na mesma equipa de Gaitán e esta imagem já não existe. Obrigado.

A oportunidade única do Braga

sábado, 17 de Março de 2012

Vim da Luz e ainda vi o jogo da Choupana. Se a forma física dos jogadores do Glorioso, aliada à escassez de opções de rotação que existem ou que Jesus pensa que existem é de lamentar profundamente, é quase inenarrável a forma como os jogadores do foculporto se arrastam em campo e o marasmo de opções que Vitó tem à disposição.

Pelo 3º ano consecutivo, o SLB enfrenta a fase crítica da época (jogos decisivos de 4 em 4 dias) em condições físicas débeis, desta vez, com o seu adversário directo interno ainda em piores condições, só suportado pelos factores que todos conhecemos.

E portanto Salvador, Jardim e o seu plantel equilibrado, de qualidade, consistente defensivamente e com um meio campo em rotação constante têm tudo pela primeira vez campeões nacionais (espero obviamente que esteja enganado).

Este SLB e este foculporto, no futebol praticado, são inferiores ao actual Braga e isso, no que nos diz respeito, é muito preocupante.


BENFICA 3 - 1 Beira-Mar

sexta-feira, 16 de Março de 2012

Jogo morno do Benfica, já a pensar na próxima terça-feira. Ainda assim, criaram-se muitas oportunidades, que podiam ter dado outra expressão ao resultado final.

A partir do terceiro golo, a gestão tornou-se mais clara, com Jesus a fazer sair Aimar e Bruno César.

Regressamos, com este resultado, à desvantagem mínima em relação ao líder do campeonato.


Artur - sem trabalho, teve que sofrer o golo da praxe.

Witsel - segunda experiência a lateral direito, desta vez bem melhor. Cumpriu bem a função e ofereceu, qual Maxi, o golo a Cardozo. Depois da saída de Aimar, regressou ao meio-campo, já algo desgastado.

Jardel - jogo impecável. Muito bom.

Luisão - muito lutador, eliminou bem as iniciativas que lhe foram surgindo pela frente.

Émerson - chamem-lhe implicância minha se entenderem, mas este rapaz não tem qualidade para estar no Benfica. Mais de 50% dos passes que faz do meio-campo para a frente acabam nos pés do adversário ou fora de campo. Então quando insiste em tentar fintar, é o regabofe...

Javi - bom jogo, ao seu habitual nível.

Bruno César - jogo fraquinho.

Aimar - voltou o perfume e a classe. Bom jogo do argentino, mas com menos influência do que é costume.

Gaitan - quando joga simples e prático, faz a diferença; quando insiste em fintar meia equipa, faz asneira. Marcou o segundo a passe de Cardozo. Ajudou muito Émerson a defender.

Nelson Oliveira - excelente assistência de calcanhar para Cardozo marcar o terceiro. Tentou marcar, mas por vezes complicou. A sua velocidade é uma arma a explorar.

Cardozo - mais dois golos para o gang do assobio apreciar. E mais uma assistência. Belo jogo.

André Almeida - já deu para aquecer. Precisa de muitos mais minutos.

Rodrigo - ainda com falta de ritmo, mostrou-se algo trapalhão. É realmente uma pena uma certa besta ter arrumado com o melhor jogador do Benfica até ao jogo na Rússia.

Nolito - pouco se viu.

Tens 30 minutos, Benfica?

Um dos principais problemas das organizações é o excesso de focalização interna. As que têm mais sucesso são invariavelmente as mais alertas ao que se passa fora de portas, importando as boas práticas de fora para o seu negócio e percebendo o que está a acontecer no mercado, agindo, reagindo e ajustando-se mais facilmente a este.

Percebo que seja difícil tirar a cabeça da areia, tenho muitas vezes essa dificuldade nas minhas empresas. 2 vezes por ano quando vou às reuniões internacionais regresso cheio de ideias e estímulos interessantes para melhorar, mas logo as contingências do dia-a-dia me obrigam a deixar 90% do que idealizei para trás, de modo a resolver os problemas que encontro no regresso.

Em relação ao SLB vejo poucas áreas onde se identifica um significativo aproveitamento do que é visível fora de portas (aliás é recorrente ver exemplos do contrário - empresas e clubes a estudarem o Benfica). Percebo que seja difícil o SLB olhar para fora, com tudo o que há para fazer dentro da nossa casa no quotidiano, mas há uma fonte de informação onde o Benfica retira muito pouco benefício - a blogosfera Benfiquista.

Este exército de seguidores "geradores de informação" estão à disposição do clube para apresentar ideias, pontos de vista e informação relevantes sobre o futebol português, o seu contexto nacional e internacional. Existe um conhecimento brutal à disposição do clube que não parece ser aproveitado, o que não deixa de ser lamentável.

A proposta seria, uma vez por mês, o SLB disponibilizar 30 minutos à blogosfera benfiquista para apresentar:

  • O que se diz e se sente sobre o Benfica (como os adeptos estão a ver o clube e o futebol)
  • Informações chave do contexto (o que se sabe do sistema e como evoluiu)
  • Ideias para um Benfica mais forte (o que melhorar no SLB).
Sem lixo, sem teorias da conspiração, sem palha. Só insights chave, informação já tratada e suportada em pesquisa, para ajudar a melhorar o clube, de borla.

A ideia é toda a gente levar apitos para Milão

Portanto... Nas meias-finais vingamos o apito que o Hernâni ouviu da bancada em Viena, e na final nem nos importamos que o Bayern jogue em casa. Parece-me bem.

É isto que sonho para o Benfica


No site da Uefa...

"The prospect of a final on home soil has quickened the pulse of Bayern fans. On the morning after their 7-0 victory over Basel, over 140,000 tickets were requested for the home quarter-final. With only 66,000 available, Bayern have announced that all further ticket requests will not be considered"

Jesus também vota

quinta-feira, 15 de Março de 2012

Jesus dá alguns conselhos sobre a sondagem aqui ao lado:

Estamos num momento em que ninguém vai surpreender. Todas as equipas queriam o APOEL e já foram para casa, por isso já não haverá surpresas. O Chelsea fez uma excelente recuperação frente ao Nápoles e não posso escolher o sorteio, mas mantenho a minha opinião.

O mister quer mesmo o Chelsea, não há nada a fazer. Venham eles, então, que os voos para Londres são baratos.

Muito para fazer, incerteza de futuro com LFV

"Ainda há muito para fazer no Sport Lisboa e Benfica". Esta frase tem sido ciclicamente repetida pelo nosso Presidente.

O Presidente leva quase uma década de liderança (desde 2003). Nos vários mandatos, e até concluir este, fez ou fará:

  • Renegociação dos Direitos Televisivos (pelo menos para os próximos 5 anos)
  • Revisão dos contratos publicitários (acordos de longo prazo)
  • Estádio | Pavilhões | Centro de Estágio
  • Benfica TV
  • Fundação Benfica
  • Resgate Financeiro | Restauração da credibilidade financeira do clube
  • Site e Redes Sociais
  • Angariação de Sócios
  • Empresas do Grupo Benfica
  • Restauração do património
  • Rejuvenescimento | Reformulação da Imagem das Casas do Benfica
  • Projecto Olímpico
  • ...
Em falta após este mandato (Outubro 2012), ficarão:
  • Museu
  • Negociação do naming do Estádio
  • Equilíbrio financeiro - clube auto-sustentável
  • Revisão estatutária
Só compreendendo o "Ainda há muito para fazer" se a estas 4 componentes se juntarem os aspectos onde se torna mais relevante agir e na qual vemos resultados piores ou nulos da actuação de LFV:
  • Gestão do futebol
  • Combater e Eliminar o Sistema
  • Hegemonia desportiva incontestável
Em relação às 4 primeiras do que falta fazer, LFV não precisa provar nada - penso que conseguirá fazê-las, mais cedo ou mais tarde (a mais difícil será obviamente o equilíbrio financeiro).

Em relação às 3 últimas, o nosso Presidente falhou nos últimos 9 anos. E se identificamos melhorias na Gestão do futebol face ao início, nas duas outras o resultado é zero.

A questão essencial é saber se os Benfiquistas acreditam que Luis Filipe Vieira inclui no "Ainda há muito a fazer" os 3 pontos chave e se serão esses os cavalos de batalha do próximo mandato. É esta a prova que é necessária para que muitos tenham a certeza que é a pessoa certa para continuar a liderar o clube.

Neste momento, à luz do que já fez, do que não fez e do que urge fazer, o seu "ciclo de utilidade" parece estar perto de terminar.

Rapidinha

O sorteio é já na sexta. Podem votar ali ao lado.

Fiúza Power

quarta-feira, 14 de Março de 2012

"Fomos nós que o pusemos lá e agora vai servir os lobbies que apoiaram outros candidatos?"

Não sei se vai ser tão clara a rejeição da FPF como se está a vender por ai.

E no meio disto, onde pára o Benfica? É contra. E mais, alguém sabe?

Pedagogia culinária

No supermercado...

- Menino, pode dar-me uma embalagem de 250g de Pedro Guerra, que eu não chego lá?

- A senhora não devia cozinhar com isso, faz-lhe mal à saúde.

Recomendo-lhes uma limpeza de ouvidos e uma operação à coluna

terça-feira, 13 de Março de 2012

Diz-nos a comunicação social, em grande excitação, que Ronaldo elegeu o Benfica como adversário favorito nos quartos-de-final da Champions.

Por mero acaso, pude ver alguns excertos da conferência de imprensa do Real Madrid e o que se passou foi uma jornalista perguntar directamente a Ronaldo se, caso o Real passasse o CSKA, ele gostaria de jogar contra o Benfica na próxima eliminatória, ao que Ronaldo anuiu.

Passar desta situação para um "Ronaldo elege o Benfica" ou "Ronaldo prefere o Benfica" é só mais uma amostra de como funciona o jornalismo português.

Sim, é o Emerson

Armindo amostra como é

Manuel Armindo, além de ser delegado da Liga, de ser amigo facebookiano de todas as casas do foculporto possíveis e imaginárias e de personagens como Elmano Santos, Cosme Machado ou Hugo Miguel, também deve comentar em blogs. O atropelo gramatical, a falta de acentuação, a pobreza da pontuação, os pontapés na concordância e todo um rol de atentados à língua portuguesa...

Sim, Manuel Armindo anda pela blogosfera. Ou então são outros Manuéis Armindos como ele.

Mudam-se as regras

segunda-feira, 12 de Março de 2012

Ora bom... Se ninguém desce de divisão, este campeonato resume-se às lutas pelo título e lugares de acesso às competições europeias. Assim sendo, as equipas que não entram nessas contas irão bater-se por quê?

Por malas bem recheadas e promessas de empréstimos de jogadores.

Pedradas com pelo menos 70 anos de vida

Outro dia, em conversa com o mito vivo Rogério Pipi, perguntei-lhe se na altura em que ele jogava as relações com o foculporto eram tão más como as de hoje. Respondeu-me que quando iam jogar ao Campo da Constituição, à saída do comboio juntava-se gente para os apedrejar...

Portanto é tempo de acabar com as tretas do Pinto da Costa e do Pedroto serem os criadores do ódio ao Benfica e da animalidade boçal daquelas gentes. O ódio e a animalidade sempre ali estiveram. Pinto da Costa e Pedroto foram apenas mais uns incendiariozecos do nosso futebol, mas o problema já vinha de trás. Recordo que o Senhor Rogério estava a falar da década de quarenta! E já havia pedras a voar contra o Benfica...

Isto não é de agora, isto não é de há 25 anos, isto é praticamente desde sempre. Aquele clube e as suas gentes, e aqui lamento mas vou meter todos no mesmo saco, enojam-me e estão a mais no desporto português.

Quando entras no campo da estupidez, tens que ganhar

- No primeiro golo do Benfica o jogador do Paços que está a marcar o Gaitán deixa-se cair nitidamente de propósito. Vocês compram os jogadores das outras equipas - diz-me um lagarto.

- Também me parece evidente. Mas ainda mais escandaloso foi o Melgarejo, que colocou dois colegas na cara do Artur e mandou uma bola ao ferro só para desviar atenções. O Benfica pensa em tudo, meu caro - respondo.

- ...

Distinção

Os jogadores do Guimarães só recebem incentivos de mil euros quando jogam contra o Benfica, sendo que vencer o Benfica vale exactamente os mesmo três pontos do que uma vitória contra qualquer outro adversário. É uma situação que lisonjeia o Benfica, é certo, mas que não compreendo muito bem.

Paços 1-2 Benfica

domingo, 11 de Março de 2012

O Benfica até entrou bem e criou duas boas oportunidades para marcar mas foi o Paços quem o conseguiu fazer. A equipa desarticulou-se de uma forma pouco compreensível e assim se arrastou até ao intervalo. Na segunda parte o Paços podia ter alargado a vantagem nos primeiros minutos mas depois o Benfica marcou e tomou conta do jogo. Querem ver penáltis? Vão ao Dragão.


Artur:
permitiu que o Benfica só tivesse que recuperar de uma desvantagem de um golo.

Maxi: o flanco foi de Melgarejo. Quando se tem um jogador rapidíssimo para marcar, se calhar o melhor é não abusar muito das subidas. Mas Witsel também não ajudou como costuma.

Luisão: fraco. O Paços ganhou demasiadas bolas de cabeça na área do Benfica.

Jardel: apesar de parecer estranho, um pouco melhor do que Luisão.

Capdevila: sem qualquer ritmo de jogo é melhor do que Emerson.

Javi García: primeira parte desastrosa.

Witsel: guarda a bola como poucos mas está desgastado. É pena não haver no plantel um jogador com características minimamente parecidas para lhe dar pelo menos um jogo de descanso na série que se avizinha.

Bruno César: tem que ser mais constante nas suas exibições. Tanto faz quatro ou cinco coisas seguidas sem nexo, como faz quatro ou cinco bem feitas. Grande golo. Menção honrosa para um dos amarelos mais ridículos da época: quando fores abalroado não podes cair.

Nolito: muito mal, não deu uma para a caixa.

Saviola: como disse no post anterior, tinha esperança que ele regressasse em grande. Enganei-me redondamente. Se calhar não dá mesmo mais. É pena.

Cardozo: provavelmente o seu momento alto foi permitir que Bruno César executasse o livre da vitória.

Nélson Oliveira: a galinha da vizinha não é sempre melhor do que a minha. A formação do Benfica não é um mito urbano. Existe e é para ser explorada.

Gaitán: se calhar ir para o banco às vezes faz bem e ninguém morre por isso.

Rodrigo: devia ter entrado Matic uns minutos mais cedo.


Melgarejo: sabe ainda melhor ganhar um jogo quando do outro lado está um jogador emprestado que foi claramente o melhor da equipa.

É bem, Jesus

Independentemente do que possa acontecer no decorrer do jogo, colocar Gaitán no banco e Saviola de início para, como só ele sabe, explorar os espaços num campo tão pequeno como o da Mata Real, é muito bem visto. O Saviola até pode vir a fazer um jogo horrendo, mas Jesus pensou bem.

E agora vamos lá colar-nos ao foculporto, por favor.

Haja saúde!

sexta-feira, 9 de Março de 2012

Um dos temas do momento na comunicação social, inclusivamente com direito a entrevista ao jogador no noticiário da RTP, é o facto de Melgarejo dizer que se marcar golo ao Benfica não vai festejar. E eu gosto que isto seja notícia e que Melgarejo possa dizer o que diz. Porque é sinal de que vai jogar. Isto porque é um jovem pleno de vigor e que vende saúde, claro.

Já outros jogadores emprestados - e aqui vou escolher aleatoriamente, sei lá - por exemplo, os do foculporto, são rapaziada enfezada e atreita a estranhas maleitas de origem dúbia nos dias que antecedem o jogo contra o clube de origem. Ora é um pêlo púbico encravado, ora é uma unha que está a crescer para dentro da carne, ora é uma inflamação do colo uterino (sim, há jogadores emprestados pelo foculporto que possuem um útero; dois úteros, em alguns casos), ora é uma micose no escroto, ora é herpes anal, ora é um telefonema do seu médico pessoal, Pinto da Costa, a aconselhar repouso absoluto nos dois ou três dias que se seguem.

Mas Melgarejo desafia toda esta lógica de enfermidade do jogador emprestado. Melgarejo tem uma pelagem púbica de fazer inveja a muita senhora. Melgarejo tem umas unhas lindíssimas e nem sequer as trata com verniz. Melgarejo não tem um útero que possa inflamar. Melgarejo tem um escroto impecável. Melgarejo tem um ânus limpo e asseado. Melgarejo não recebe telefonemas de ninguém a prescrever repouso. No fundo, Melgarejo é são como um pêro e só quer jogar à bola. E na próxima época está no Benfica.

Sonhar não custa



Gostava que o Salvio, enquanto está no Atlético, tivesse mais perdidas escandalosas como aquela aos 17 minutos e marcasse menos golos espectaculares como aqueles dois. É que ainda tenho uma ténue (muito ténue) esperança de o ver regressar ao flanco direito do ataque do Benfica.

Ou ver o Simão acabar aqui a carrei... Não, esta é mesmo irreal.

Ideias para quando o Benfica adquirir o Pavilhão Atlântico

quinta-feira, 8 de Março de 2012

- alugar ao foculporto para este montar uma casa de pegas, para assim receber da melhor forma os vários árbitros que se deslocam a Lisboa para apitar jogos do Benfica

- alug... emprestar gratuitamente ao zbordin, para estes desgraçados pararem de ir jogar a Loures

- entregar a gestão do espaço a Jorge Mendes, que decerto conseguirá vendê-lo pelo triplo do que custou daqui a poucos anos

- demolir e construir um hotel em pareceria com António Salvador, onde a equipa do Benfica estagiará sempre que jogar na Luz

- trocar com a CGD pelo balcão de Belém onde o Benfica foi fundado (ficávamos a perder financeiramente mas a ganhar emocionalmente)

- transformar em hospital, para que Enzo Pérez possa jogar no Benfica ao mesmo tempo que acompanha a recuperação da gravíssima doença que afecta a senhora sua mãe

- colocar-lhe umas rodas gigantes e transformá-lo numa rulote com cerveja, febras e couratos em abundância, que acompanhará os jogos do Benfica fora de casa

- remover o tecto, pôr um relvado e transformar no estádio da futura equipa B

- ceder ao sócio Pedro Proença, pelos bons serviços prestados ao clube

- proibir Tony Carreira de dar concertos ou sequer assobiar a menos de 200 metros do local

- convidar Joaquim Oliveira para uma reunião no local e implodir o edifício

- treinar o pé esquerdo do pavilhão e ensiná-lo a subir à linha e cruzar para a área adversária e a fechar o espaço entre a linha e o central

- não fazer rigorosamente nada e deixar o espaço degradar-se, só para meter nojo

O desrespeito por esse clube é profundo

Diálogo entre uma jornalista da SIC e uma adepta do City:

- Hello, so what do you expect from this game?

- Oh, well, a walk in the park. We're good enough, we can win this.

- What do you know about zbordin?

- Not a lot, really. I know they're fourth in the league. Benfica are the best team... I don't know nothing about them.


Deixem o vídeo carregar um bocado e vão directamente aos 41:30.


Reafirmo que não mantenho qualquer espécie de relação com a Maya

Acabei de ter o estúpido pressentimento que vamos jogar os quartos-de-final da Champions contra uma das equipas que hoje se apurou. Isto não deixa de ser preocupante, porque na altura do sorteio dos grupos disse que íamos calhar com Arsenal, Basel e Otelul (só falhei numa equipa mas acertei no país), e no sorteio seguinte pensei no Zenit...

Portanto, já estou a ver preços de bilhetes de avião para os aeroportos de Nicósia, Larnaca e Paphos. São um bocado caros e os mais baratos implicam escalas longuíssimas e tempo total de viagem de quase 20 horas. Não me agrada este panorama.

A outra hipótese é juntar malta amiga e ir de carro a Barcelona. Sai mais baratinho, pois sai, mas depois de ter visto o festival de hoje...

Mágico

quarta-feira, 7 de Março de 2012

Parece que vai entrar com a bola na baliza, pára a bola em cima da linha de golo, vira-se de costas para a baliza e marca golo de calcanhar. Eis Ricardinho.


P.S. E que grande jogo do capitão Gonçalo Alves.

Someone talked

Este fim-de-semana fui ao CCB ver a exposição "A Arte da Guerra", que se centra na forma como a propaganda foi utilizada durante a Segunda Guerra Mundial. Vi dezenas e dezenas de pósteres, mas um em especial chamou-me a atenção.



Como me acontece muitas vezes em todo o tipo de situações, lembrei-me de fazer um paralelismo entre aquilo que estava a ver e o Benfica. E a verdade é que o póster encaixa na perfeição no departamento do Benfica responsável por encontrar futuras promessas por esse planeta fora. Há sempre alguém que fala, facto este assumido inclusivamente pelo presidente numa entrevista no final da época passada. Todas as épocas é a mesma coisa e o problema não parece ter fim à vista.

Portanto, seria bom colar algo deste género nos gabinetes dessa gente. Ou mandar esta imagem dentro de um envelope para o senhor Jorge "o foculporto é a minha religião" Gomes, acompanhada de um papel a prescindir dos seus serviços.

A mesma fórmula

Hoje Jesus disse: A entrada de Lazovic trouxe problemas ao Javi García e a Witsel mas com a entrada de Matic conseguimos acalmar.

E na sexta passada Jesus poderia ter dito: A entrada de James trouxe problemas ao Javi García e a Witsel mas com a entrada de Matic conseguimos acalmar.

Benfica 2 - 0 Zenit

terça-feira, 6 de Março de 2012

As grandes noites europeias tiveram hoje mais um episódio, nem tanto pela exibição da equipa, mas mais pelo apoio entusiasta do público, que puxou pela equipa, principalmente na segunda parte.

A primeira parte foi morna, com uma ou outra ocasião do Benfica e uma do Zenit, acabando a primeira parte com o golo do Benfica.

A segunda parte trouxe mais oportunidades ao Benfica, fruto da subida da equipa russa, mas não soubemos aproveitar as muitas oportunidades que tivemos, excepto nos minutos finais em que Nelson Oliveira sentenciou o encontro.

Houve alma, houve coração, houve raça, houve apoio. Por que razão haveremos de deitar a toalha ao chão no campeonato?


Artur - sem grande trabalho. Teve uma boa defesa depois de criar embaraço a Luisão e este ter perdido a bola.

Maxi - o homem do jogo. Para além do golo da praxe, defendeu e atacou muito bem. As pilhas estiveram sempre no máximo. É este Maxi de que precisamos.

Luisão - bom jogo. Frio e letal na abordagem aos lances. Não me lembro de ter feito qualquer falta. Limpinho!.

Jardel - muito certo a defender. Não complicou e fez um óptimo jogo. Podemos contar com ele, se actuar sempre com esta postura.

Emerson - foi o Emerson do costume na primeira parte. Cumpre a defender, de forma sofrida, mas mal a atacar, com passes falhados. Na segunda parte, apareceu diferente. Mais seguro a defender e melhor a atacar.

Javi - grande jogo, apesar de ter visto o amarelo cedo na primeira parte. Segurou muito bem o meio-campo. A equipa é outra com ele.

Gaitan - continua inconstante. Ora desequilibra, ora perde a bola ao tentar fintar meia equipa adversária. Não o teria colocado de início, mas Jesus é o senhor... Notou-se um esforço a ajudar a defender, o que já mostra evolução da sua parte.

Bruno César - 60 minutos abaixo do que pode e sabe fazer. Esteve perto de marcar ainda na primeira. Reconheço-lhe a importância a defender e a fechar o meio-campo. Serviu de bandeja o golo a Nelson Oliveira.

Witsel - jogo muito bom do belga. É notável a forma como controla e segura a bola, evitando dois e três adversários sem a perder. Equilibrou bem o meio-campo. Assistiu Maxi para o golo.

Rodrigo - faz lembrar o Rodrigo dos primeiros minutos da época: trapalhão e inconsequente. A lesão prejudicou-o imenso e fê-lo regredir. Espero que recupere a excelente forma em que estava antes da lesão.

Cardozo - não fez um grande jogo e podia ter sentenciado o jogo só com o guarda-redes pela frente.

Nolito - entrou e mexeu com o jogo. Prefiro vê-lo a jogar de início.

Matic - entrou para dar altura ao meio-campo, mas foi no chão que mais dominou o jogo. Boas recuperações e sobriedade no lançamento do contra-ataque.

Nelson Oliveira - três oportunidades, 1 golo. Com a equipa russa lançada no ataque, era a arma certa para desmanchar a defesa adversária. É um jogador muito útil neste tipo de táctica, dada a sua velocidade impressionante. Marcou o segundo golo, após assistência de Bruno César. É o futuro.

Negociações duras

- Que tal 111 milhões por cinco épocas?

- O quê?! Nem pensar!

- E entre 120 e 125 milhões por cinco épocas?

- Ah, pode ser.

Se não explico aos jogadores...

Se não ouves, não lês, não reflectes e não explicas, nunca mais vais saber mais, nunca aprendes mais, nunca evoluis.

Vale para todos, para mim, para ti, para Jesus, Vieira e para os jogadores.

A incapacidade de Jesus para resolver o assunto Emerson / Capdevila mostra mais uma vez as suas fragilidades enquanto líder da equipa. Mostra mais uma vez que é, e provavelmente nunca vai deixar de ser, um treinador incompleto, com lacunas graves onde nestes 3 anos não se identificaram evoluções relevantes.

PS: Basta mudar o nome Jesus para Vieira e o discurso assenta como uma luva. 10 anos e zero de evolução na compreensão do futebol português. Também Vieira é um Presidente incompleto - competente a organizar e a gerar obra mas incapaz de mostrar melhorias no combate ao sistema.

10 minutos à porto... canal

segunda-feira, 5 de Março de 2012

Num acto de coragem/masoquismo, decidi ver quanto tempo aguentava ver um programa do Porto Canal em que se estava a fazer a análise ao clássico de sexta-feira.

Antes que a coisa desse para o torto, precavi-me. Meti um comprimido debaixo da língua, agarrei em duas bolas anti-stress e amarrei os pés às pernas do sofá, só por via das dúvidas.

10 minutos, foi o meu recorde, já com pingas de suor a escorrer pela cara abaixo e uma certa dor de barriga.

Pois bem, quatro portistas, incluindo o apresentador (um graçolas) e um comentador da RR (Bernardino Barros), viram três, sim três, penaltis por assinalar a favor do porto. Repito, três.

Até no lance aos 6 minutos, em que Emerson corta a bola, conseguiram vislumbrar um penalti. "Pois claro que é penalti", diziam assertivamente.

No lance em que Cardozo toca com os braços na bola, em que se vê perfeitamente que não há qualquer acto deliberado, porquanto nem para a bola está a olhar, um dos indivíduos falou em "aconchegar da bola por Cardozo". "Pois claro que é penalti, escandaloso".

Julgava que já tinha ouvido de tudo, mas não... No lance do segundo golo, "há falta clara do Witsel sobre o Maicon, que só não foi marcada porque a bola ficou nos pés de um jogador do porto" Errado...A bola ficou na posse do Benfica e lá se foi a teoria da batata.

Mas aqui dou de barato os comentários deslocados de tais adeptos, visto que o Porto Canal, imparcial como é, só conseguiu passar imagens de dois ângulos, apesar da sporttv ter outros ângulos de filmagem. Mas vá, não interessava mostrar o pézito do Maicon a arrastar o pé do Witsel. Era desagradável, vá...

Aqui já eu estava nos meus limites. Mas a ansiedade era muita por saber os comentários ao terceiro golo deles. Para espanto meu, ouviu-se logo:"É fora-de-jogo, sim". Respirei de alívio, talvez cedo de mais. Esqueci-me que estes senhores não dão uma de barato... "Mas se é um fora-de-jogo tão claro por que é que nenhum jogador do Benfica reclama? E por que é que os adeptos não reclamaram?" Hmmm... Entalaram-nos... Mas que raio de jogadores são os do Benfica que nem avisaram o árbitro que estavam dois fora-de-jogo? E os adeptos daquela bancada estavam a dormir?? Gastam dinheiro no bilhete e nem atentos estão ao jogo?? Que raio de benfiquistas...

Como referi, não aguentei mais que 10 minutos. Convenhamos que 10 minutos a rir ininterruptamente são um desafio para qualquer um...

E assim se alimenta o Sistema...

Então não escrevem nada?

Da minha parte estou em período de nojo.

Porquê?

sábado, 3 de Março de 2012

Ainda me pergunto como é que isto aconteceu... Mas rapidamente me lembro que isto é sempre assim...

Excelente presidente

sexta-feira, 2 de Março de 2012

Segundo li, o presidente Vieira foi à sala de imprensa partir a loiça e falar finalmente das arbitragens. Excelente... A minha vénia presidente...

Permita-me, no entanto, que lhe diga que esse discurso vem com uns meses de atraso. A loiça parte-se ao primeiro roubo, ao segundo roubo, ao terceiro roubo, com 1, 3, 5 ou 20 pontos de avanço... Agora é que fala??? E depois de ter apoiado um ex-dirigente do porto para candidatar-se à Liga e à Federação...?

Se não gostasse tanto do Benfica, até que me ria...

Adeus

É o adeus anunciado ao campeonato... Afirmei na semana passada que uma vitória do Benfica hoje lançaria a luta até ao fim, mas não seria seguro afirmar que seríamos campeões; uma vitória do porco ditaria o afastamento do Benfica, principalmente por motivos anímicos e psicológicos...

Não vale a pena vir falar do árbitro. O Emerson é burro e pôs-se a jeito. Duas faltas por trás quase seguidas, sobre o fiteiro do costume... E mais burro é quem o põe a jogar. Não nem nunca será jogador para o Benfica. Deu espaço para o Hulk rematar para o primeiro golo; treme como varas verdes com a bola nos pés; e teve medo de esticar a perna no golo do James...

Bem sei que faltam 27 pontos... Mas acabámos de perder o 8.º ponto em 3 jogos... E se o Braga se cola a nós amanhã, mais um factor a puxar para baixo.

Arranjem por favor um psicólogo... Somos constantemente comidos por estes gajos. No ano passado, era só o que faltava, o porco virar o resultado do jogo da taça. E virou; também era o que faltava ser campeão na Luz. E foi; e hoje, era o que faltava ganharem e recuperarem 8 pontos, mesmo depois de termos virado o resultado para 2-1. E ganharam e recuperaram...

Também sei que o golo do porco é fora-de-jogo, mas isso agora pouco importa. Afinal, já estamos todos habituados a isto.

Início de dia um pouco desmotivante

A mais que provável perspectiva de o estádio não encher entristece-me bastante. Claro que há que ter em conta a crise e o preço dos bilhetes... Mas o mais estúpido é que tenho quase a certeza de que se ainda estivéssemos a cinco pontos o estádio enchia mesmo. E isto é um contra-senso do caraças, porque é evidente que a equipa precisa de muito mais apoio estando com os mesmos pontos do que quando está na frente com uma vantagem mais ou menos confortável. Mas enfim, é o que temos. Que mais logo não se sinta falta de ninguém.

Pedro Proença Oliveira Alves Garcia

quinta-feira, 1 de Março de 2012

Pedro, estou preocupado contigo. Tenho recebido comentários de todo o lado, alertas de todos os cantos da blogosfera. E sinto-me na obrigação de te escrever.

Ontem, o Facebook do SLB fazia uma pequena dissertação sobre o universo benfiquista para aliciar os adeptos a comprar bilhete para o clássico. Inspirei-me nisso para te enviar o recado.

“´És de certeza um dos 14 milhões de Benfiquistas pelo mundo. Além de seres um dos 14 milhões podes ser também um dos 240 mil sócios.Além de seres um dos 14 milhões e um dos 240 mil Sócios Recordistas do Guinness, podes também ser um dos 65 mil no Estádio na próxima sexta-feira.Além de seres um dos 14 milhões, Sócio Recordista do Guinness e um dos que vai juntar a voz a mais 64.999 pessoas no Estádio, podes também ser aquele que vai começar a Onda Mexicana!”

Pedro, tu vais lá estar. Dizem até que és um dos 14 milhões. Podes não começar a onda, mas podes ter influência directa no resultado do jogo, por isso aviso-te…

Desses 14 milhões existirão 6, 7, 8, vá lá 10 milhões que seguirão o jogo de 6ª Feira. Neste “pequeno grupo” existirão certamente sócios mais radicais, adeptos mais fervorosos, pessoas com menor capacidade de autocontrole.

Pensa que podem ser não uma ou duas pessoas que encontres no Colombo por infortúnio, pensa que podem ser umas centenas ou milhares de pessoas que coabitam contigo na mesma cidade, circulam pelas mesmas estradas,almoçam nos mesmos restaurantes, usam o mesmo ginásio que tu.

Pensa nisto e reflecte seriamente hoje e amanhã até à hora do jogo. Pensa no que estas pessoas poderão pensar se existir alguma suspeita em relação à tua condução do jogo.

Se essas pessoas virem clara intenção de prejudicar o Sport Lisboa e Benfica , e acredita que alguns poderão fazê-lo, vão certamente criar condições para te encontrarem,para chegarem perto de ti e em função do seu estado, de maior ou menor desespero, é provável que te peçam satisfações sobre o que se passou nessa noite, ou no limite extremo façam “justiça pelas próprias mãos”.

Eu não quero que tal aconteça, Pedro. Mas pensa no contexto que se criou à volta deste jogo e a forma como o SLB foi visivelmente prejudicado nesta última jornada. Alguém está a criar condições para te prejudicar e isto parece uma fogueira que está no limiar no controlo. Com esta nomeação alguém te quer fazer mal Pedro, e tu tens de escapar ileso disto, tens um Europeu para apitar, não te esqueças. Tens família, tens consultoria financeira para fazer, etc.

Se tu, em vez de conduzires o jogo com isenção e rigor técnico, tiveres acções e opções que prejudiquem de forma clara o Benfica, os adeptos benfiquistas entenderão o dano feito e provocarão eles próprios dano (cada acção gera uma reacção, não te esqueças).

Reforço que de entre estes milhões, alguns te conhecem,muitos sabem onde vives e muitos querem que as coisas corram bem ao seu clube e a ti. Se não correrem bem ao clube e a ti, garanto-te que haverá gente certamente por esses milhões fora que te farão pensar duas vezes na tua carreira de árbitro, naquilo que ela foi e naquilo que será depois de 6ª feira.

Todos os benfiquistas já sabem Pedro, desde Penafiel, desde o Bessa, desde Braga, desde o Dragão, que tens capacidade para manipular a tua actuação e isso não é admissível na 6ª Feira.

Queremos um Pedro Proença isento para um jogo justo. Se não tivermos isto, teremos provavelmente um Pedro Proença incapacitado para sempre para apitar ao mais alto nível.

Vê lá bem isso, dorme bem e bom trabalho para amanhã.

Queria muito, muito, que isto pudesse ser feito

Fantástica esta forma que a Académica encontrou para homenagear e não deixar cair em esquecimento as suas antigas glórias. E ao ler aquilo é-me impossível não transpor imediatamente esta ideia para o universo do Benfica. Como seria emocionante assistir e, quiçá, até participar em tertúlias sobre Cosme Damião, Rosa Rodrigues, Marcolino Bragança, Félix Bermudes, Paiva Simões, Vítor Silva, Espírito Santo, Francisco Rodrigues, Rogério Pipi, Julinho e tantos e tantos outros nomes que muitos benfiquistas não conhecem nem se esforçam por conhecer.

A direcção do Benfica tem aqui uma ideia muito simples e bonita para copiar e implementar. Tertúlias semanais ou mensais num pavilhão do complexo da Luz (ou noutro local qualquer, isso é o que menos interessa) sobre as nossas glórias do passado. Já pensaram nisto? Até me arrepio só de imaginar.

Por onde anda o guito

Três artigos bem interessantes sobre os fundos financeiros que "mandam" no futebol português. Aqui, aqui e aqui.

Sabe-se muito pouco sobre estas negociatas. E provavelmente assim continuará.

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.