Bom-nome?

quinta-feira, 16 de dezembro de 2010





A filial lisboeta do foculporto já formalizou à estação televisiva SIC, um pedido de desculpa público, bem como a respectiva retratação pública do jornalista António Cancela, pela forma ofensiva como se dirigiu à agremiação, ao homem dos pinheiros, aos coxos, aos 12 sócios e aos 37 adeptos, durante uma intervenção em directo, hoje, quarta-feira, dia 15 de Dezembro de 2010.

A filial reserva o direito de tomar todas as medidas para que o seu bom-nome seja respeitado.

Departamento de Comunicação do foculporto.


Um pouco mais a sério, é triste que as pessoas do zbordin não percebam que não é este caricato acontecimento que faz com que o bom-nome do clube não seja respeitado. As tais medidas que eles ameaçam tomar deveriam ser apontadas para dentro do clube e não para fora. Enquanto o zbordin se prostituir nunca merecerá o meu respeito.

7 comentários:

João disse...

Ainda bem que acharam tanta piada ao tratamento que é dado ao Benfica pelos gajos do microfone da sporttv e afins. Ainda bem que gozaram quando os nossos jogadores e treinador foram enxovalhados pela comunicação social.

Agora que é com ele ficaram ofendidos? Pensei que iam achar piada...

Éter disse...

João, um clube de viscondes, duques, barões e outros que tais, não consegue ter sentido de humor.

Éter disse...

Minto. Contrataram o Costinha e o Maniche.

Master Groove disse...

Aahahahhahaha

Coluna D'Águias Gloriosas disse...

Éter mas eles ao menos 'reagem' a este tipo de situações....

o Rui Oliveira mais uma vez faltou ao respeito ao Benfica nesta terça-feira....

alguma vez a SAD do Benfica reagiu?

fico lixado com isso...

Éter disse...

O aldrabão das sondagens não merece resposta oficial, pá. Ele quer é que o Benfica desça ao nível dele.

Berrante De Encarnado disse...

Hehehe, muito bons, o post e os comentários.

Cumprimentos

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.