Para desentorpecer as pernas

sábado, 24 de março de 2012

Assim?

Terça: foculporto
Quarta: descanso
Quinta: descanso
Sexta: descanso
Sábado: Olhanense
Domingo: descanso
Segunda: descanso
Terça: Chelsea

Ou assim?

Terça: foculporto
Quarta: descanso
Quinta: descanso
Sexta: descanso (a meias com um joguito com o Olhanense)
Sábado: descanso
Domingo: descanso
Segunda: descanso
Terça: Chelsea

E agora digam-me qual é a grande prioridade do Benfica neste final de época e se ficaram espantados com o jogo de hoje, onde a equipa entrou nitidamente a querer gerir o jogo sem grandes sobressaltos ou acelerações, confiante no golo que acabaria por aparecer porque tem muito melhores jogadores. Só o Maxi é que resolveu não seguir as instruções e correu como sempre. Este Maxi é mesmo tonto, coitado. Não percebe nada de como se gere o esforço de uma equipa. Até sprints ele fez... Sprints, imaginem só! Tem que ser vendido, como é evidente. Um jogador do Benfica tem sempre que cumprir as ordens do seu treinador. Há uma hierarquia a respeitar, caramba!

O Aimar foi expulso aos 62 minutos e até aí o Benfica tinha produzido ZERO contra uma equipa fraquíssima e desfalcada de quase metade dos habituais titulares. Chega de desculpar tudo com os árbitros. Além de que não é preciso ser bruxo para perceber que se a falta fosse ao contrário estava tudo a pedir a expulsão do jogador.

Uma nota final para a forma como, durante os descontos, todo o banco adversário esperava em cima da linha lateral pelo apito final, como se estivessem prestes a ganhar uma final da Champions. Enquanto eu não vir este tipo de coisas nos jogos em que o foculporto intervém, não poderei achar o futebol português saudável ou tão pouco normal.

4 comentários:

Berrante De Encarnado disse...

Quanto ao parágrafo final: muitos euros em jogo, não há nem pode haver outra explicação, está fácil de ver. Ou seja, o normal de nosso futebol.

Cumprimentos benfiquistas

Anónimo disse...

Só gostava que o autor deste blog como de outros blogs benfiquistas que sigo fizesse um post falando da estranha coincidência de que sempre que jogamos mal na primeira parte, somos roubados na segunda parte.
Este jogo não foi mais que a repetição do que aconteceu em Coimbra e em Guimarães.
Também gostava que se falasse da incapacidade do Jesus de lidar com os vermelhos, faltas não marcadas, perdas de tempo do adversário, coisas que um treinador do Glorioso devia estar sempre à espera.

Viva o Benfica!!!

Jorge disse...

Concordo pois mais uma vez faltou a atitude ganhadora. Pode-se perder, empatar mas deve-se sempre tentar ganhar. Agora jogar a 10 á hora e passes para trás e para os lados foi o que deu. Também temos incompetência.Chega de falar das arbitragens. Qualquer adepto vê que não temos alternativa ao Aimar, pois emprestamos o Carlos Martins que tem uma grande vantagem sobre o Aimar, remata bem de longe.O Campeinato foi-se, não sejam ingénuos, a Champions é para a despedida e lá ganharemos ou não a taça da Liga. Para o ano há mais com a mesma conversa

John Wick disse...

..." Qualquer adepto vê que não temos alternativa ao Aimar, pois emprestamos o Carlos Martins que tem uma grande vantagem sobre o Aimar, remata bem de longe." ...

Comparar o Carlos Martins com o Pablo Aimar é o mesmo que tentar comparar o Zé Cabra com o Leonard Cohen!

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.