Uma estranha forma de fazer jornalismo

sexta-feira, 27 de maio de 2011

Assiste-se, cada vez mais, a uma nova forma de jornalismo, que eu apelidaria de "selvagem".

O Benfica foi, durante esta época, alvo desse jornalismo, ainda mais do que tinha sido no passado.

Em relação ao Benfica, as notícias são não-notícias ou, se preferirem, especulações, muitas e tantas vezes a roçar a mentira maldosa.

Neste ano que passa, logo que se viu que o Benfica não estava a carburar, começou o chorrilho de mentiras sobre contratações. Então desde que o clube dos azuis foi campeão, foi a loucura completa. Chegou-se ao ponto de noticiar, desculpem, inventar que da equipa campeã no ano passado só ficaria Luisão... Até já tivemos Octávio, Couceiro e D'Onofrio. Realmente, é precisa muita paciência.

Mas mais indecente ainda é a forma leviana como se publicam notícias veiculadas por outros meios de comunicação, com o intuito de denegrir a imagem do clube. Uma busca da PJ às instalações do Estádio da Luz já foi transformada em busca de contratos de todo o plantel. O dinheiro da transferência do Roberto foi também para pagar prémios de jogo ao Jesus. E sabe-se lá mais o quê...

Aquela espécie de estação televisiva, a que chamam de independente, ainda hoje de manhã, mesmo depois do Benfica ter desmentido todas as notícias falsas, teve o desplante de desinformar que as buscar estão relacionadas com o contrato de Julio César e Roberto. Não há paciência.

Sempre julguei que o jornalismo era uma forma de informar as pessoas, com base em fontes fidedignas, sem especulação e com consulta às pessoas objecto das notícias. Actualmente, isto não existe...

4 comentários:

Anónimo disse...

O jornalismo em Portugal e coco!! Nao sei mesmo para que servem as universidades. Um dos maiores problemas nacionais e que o 4 poder nao funciona de forma isenta.
Mas aqui, o que eu continuo sem entender. e porque havendo um departamento juridico no clube nao se processam sistematicamente todas estas invencoes.

Anónimo disse...

nao sei qual o problema das noticias. quem nao deve não teme! Ou será que o Vieira tem algo a temer?

Mar de Chamas disse...

O mais grave não há uma entidade que regule isto. Podem fazer o que querem que não há nada que lhes aconteça, nem multas ou algo pior, NADA.

Isto está a tornar-se muito mesmo muito grave.

JOÃO VAZ disse...

O problema é que o Benfica declarou guerra aberta ao grupo Cofina (reco-rd) e à Sporttv, duas das maiores forças de informação desportiva. E então é claro que estas vão responder a esta guerra, agora teremos é que saber filtrar as notícias que nos são dadas.

Reparem que estamos há dias sem o interesse do porto em jogadores. Os últimos que me lembro que o porto esteve interessado eram jovens que já tinham sido noticiados/referenciados ao Benfica, ou seja, mais uma maneira de "bater" no Benfica.

Enquanto o LFV não perceber que o "contra tudo e contra todos" não resulta nada feito :x

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.