Há sempre tempo

terça-feira, 31 de Maio de 2011

Tinha poderes, depois tiraram-lhe uma parte desses poderes, a seguir ainda lhe tiraram mais porque ainda estava "em fase de aprendizagem" e agora vai voltar a ter um bocadinho mais poderes. Se passados três anos ainda não descobriram quais as funções que o Rui Costa poderá desempenhar para melhor servir os interesses do Benfica...

Se passados dez anos ainda se caricatura com um sorriso nos lábios o processo de observação e aquisição de um jogador de futebol profissional comparando-o ao acto de escolher melões...

Mas temos tempo, não é? No Benfica há sempre tempo para dar e vender. E por haver tal imensidão de tempo, o próprio conceito de tempo torna-se tão vasto que acaba por se diluir. E o tempo pára. E com ele pára o Benfica.


Muito obrigado, meus senhores

Em cima: Mário João, Ângelo, Cruz, Neto, Germano e Costa Pereira.
Em baixo: José Augusto, Santana, José Águas, Coluna e Cavém.






Benfica-3 Barcelona-2 de 1961 por MemoriaGloriosa

Gralha?


Atendendo à descoberta do blog Fundamentalismo Benfiquista, será que a Federação Argentina sabe mais do que nós?

A avaliar pela forma como nem sequer sabem escrever "Blackburn Rovers", deve ser apenas um erro. Ou não...

Normal

segunda-feira, 30 de Maio de 2011

Sinceramente não sei o que é que a generalidade das pessoas esperam deste género de entrevistas... Alguém ficou surpreendido com algo que o presidente do Benfica disse hoje? Eu não. Dentro do registo que já lhe conhecemos, disse precisamente aquilo que seria expectável. Cumpriu o seu papel.

Justiça para todos

Ao contrário dos adeptos de outros clubes que, mesmo perante provas irrefutáveis, se riem na cara da Justiça e fingem ignorar o que se passa, eu não desejo isso para o Benfica. Se realmente houver provas de ilegalidades, espero que os responsáveis por tais actos sejam punidos.

Mas se isto não passar de uma tentativa de descredibilizar e difamar pessoas inocentes, também gostava que os responsáveis por isso fossem punidos, o que já se sabe que em Portugal é caso raro. Quem lança um boato escapa sempre entre os pingos da chuva.

Madridismo

Atendendo às últimas declarações do Fábio Coentrão (provavelmente já falou mais nos últimos dias do que nas duas últimas épocas), ou o Mourinho vai ser o treinador do Benfica na próxima época ou o Fábio já é jogador do Real Madrid.

É muito triste que o menino querido dos benfiquistas se deixe utilizar desta forma, como uma simples marioneta. Este era o tal que transportava a Mística dentro do campo, não era? Agora já transporta o Madridismo.

Qual é o sentido?


Serei o único a não compreender a não permanência deste jogador no Benfica?

Treinar a mente e a mão

No jogo decisivo, o Benfica vai precisar que todos os jogadores da equipa de basquetebol tenham a atitude do capitão Sérgio Ramos. Se isso acontecer, acredito na vitória na casa do foculporto. Caso contrário, será mais complicado.

E além disso também há que treinar lances livres. Acabar o jogo com 58% não é admissível em alta competição, ainda por cima numa final.

São todos iguais

domingo, 29 de Maio de 2011

Uma pessoa não pode ausentar-se uns dias do contacto com a civilização, que o Fábio Coentrão passa de juras de amor ao Benfica para juras de amor ao Real Madrid. Mas apelando à compreensão dos adeptos do Benfica, claro, para não parecer tão mal.

Gosto imenso deste rapaz. Gosto dele, pronto

sexta-feira, 27 de Maio de 2011


Toto, pá, o que me intranquiliza não é tu ires para o foculporto. É não regressares ao Benfica.

Mas é bonito o que dizes, miúdo. Inocente, mas bonito.

Uma estranha forma de fazer jornalismo

Assiste-se, cada vez mais, a uma nova forma de jornalismo, que eu apelidaria de "selvagem".

O Benfica foi, durante esta época, alvo desse jornalismo, ainda mais do que tinha sido no passado.

Em relação ao Benfica, as notícias são não-notícias ou, se preferirem, especulações, muitas e tantas vezes a roçar a mentira maldosa.

Neste ano que passa, logo que se viu que o Benfica não estava a carburar, começou o chorrilho de mentiras sobre contratações. Então desde que o clube dos azuis foi campeão, foi a loucura completa. Chegou-se ao ponto de noticiar, desculpem, inventar que da equipa campeã no ano passado só ficaria Luisão... Até já tivemos Octávio, Couceiro e D'Onofrio. Realmente, é precisa muita paciência.

Mas mais indecente ainda é a forma leviana como se publicam notícias veiculadas por outros meios de comunicação, com o intuito de denegrir a imagem do clube. Uma busca da PJ às instalações do Estádio da Luz já foi transformada em busca de contratos de todo o plantel. O dinheiro da transferência do Roberto foi também para pagar prémios de jogo ao Jesus. E sabe-se lá mais o quê...

Aquela espécie de estação televisiva, a que chamam de independente, ainda hoje de manhã, mesmo depois do Benfica ter desmentido todas as notícias falsas, teve o desplante de desinformar que as buscar estão relacionadas com o contrato de Julio César e Roberto. Não há paciência.

Sempre julguei que o jornalismo era uma forma de informar as pessoas, com base em fontes fidedignas, sem especulação e com consulta às pessoas objecto das notícias. Actualmente, isto não existe...

Pacto que só serve a parte fraca? Não, obrigado


Grande jogador. O Benfica tinha aqui uma boa oportunidade para reforçar a equipa e dar uma bicada no rival. Mas não, o Bosko vai para o Madeira SAD...

É por causa do tal pacto de não-agressão estabelecido com o Bettencourt naquele célebre almoço? Até fico doente só de colocar essa hipótese. Aliás, seria bom que fôssemos esclarecidos em relação a esse tema. O tal pacto mantém-se mesmo tendo o zbordin um novo presidente? Como é? E que pacto é esse que beneficia claramente o clube mais débil? Estão com medo de quê? Por amor de Deus, os gajos nem têm dinheiro para mandar cantar um cego, quanto mais para aliciarem jogadores do Benfica... Deixem-se de conices! Os gajos do zbordin assim que surja uma hipótese tentarão humilhar-nos e passar-nos a perna, não tenhamos a mínima dúvida.

Bombas no Benfica?

quinta-feira, 26 de Maio de 2011


Não é só no futebol que há novelas mexicanas. A previsível vinda de Roberto "Bombas" Reis para o Benfica também está com um enredo bem interessante. Com todo o respeito pelo Sporting de Espinho, o Benfica não tem culpa que o clube não tenha capacidade financeira para contratar o jogador. Se havia algum acordo verbal, isso é assunto entre o Sporting de Espinho e o atleta.

Espero que se confirme mesmo a sua vinda, será um bom reforço.

Os emprestados

Oblak: uma época parado, o que num miúdo de 18 anos equivale a uma época duplamente perdida. Havia três soluções bem melhores para ele. Ter ficado a jogar nos juniores (ainda tinha idade para isso), integrar o plantel principal do Benfica (estar parado aqui na Luz é melhor do que estar parado no Beira-Mar e no Olhanense) ou ter sido emprestado a uma equipa da 2ª divisão com garantias de jogar (Fátima, por exemplo, que mesmo tendo descido de divisão lhe teria proporcionado muitos minutos, muitas defesas, muitos golos sofridos, enfim, o que um jovem guarda-redes precisa para crescer). Espero que na próxima época o caso do Oblak seja analisado com cabeça, porque outro ano parado não faz sentido.

Miguel Vítor: por mim ficava de caras nos quatro defesas centrais do plantel para a próxima época (Luisão, um jogador a ser comprado para titular, Jardel e Miguel Vítor). A época é longa, com muitas competições, muitos jogos, muitos castigos, lesões... Dá perfeitamente para o Miguel jogar uns bons minutos e ele ainda tem a vantagem de poder tapar buracos nas laterais, caso seja necessário. Além disso seria mais um jogador a contar para as exigências da UEFA em relação a um mínimo de jovens formados no clube.

Fábio Faria: já puxei bastante pela cabeça e em muitos anos de futebol não me consigo recordar de ter visto mais nenhum jogador do Benfica dar um estoiro físico aos 25 minutos de um jogo (nem o Thomas). Foi em casa contra o Marítimo, num jogo para a Taça da Liga, e teve que sair ao intervalo. Em Espanha pouco fez e julgo que também não virá para cá fazer nada. O Jesus devia ser obrigado a comprá-lo ao Benfica e depois fazia com o rapaz o que quisesse. Motorista, guarda-costas, qualquer coisa.

Shaffer: tentar vender ou incluir num negócio qualquer.

Jorge Ribeiro: mais um longo ano de contrato. O suplício continua...

Felipe Bastos: se o Benfica jogasse com outro sistema táctico, poderia dar jeito. Mas assim, não. Falta-lhe velocidade e profundidade para fazer de Ramires e falta-lhe altura para fazer de Javi. Tentar vender ou incluir num negócio.

Miguel Rosa: foi uma das estrelas da segunda divisão mas infelizmente jogava numa equipa que lutou para não descer. Não me parece que isso seja suficiente para integrar já o plantel do Benfica. A próxima etapa natural será ganhar o lugar numa equipa da primeira divisão e depois, aí sim, vir para o Benfica. E por que não emprestá-lo ao Paços, que tão bem funcionou com o David Simão?

David Simão: foi um dos motores da grande época do Paços e julgo que está pronto para o grande desafio da sua carreira, jogar no Benfica. Julgo que é muito importante que Aimar fique no Benfica na próxima época. O David tem muito a aprender com ele. Se calhar, até mais do que tem a aprender com Jesus...

Balboa: ó pá, por que é que me fui lembrar deste...

Yartey: sim, marcou um golaço na Luz. Mas tem que ser titular de caras num clube da primeira divisão antes de vir para o Benfica. Ainda tem que falhar muito cruzamento, muita finta, perder muita bola. Não pode vir tão verdinho.

Urreta: nem devia ter saído na época passada. É óbvio que deve fazer parte do plantel.

Éder Luís: o mesmo que Shaffer.

Nélson Oliveira: é o jogador sobre o qual tenho mais dúvidas. Por um lado gostava muito de o ver no plantel já na próxima época e julgo que seria um elemento válido e útil, mas por outro acho que ainda falta ali qualquer coisa e que talvez precisasse de se afirmar noutro clube e marcar aí uns 10 golos no campeonato para vir para o Benfica no ponto certo.


Eu sei que o Benfica tem mais emprestados, principalmente no Fátima, mas deles pouco ou nada conheço.

Mais dois meses e a roda volta a girar

Daqui a precisamente dois meses vamos estar a jogar a terceira pré-eliminatória de acesso à Champions. A minha escolha, por ordem de preferência:

- Zurique
- Timisoara
- Odense
- Trabzonspor
- Rubin Kazan

Os russos são claramente a equipa com mais experiência de Champions, se bem que este ano não estão tão fortes no campeonato como nas últimas épocas, e portanto parecem-me o adversário mais difícil.

Já os suíços parecem-me o mais acessível, com o bónus de jogarmos as duas mãos com as bancadas pintadas de encarnado e também por a Suíça ser precisamente o país onde o Benfica irá fazer o estágio de pré-época.

Chegaste a pisar a relva da Luz, nem que fosse numa visita, rapaz?

quarta-feira, 25 de Maio de 2011




Aí está o Benfica a facturar com um ilustre desconhecido. Não me agrada este caminho mercantilista que o mundo do futebol tem vindo a seguir, mas se daqui a uns anos o Benfica andar a encaixar 10 milhões por época com jogadores que a maior parte das pessoas nunca viu na vida, também não me importo nada. Já se percebeu que o mercantilismo está para durar no futebol, portanto é saber jogar com ele.

Aguentem a excitação


Muito provavelmente, esta não vai ser a próxima camisola do Benfica, como anda meio mundo a anunciar. Ao que tudo indica, a imagem mais fidedigna da camisola da próxima época já tinha sido mostrada no blog Chama Gloriosa há algum tempo:



São visíveis as diferenças na zona dos ombros, que têm como base o template que a Adidas utilizou, por exemplo, na próxima camisola do Hamburgo:



Conseguem ver as diferenças de design entre esta e a da primeira imagem ali em cima, não conseguem?


Mas isto nem é nada de mais, é apenas um pormenor de estética que nem me interessa muito e é-me indiferente se optam por um ou por outro. Grave é a questão do patrocínio, em relação ao qual nada está certo. Portanto não comecem a embandeirar em arco pelo desaparecimento do famoso rectângulo azul porque podem levar com ele outra vez. Ou em vez de azul, com um rectângulo preto... Ou então, e aí sim, o que todos nós esperamos, sem rectângulo. Mas são três hipóteses na mesa e ainda não está nada oficialmente decidido.

Faz-me confusão a leviandade com que se abordam estas questões e se criam falsas expectativas nas pessoas. Uma coisa é dizer "gostava que a próxima camisola fosse assim", outra é dar a camisola como garantida. Com a velocidade a que estes boatos se espalham, imagino que com esta brincadeira ande muita gente a pensar que não vai haver rectângulo de patrocínio na próxima camisola. Estamos todos a torcer para que assim seja, como é óbvio. Mas e se depois há rectângulo? Como é que é? Não percebem que a indignação das pessoas que não gostam de ver o rectângulo vai ser redobrada porque esperavam outra coisa, e que quem sai prejudicado é o Benfica?

Eram outros tempos, tempos mais felizes

Ontem o programa Vitórias e Património brindou os amantes do basquetebol com um episódio muito especial. Que alegria enorme rever aquelas míticas equipas de finais dos anos 80 e quase toda a década de 90. O grande comandante Mário Palma... Os geniais Carlos Lisboa, Jean Jacques e o falecido Mike... O pavilhão sempre a rebentar pelas costuras, com tanto ou mais fervor benfiquista do que no futebol... Que saudade!

Eu, que na altura morava a 200 e tal km de Lisboa, ainda vi bastantes jogos no velhinho pavilhão, algo que hoje em dia é praticamente impossível para quem não vive na zona da Grande Lisboa. E porquê? Porque nessa altura os jogos do basquetebol eram quase sempre a seguir aos do futebol, que acabavam por volta das 17 ou 18 horas. Ou seja, a malta ia ao estádio, depois seguia directa para o pavilhão, comia qualquer coisa no final do basquetebol e, por fim, ia para casa a transbordar de benfiquismo.

Era assim que se vivia o Benfica nessa altura, numa simbiose perfeita entre as várias modalidades e o desporto-rei. Quando o futebol se jogava à luz do dia... Depois vieram as televisões e os seus horários ditatoriais obscenos. Felizmente já moro em Lisboa.

Estavam cansados de esperar, coitados

É curioso que a FPB tenha emitido um comunicado a informar que o ex-jogador do Benfica Francisco Jordão acusou doping enquanto ainda estava ao serviço do Benfica e que será suspenso por dois anos, precisamente quando a final do campeonato de basquetebol está ao rubro e a três (ou dois) jogos de acabar.

Se já tinham esperado quatro meses para lançar a notícia, não podiam esperar mais uns dias e deixar o campeonato terminar? Se calhar não...

Como as coisas mudam em pouco tempo

terça-feira, 24 de Maio de 2011

Triste.

Uma questão de enquadramento

Algumas frases de Pedro Proença na sua entrevista à Bola:

Esta época deu-se mais um grande salto qualitativo na arbitragem portuguesa.

O conjunto dos árbitros da 1.ª categoria superou as expectativas.

Não é que se apite melhor ou pior, mas lá fora estamos noutro enquadramento.


Destaco a nota humorística da primeira, a satisfação do dever cumprido da segunda e a desarmante sinceridade da última. Cá dentro o "enquadramento" é claramente outro.

Abanar as redes, mas do lado de fora

Parece que o Benfica vai mudar de treinador de guarda-redes. Sinceramente, sempre achei muito estranho como é que o Roberto não evoluiu rigorosamente nada no jogo aéreo desde que chegou e, ainda por cima, a situação repete-se com o Júlio César, neste caso com a agravante de serem dois anos sem evoluir nesse aspecto. É certo que pode haver inaptidão dos jogadores, mas é evidente que quem os treina também há-de ter culpa no cartório.

Com muito trabalho, exercícios específicos dirigidos aos pontos fracos, repetição até à exaustão de certas situações de jogo, pode-se melhorar consideravelmente certos atributos e é notório que isto se tem notado em muitos jogadores que estão a passar pelas mãos de Jesus. Com excepção clara dos guarda-redes... Portanto, esta mudança vem em boa hora. Espero que chegue alguém com novos métodos e outra perspectiva do treino dos guarda-redes, porque a actual não parecia estar a funcionar devidamente.

Por favor, retirem-se

Pedro Guerra e Pragal Colaço não têm condições para continuar na Benfica Tv e são indignos de sequer pronunciarem a palavra "Benfica". Tenho vergonha de ser consócio de gente deste calibre.

Dar voz à integridade

segunda-feira, 23 de Maio de 2011

A RTP inicia hoje uma série de entrevistas a diversas figuras portuguesas. Pinto da Costa será o primeiro convidado e depois seguir-se-ão Bibi, Mário Machado, Fátima Felgueiras, Henrique Sotero, Isaltino Morais, Fernando Madureira, José Penedos, Leonor Cipriano e Manuel Godinho.

Nunca é tarde para aprender

A Udinese rejeitou 35 milhões de euros pelo Alexis Sanchez.

Proponho uma deslocação da SAD à belíssima cidade de Udine para um mini-curso de formação negocial.

Grande Rogério, parece que isso não conta para nada


Alguém por favor lance um decreto qualquer a atribuir a Taça Latina do Benfica ao foculporto, para ver se eles se calam. Porque chegar-se ao ridículo de discutir se uma competição como esta, que chegou a ter uma importância tremenda no futebol europeu, é oficial, válida ou o raio que o parta, é de uma ordinarice e pequenez proporcional aos cânticos que jogadores e adeptos desse clube proferem de cada vez que ganham alguma coisa. Sempre com o Benfica no pensamento, não há hipótese.

É que nem sequer conseguem esperar por Agosto para ganhar a Supertaça ao Guimarães e ultrapassar finalmente o Benfica. Não, tem que ser agora e à custa de um dos momentos mais bonitos da nossa História.

Ainda bem que já vi a Taça Latina ao vivo e a cores e já lhe tirei umas fotos, porque ainda ficamos sem ela. Já não digo nada.

Já passei por pior

Não, esta não foi a pior época futebolística da minha vida nem a que mais me custou a suportar, como já ouvi muita gente dizer.

A que mais me custou a suportar foi a de 2000/01, em que acabámos em sexto, com nove empates e dez derrotas. E a pior foi a de 1987/88 e deveu-se a um único jogo, porque uma criança de dez anos não está preparada para ver o Benfica perder uma Taça dos Campeões por causa de um mísero penálti.

O que potencia o amargo de boca desta esta época são claramente as vitórias do foculporto, e para esse peditório eu não dou.

Portanto, bola para a frente, que isto não foi o fim do mundo que se quer fazer crer.

Acabem com o barulho, se faz favor

domingo, 22 de Maio de 2011

Um tipo já não pode estar na piscina sossegado que é só helicópteros e gente a gritar constantemente golo ao pé de casa...

Chiça...

O Sul está a perder o norte para o Norte

sábado, 21 de Maio de 2011

Para a próxima época vamos ter mais duas equipas do Norte na primeira divisão (o Feirense subiu hoje e a outra vaga vai ser discutida entre Gil Vicente e Trofense). Ou seja, a representação do Sul vai ficar reduzida a Benfica, zbordin, Setúbal e Olhanense. E na Liga Orangina o panorama é o mesmo, muito Norte e pouco Sul.

O Benfica e o zbordin têm que se começar a mexer para alterar este panorama de monopólio do Norte. É importar estudar parcerias, estabelecer protocolos de empréstimos de jogadores jovens saídos dos juniores, conceder estágios de formação aos treinadores dessas equipas, etc, etc, etc. Há muita coisa para fazer e por fazer em relação a este assunto. Benfica e zbordin não podem continuar a olhar só para o próprio umbigo, têm que auxiliar os clubes do Sul, que, regra geral, têm menos poderio financeiro do que os do Norte.

Pouca gente presta atenção a este fenómeno, mas é preciso compreender que muito do poderio que o foculporto foi ganhando no futebol português vem precisamente da quantidade de clubes do Norte que durante os últimos anos foram ganhando força, ao passo que os do Sul definhavam. É que isso vale muitos votos nas Assembleias Gerais da Liga.

Perdoa-lhes, Pablito

Pelos vistos o reco quer pegar nas declarações do Aimar sobre o foculporto para virar os benfiquistas contra ele. E o mais estúpido é que parece que o reco vai conseguir os seus intentos, pelo menos em relação a algumas pessoas. Aquelas que não conseguem perceber que o foculporto, mesmo tendo em conta os habituais factores extra-futebol, fez realmente uma grande época e o Benfica não. Ou as que não percebem que o Falcao é um jogador absolutamente fabuloso.

Como o Aimar percebe mais de futebol a dormir do que qualquer adepto do Benfica acordado, eu se calhar vou pela opinião dele.

Mais dois



O primeiro está oficialmente confirmado e o segundo já fala finalmente da sua mudança para o Benfica.

Bem-vindos ao reino da águia!

O que me custa mais é que há gente que engole tudo sem pensar

sexta-feira, 20 de Maio de 2011

Chamo atenção para o fortíssimo ataque concertado que todos os órgãos de comunicação social do Grupo Cofina têm vindo a fazer ao Benfica durante as últimas semanas. Se em circunstâncias normais já é o que é, isto agora anda de tal maneira que só falta mesmo uma declaração formal de guerra. Aliás, isso até seria mais honesto.

Vão estando atentos ao tipo de notícias avançadas por esses órgãos e comparem com o tratamento que é dado aos outros clubes. É por de mais evidente o que se passa.

Atitude, por favor


Grande Sérgio, puxa lá dos galões de capitão e motiva a equipa como deve ser para logo à noite. Mesmo que não sejamos campeões esta época, vamos pelo menos cair de pé e honrar esse símbolo até ao fim. Coisa que não se viu nos dois últimos jogos...

Isto começa a enervar

Pelos vistos não é só o reco que anda armado em esperto. A capa de hoje d'A Bola é abjecta. Sabem lá eles o que é que o Roberto pensa ou deixa de pensar. Ah é uma fonte... Mas qual fonte, pá! Que aldrabice pegada... Tristes.

Um já está, queremos o outro


Este já confirmou que vai jogar no Benfica na próxima época.

Falta o outro... O titular. Demora muito?

É o disse que não disse o que disse. Ou será que disse?

Anda por aí a comentar-se que afinal o Salvio não disse nada daquilo e que os jornalistas portugueses é que inventaram tudo. Até podia ser esse o caso e tal não me espantaria nada, confesso.

Mas antes de escrever o post anterior, tive o cuidado de ir ao site do Atlético de Madrid confirmar a informação.

Ahora sólo quiero pensar en recuperarme y estar al ciento por ciento cuando llegue el momento de empezar para la nueva campaña. Espero estar para la pretemporada y ganarme un puesto en el Atleti.

Agora se o Salvio vem dizer que não disse porque ficou incomodado por isto ter chegado a Portugal, isso já é uma conversa que ele terá que ter com o seu clube. Porque nesta historieta há claramente um aldrabão e desta vez não é português. Ou é o Salvio ou é o funcionário do Atlético que publicou aquilo.

Fazem sempre declarações de amor muito bonitas, mas já só cai quem quer

quinta-feira, 19 de Maio de 2011

Só penso em recuperar-me desta lesão para estar a cem por cento no início do ano, e ganhar o meu lugar no Atlético.

Curiosamente, aqui há uns dias, ainda cá em Lisboa, o discurso era bem diferente. Esta malta sabe muito...

É por estas e por outras que nunca entrei em histerias com a permanência do Salvio. O menino ia mesmo abdicar dos mais de 200 mil euros por mês que recebe no Atlético e que o Benfica nunca teria condições de lhe pagar. Pois sim, está bem...

$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Frase de um amigo médico

Quando, no futebol, acabarem com as obsoletas análises à urina e passarem para as análises ao sangue, muito do que hoje parece ouro revelar-se-à pura merda. Até lá, os mais espertos vão-se safando melhor.

Avançados, médios, defesas, é tudo a mesma coisa


O Witsel avançado?!?!?!?! Em que universo paralelo? Como é possível um jornal desportivo afirmar uma barbaridade destas e ainda ter o desplante de a colocar na capa?

Ma o melhor é nem sequer tentar contrariar os labregos do reco, porque eles depois vão manter a sua versão. E se amanhã resolverem dizer que o Messi é um defesa esquerdo fabuloso, eu não vou ficar minimamente espantado.


O Witsel avançado... A sério... Como é que esta malta pretende ser levada a sério?

Para não destoar do resto da época


Imbatíveis nas irregularidades. Uma estrutura fortíssima, de facto. Não há hipótese.

Não adianta negar, porque eles é que são os senhores da verdade

quarta-feira, 18 de Maio de 2011

Ninguém falou comigo, ninguém me contactou. Não há mesmo nada. Nem percebo o objectivo dessa notícia. Se calhar é para levar umas 'porradas' nos blogues. É que isto das novas tecnologias tem o seu lado bom mas também o seu lado muito mau, resto da notícia aqui.

O Octávio que não se preocupe, porque certamente os blogs benfiquistas são inteligentes o suficiente ao ponto de perceberem que quem merece levar umas porradas são os escroques que sentam as nalgas na redacção do reco.

Por falar nesses imbecis, certamente irão dar o mesmo tratamento às declarações do Octávio que o que deram às declarações do Aimar. Ou seja, as pessoas visadas pelas aldrabices podem negar a aldrabice, que depois vêm os energúmenos do reco dizer que eles é que têm razão. É este o ponto a que chegou aquele pasquim.

Baixar a crista

É tempo de sermos menos arrogantes em relação ao nosso clube e passarmos a encarar a nossa existência com humildade. As fundações do clube assentam num cariz de humildade, povo e luta e estas deverão ser as bases em que devemos assentar o nosso futuro sob pena da nossa arrogância e mania da superioridade nos sufocar.

Não poderia concordar mais com este post, do qual tomei a liberdade de transcrever para aqui aquelas últimas linhas.

Há muita arrogância e soberba dentro do Benfica. E no caso do futebol em particular, o treinador contribuiu imenso para o alastrar desse fenómeno. E, sinceramente, surpreende-me bastante que Jorge Jesus, tendo as origens que tem, não seja humilde no seu trabalho.

Volto a frisar o que já disse várias vezes: na próxima época Jesus não pode ser deixado à solta nas conferências de imprensa e flash interviews. Façam-lhe uns briefings antes para ele falar de acordo com a identidade e História do Benfica e não apenas em nome próprio. Jesus tem microfones, câmaras e máquinas fotográficas à frente porque está a treinar o Benfica e não por ter um corte de cabelo espectacular. É bom que ele passe a ter isto sempre presente porque actualmente não tem. Baseado em tudo o que tenho observado nos últimos dois anos, acredito piamente que Jorge Jesus pensa que é mais importante do que o Benfica. E isso, sendo ou não o mestre da táctica, é intolerável.

Sugestão para o dia de hoje e seguintes


Ver a partir das 13 horas e até ir dormir.

Entre 19 a 24 de Maio, ver desde o acordar até ir dormir (fim-de-semana incluido).

25 de Maio, 19H - voltar a ligar a TV e ver a final da Champions.

Bakero e Danizao, se não tiverem videos suficientes on-line, vou a vossa casa roubar umas vhs.

Rei Artur ou mais um simples escudeiro?

Daquilo que vi do Artur Moraes, parece-me evidente que tem mais presença do que o Moreira, mais experiência do que o Júlio César e mais sobriedade do que o Roberto. Ora, parecendo que não, isto acaba por dizer muito pouco, já que para mim cada um dos três jogadores que referi é fraquíssimo na respectiva característica que apontei.

Depois há outro factor pouco abonatório para o Artur: só ganhou a titularidade porque o Felipe saiu da filial no mercado de Inverno e até na eliminatória de acesso à Champions contra o Celtic, quando ainda não havia Felipe, Domingos preferiu entregar a baliza ao jovem Marco Felgueiras. Tudo isto pode não querer dizer rigorosamente nada, mas também pode querer dizer muita coisa.

No entanto, parece-me evidente que o Artur oferece muito mais garantias do que qualquer um dos três bons rapazes que defenderam a baliza do Benfica na época que chegou agora ao fim. Mas, como já disse lá atrás, dada a pobreza da comparação, ainda assim não sei se será o guarda-redes de que precisamos. Espero que sim, como é óbvio, porque eu estou farto de ver guarda-redes a passarem pelo Benfica. Não quero um guarda-redes. Quero o guarda-redes, assim mesmo, a bold bem carregado, com presença, com mentalidade, e não uma andorinha a esvoaçar entre os postes. O e não um. O!

Seria algo romântico que fosse o Artur a desenterrar a Excalibur da baliza do Benfica, que foi deixada bem cravada na terra, entre os postes, pelo Preud'homme. O Enke esteve quase a consegui-lo, mas o vil metal falou mais alto e ficou tudo na mesma. Até hoje. E a demanda continua...

Não há só dois rostos a quem apontar o dedo, há mais

Os novos jogadores não entenderam o que significa jogar com esta camisola, enquanto os mais velhos têm esquecido.

Quem será que disse isto? Antigo craque, agora director desportivo do clube onde jogou vários anos... Não, não foi o Rui Costa. Foi o Nedved.

Mas bem podia ter sido o Rui Costa. Porque se presidente e treinador têm muitas culpas no descalabro que foi esta época, há ali alguns jogadores que também deviam ser chamados à barra.

Querem um lencinho?

terça-feira, 17 de Maio de 2011

E cá temos o zbordin a preparar a meia-final e a possível final do futsal. Felizmente não têm equipas de basquetebol, hóquei ou voleibol na primeira divisão, se não íamos levar com esta ladainha em todas.

Eu enquanto benfiquista tenho muitas razões de queixa da arbitragem no futebol e no hóquei, que nos vão tirando muitos títulos nos últimos anos, mas nas restantes modalidades sei reconhecer os erros próprios e quando os adversários são melhores. Por exemplo, este ano o foculporto está fortíssimo no basquetebol e muito provavelmente vai ser campeão; no voleibol a equipa do Benfica esteve fantástica durante a fase regular mas depois abanou de forma incompreensível quando era mesmo a doer. Não chamo para aqui a arbitragem para desculpabilizar os desaires.

Já os zbordinguistas que vou ouvindo e lendo têm sempre uma queixa qualquer a fazer da arbitragem em qualquer desporto de que se fale. Felizmente têm poucas modalidades dignas desse nome e o chinquilho, a sueca e a cabra-cega ainda não fazem parte da agenda dos jornais, porque se não até aí haveria queixas do juiz.

Este choradinho constante em relação a tudo e mais alguma coisa é claramente marca genética daquela casa, que já vem dos tempos do fundador: Ó avô, os meninos não me deixam jogar à bola com eles. Fazes um clube para mim?

Disparar a tudo o que mexe

Em pouco mais de uma semana falou-se de Humberto Coelho, de Couceiro e agora chega a vez de Octávio Machado ser apontado para integrar a estrutura de futebol do Benfica.

Podem continuar, estou a gostar. O próximo a vir à baila pode ser o Fernando Couto. Fica a sugestão.

Enquanto o Maxi não renovar, este tipo de rumores deixam-me nervoso


Après Loïc Nego parti pour le Benfica de Lisbonne, le FC Nantes vient de perdre un second élément en la personne de Ronny Rodelin qui a ou qui va parapher un contrat de 4 ans en faveur du peut-être futur champion de France de Lille Olymique Sporting Club, escreve um site francês.

É estranho que nem sequer falem em suposições e assumam a transferência (custo zero, acaba contrato) como já consumada. Defesa direito, internacional dos escalões jovens franceses, campeão europeu de sub-19 e bónus de poder ser uma companhia importante para o amigo Carole.

Se bem que fico com a pulga atrás da orelha... Maxi, Wass e Nego? Hmm... Espero que... Não, não pode ser. Tenham juízo!


P.S. O outro rapazinho da foto é que era! Belo jogador, podia vir emprestado.

Sim, foda-se, nós havemos de conseguir!

Para reforçar a ideia do post anterior:


Yes, we can!

Ou, como diz o outro, na linguagem do futebol:

Sim, foda-se, nós havemos de conseguir que aquele careca imbecil que tem a mania que é muito culto e que tem piada, que o gordo de ar seboso que até já trabalhou no 24 Horas (essa referência da informação) e que agora integra a direcção do reco, que o cromo que já trabalhou na Nova Gente, na TV 7 Dias e na TV Guia (tudo publicações de grande conteúdo e nada dadas à fofoca) e que agora é director-adjunto do reco, e que a restante pandilha de abéculas que integram esse pasquim se fodam todos uns aos outros por um posto de trabalho nos restantes jornais quando aquela merda onde eles estão agora fechar de vez por falta de leitores.

Pode não parecer, mas temos poder para mudar a situação

segunda-feira, 16 de Maio de 2011

Aimar declara publicamente que não houve qualquer agressão.

Não obstante estas declarações, Record mantém a notícia avançada esta segunda-feira, sobre a agressão a Pablo Aimar, no final do último jogo frente à U. Leiria, que foi até confirmada pela namorada de Salvio na popular rede social Twitter.

Este pasquim é isto e disto nunca passará. Um tipo de jornalismo/aldrabice que se bate de igual para igual com o mais bombástico dos tablóides ingleses e que, mesmo confrontado com a palavra dos visados pelas suas historietas, não admite retractar-se. Mas isto não é só culpa de quem lá trabalha. Se eles seguem esta linha editorial, é porque sabem que isto vende. Ou seja, quem compra este pasquim também é responsável.

Vou repetir e carregar na ideia: quem compra este pasquim também é responsável.

Espalhem esta ideia por quem o compra, se faz favor. Massacrem essas pessoas até que parem de o fazer. Ou isto não vai mudar.

Perderam o último jogo? Então não vou

Menos 200 mil adeptos presentes no estádio da Luz em relação à época passada equivale a cerca de menos 13 mil pessoas por jogo. Grande época e a assistência cresce desmesuradamente; época menos conseguida e a assistência, mesmo com muitas borlas em alguns jogos, cai a pique. Não pode ser. É urgente alterar esta relação que a grande maioria dos sócios e adeptos mantém com o Benfica. Um clube que se gaba de ter 6 milhões de adeptos e perto de 250 mil sócios não pode registar uma taxa de ocupação média do estádio de cerca de 58%.

O mínimo expectável e digno da História do clube seria um valor na ordem dos 75%, equivalente a uma média de 50 mil pessoas por jogo. Mas para isto acontecer, e dada a actual conjuntura económica, é imperativo ajustar o preço dos bilhetes à nossa realidade. Ver constantemente o nosso estádio com 30 mil pessoas é de cortar o coração.

E depois admiram-se de não haver mais famílias no estádio

Entre as teorias do reco, os tweets da namorada do Salvio e os paninhos quentes da Bola, só ficarei descansado quando ouvir palavras saídas da boca do próprio Aimar.

Por vezes dá a sensação de que tudo que é escumalha da região de Lisboa tem assento no estádio da Luz. Aliás, não são raras as vezes em que estou a entrar no estádio e, enquanto agarro bem a carteira e o telemóvel, me pergunto se estou mesmo no local certo ou na Musgueira. Até droga já vi ser passada junto a algumas portas.

Mas mesmo muito parecido

Ah e tal, não é a voz dele. E nas escutas do Apito Dourado também não são as vozes deles. Isto foi tudo montado para prejudicar o foculporto.




Hmm... Ah e tal, é um gajo muito parecido com ele.

Da Luz para a ala psiquiátrica

domingo, 15 de Maio de 2011

Um benfiquista que, dentro do estádio da Luz, chamasse "filho da puta" a um jogador do Benfica, deveria ser punido com uma interdição de entrar no estádio durante um determinado período de tempo.

Um benfiquista que, dentro do estádio da Luz, chamasse "filho da puta" a um jogador do Benfica que marcou 100 golos em 169 jogos, deveria ser punido com uma interdição de entrar no estádio durante o exacto período de tempo em que estivesse internado no Júlio de Matos.

Assim fosse e ontem à noite, depois das 22 horas, o Júlio de Matos teria registado a maior enchente da sua história.

Benfiquitas


Uma época cheia de equívocos desportivos e extra-desportivos que começa mal e termina miseravelmente.

Todo o universo benfiquista teve responsabilidade e falhas graves durante esta temporada desportiva, sobretudo a estrutura relacionada com a equipa de futebol sénior, mas também as restantes modalidades e áreas de suporte apresentaram disfunções e mostraram debilidades.

Não precisamos de mudar todos, mas precisamos de mudar alguns e fazer dos restantes melhores profissionais, que percebam o que é o nosso clube e como devem estar e agir dentro dele.

E efectivamente, perante a época ambicionada e projectada versus a época conseguida, é preciso claramente encontrar um líder melhor.

Presidente, obrigado, mas o seu tempo chegou ao fim (e olhe que eu sou mesmo avesso a mudanças e tenho sido seu acérrimo defensor). Está na hora de encontrarmos uma melhor alternativa, que nos lidere melhor, com mais coerência e sobretudo menos equívocos desportivos.

Esta época fomos, não mais do que o e-mail que recebi hoje diz, apenas "benfiquitas". E para o ano queremos todos voltar a ser Benfiquistas, com muito orgulho. Para tal  precisamos de gente extraordinária que consiga isso para nós e menos gente sem competência sequer para deixar bem feitas as despedidas num e-mail aos sócios.

Assumam-se os candidatos, recolha-se as assinaturas e encontremos novo timoneiro, para um rumo mais directo ao sucesso!

O futuro está aqui?

Não. Algures na América do Sul, muito provavelmente. Mas isto não é um mal exclusivo do Benfica, é transversal ao futebol português.

Vídeo da vitória que deu o título de campeão de Juvenis aqui.

A ideia era inovadora, mas impraticável

sábado, 14 de Maio de 2011

Depois de termos percebido, da pior forma possível, que é complicado fazer um bom campeonato com a baliza vazia, será que na próxima época vamos poder ver um guarda-redes a sério no Benfica?

Agradecia do fundo do coração que a malta da SAD e da equipa técnica pensassem nesse assunto com amor e carinho.

Têm que acreditar, mas com muita força

O Benfica não pode levar uma cabazada de quase 30 pontos do foculporto, porra! Julgo que o foculporto tem, no geral, melhor plantel mas a diferença de qualidade não se traduz num resultado tão desnivelado. O que desnivelou o jogo desta forma foi claramente a mentalidade.

Agora com que moral vão encarar o segundo jogo da final? Espero que não entrem com medo e a pensar perder por poucos, porque já se sabe o que acontece a quem aborda os jogos dessa forma.

E o Heshimu não pode continuar a jogar com hérnias nas costas. Só um superatleta consegue suportar fisicamente o que ele está a suportar. Admiro a sua dedicação ao clube mas está em sofrimento e a correr o risco de agravar as coisas sem necessidade nenhuma.

Os técnicos do blogger não têm coração

sexta-feira, 13 de Maio de 2011

Estes gajos do blogger são um bocado tansos. Põem isto no ar e roubam três posts à malta? Não tenho pachorra para falar nos mesmos assuntos outra vez, mas uma confissão tão sentida não vai ser eliminada deste blog com essa leviandade. Insensíveis!

E se tirarem volto a pôr.

Au!

quinta-feira, 12 de Maio de 2011

Por acaso andava há uns tempos a pensar que poderia ser uma boa solução para a próxima época. Mas assim...

Sempre inocentes

quarta-feira, 11 de Maio de 2011

...o Tribunal Central Administrativo do Sul declarou inexistente a deliberação do Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol que aplicou uma suspensão de dois anos a Pinto da Costa e subtracção de seis pontos aos dragões, castigando também o Boavista com a pena de descida de divisão.

Queria dizer qualquer coisa, mas não consigo.

Abriram a caixa de Pandora dos desmentidos


Foi precisamente esta a minha cara quando vi a capa do reco.

Julgo que o Benfica fez muito mal em desmentir a notícia. A partir deste ponto, o Benfica vai ter sempre que desmentir as notícias mais inverosímeis, como, por exemplo, estar interessado no Batatinha para treinador ou no Goucha para director de comunicação.

Quem pode, pode mesmo

Laurentino Dias anda há anos em constantes provocações e birras idiotas em relação ao Benfica, sendo o auge a forma despropositada e ditatorial como se envolveu no processo de doping de Nuno Assis. Nessa altura, só faltou mesmo ser ele próprio a declarar que Nuno Assis era culpado e decretar a respectiva punição. Ao longo do tempo, o Benfica foi sempre reagindo de maneira civilizada e demasiadamente branda, até que esta época lá se resolveu a declará-lo persona non grata na Luz.

Agora, Laurentino alvitrou qualquer coisa sobre estar a torcer pela filial de Braga na final de Dublin e foi imediatamente trucidado na praça pública pelo presidente do foculporto, que até gozou com a constituição física do homem. Nos blogs sempre se gozou bastante com o tamanho de Laurentino, mas Pinto da Costa faz isso em frente a câmaras e microfones com toda a confiança.

E assim se mostra, mais uma vez, quem manda nesta merda toda.

Já que estamos numa de brindar benfiquistas com fotos do foculporto...


Eu não vi o Hermínio Loureiro em nenhum jantar do Benfica. Esta gente nem decoro tem.

Filha da putice

terça-feira, 10 de Maio de 2011


Espero que este pedaço de merda que recebi no mail da newsletter do Benfica seja motivo suficiente para acabar de vez com o contrato de gestão do nosso site em posse da Sportinveste.

Isto ultrapassou todos os limites.

Dez anos dá para tanta coisa...

Pode-se tentar dar as voltas que se quiser a isto, analisar sob os mais variados prismas, mas uma pessoa que está há dez anos (dois como director desportivo mais oito como presidente) num clube com a grandeza e historial do Benfica, não pode afirmar que "Vamos ser muito mais rigorosos nas aquisições", "Andarmos em festa constantemente distraiu-nos de como deveríamos preparar o futuro" ou "O que vai mudar a sério é o grau de exigência em relação a todos os profissionais", sem que ninguém lhe pergunte: mas são precisos dez anos para se chegar a essas conclusões?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!?!

Dez anos para ser muito mais rigoroso nas aquisições?

Dez anos para não se deixar distrair com festas e não preparar o futuro?

Dez anos para mudar a sério o grau de exigência?

Dez anos, quando isto já deveria estar afinado e interiorizado ao fim de dois ou três?

Mas isto é o Alverca ou é o Benfica?

Basta de incompetência!

A frase da noite

segunda-feira, 9 de Maio de 2011

Eu próprio vou delegar muito menos.

Ainda menos?! Isso é possível?!

Medo.

É aproveitar enquanto é tempo

Sou totalmente a favor de toda e qualquer forma de manifestação pública, desde que a mesma não descambe em insultos e violência. Como tal, sou a favor da manifestação que está marcada para daqui a pouco junto ao estádio da Luz, do mesmo modo que seria a favor de uma manifestação de apoio ao actual presidente que surgisse nos próximos dias.

Aproveitemos pois para nos manifestarmos em relação a assuntos relacionados com o Benfica dentro do perímetro das nossas instalações porque, pelo andar da carruagem, daqui a pouco nem isso os estatutos permitirão.

Estudo

O autor de um estudo sobre condicionalismos na ida ao futebol pediu-me para o publicitar.

Tem o apoio do Sport Lisboa e Benfica. Participem aqui.

Já ninguém nos tira o segundo, ok?

Realmente isto de amarelar jogadores do Benfica é a coisa mais fácil do mundo. Jogo calmíssimo, numa toada baixa, quase a lembrar a pré-época... E pega lá quatro amarelos. O do Jara então é uma coisa surreal (nem sequer é falta) e nem dois minutos havia de jogo.

Os árbitros ainda não perceberam que o Benfica já não sai do segundo lugar. O que vale é que só falta mais um jogo para isto acabar.

Amarrados cá dentro

domingo, 8 de Maio de 2011

Se o hóquei português fosse arbitrado por árbitros europeus em vez de familiares e funcionários de empresas de elementos da direcção do foculporto, a Taça CERS seria apenas mais um troféu a juntar ao título de campeão.

A ideia está certa, as palavras não

Para o ano vamos voltar a ser campeões.

Parece que não se aprendeu nada com esta época... E que tal um Para o ano vamos dar o nosso melhor e trabalhar nos limites para recuperar o título de campeão.

A mensagem de confiança que passa para jogadores e adeptos seria exactamente igual mas a taxa de bazófia diminuía consideravelmente.

Como é que é a nossa vida?

sábado, 7 de Maio de 2011

E perante isto...

sexta-feira, 6 de Maio de 2011

Ouvi há pouco um telefonema na Benfica Tv, de um senhor a pedir ao presidente Vieira para não perdoar à SIC, porque a culpa do que está a acontecer é da SIC.

E assim vai o Benfica...

Cartão com cocó

...a perder e a 5 minutos do fim meter o Filipe Menezes é como cagar na minha cabeça e no meu cartão de sócio, parte de um comentário de um leitor aqui do blog a um dos posts anteriores.

Com a equipa a necessitar de marcar um golo numa meia-final da Liga Europa, a entrada em campo de um jogador que não seria titular no Portimonense para mim define na perfeição toda a época do Benfica. Um amadorismo atroz que, dê por onde der, tem que ser punido.


Também cagaram no meu lindo cartão de sócio, meu caro. Já limpei, mas o cheiro vai demorar a sair. Badalhocos!

Estamos vivos

Nunca tinha estado nas imediações da Luz com quase mais polícias do que benfiquistas. Cenário verdadeiramente surreal. Shotguns e tudo bem à vista. Faltou um tanque de guerra, talvez, ou um caça a sobrevoar o local para hollywoodar a coisa. Pelo menos ninguém faleceu, já não foi mau.

Quando é para palmadinhas nas costas e gritos de vitória, está tudo bem. Quando é para mostrar descontentamento, chamam a polícia. Está certo, sim senhor. Como se alguém fosse bater nos jogadores ou fazer-lhes mal... Pelo menos, do que fui ouvindo de quem por ali estava, ninguém estava com ideias de violência de qualquer espécie.

Falando agora concretamente por mim e por mais quatro amigos com quem estava, queríamos apenas fazer-nos ouvir, não conseguíamos estar parados em casa sem fazer nada. Claro que não iríamos adiantar nada à situação, mas só o facto de sair de casa, de poder berrar bem alto a nossa indignação e de estar perto da Luz, onde ainda se respira um bocadinho de Benfica, já valia a pena. Gostaríamos que algum jogador nos desse uma palavra mas, acima de tudo, queríamos ver se o presidente teria a coragem de aparecer por ali.

O senhor não apareceu, como é óbvio. Estávamos nós e a polícia. E os jogadores lá muito ao fundo, inacessíveis, graças à rua que foi cortada. Mas pelo menos ouviram-nos, isso tenho a certeza. Quanto aos cânticos, e novamente falando apenas por mim, não gritei "Vocês são uma vergonha" porque com a palavra "vocês" estaria a meter todos nos mesmo saco e há lá muitos que não merecem isso. Emocionei-me e gostei de cantar "O Benfica é nosso" mas fiquei com a estúpida e inquietante sensação de que, cada vez mais, estas palavras começam a perder o sentido. De mexida em mexida nos estatutos, o Benfica vai deixando de ser nosso para passar a ser deles.

Noite para mais tarde recordar. Aliás, vou recordá-la já daqui a três horas, quando me levantar para ir trabalhar.

Um obrigado a toda a gente que ali esteve, que, de forma pacífica e ordeira, mostrou que o Benfica só morre se nós quisermos.

A caminho da Luz

Mesmo sem já ter vida para estas andanças, hoje algo se impõe.

Pelo Benfica!

Eu e ele estamos iguais

quinta-feira, 5 de Maio de 2011


Dos poucos que sente o Benfica. O único que jogou futebol hoje na pedreira e que lutou até ao limite das forças que incrivelmente ainda consegue ter naquelas pernitas magras mas fantásticas. O único, foda-se!

E por isso vai embora no final da época. Assim se gere um clube.


Tenho a certeza absoluta de que vais ganhar muitos títulos na tua carreira, Fábio. Porque és um jogador de outro planeta e porque mereces. Desculpa por hoje.

O Benfica não é isto

Perdi a paciência!

Vieira, muito directamente, estás a mais no Benfica. Não sabes o que é o Benfica, estás longe de algum dia vir a saber. Foste o responsável pela época passada, não foste? Então aparece agora e dá o peito às balas, já que durante a época não o fizeste.
Tiveste milhões de benfiquistas ao teu lado no ano passado. Mandaste tudo ao ar, armado em director desportivo...
Antecipaste eleições no ano passada para entalares uma candidatura adversária. Sê homem e coloca o teu lugar à disposição neste momento.

Rui Costa, não sei como raio aceitas o lugar que te reservaram. Manda o murro na mesa, ou serás cúmplice desta merda toda.

Jorge Jesus, pro caralho com as tácticas em que te dizes mestre. Foste enxovalhado por dois supostos aprendizes, Domingos e Villas-Boas. Um mestre da táctica é um estratega, não é um inventor à deriva. Foste metido no bolso por um e outro. Que te sirva de lição que quando estamos no topo, não devemos olhar de alto para os outros... Tudo se pode inverter...

Espero sinceramente que estes três senhores tomem posições. E conto com todos os benfiquistas nesta hora, agora que não há mais nada a fazer neste tormento de época, para apontar o dedo ao que está mal.

É das horas mais tristes que estou a viver enquanto benfiquista e neste momento só avisto mais uma fase negra pela frente, a menos que algo seja feito.

Hoje ficou bem à mostra de todos o que é esta equipa do Benfica... E hoje não há a desculpa do árbitro. O Benfica com uma equipa boa e equilibrada pode ser roubada como foi no ano passado e ser campeão.

Sinceramente, este não é o caminho. O Benfica não é isto. O Benfica não é o Vieira. O Benfica não é o Jesus.

Tristeza, alguma revolta, mas sobretudo desilusão

Quem era aquele clube de branco? Onde está o nosso Sport Lisboa e Benfica?

Lágrimas, só de alegria

Em 1994 passei a tarde encostado ao rádio a ouvir o relato do Parma-Benfica. Apesar de já não ter idade para tal, lembro-me perfeitamente que chorei que nem um perdido, como aliás já tinha acontecido em 88 e 90.

Não me faças outra vez o mesmo, Benfica.

Carrega!

Alerta amarelo

A Uefa tem que rever as regras em relação às suspensões dos jogadores. É ridículo e incompreensível que o Maxi e o Carlos Martins possam perder uma final de uma competição europeia, jogo de uma vida para muitos jogadores, porque até agora, somando Champions mais Liga Europa, viram dois amarelos. Dois! Não são cinco, nem seis. São dois.

Ou seja, se em quatorze jogos vires três amarelos, estás fora da final. É estúpido.

Ou pura e simplesmente limpam a folha a quem cai da Champions para a Liga Europa, até porque são provas diferentes, ou dão um bónus aos jogadores e limpam a folha a partir de determinada fase, por exemplo dos quartos-de-final. Na final devem jogar os melhores jogadores mas as actuais regras tornam isso muito complicado.


P.S. Também temos o Javi em risco, mas esse já viu quatro amarelos. Não me choca que fique fora da final se vir o quinto. Até acho justo.

Se a filial não marcar, é certo que vamos a Dublin

O Benfica só tem uma forma de olhar para o jogo: ofensivamente. Também temos cautelas defensivas, mas com os jogadores diferentes temos de atacar. A nossa melhor qualidade reside nos processos ofensivos e marcamos praticamente em todos os jogos. As características dos jogadores são ofensivas e é neste espírito que vamos para o jogo.

Mister, por favor, mais comedimento no discurso. Quem ler essas palavras vai pensar: Pronto, lá vai o Benfica atacar à maluca... Em Eindhoven foi o que foi e íamos com uma vantagem muito mais confortável. Que a melhor qualidade do Benfica reside nos processos ofensivos, já todos percebemos ao longo desta época. E também já percebemos que marcamos em quase todos os jogos. Portanto, é hora de melhorar os processos defensivos, não?

Eu gostava que hoje, daqui a algumas horas, o Benfica fizesse uma exibição a roçar a perfeição do ponto de vista defensivo e de controlo do jogo. Uma equipa fria, calculista e letal no contragolpe. Era sinal de que seguíamos em frente e isso iria dar-me muito mais confiança para Dublin. E aos jogadores também. É tempo de parar de sofrer golos e a altura ideal é hoje.

Cheirou-lhes a pito

quarta-feira, 4 de Maio de 2011

Kuipers cenó en la Marisqueira de Matosinhos -de la localidad del mismo nombre situada a 10 kilómetros de Oporto- con Reinaldo Teles, directivo del club portugués y persona de gran confianza del presidente de la entidad, y con Antonio Garrido, ex árbitro luso que colabora con el Oporto.

A lo largo de la cena, el asunto fue más allá cuando ¡el propio presidente! Jorge Nuno Pinto da Costa también apareció en el exclusivo restaurante de la Rua do Roberto Ivens.

La UEFA no ve con buenos ojos estas prácticas, sobre todo teniendo en cuenta que Pinto da Costa, Teles y Garrido estuvieron involucrados en el escándalo de corrupción arbitral que salpicó al fútbol portugués en 2004 conocido como 'Pito Dorado', notícia completa aqui.

Os espanhóis é que a sabem toda... Não é "Apito Dourado", como dizemos por cá. É mesmo pito!


Vamos agora recordar uma antiga entrevista de Jacinto Paixão:

Segui o Reinaldo Teles até a marisqueira e fiquei surpreso quando ele se sentou na mesa. Fiquei constrangido, mas fiquei mais tranquilo ao ver que lá estavam o António Garrido e outro árbitro. Depois apareceram o Pinto da Costa e a sua companheira [Carolina Salgado], que ficaram numa mesa ao lado. No final quis pagar a contar, mas disseram-me que já estava paga. Talvez tenha sido o Reinaldo Teles ou o Pinto da Costa. Não sei.


As mesmas personagens, o mesmo restaurante e, inclusive, o mesmo modus operandi: o árbitro vai com Reinaldo Teles e só mais tarde Pinto da Costa aparece no restaurante. E, quando chega, se calhar ainda diz, inocentemente, Então, por aqui? Que feliz coincidência, meus caros! Já escolheram a sobremesa? Recomendo fruta da época.

Não me esqueço

Mais um ano que passa sem uma palavra sobre isto. Quero acreditar que quem conhece profundamente a História do Benfica, e sabe que para algo ter futuro tem que se cuidar do passado, não esquece o que aconteceu.

Já que nos gabinetes da SAD está-se tudo a marimbar para isto, cabe-nos a nós, simples adeptos, ocupar nem que seja um simples minuto deste dia com um pensamento dirigido àqueles heróis.

Uma belíssima escolha

Hotel do Elevador, Hotel do Templo, Meliá Braga Hotel & Spa, Hotel Turismo de Braga, Hotel do Parque, Hotel Bracara Augusta.

Seis opções decentes para se ficar alojado em Braga. E aonde vai dormir a equipa do Benfica? Ao Meliá, hotel construído pela empresa do Salvador, que também ficou com uma parceria no mesmo. Lá está o bom relacionamento de que falava ontem.

Mas cabe na cabeça de alguém ir em estágio para um hotel que pertence ao presidente do clube com quem vamos disputar o acesso à final da Liga Europa, e que ainda por cima tem recebido o Benfica com uma postura provocatória, agressiva, tremendamente hostil e até violenta sempre que lá vamos jogar? Mas está tudo completamente louco na direcção do Benfica?!?!?! Dêem-se ao respeito!

Já agora, peçam desculpa ao Salvador se os eliminarmos e convidem-no para acompanhar a equipa do Benfica a Dublin. Mas depois não se admirem se quando ele lá chegar optar por confraternizar irmãmente com o outro finalista.

E a fruta foi servida onde?


O que é que diz aquele rectângulo ali em baixo ao lado da publicidade? O que é? Deixa lá espreitar melhor...

El árbitro cenó con directivos lusos tras el Oporto-Villarreal.


Espectáculo!! Cenó e depois folló, que nestas coisas o foculporto gratifica sempre com o pacote completo. Lá está a estrutura eficiente de que fala, e bem, o Villas-Boas. Não facilitam.


P.S. Onde anda o fabuloso jornalismo desportivo de investigação das Bolas, dos Recordes, dos Correios das Manhãs, dos DNs e do raio que os parta? Têm que ser os espanholitos a mostrar ao mundo o que se passa no nosso futebol da treta... Até lhes pedia que tivessem vergonha, mas já a perderam há muito.

Bom relacionamento?

terça-feira, 3 de Maio de 2011

A direcção do SC Braga também decidiu que vão enviar mais alguns bilhetes para além do 1500, que são obrigados por lei. Esta iniciativa está ligada ao bom relacionamento que existe entre os presidentes dos dois clubes.


Gesto bonito da filial. Verti uma lágrima. Eu nem quero imaginar o que aconteceria nos jogos entre o Benfica e a filial se os presidentes não tivessem esse tão aclamado bom relacionamento. Provavelmente, matavam-se pessoas no estádio, violavam-se mulheres e raptavam-se crianças. Mas, felizmente, graças ao bom relacionamento há paz e civismo.

Viva a filial, os nossos grandes amigos do peito!


P.S. É um bom relacionamento para o bolso dos dois presidentes em questão, lá isso é verdade. Tu fazes uma obra aqui, eu faço outra ali. Mas, se não fosse exigir demasiado do presidente do Benfica, eu preferia que os interesses da sua actividade como empresário não se sobrepusessem aos interesses do clube. Mas se calhar estou a pedir o impensável... Peço desculpa. Sócio mau.

Gosto de preliminares

A Sport Lisboa e Benfica – Futebol, SAD, em cumprimento do disposto no artigo 248º do Código dos Valores Mobiliários, informa que o empresário Miguel Pais do Amaral e esta Sociedade têm mantido conversas preliminares sobre os direitos televisivos dos jogos de futebol da equipa sénior do Benfica relativos às épocas 2013/2014 e seguintes.

Mas ainda não estou excitado. Continuem, que estão no bom caminho.

A descarrilar

O João Bartolomeu zangou-se com o criminoso-mor?

É que não encontro outra explicação para este estranho hiato de submissão.

Sob o signo da Aranha



Já não consigo ouvir falar mais no dilema Roberto/Júlio César. Este tema já atingiu todos os limites da razoabilidade e a minha paciência esgotou para esse peditório.

Até ao último jogo do Benfica na Liga Europa (espero obviamente que seja em Dublin) não me vou pronunciar mais sobre os guarda-redes. Não quero saber se joga um, se joga outro ou se põem um poste de iluminação no meio da baliza. Quero centrar a atenção nos dez jogadores de campo e sempre que houver uma bola parada lateral nas imediações da nossa área vou fechar os olhos e rezar, não aos clientes habituais, como Alá, Shiva, Buda, Jesus (não o nosso) e outros que tal, mas sim à única divindade à qual reconheço autoridade e competência para produzir um milagre em condições: Lev Yashin. Deixo tudo nas suas mãos. E que mãos essas!

Assim, nos próximos jogos, vou deixar de idolatrar exclusivamente a Águia Encarnada para me dedicar também à adoração da Aranha Negra. Só ela nos pode valer neste momento.

Ah... escapou... olha que desagradável.

segunda-feira, 2 de Maio de 2011

Pegando no assunto do dia...

Imaginemos que um dos responsáveis da CIA pelo planeamento da operação que alegadamente limpou o sarampo ao Bin Laden era um radical islâmico absolutamente fanático (pleonasmo desnecessário, até) que já tinha sido um fiel homem de mão da cúpula de chefia da Al-Qaeda. A operação teria tido sucesso? Hmm... se calhar não.




Jorge Gomes.

Levam tudo para o mal, foi só um engano

O SC Braga «desmente qualquer envolvimento nas alegadas situações ocorridas no intervalo do jogo» com o UD Leiria, demarcando-se das fotografias colocadas na cabina da equipa de arbitragem liderada por Bruno Paixão.

Já cá faltava... A inocente filial não tem nada a ver com este assunto, só más línguas poderiam pensar tal coisa.

É evidente que o Salvador entrou de rompante no balneário e começou imediatamente a insultar toda a gente, mas estava tão tolhido pela raiva pelo empate que demorou algum tempo a perceber que aquele balneário era do Leiria. Foi só um engano, pronto, ninguém se aleijou. Ah, houve um gajo agredido? Foi sem querer, era o Fernando Couto a matar uma melga.

E quer isto portanto dizer que a equipa técnica do União de Leiria faz-se sempre acompanhar de equipamento de edição e impressão de imagens e que neste jogo, por engano, só imprimiu lances em que o adversário é prejudicado. Vou estar atento ao banco do Leiria no último jogo do campeonato na Luz, porque tal equipamento não pode passar despercebido.

Ou então foi alguém do Benfica, para incriminar os honestos dirigentes da filial. Ah, malvado Benfica! Sempre por trás de tudo o que é podre no futebol português.

Por baixo da porta

O intervalo do Sp. Braga-U. Leiria foi marcado por um episódio que, decerto, ainda irá fazer correr muita tinta. Quando já se encontrava no balneário, juntamente com a restante equipa de arbitragem (Paulo Ramos, António Godinho e Sílvio Gouveia), Bruno Paixão foi surpreendido: por debaixo da porta, surgiram duas imagens em papel fotográfico relativas a lances ocorridos durante os primeiros 45 minutos do jogo, que na altura mereceram reclamação por parte dos bracarenses.


Num país onde o futebol funcionasse normalmente, um clube que fizesse uma coisa destas seria punido exemplarmente, com interdição de estádio, perda de pontos no campeonato, uma multa pesada (quando digo pesada não me refiro àquelas parvoíces de dois mil euros) ou até mesmo descida de divisão.

Aqui não vai acontecer nada. Ou perto de nada, lá deve sair uma multita, que para um clube de futebol são trocos.


P.S. O Salvador é realmente um aluno que passou com distinção no curso.

Na máxima força

Não concordo com quem diz que a filial de Braga poupou esforços para o jogo da próxima quinta. Se atendermos às queixas dos leirienses, relativas a encontrões e insultos no túnel, agressões em elevadores e até uma incursão de dirigentes locais ao balneário visitante, eu acho que a filial de Braga colocou a carne toda no assador parar preparar o próximo jogo como deve ser.

Só faltou o golfe...

Há vida para lá da América do Sul



Tenho gostado imenso de ver jogar este miúdo. Ainda revela alguma falta de matreirice, como é natural dada a idade, mas mostra uma confiança acima da média para um jogador que está cá há tão pouco tempo e que veio da segunda divisão francesa. E com uma capacidade técnica bem interessante para um lateral.

É a prova de que na Europa também há jovens promessas, financeiramente bem acessíveis, e que não requerem um período de adaptação tão grande como os sul-americanos. É uma questão de procurar bem, como fez a prospecção neste caso particular.

Deixem-nos jogar em paz

domingo, 1 de Maio de 2011

Em vez de andarem a perder tempo com desmentidos que não servem para nada, é em momentos como este que deve sair um comunicado a repudiar a arbitragem inqualificável dessa personagem grotesca chamada Vasco Santos.

É inacreditável a facilidade com que se expulsa um jogador do Benfica que comete duas faltas no jogo, sendo que a segunda deixa-me imensas dúvidas que seja sequer falta. E depois disto vieram as habituais faltinhas inventadas no meio-campo, que com o passar do tempo se acercaram mais e mais da área do Benfica, até culminar na falta ridícula que origina o canto que dá o golo do empate. E tudo isto com o campeonato já decidido! Até apetece dizer: o Benfica agora não pode fazer mal a ninguém, até jogamos com os suplentes e tudo, tenham vergonha e deixem-nos jogar em paz.

A direcção tem que fazer barulho como fez com a vergonha de Guimarães, o que resultou no afastamento do Olegário dos nossos jogos. Há que começar a preparar a próxima época, o adepto doente do foculporto Vasco Santos não tem condições para arbitrar jogos do Benfica.

Passa a merda da bola!

Espero que esta seja a última época do Felipe Menezes no Benfica. Não sei o que é que ele faz nos treinos mas nos jogos tem que se passar a bola aos colegas de equipa. Até o Binya, o Beto ou o Michael Thomas tentavam passar a bola e nem sequer eram médios ofensivos.

Jogador ridículo. Chega!

No recto

Isto nem tem nada a ver com o Benfica, a personagem João Pereira até me irrita profundamente, mas o Jorge Coroado não pode continuar a ter espaço em órgãos de comunicação social.

Sim. João Pereira recorreu à linguagem de origem, própria da Meia Laranja vizinha do Casal Ventoso. Mas houve obstrução não assinalada sobre o defesa.

Este comentário não tem qualificação possível. Não me canso de repetir isto: como é possível uma criatura tão mesquinha, com este baixo nível, mal formada, ter desempenhado durante anos uma função em que o objectivo é disciplinar e conduzir outros homens com isenção e coerência?

O Jorge Coroado precisava de ser largado inconsciente no bairro da Meia Laranja, com um papel a dizer que era um correio de droga e que os saquinhos estavam escondidos no recto.

As leis por cá contam pouco

Estatutos aprovados, caras animadas à saída da reunião, outras nem por isso, a múmia do Porto com os seus estertores habituais... Mas e agora?

Admirável mundo novo ou continuará tudo na mesma? É que convém lembrar que contornar leis é uma especialidade muito portuguesa...

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.