O rato acusou o toque

sexta-feira, 8 de outubro de 2010


Desde 2004 que não exerço qualquer cargo ligado ao futebol em geral e à arbitragem em particular. Sou, por conseguinte livre de almoçar ou jantar com quem bem entender.

Olha, olha! Afinal as almoçaradas e as jantaradas com árbitros têm mesmo acontecido desde o início desta época...

Claro que esses repastos são para falar do Orçamento de Estado, do gigantesco derrame tóxico na Hungria e dos mineiros chilenos presos debaixo da terra. Só mesmo os malucos dos benfiquistas para pensarem que ali se fala de futebol.

2 comentários:

Vasco disse...

Gente assim já não se emenda,estão viciados em esquemas.Perderam a vergonha de vez,porque sabem que podem voltar a fazer,neste país de brandos costumes,mas não para todos.É um fartar vilanagem.

MB disse...

Ás vezes os ratos deviam ficar na toca, para não correrem o risco de levar com uma vassourada:

http://www.abola.pt/nnh/ver.aspx?id=225342

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.