A enorme pressão sobre os ombros do presidente

quarta-feira, 6 de julho de 2011

Olhando exclusivamente para o negócio Fábio Coentrão:

1: Fábio Coentrão pressionou para sair

2: Sócios pressionaram para que o atleta saísse pelo valor da cláusula de rescisão, confrontando o presidente com as suas promessas do passado.

3: A Direcção Financeira pressionou “exigindo” liquidez

4: Jorge Jesus pressionou para garantir fecho atempado do plantel (LE e Central)

5: Florentino Perez pressionou para baixar preço e envolver jogadores no negócio

6: Mourinho pressionou o atleta e “desvalorizou” jogador junto da comunicação social

7: BES pressionou para realizar mais-valias máximas através do fundo (daí a venda por 30M em vez de 20 ou 25 + Garay…)

8: Jorge Mendes pressiona para satisfação do atleta e obter mais-valia máxima (daí a venda por 30M, sem jogadores envolvidos)

Quem pensar que são decisões fáceis de tomar, está enganado. Luis Filipe Vieira geriu bem este processo e todos saíram a ganhar. Está de parabéns. Que seja o exemplo de muitas que se espera sucedam a esta.

6 comentários:

Águia Preocupada disse...

De parabéns? Já não basta a areia que Vieira lança aos nossos olhos todos os dias?
Mas alguém acredita na treta dos 30 Milhões? É claro que Vieira foi "obrigado" a abrir o cú e comprar jogadores ao Real SOBREVALORADOS! O Real deu o que lhe apeteceu e se Vieira pensa que se saiu bem desta, engana-se! Só acredita quem quer... e eu não quero!

Luis Rosario disse...

Penso que fui claro. Falo exclusivamente do negócio Coentrão e das pressões que LFV foi sujeito.

Na minha opinião saiu-se bem e merece os parabéns.

Se amanhã "borrar a pintura", como já fez no passado, cá estaremos para analisar e sugerir, se adequado, melhorias.

João Couto disse...

Gostava de perceber se o negócio realizado por 20 milhões mais Garay, avaliado em 10 milhões, não tem o mesmo valor para efeitos contabilísticos no que se refere às percentagens a receber pelas partes interessadas, se for realizado por 30 milhões sem nenhum jogador!

Não percebo nada de finanças mas isto parece-me lógico. Ou seja, o comprador dá 20 milhões mais um activo avaliado em 10 milhões, são sempre 30 milhões, ou não???

Se não for assim, então com David Luiz fomos nós que lucramos, já que recebemos um jogador avaliado em 5 milhões.

Rfa disse...

O que interessa nesta historia e que fizemos em dois anos 55 milhoes (mais extras) com dois jogadores que ninguem dava nada por eles. Estou aqui ja de proposito a excluir o David Luiz. Tiro o chapeu ao JJ. Tiro tambem o chapeu ao Vieira por finalmente alguem do Benfica se ter conseguido aproximar do Jorge Mendes.

antoniomaia disse...

parabéns? fez anos o nosso presidente? ou fez a sua obrigação?
é um homem que ficará na história do Benfica sem nenhuma dúvida.
Força Benfica!
e pluribus unum!

DeVante disse...

Então "apeteceu" ao Real dar 30M?

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.