A Luz é de Todos

quinta-feira, 28 de julho de 2011

Serafim Almeida está a pouco mais de um mês de completar 90 anos. Benfiquista ferrenho, natural e residente no Porto, nunca tinha vindo à Luz. "Não queria morrer sem ver esta maravilha de estádio", disse ontem a O JOGO, enquanto observava a estátua de Eusébio.

Ao ler isto não posso deixar de pensar em todos os senhores Serafins Almeidas espalhados por aí mas que, ao contrário deste senhor Serafim Almeida, vão mesmo morrer sem nunca terem ido ao estádio da Luz. E interrogo-me se não seria possível proporcionar tamanha alegria a pessoas que, pelos mais diversos motivos, não têm possibilidade de vir a Lisboa ver um jogo do Benfica.

Se o Benfica, devido aos contratos de patrocínio, dispensa todos os jogos centenas de bilhetes para algumas grandes empresas, que invariavelmente vão parar ao bolso de administradores com salários de milhares de euros que vão para a Luz com ar de enfado e escandalizados por não haver caviar e por terem que se misturar com o povo, por que não fazer um esforço para dar uma alegria a quem pouco tem?

Será assim tão difícil? Não é. Por exemplo, o Benfica podia criar um programa em que as pessoas se inscreviam para irem ao estádio pelo menos uma vez na vida, sem pagar. O programa seria dirigido pela Fundação Benfica (que tem estado muito bem na ajuda aos mais necessitados sem olhar a clubismos, mas que bem podia concentrar-se um pouco mais nos benfiquistas) em articulação com as várias Casas do Benfica espalhadas pelo país, que têm um conhecimento mais profundo sobre as realidades dos sócios e adeptos locais. Recebidas as inscrições, elaborava-se a lista por ordem de idade e dava-se prioridade aos mais velhos (por motivos óbvios). Depois as pessoas eram contactadas e o Benfica pagava-lhes a deslocação e o bilhete. O ideal seria juntar, à vez, muitas pessoas da mesma zona e alugar uma ou mais camionetas, com partida da Casa do Benfica mais próxima. Uma semana seria de uma Casa no Algarve, a seguir de uma Casa no Minho, etc, etc, etc, até abarcar o país todo, incluindo Madeira e Açores (neste caso tinha que ser de avião, como é evidente). Quem fosse contemplado não poderia voltar a candidatar-se ao programa e registava-se o nome e número de B.I. porque infelizmente há muitos chicos espertos neste país. Apelava-se também ao bom senso das pessoas para que aqueles que já tivessem ido ver um jogo à Luz não se candidatassem, tal como quem tivesse posses para tal, mas que por um motivo ou outro ainda não tivesse ido à Luz.

Para o Benfica não arcar com todos os encargos, seria importante arranjar um ou mais patrocinadores que se quisessem associar ao programa e decerto não faltariam interessados porque as grandes empresas têm lucros de milhões e milhões de euros mas depois gostam sempre de dar um ar de bom samaritano, do género "eu ganho milhões e pago miseravelmente aos meus empregados mas hoje dei uma sandes a um pobre e por isso sou um grande homem".
Outro meio de financiamento passaria por criar uma quota facultativa extra para sócios (semelhante à quota das modalidades) nem que fosse só de cinquenta cêntimos ou um euro, e esse dinheiro ia todo para o programa.

A quota podia chamar-se, por exemplo, "A Luz é de Todos". Eu pagava essa quota extra, de caras. Porque o Benfica é de todos. Até dos mais pobres.


P.S. Provavelmente será uma ideia utópica, mas de vez em quando sabe bem debruçar-me sobre o que significa verdadeiramente o Benfica e deixar um pouco de lado questões superficiais como "o Gaitán está demasiado encostado à linha" ou "o Javi está muito sozinho no meio".

35 comentários:

DMC disse...

O post mais bem escrito e mais pertinente visto em muito tempo na blogosfera. Os meus parabéns éter. Espero que as tuas palavras cheguem longe e que, mais do que o desejo teu e de tantos benfiquistas nos quais me incluo, se torne real. Seria um motivo de orgulho.
Seria ser à Benfica.
cumps
DMC

Carlos disse...

Os meus sinceros parabéns, Éter. Aquilo que escreveste É BENFICA.

MF disse...

Excelente e digo mais, comecemos já a fazer esse movimento. Que se criem condições para ao invés de utopia, transformamos isso em realidade.

Mais ainda, acredito que com o devido patrocínio e apoio, o movimento ao invés de prejuízo, teria resultados positivos. Senão vejamos:

- Adeptos que podem tornar-se sócios;
- Visitantes que podem consumir merchandising oficial;
- Visitantes que depois de visitar, podem regressar;
- Adeptos que não sendo sócios, fiquem mais motivados para o fazer.

Etc...
Que grande ideia Éter! Bravo, sinceramente...

Grande abraço amigo benfiquista!

mWo disse...

Isso a mim é que dava grande jeito, visto que sou de Gondomar e se pudesse não falhava um único jogo!
Para mim, é um insulto (e a toda a NaÇão Benfiquista) que os Benfiquistas de Lisboa "tenham vergonha" de ir à Catedral!

AbraÇo Éter enorme post!

Ricardo disse...

Excelente.

Posso passar o texto no blogue?

Tiago disse...

utópico ou não, se há clube que o pode fazer é o Benfica ;)

Viriato de Viseu disse...

Vou fazer chegar esta soberba postadela, a quem de direito!!!

Manuel Oliveira disse...

Parabéns Éter pela excelente ideia. Oxalá seja aproveitada pelo Benfica/Fundação Benfica.

Abraço.

Éter disse...

Claro, Ricardo.

redjan disse...

BRILHANTE.
De verdadeiro Benfiquismo!
Impossível ficar sem resposta, sem pelo menos se esboçar e levar em frente semelhante projecto. E desde já digo que alinhava de caras com um extra na minha quota.
Posso divulgar o post?

M.C. disse...

Excelente ideia sem dúvida!
Que alguém faça chegar a quem de direito, para que este movimento se torne um exemplo e sirva como ponto de partida para o reacender da verdadeira chama benfiquista !

Éter disse...

redjan, nem é preciso perguntar.

Águia Preocupada disse...

Também já me havia ocorrido essa ideia, mas não fiz dela eco!
É uma ideia óptima e que o Benfica há muito deveria ter colocado em prática, ao invés de colocar nos camarotes esses parasitas que estão lá sempre caidos e nunca pagam seja o que for, como por exemplo essa tia de Cascais, a tonta da Cinha Jardim!
A pensar nisso, já levei muita gente, incluindo jovens da minha terra que não tem possibilidade de ver jogos, a quem paguei viagem e bilhete!
Isto é elevar o Benfica, dignificá-lo e dá-lo a conhecer!
Mas acho que tem que ser o Benfica e não a Fundação ou os sócios!

Éter disse...

Águia Preocupada, os meus parabéns por fazer isso que escreveu, isso é ser Benfica.

Mas não posso concordar com a sua última frase. Não se deve dissociar o Benfica dos sócios, porque o Benfica somos nós e cabe-nos a nós lutar por um Benfica melhor.

RSL disse...

Grande, grande texto. Os meus parabéns.

http://gloriosojogolimpo.blogspot.com/

redjan disse...

Éter:

Devidamente publicitado e uma vez mais, OBRIGADO pela profundidade e Benfiquismo deste teu post!

BENFIQUISTA disse...

muitos parabens pelo grande post.
concordo plenamente.

abraço

Antonio Macedo disse...

Vivo no Canada... tenho 73 anos de idade e sou socio correspondente no.35232 do Glorioso desde 1994pagando a quantia de 100 euros anuais e ao mesmo tempo fiz socio meu neto nesse mesmo ano,quando nasceu...ja estive no Estadio da Luz de visita numa das minhas deslocacoes a Portugal...acho a ideia esplendida e faze-la chegar
ha Direcao do SLB para que esta sugestao tenha pernas para andar...
claro que tambem colaboro caso seja
essa a ideia com uma cota complementar.
Um abraco e parabens ao autor do texto
Antonio Macedo

Luis3m disse...

Perfeito seria juntar um neto a cada uma dessas pessoas. Estaríamos a alimentar o futuro do glorioso.

editor69 disse...

Éter...
a malta tem um grupo fechado no Facebook que se chama Cosme Damião- O Espírito Benfiquista...
tomei a liberdade de por lá o teu texto TOTALMENTE IMPREGNADO do ideal social do Julio Cosme Damião.

Abraço.

PS:Se tiveres FB procura e vai até lá.

Luis Rosario disse...

Há duas coisas que eu e o meu irmão proporcionámos ao meu avô de quase 90 anos, que vive no Alto alentejo profundo.

1: Andar de Avião - Fomos de Lisboa ao Porto com ele para aí à 5 ou 6 anos. Lindo.

2: Ir ao Estádio da Luz - para aí à 3/4 anos (eu não consegui ir ao jogo já não sei porquê, mas o meu irmão levou-o). Qual foi o jogo, Zé?

Se há coisas para as quais o dinheiro serve, é isto. São momentos inesquecíveis que fazem a vida de uma pessoa mais rica e marcam para sempre.

Vamos lá avançar com esta ideia!

Mojo disse...

Grande posta, parabéns.
O javi está muito sozinho no meio.

paixaovermelha disse...

E porque não apresentar uma proposta para o Benfica criar um "programa" através da Fundação Benfica, para proporcionar esse género de eventos?

Eu sou gajo para sugerir isso.

Xipoca disse...

CRIA UM GRUPO NO FACEBOOK E VERÁS LUZ...

FORÇA AÍ COLOCA LÁ ESTE POST

Éter disse...

editor, fizeste bem porque eu não tenho Facebook.

Anónimo disse...

Parabéns pela IDEIA. Valorizamos o GLORIOSO e os idosos tão esquecidos e abandonados. Sou do norte mas mesmo do NORTE e sei que há mta gente cujo sonho é estar na NOSSA LUZ. Este desejo estende-se a todas as faixas etárias, mas dar prioridade aos mais idosos e com menos posses é de elementar justiça.
VIVA O GLORIOSO QUE TEM GENTE DESTA.

Telmo Dias Lopes disse...

Caro Eter,
excelente post, excelente iniciativa, vou tomar a liberdade de partilhar no nosso espaço e tambem no meu facebook particular.
Um abraço,

Cláudio Ramos disse...

Boa tarde

éter que enorme post.
Isto encarna bem o espírito do que é ser benfiquista e ser Benfica.

Partilhei o post no facebook. Espero que nao te importes ;)

Um grande abraço

Bruno Pereira disse...

Grande ideia!! Parabéns!!

Carlos Alberto disse...

http://benfiliado.blogspot.com/2011/07/do-eter-luz-e-de-todos.html

DIVULGADO

lawrence disse...

Do éter nasceu a luz!
Parabéns pela ideia!!
Da maior oportunidade e justeza!
Esperemos que alguém com responsabilidades no Clube pega nela!

UnumSLB disse...

Andamos por aí algo descrentes na humanidade. Poucos, muito poucos sinais de esperança. E eis que surge Luz, pequena.... mas Luz, e não é que é de todos.

Está bem vivo o Benfiquismo! Não está?

redjan disse...

Éter: Se porventura nascer algum movimento neste sentido, a Casa do Benfica na TAP terá todo o gosto em assumir-se como parte integrante, tratando de angariar meios financeiros para suportar e apoiar algumas das visitas !

Anónimo disse...

Parabéns pelo teu benfiquismo.
Obrigado por enriqueceres o meu.

Ideia EXCELENTE.

Se puder ser útil na sua implementação estou não só disponível como extremamente entusiasmado.

Saudações benfiquistas,

TNM - tiagofnovo@gmail.com

Anónimo disse...

Excelente post. 1000% de acordo! miki

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.