A indignação

quinta-feira, 12 de Abril de 2012


Os gilistas não se esquecem da arbitragem do jogo frente ao Desportivo das Aves, na época 2007/2008, em que Jorge Sousa expulsou três jogadores do Gil e ainda marcou um penalty fora da área.

Eu percebo que os gilistas não se esqueçam. Já eu, de certeza que se pegasse numa caneta e num papel e começasse a puxar pela cabeça, ia esquecer-me de vários casos deste senhor. E até tenho uma memória razoavelmente boa.

2 comentários:

Tiago disse...

Os anos passam, os roubos continuam e os benfiquistas nem na luta contra o sistema se unem!

J1 Gil Vicente 2-2 Benfica
J1 Benfica 1-2 Académica
J1 Benfica 1-1 Marítimo
J1 Rio Ave 1-1 Benfica
J1 Leixões 1-1 Benfica
J2 Boavista 3-0 Benfica (1º jogo desta época)
J1 Académica 0-0 Benfica
J1 Beira-Mar 2-3 Benfica (2004/2005)
J1 Boavista 0-0 Benfica
J1 Benfica 3-0 Marítimo

Não acredito que exista um candidato ao título nos grandes campeonatos que seja forçado por 7 anos a perder pontos logo na 1ª jornada!!! É que se não se lembram, em quase todos estes jogos ficaram penaltis escandalosos por marcar!! Mas para alguns são apenas coincidências! O Benfica ganhou 60% dos jogos destes últimos 10 anos mas só ganhou em 20% na primeira jornada!

Mas a culpa é dos sucessivos treinadores, jogadores e da direcção!

Irra que são umas coincidências do catano!

JS disse...

Tiago,

Com ou sem más arbitragens, ao Jesus bastava, este ano, não se armar em parvo.

Gostava de o dizer de forma mais ligeira, mas quem tem estes jogadores e o conhecimento do futebol que ele tem é preciso ser bruto para perder a vantagem que tinha.

E isto é também da responsabilidade de toda a estrutura... não é só por este pormenor, mas gostava de ver o Emerson a jogar no Porto com o Capdevilla no banco. Há muita coisa que não se percebe até no Porto, mas acho que nunca chegaríamos a este cúmulo.

P.S.: E podia continuar com casos como o do Gaitán (atitude inadmissível)...

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.