Pedro Martins vê futebol com o ânus

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Também houve mérito [do Benfica] (não houve nada, Pedro, foi impressão tua), mas muita coisa foi permitida (como por exemplo, parar a bola com o braço na área do Marítimo e fingir lesões). Não é fácil jogar no Estádio da Luz (porque toda a gente costuma sair de lá com o saco cheio), especialmente quando o árbitro, sobretudo os seus assistentes, não tem estofo para este tipo de pressão (algo de que os benfiquistas se queixam há mais de 25 anos). Toda a gente está insatisfeita (eu idem, porque se o penálti tem sido assinalado, o jogo seria diferente e eu não teria ficado perto de um ataque cardíaco no final do jogo), porque a actuação [do juiz] não foi a mais adequada (pois não, e já vimos porquê). Se as pessoas não têm estofo para isto, não andem no futebol, pois a pressão é imensa (mas há putas, viagens, dinheiro e, parecendo que não, isso ainda dá vontade de andar no futebol).

A equipa fez um bom jogo (anti-jogo, Pedro, anti-jogo). Tivemos momentos em que criámos grande perigo ao Benfica (por acaso foi só um momento, que até deu golo, já viste a tua sorte?). Noutras situações, isto não nos foi permitido (porque o Benfica é que tinha a bola e é complicado criar perigo sem bola, digo eu...). É complicado quando, nas transições rápidas, as faltas não são marcadas (é proibido entrar com bebidas alcoólicas na Luz, Pedro). Também fomos penalizados, como aconteceu em outros jogos, pela imaturidade e pela juventude da equipa, que em momentos-chaves não consegue estabilizar e segurar resultados (exacto, a culpa é dos jogadores, que se limitaram simplesmente a seguir as tuas instruções de estacionar o camião em frente à baliza e fazer anti-jogo).

5 comentários:

viegasramos disse...

Porque razão o Benfica nunca defende o poste mais afastado nos cantos??Com toda a equipa a defender não poderia encostar lá alguem??O golo do Maritimo nunca teria acontecido,a bola vai devagarinho bate no poste longe de Roberto e entra.Pode acontecer mais vezes.

Bimbosfera disse...

Uahahhaha! Grande texto... Sobre o ataque cardíaco escrevi logo no Bimbosfera após o jogo!

Abraço

Márcio Guerra, aliás, Bimbosfera

Bimbosfera.blogspot.com

Anselmo Damásio disse...

Subscrevo.

SAUDAÇÕES GLORIOSAS

Mar de Chamas disse...

Muito bons os comentários à excelente conferência imprensa, ou não.

Acho quem não tem estufo para estar no futebol é Pedro Martins.

FCdaFruta disse...

Isso são discursos de quem perdeu o jogo no último minuto... Diz o gajo que o empate teria sido justo... A única coisa de jeito que fizeram foi marcar o golo, quase da única vez que foram a baliza do glorioso... Depois limitaram-se a meter o autocarro em frente a baliza.

Esqueceu-se de mencionar o penalty que ficou marcar na 1ª parte a favor do glorioso, o 2º amarelo que o Ricardo Esteves nunca levou, o golo mal anulado do Luisão e alguns foras-de-jogo mal assinalados.

Tirando isto, pode-se acrescentar que o Djalma andou sempre a provocar o Coentrão. E no fim do jogo, aquele membro da direcção do Maritimo também andou a provocar lá uns quantos...

Interrogo-me mesmo se o presidente do maritimo já não terá sido adoçado, senão tiver sido isso, então deve ser a única ovelha ranhosa daquele rebanho amestrado.

Volta e meia acontece estas coisas. Os adversários a provocar, porque já viram que o Jesus passa-se facilmente dos carretos...

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.