Benfica 4-1 Académica

domingo, 18 de setembro de 2011

O Benfica demorou uns minutos a entrar verdadeiramente no jogo, mas rapidamente tomou conta das operações e lançou-se para cima do adversário. Fez o primeiro e teve algumas oportunidades para fazer o 2-0. Infelizmente, e como já vem sendo hábito, o adversário marcou perto do intervalo, no seu segundo remate à baliza. Nolito repôs a justiça um minuto depois.
A segunda parte foi um massacre total do Benfica, com a Académica a tentar responder em contra-ataques inconsequentes. Mas o golo da tranquilidade não aparecia. Até que entrou Aimar...
Faz-me confusão que quem afirma convictamente que Bruno César faz penálti também afirma com a mesmíssima convicção que, uns minutos mais tarde, não há penálti no remate do mesmo Bruno César. A cotovelada com que o jogador emprestado pelo foculporto brindou Saviola ficou impune. Só em Portugal...


Artur: no lance do golo não estava bem enquadrado com a baliza. No restante esteve sempre bem, especialmente nas saídas a cruzamentos.

Maxi: alta rotação do primeiro ao último minuto. Impressionante!

Luisão: uns furos abaixo do que sabe.

Garay: melhor do que Luisão.

Emerson: cumpriu o seu papel.

Matic: na primeira parte roçou o horrível, abrindo buracos atrás de buracos e falhando passes em catadupa. Na segunda parte melhorou bastante. Estes jogos são importantes para se crescer e Javi precisava claramente de descansar, Jesus fez bem em dar-lhe a titularidade.

Witsel: à semelhança do jogo contra o United, voltou a estar muito discreto no capítulo ofensivo, o que contra uma equipa como a Académica não se compreende assim muito bem.

Bruno César: belíssimo jogo e golo. Deu muita dinâmica ao futebol do Benfica, procurou a linha e o meio com igual eficácia e, uma coisa que aprecio imenso, mostra muita vontade de jogar à bola. O melhor em campo, na minha opinião.

Nolito: repito o que já disse várias vezes: cheira ao futebol do Barça por todos os poros. O toque de bola curto, a forma como se atira sem medo para cima dos adversários, como procura o espaço vazio para se desmarcar sem bola, o instinto matador... Tem é que refrear os protestos, vai acumulando amarelos atrás de amarelos por palavras dirigidas aos árbitros sem necessidade nenhuma.

Saviola: tirando o belo passe para Bruno César inaugurar o marcador, zero. Jogo após jogo, tenho cada vez mais a sensação de estar a assistir ao ocaso da carreira de Saviola. E isso é triste.

Cardozo: não molhou o bico mas foi muito importante a abrir espaços lá na frente.

Gaitán: entrou bem no jogo e deu seguimento ao bom trabalho de Bruno César. Assistiu Aimar para o golo da tranquilidade.

Aimar: entrou e matou o jogo com um golo e com uma assistência. Parece tão simples, não é?

Rodrigo: a estreia na Luz.

4 comentários:

low desert puke disse...

Jà é o segundo jogo de campeonato em que Artur facilita. Esperemos que fique por aqui...

Nao achei que o Matic tenha jogado assim tal mal.

Witsel parece-me cansado. Em setembro jà fez 6 ou 7 jogos em 20 dias entre selecçao e Benfica.

concordo com a nomeaçao de Bruno César para melhor em campo.

Diziam que Nolito sò tinha uma finta...Hoje até marcou de pé esquerdo.

Saviola hoje pareceu-me muito marcado. Fez um jogo fraco, é um facto, mas chegou a ir atràs ou às linhas buscar jogo e até aì tinha dois caes a morder-lhe os tornozelos. Tem insistido muito em mastigar jogo em vez de tabelar de primeira mais vezes. Talvez marcando um golo decisivo proximamente se liberte um pouco da pressao de nao conseguir marcar.

O Rodrigo se tiver a sorte de aparecer bem em jogos em que é chamado poderà muito bem ter garantida a sua continuidade como peça importante do ataque do Benfica nas pròximas épocas. Parece-me ter uma velocidade brutal quando parte para a bola em corrida.

Aimar? Aimar.

Jotas disse...

Uma jornada bem positiva para o Benfica até ao momento, porque viu o seu mais directo rival tropeçar de forma inesperada e cumpriu a sua obrigação de ganhar.
Julgo que estas pequenas rotações que JJ vai fazendo na equipa, são importantes porque permitem que o desgaste de certos jogadores seja melhor gerido e o seu nível físico possa ser mais alto em alturas mais avançadas da época e porque mostra um plantel com mais e melhores soluções.

Alexandre disse...

Boas,

Gosto do texto e concordo com a escolha para melhor em campo.

Discordamos em várias coisas, mas há um aspecto que te valorizo muito: não te metes em campanhas dogmáticas.

Só uma nota: não fiquei com tão má impressão do Saviola. É certo que pecou - e muito - na finalização. Mas pareceu-me bem envolvido no jogo, principalmente na primeira parte. No final, cometeu mais erros, mas ai parece-me que fruto do desgaste do jogo.

Marciano disse...

Saviola está igual ao NGomes, por isso em Janeiro...
Artur? ou foi Roberto? ontem pareceu-me, talvez a falta de óculos me esteja a afectar...

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.