Se a moda pega ficamos sem plantel

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Para mim, é impossível jogar aqui. Apesar de os adeptos do Panathinaikos serem fantásticos e de o clube ser muito grande, não quero mais jogar neste campeonato. Estou cansado de enfrentar o racismo, mas também árbitros corruptos, palavras de Djibril Cissé.

E se, qualquer dia, por exemplo, Aimar e Saviola, dois dos jogadores mais fundamentais e experientes do Benfica, se lembram de dizer o mesmo? Será que jogadores que ambicionam títulos e que têm a perfeita noção do que vale a sua equipa, quando comparada com outras, não se fartam do estado em que se encontra o futebol português?

Será que os poderíamos levar a mal por quererem ir embora deste esgoto para futebóis mais limpos? Eu não levava. Se para nós, que estamos do lado de cá, é desesperante assistir ao que está a acontecer esta época, nem imagino como serão as coisas para quem anda dentro do campo todas as semanas a enfrentar os senhores do apito.

3 comentários:

Mar de Chamas disse...

Não me espantaria nada que isso acontece-se e acredito que esteja mais perto do que nós imaginamos.

É frustrante jogar a bola e dar espetáculo e depois ver o rival a não jogar nada e quando esta aflito um penalti aparece.

Outra coisa é levar porrada e penaltis flagrantes e ainda por cima levar amarelo por simulação.

O nosso futebol é cada vez mais triste.

Jotas disse...

No Benfica é diferente, os jogadores são obrigados a saber que pressão é o dia a dia do clube.

Marciano disse...

Pressão? pressão têm os desgraçados 750.000 desempregados desta trampa de país!

Só têm que ganhar e mais nada!!!!

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.