Há cura para isso

sábado, 28 de agosto de 2010

Se o Benfica deixasse sair, por um valor entre os 11 e os 13 milhões de euros, um dos capitães de equipa, pulmão do meio-campo das últimas épocas e dos internacionais portugueses com melhores exibições na pobreza que foi a participação da selecção no Mundial, a esta hora já haveria imolações nas imediações do estádio da Luz.

Como o negócio ocorreu em outras paragens, já li benfiquistas a elogiarem a capacidade negocial do presidente desse clube e a dizerem que assim é que se vendem jogadores.

Isto é patético. Tratem-se.

6 comentários:

lampi-slb disse...

Aposto que andas a navegar num local cada vez mais deprimente e mal frequentado que é o forum do Serbenfiquista.com. LOL

"O Conspirador" Mário A. Oliveira disse...

Sim, ambos péssimos negócios. O Sporting vende um jogador ao rival e com margem de progressão. O Porto vende um dos melhores jogadores da Selecção a preço de saldo.
Mas se olharmos lá para fora, vemos que o Diego foi vendido por 15 milhões para o Wolfsburgo. O mercado está difícil. Parece que o único grande negócio por aqui foi o de Di María.

editor69 disse...

A cura é um ananás dos Açores...
pelo cú acima...
coroa pra frente!

Abraço

JS disse...

A venda de Bruno Alves foi boa, a de Raúl Meireles até podia nem ser má (acho que não está a render no Porto o que já rendeu).

Ao todo, são para aí uns 33M€. Nada mau, mas a questão que fica para o FCP: o Hulk é que vai ser referência no balneário? (a torcer loucamente para que sim :D )

Éter disse...

O Diego foi um enorme flop na Juve e nem sequer esteve no Mundial. Julgo que não é um bom termo de comparação.

Além disso, mantenho o que disse: ai se isto fosse no Benfica...

Anónimo disse...

Nós temos de nos habituar com a grandeza do nosso clube!


http://forcamagicoslb.blogspot.com

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.