Marco, és grande

terça-feira, 6 de dezembro de 2011

Era isto que eu queria escrever, mas não tinha tido tempo. Obrigado Marco.

PS: O título do post do Marco é para mim, aplicável especificamente a esta situação. Jesus já foi grande no passado e esperamos voltará a ser num futuro próximo.

20 comentários:

Jotas disse...

Mesmo achando que JJ errou na abordagem ao jogo da Taça, ele é apenas e só o treinador com melhores resultados desde há 20 anos. Chega?

Luis Rosario disse...

Jotas, leste o post?

Não tem nada a ver com a taça.

RB disse...

Caríssimo,

Sigo este blog com especial atenção, estando inclusive no top das minhas preferências.
Não obstante, tenho de comentar este post para dizer que não concordo nem um pouco com o que aqui foi escrito da mesma forma que não concordo com o texto que o link indica!
JJ pelo menos é coerente, afirmou (como toda a gente sabe) muito antes de vir para o Benfica que "o fair-play é uma treta".
No caso específico esteve, na minha opinião, muito bem. Assisti ao jogo in loco e há vários minutos que desesperava por alguém na nossa equipa que fizesse aquilo e cortasse o ímpeto que o Sporting apresentava.
Todas as equipas do mundo fazem aquilo (não venham "ah e tal equipas inglesas não o fazem porque o fazem, especialmente nas comp. europeias) e muito embora não seja uma atitude bonita é simplesmente a forma como as coisas são.
O facto de uns poucos adversários vos chatearem com um pormenor daqueles não pode ser suficiente para dar na cabeça ao casmurro mas melhor treinador dos últimos anos!
Só mais uma achega e perdoem-me pelo longo texto: quando José Mourinho limpava cartões de forma descarada no fcp com jornadas de antecipação era um génio...

Sds

Ricardo disse...

Nem lêem os posts, é incrível. Vêm logo defender as personagens só porque sim, só porque são do Benfica.

O que é que quer dizer exactamente "o melhor dos últimos 20 anos"? Devemos ficar todos calados quando erra (e não erra assim tão poucas vezes) só porque antes outros também erraram? Parece a conversa sobre o Roberto: "temos de dar tempo", diziam os mesmos do costume. Imagino que este ano não vejam diferenças e nem gostem delas, uma vez que, por aquilo que defendiam, ainda hoje lá estaria o Roberto a fazer as figuras que o Eduardo fez na Madeira e que culminou com a nossa eliminação.

E depois... o melhor dos últimos 20 anos. Mas nós nos últimos 20 anos tivemos Benfica? Ainda se fosse o melhor dos últimos 30 ou 40 ou 50 anos. Melhor que o Souness, que o Autuori, que o Flores, que o Artur Jorge? Pronto, está bem, excelente. Mantenhamo-nos em vénias que assim é que o Benfica vai para a frente.

MAGALHÃES-SAD-SLB disse...

Caros Amigos do Céu Encarnado, em especial ao Luís Rosário (autor deste post)... Hoje fiquei desiludido. Sou fã e visitante diário do vosso blogue e continuarei a ser... sei que a minha opinião para voçes vale o que vale. Mas, Sinceramente não esperava que ligassem um Post vosso a um outro que utiliza uma panóplia de palavrões injustos para com o treinador do Benfica.

Desde o "vai-te foder" ao "és uma besta" ao " ato de corrupção" é um pouco demais, considero eu, de quem se diz do Benfica.

Então o que dizem os meus amigos (utilizando palavras de outros) do "ato de corrupção do Nolito" ao simular de forma grosseira um penalti??? Nada!! Não foi ato do Jesus...

Bem sabem que somos amigos dele, que privamos algumas vezes com ele, que vamos todas as semanas ao seixal para falar com ele, que por vezes lhe damos alguns recados mas, esta próximidade não nos tolhe o entendimento, nem o bom senso... Somos os primeiros a ver os seus erros, quando falha, quando erra e erra como qualquer humano quando tem de decidir...

Podem não gostar dele, criticá-lo pelas opções técnicas e táticas que toma mas dentro de alguns limites, pelo menos da cordialidade por quem ainda é o treinador do nosso clube e quer tanto ou mais que nós que o Benfica vença.

Desculpem o desabafo e recebam um Glorioso Abraço.

Luis Rosario disse...

RB,

Na 6ª Feira aos 90 e tal, o GR do Marítimo atirou-se para o chão. Se tiveres sido coerente, celebraste a situação, porque "o fair play é uma treta"

Eu fiquei fulo. A situação envergonha-me e sempre me envergonhou enquanto desportista e detesto vê-la reflectida em campo, sobretudo quando os actores são do clube que amo.

Tal como o autor, estas coisas tiram-me do sério, parece que a coluna vertebral de alguns vira para onde dá mais jeito, porra. Não pode ser.

Jesus é bom, já foi amplamente elogiado e criticado aqui. Neste aspecto mostrou uma faceta dele que não quero no meu Benfica, não se trata de mais nada, só a questão de mandar o homem fazer de morto.

Em relação a Mourinho, só deixar a indicação que também o melhor treinador do mundo tem momentos de bestialidade (tanto no passado - final da taça que perdeu com o Benfica - como no presente já no Real Madrid). Jesus teve aqui um momento de bestialidade.


Magalhães,

Concordo que as palavras são fortes, se tivesse sido eu a escrever seria menos acutilante por certo.

Por favor considera que a minha opinião reflecte-se mais no conteúdo do que na forma.

Abraço Glorioso

Luis Rosario disse...

Esqueci-me do Nolito. Sim, envergonha-me muito.

Deixa-me sem alguns dos argumentos que tenho para explicar o que é o Benfica aos meus adversários e aos meus filhos.

É com cenas destas que depois temos de levar com o mítico "São todos iguais, fazem todos o mesmo", quando no passado tivemos possibilidade de afirmar, sem ser necessário ruído, o "incomparável Sport Lisboa e Benfica"

moondog disse...

Enfim...

Portanto, tu precisaste de ver imagens de um tlm ou lá o que é que foi que filmou aquela cena para chegares à conclusão que o Jorge Jesus não é uma virgem imaculada, certo?

lol

O Jorge Jesus pode ser uma besta, o Marco pode ser grande mas tu és pequeno, muito pequeno. Porque se o Benfica sofresse golo naquela altura serias por certo dos primeiros a vociferar e a cuspir na equipa porque não souberam defender o resultado.

Jorge Jesus pode ter muitos defeitos, que os tem, o principal será a "fanfarronice", mas quando benfiquistas desatam a dar tiros nos pés, não sei o que chamar a isso. A conclusão a que chego é que devem preferir "treinadores" como o paciência, a comandar e a armar aquelas confusões ao intervalo dos jogos. Ah pois, porque isso não está registado em tlm...

JS disse...

Até concordo com parte do conteúdo, mas acho que mais uma vez peca pelo exagero (nos termos utilizados) porque é Jorge Jesus, o tipo que até percebe da coisa, mas fala tão mal (e ainda a ajudar, tão casmurro que dá mesmo que pensar se percebe assim tanto de futebol).

Se fosse Villas-Boas no Benfica, porque tem uma posse de galã, duvido que tais termos fossem dirigido. É uma reacção humana natural até, sendo Jesus a figura que é, também é mais fácil de insultar.

A parte do conteúdo que concordo é que acho também que não deve haver exageros nisto "fair-play é uma treta". Concordo com Jesus nesta frase, ele até sabe explicar bem (a falar mal) e o facto de a ter dito é um sinal também que tem mais neurónios que muitos bem falantes. Discordo quando é para fazer puro anti-jogo.

Mas discordo aplicar isto a tudo. Perder tempo aqui e ali, quebrar ritmo de jogo,..., faz parte do mesmo.

Sobre o vídeo, não acho um bicho de sete cabeças, mas também não gosto de ver.

Luis Rosario disse...

Moondog,

Sim claro, sou anão, como sabias?

Sim claro, vocifero e cuspo com assiduidade da minha cadeira na Luz, como é que sabias?

Sim claro, prefiro o Choramingas "feito nos corruptos, não sei estava a olhar para o chão ai e o penalty sobre o Oniewu o palhaço do sobral veio" Paciência, como é que sabias?


Penso que fui claro e nada demagógico. Gosto do meu treinador, não é virgem imaculada não senhor, agora também tem falhas que me desesperam.

Se tivesse sido o Domingos a fazer esta cena não gozavam com o tipo e com a instituição que representa? Não achavam reprovável? Porque é que o nosso treinador é defensável nesta matéria?

Luis Rosario disse...

JS,

Um homem mede-se pelos seus actos e pelas suas palavras, pela figura nada se pode inferir.

O acto foi lamentável, na minha opinião e fez Jesus mais pequeno.

É uma pena, pois como disse o potencial existe para ser grande.

RB disse...

Luis,

Repara que ninguém falou em celebrar essa situação (embora deva admitir que no estádio soltei um "porra, até que enfim"!).
Em relação a esse momento que falas digo o mesmo que li por parte de um qualquer adepto sportinguista "não foi por esses momentos que não ganhamos mas sim pelos 90m antes".
E (que fique claro que não defendo o "vale tudo") no futebol também há matreirice e astúcia, coisas que as grandes equipas têm com fartura (ver exemplo Barcelona).
Percebo o sentimento que te assola, também preferia não ver isso no nosso Benfica mas também gosto (muito) de ver e sentir as nossas vitórias.
(In)felizmente teve de ser o treinador a dar "cara" neste momento o que acaba por demonstrar que essa cultura não está enraizada no nosso plantel! Embora não esteja perfeitamente recordado do lance que falas do Gk do Marítimo quase que apostaria que o treinador não teve de dar ordem de nada, está enraizada na cultura de clube pequeno que está habituado a defender resultados.
Para terminar de referir que este momento não me escandaliza precisamente pelo momento em que está inserido, quando jogávamos com 10 jogadores durante cerca de 30m!

Sds

Luis Rosario disse...

Ok RB.

Mas a mim estas coisas incomodam-me. Abomino ser criticado por prática anti-desportiva por tipos que fazem da prática anti-desportiva o seu modo de actuação.

O meu limite é claro. Artur agarrava a bola e atira-se para o chão. Tem os segundos necessários para descansar e repor a bola em jogo. Era isto.

A simulação da lesão induzida/instigada pelo líder da equipa tira-me do sério.

JNF disse...

Os mesmos que dizem que se sentem felizes por não ganharem "à Porto" são os primeiros a disparar sobre um adepto do Benfica porque critica uma atitude "à Porto" tomada por um funcionário do Benfica.

Aquilo chama-se "batota".

Quando o Fucile força um 5º amarelo indignam-se todos, quando o Nolito simula penalty foi "inteligente". Coerência? Alguém?

Éter disse...

Para mim a grande questão é que o futebol cavalheiresco (e aqui englobo tudo no mesmo saco: dirigentes, treinadores, jogadores, público, etc) já morreu há muitos anos. Hoje em dia só importa ganhar.

Quem, como eu, por exemplo, não gosta de determinado tipo de situações/comportamentos tem que se habituar a estes tempos, porque infelizmente eles tão cedo não vão mudar, se é que algum dia mudarão, e eu não posso exigir ao Benfica que se mantenha como a única virgem púdica do reino.

Apostas Online disse...

Amanhã vamos ficar no primeiro lugar do grupo! Para tal, basta vencer na Luz a modesta equipa do Otelul, que ainda não conseguiu qualquer ponto. Carrega Benfica!

Marco Costa disse...

Apenas digo ficámos quites no mesmo jogo o Matias Lesionado fora de campo entrou dentro de campo para depois morrer ali á beirinha da Linha de Fundo.

Luis Rosario disse...

É isto q não suporto. O raio da comparaçao com os outros como se fosse tudo farinha do mesmo saco.

moondog disse...

Rosario,

A tua última frase diz tudo.. Se tivesse sido o choramingas a "fazer esta cena" gozávamos com o tipo e com a instituição que representa, sim. Repara, "gozar com o tipo" e, sobretudo, com a "instituição que representa". Nunca andar a dar tiros nos próprios pés e dar publicidade (sobretudo isto) a vídeos estrategicamente feitos por parolos que sabem perfeitamente que os merdas que representam os seus clubes fazem exactamente o mesmo e, em algumas situações, até bem pior.

Porque não duvides, no dia em que aparecer um vídeo igual a este a "desmascarar" o choramingos ou o bronco do vitó, os adeptos desses clubes não vão andar por aí a ajudar à festa, a gozar com eles próprios. Teremos de ser nós mesmos a fazê-lo e a denunciar as situações.

Quanto ao resto, é melhor não comentar. Porque tu lá sabes como gostas de viver e onde sentas o traseiro. Eu, pelo menos, gosto de viver e sentar em coisas limpas. Não, não costumo cuspir onde depois me vou sentar. E muito menos preciso de andar sempre a acenar com "a minha cadeira na Luz" para provar o meu benfiquismo aos outros, ou para tentar mostrar que sou um "grande benfiquista". Prefiro antes defender o Benfica dos ataques dos outros. Dos outros e daqueles que gostam de emprenhar pelos ouvidos e comer aquilo que lhes é dado a comer.

Luis Rosario disse...

Moondog,

Estou a ver as nossas diferenças. Se fosses adepto do fcp defenderias a modus operandi contra tudo e contra todos, com a emoção a toldar-te a razão.

Eu pagaria e lutaria para correr com Pinto da costa da presidência, depois de me ser dado a conhecer, por rivais, as águas por onde o meu clube navegava.

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.