2+2=5

quarta-feira, 31 de Março de 2010

Ranking FIFA:

1 Espanha, 1602 pontos
2 Brasil, 1589
3 Holanda, 1261
4 Portugal, 1214
5 Itália, 1183
6 Alemanha, 1157
7 Inglaterra, 1120
8 França, 1077
9 Argentina, 1075
10 Croácia, 1051

Aqui há uns anos, quando Portugal atingiu a final do Euro ou as meias-finais do Mundial, andava sempre em 7º ou 8º lugar neste ranking. Agora que Portugal não joga a ponto de corno e se qualifica à rasquinha para o Mundial, passa para 4º lugar, inclusivamente ultrapassando a Itália, que é a campeã do Mundo, e a Inglaterra, que fez uma qualificação a roçar a perfeição, com 9 vitórias e uma derrota...

Se alguém fizer o favor de me explicar como se processam estas contas, eu agradeço desde já. Porque assim sou tentado a pensar que eles escrevem os nomes dos países em papelinhos e depois tiram à sorte.

Varela apanhado no supermercado?

Pérolas para um porco

Ver, ouvir ou ler Sousa Tavares provoca em mim as mais estranhas sensações, entre as quais uma incomodativa irritação nos ovários, órgãos que julgo até não possuir. Foi neste contexto que me preparei mentalmente durante alguns minutos para a entrevista ao presidente do Sport Lisboa e Benfica.

Devo dizer que Luís Filipe Vieira foi uma agradável surpresa, e em muitos momentos foi claramente quem tomou as rédeas da entrevista. Isto pode parecer fácil, mas não é.
O presidente levava a lição muito bem estudada e deixou várias vezes sem palavra o seu interlocutor. No geral, julgo que Vieira esteve bastante bem.
Quanto a Sousa Tavares, tenho que reconhecer que mostrou um profissionalismo e sobriedade de que eu não estava à espera. Já li por aí quem pense que não preparou muito bem a entrevista, mas na minha opinião ele não estava era preparado para um desempenho tão bom de Luís Filipe Vieira.

Os meus destaques da entrevista são:

Possível candidatura de Moniz. "Na altura enviava muitas mensagens a dizer mal, agora não envia a dizer bem". Para bom entendedor...

Contratação de Jesus. Se ainda havia dúvidas, principalmente nas cabeças para quem Rui Costa é divino e não uma pessoa normal, ficou bem claro que Jesus só não foi treinador do Benfica na época passada porque Rui Costa se opôs. Esta época encaminhava-se para o mesmo mas o presidente decidiu, e bem, puxar dos galões. O resultado está à vista de todos.

As funções de Rui Costa. "O Rui está numa fase de aprendizagem. As decisões são tomadas pelo grupo da Administração da SAD do Benfica." Quem anda sempre a dizer que Vieira usa Rui Costa como escudo, tem aqui duas boas frases para meditar.

4º Jogador preferido. "Luisão, porque é um verdadeiro líder". Já somos dois.

Direitos televisivos. O Oliveirinha que se habitue, a estratégia do Benfica passa por falar sistematicamente deste tema e passar a mensagem de que o valor actual é ridículo e de que há mais interessados nos jogos do Benfica.

Falcao. "Não posso, às 2h da manhã, duplicar o salário de um jogador". Totalmente de acordo, o Benfica não pode ceder a jogadas de empresários e de jogadores sem escrúpulos.

Apito Dourado. Nesta matéria o presidente costuma sair-se sempre bem, utilizando as famosas escutas, portanto aqui opto por destacar estas afirmações do entrevistador: "Eu não oiço escutas"... "Mas telefonou para o presidente da Liga a discordar do árbitro nomeado para o Benfica"... Vieira negou. "Então eu vi isso!"... Face à insistência de Vieira que foi o Major que lhe ligou a ele, Sousa Tavares lá admitiu, contrariado: "'Tá bem, telefonaram, pronto, 'tá bem". Sem palavras...

8º As aventuras de Ugh! no túnel da Luz. "Apesar de não jogar há 12 jogos, continua a ser o jogador do campeonato português que perdeu mais bolas." Aqui o mérito desta chapelada não vai para o presidente mas para quem o preparou para este tema.

Stewards. "Agora no próximo jogo no Estádio da Luz vamos às bancadas arranjar quatro espectadores para pô-los lá dentro". Excelente estratégia de recorrer ao humor para mostrar o ridículo da decisão.

10º O despedimento de Fernando Santos. Ficou bem admitir que se pode ter precipitado e cometido um erro, mas que o fez a pensar no melhor para o Benfica.

11º Relações com o foculporto. Enquanto o criminoso lá estiver, não. Liminarmente não. E mais nada!

12º Claques. Ó senhor presidente, esta não! Negar a existência de claques no Benfica é um bocadinho... parvo?

Pérolas de um porco

Não vi a entrevista ao criminoso mas já sei de algumas pérolas. Gosto particularmente da sua revelação sobre um hipotético telefonema de Hermínio Loureiro, no qual este supostamente instiga Ricardo Costa a demitir-se. O criminoso informa ainda, em óbvia provocação e numa pacóvia necessidade constante de demonstração de poder, que foram duas pessoas com cargos importantes na Liga que o alertaram para esse facto. Sobre isto gostava de realçar o seguinte:

O facto de o criminoso revelar que tem pessoas bem colocadas na Liga que o informam de todos os passos do presidente evidencia claramente o trabalho de sapa que o foculporto tem vindo a fazer desde que Hermínio Loureiro assumiu os comandos da Liga, com o objectivo de minar o seu trabalho e de o conduzir a uma situação de ruptura, como por fim aconteceu.

O fenómeno de um indivíduo que centrou toda a sua defesa em tribunal na ilegalidade das escutas e que agora torna pública uma conversa privada, sem autorização dos seus intervenientes, é de bradar aos céus. Com a agravante de esta situação ser deixada passar em branco pela entrevistadora...

De um lado temos um criminoso que já foi apanhado a mentir em várias entrevistas, declarações e até em tribunal; do outro temos Ricardo Costa, que disse o seguinte:

Ao final da tarde de quarta-feira, estava a dar aulas em Coimbra e o presidente Hermínio Loureiro ligou-me. Ele já sabia qual era a decisão do Conselho de Justiça e estava indignado. Comunicou-me que tinha tomada a decisão individual de se demitir. Eu mostrei-me disponível para fazer o mesmo, em conjunto com a minha equipa, como forma de solidariedade. Solicitou-me que não o fizesse para que não fosse afectado o normal funcionamento da Liga. Só não continuaríamos se houvesse renúncia de todos os órgãos eleitos, foi o que determinámos em reunião da Comissão.


Depois de tudo o que nós passámos você tem de ficar até ao fim
.

Cada um que pense o que quiser, mas eu sei bem em quem acreditar.


Há ainda outra afirmação do criminoso que não pode passar em claro:

Isto veio tudo nos jornais, a cedência de terrenos pela Câmara de Lisboa, que beneficiou a instituição Benfica. Este negócio entre o Benfica e a Câmara de Lisboa não foi correto. O Benfica foi altamente beneficiado pela Câmara de Lisboa, enquanto o FC Porto não recebe rigorosamente nada da Câmara do Porto.

Face a isto parece-me óbvio que quer a Câmara Municipal de Lisboa quer o Sport Lisboa e Benfica deveriam entregar esta insinuação aos respectivos departamentos jurídicos com a condição de, no caso do Benfica, o Dr. Paulo Gonçalves não escrever sequer uma simples vírgula no documento.

Também gostava de ter visto a jornalista perguntar sobre o Plano Pormenor das Antas, com o qual o foculporto embolsou milhões de euros à custa da Câmara Municipal do Porto e ainda sobre o centro de estágios do clube, pago pela Câmara Municipal de Gaia e cedido ao foculporto sob a capa de uma obscura "Fundação Porto-Gaia".
Mas com Judite Sousa, isso seria pedir de mais...

Por último, a famosa indemnização que o foculporto ameaça pedir... Para mim parece-me nítido que isso estará condenado ao fracasso, o tema é demasiado subjectivo para poder ser apreciado pela justiça. Na minha leitura, a simples menção de tal intenção não passa de uma descarada forma de pressão para a Liga colocar o foculporto o mais depressa possível no segundo lugar, o tal que ainda permite sonhar com o dinheiro da Champions. Só um cego não vê isso. Gostaria imenso de ouvir o Salvador, o Mesquita e o Paciência sobre este tema...

"Pequena entrevista"

terça-feira, 30 de Março de 2010

Munido de dois alguidares para um eventual vómito incontrolável, decidi assistir durante o tempo possível à "merda de entrevista" da RTP, àquela pessoa que preside o foculporto.

Aguentei 15 minutos. 15 minutos de ódiozinho barato daquela pessoa, devidamente coadjuvada por uma jornalista que perdeu hoje a minha pouca admiração... Mais: o homem está tão senil que, quando a resposta não foi suficientemente nojenta, aquela jornalista logo provocou uma resposta mais à imagem daquele.

Se a entrevista tivesse sido num canal privado.... Mas não, foi num canal público, pago por todos os portugueses. Foram 15 minutos tristes para a televisão pública, do jornalismo mais pobrezinho que já vi...

Especial foculporto

A TVI, de modo a combater as duas entrevistas da concorrência, vai avançar com uma programa especial sobre o plantel do foculporto. Aqui fica o que poderemos ver:

Nuno vai cozinhar a sua especialidade, frango do campo com molho Carlsberg.

Bruno Alves vai ler uma história de dormir para as criancinhas, com a promessa de que quem não for logo para a cama vai receber a sua visita lá em casa.

Helton, Rolando e Fucile vão protagonizar o momento dramático da noite, ao relatarem o atentado terrorista do qual foram vítimas recentemente em Londres.

Logo de seguida, vai ser emitido um alerta para que as pessoas não se esqueçam do jovem Nuno André Coelho, que desapareceu nesse mesmo atentado.

Álvaro Pereira e Cristián Rodríguez vão disputar um animado concurso, em que o objectivo é ver quem assina mais rápido um papel que diz: "Quem me mandou ser idiota?"

Raúl Meireles, num número muito arriscado, vai proceder a uma lobotomia a ele próprio e vai tentar tatuar o cérebro.

Fernando vai tentar provar que consegue desmontar a manga de um túnel ao pontapé em menos de um minuto.

Rúben Micael vai testemunhar que a sua carreira está em franca ascensão desde que assinou pelo foculporto. Antes levava seis do Benfica, agora fica-se pelos três.

Hulk e Sapunaru vão espancar um steward e um adepto comum, e mostrar que não há qualquer diferença entre eles. Sangram ambos de igual modo.

Tomás Costa vai explicar que teve que deixar crescer o cabelo porque as pessoas na rua lhe davam dinheiro e mostravam a sua indignação pelo Holocausto.

Guarín vai explicar as semelhanças entre o seu país, a Colômbia, e o foculporto: "A polícia colombiana e o CNAD são muito parecidos, a droga circula livremente e ninguém faz nada".

Falcao vai aproveitar para agradecer publicamente aos dirigentes do Benfica o facto de poder ser titular esta época.

Varela vai alertar os jovens que pretendem começar a praticar musculação para o perigo de quererem ficar umas bestas depressa de mais.

Orlando Sá vai contar, na primeira pessoa, a história do menino promissor que chegou, viu mas não venceu.

Mariano, Prediger, Valeri, Belluschi e Farías vão mostrar que na vida nunca é tarde para mudar de rumo e vão anunciar que abriram uma empresa de viagens que vai tratar da chegada e acolhimento dos vários argentinos que o foculporto compra todas as épocas.

David Addy vai... Não, afinal parece que não vai.

Eu vou!

Poderia ser o slogan do Rock in Rio mas é, de facto, apenas a minha satisfação de já ter o bilhete para o Glorioso - Liverpool. Eu vou lá estar para ver, o que me parece que vai ser, um jogo espectacular. É certo que o Liverpool esta época tem deixado algo a desejar mas, como o Éter já mostrou, o Liverpool não deixa de ser o Liverpool. Contudo, atenção pois o nosso Benfica está imparável e, com a casa cheia como acredito que vai estar, o ambiente na Luz vai ser terrível para o nosso adversário.

Já estou a preparar a voz, de novo, para apoiar o Benfica. Quem não tem bilhete ainda pode comprar. O Record anuncia hoje que ainda restam 3.500 ingressos que, por enquanto, só estão à venda para sócios. Por isso, aproveitem.

Prova de fogo

Marselha, filial corrupta de Braga, foculporto, Everton e à espera do Liverpool... Mas a prova de fogo do Sport Lisboa e Benfica será esta noite, nos estúdios da SIC, onde o nosso presidente vai ser atacado por um alcoólico, plagiador, mentiroso, canalha e anti-benfiquista. Resumindo, um verdadeiro pulha.

Espero que Luís Filipe Vieira vá muito bem preparado para as inúmeras armadilhas que decerto lhe estão a ser preparadas, e rogo para que o departamento de comunicação do clube e a assessoria do presidente tenham feito o trabalho de casa. Vai ser duro. E por isso admiro a coragem do presidente em ter aceite conceder esta entrevista neste momento crucial da época, principalmente por o entrevistador ser quem é. Eu não o faria.

Enquanto isso, à mesma hora, o criminoso irá saborear a habitual vassalagem do canal público (mas não pudico).

Nos relvados, nos túneis, nos órgãos de justiça, na imprensa, nos estúdios de televisão... Sempre dois pesos e duas medidas... É por isso que somos tão fortes.

Discriminação animal

segunda-feira, 29 de Março de 2010

Gostava de saber por que é que eu, que até sou sócio, não posso entrar no pavilhão do meu clube acompanhado de um cão, gato, porco, coelho ou até mesmo de um urso polar, ao passo que é permitida a entrada a este bando de animais.

Não fica nada bem ao Benfica praticar esta discriminação dentro do reino animal. Uma barata não é menos do que um adepto do zbordin, caramba!

O regresso de El Niño

Depois de cerca de dois meses parado, Fernando Torres regressou em grande. Nos últimos cinco jogos da liga inglesa marcou seis golos, fez duas assistências e foi três vezes Man of the Match. O jogo de ontem contra o Sunderland mostrou mais do mesmo: El Niño atravessa um momento de forma de tal modo impressionante que é capaz de inventar golos como o primeiro do jogo, e de demonstrar classe e frieza dentro da área, como no último.

O que nos vale é que Luisão e David Luiz também atravessam um grande momento. Se há dupla de centrais capaz de parar aquele verdadeiro perigo público, ela mora no Benfica.

Parabéns Rui

Hoje o nosso Rui Costa faz 38 anos e não podia deixar de lhe dar os parabéns. Digo o nosso Rui Costa porque ele é mesmo nosso, da família Benfiquista. Sofre como nós ou ainda mais que nós e dá sempre tudo o que pode pelo Benfica, fê-lo dentro de campo e continua a fazê-lo fora dele. Tenho pena de não o poder ver jogar na próxima 5ª feira contra o Liverpool mas, de certa forma, ele está lá, no campo. Aliás, há momentos em que acho que tem uma vontade imensa de saltar lá para dentro e ir ajudar a equipa. É assim o nosso Rui Costa. Espero que este ano lhe possamos oferecer o título, pois bem merece.
Por isso, Parabéns Rui.

Tesourinho deprimente

Amanhã a RTP decidiu brindar os seus telespectadores com um "tesourinho deprimente". Privada do humor dos Gato Fedorento, a televisão em que há muito o "P" não é de "Portugal" mas sim de "foculPorto", vai transmitir uma espectacular entrevista a um conhecido criminoso deste país. Entrevista essa conduzida por uma adepta ferrenha e confessa da agremiação a que o referido criminoso preside, e que irá mais uma vez colocar as perguntas correctas (não do ponto de vista do público, como obriga o Código Deontológico dos jornalistas, mas sim do entrevistado) e previamente preparadas com o lacaio Cerqueira, como é habitual nestas situações.

O timing desta entrevista também não poderá ser considerado inocente. Impedido de prestar declarações pela Comissão Disciplinar da Liga, o criminoso vai aproveitar o descrédito a que esta foi sujeita pelo Conselho de Justiça do foculporto... perdão, da Federação, para lhe dar a estocada final em horário nobre, ignorando descaradamente o castigo que lhe foi imposto. A conivência de uma televisão que é mantida com o meu e com o vosso dinheiro face a este esquema é absolutamente aviltante.

Vamos decerto assistir a uma choradeira e grande indignação por causa do Ugh! ter sido impedido de dar o seu valioso contributo à equipa e de estar irremediavelmente afastado do Mundial, o que é tão estúpido como imaginar que o Edinho teria hipóteses de vestir a camisola de Portugal. Ok, esta correu mal, esqueci-me que o Queiro(ó)z(s) é mais estúpido do que qualquer suposição estúpida que eu alguma vez faça...
Vamos ainda assistir à preparação para o assalto final ao poder na Liga de Clubes e, quiçá, a uma negação de um suposto interesse em Izmailov.

Para finalizar, um pormenor delicioso: como devem saber, a Grande Entrevista é habitualmente às quintas-feiras. Porém, e sem que nada o justifique, esta semana o programa será a uma terça e isso faz-me uma certa confusão... Haveria melhor dia para uma entrevista àquele criminoso do que 1 de Abril, "dia das mentiras"?

Erro colossal do departamento de marketing da RTP. Depois admiram-se de não terem audiências e de somarem prejuízos atrás de prejuízos.

Resultado da Sondagem nº 12

À pergunta "Como avalia a forma como o Benfica é tratado pela OliveirinhaTv?", os leitores do Céu Encarnado responderam da seguinte forma:

- $%#&/#$#$%&" 31%

- Já cheguei a vomitar no tapete da sala 24%

- São isentos (mas aviso já que estou internado no Júlio de Matos) 20%

- É uma bela Christian Rodríguez 18%

- Prefiro ouvir um discurso do Bruno Carvalho 7%


O senhor presidente escusa portanto de encomendar um estudo sobre este assunto. Tem aqui uma ideia geral sobre a opinião dos benfiquistas.

Gostava só de perguntar às 58 pessoas que partilham comigo o Júlio de Matos em que ala se encontram, para combinarmos correr nus pelos jardins.

As limitações do PES

domingo, 28 de Março de 2010


Eu sei que o Choramingas disse que não jogava Playstation, mas é só para lhe dizer que o jogador que ontem lhe marcou um golo aparece assim no Pro Evolution Soccer.

É claro que o Choramingas não deve apreciar muito a jogabilidade do PES. O jogo até consegue ser algo realista dentro do campo, mas deixa a desejar em muitas outras coisas. Por exemplo, quando a bola transpõe a linha lateral o jogo pára e não permite prosseguir e marcar golo, não há expulsões dentro de túneis, não há malas com dinheiro para o adversário, não há conferências de imprensa para dizer patetices, a linha de fora-de-jogo é incrivelmente precisa, entrada por trás dá direito a vermelho, etc.

Quem, como o Choramingas, tem a escola do foculporto, jamais poderá gostar de um jogo de futebol tão limitado e tão díspar da realidade portuguesa.

Sonho de uma noite de Primavera

Tenho confiança que o Proença ontem no final do jogo tenha entregue as insígnias ao Choramingas porque hoje à tarde vai anunciar que se retira da arbitragem, depois do quarenta e cinco milésimo septingentésimo quinquagésimo oitavo penálti não assinalado a favor do Benfica da sua carreira.


P.S. Penálti esse que faria com que o Benfica tivesse efectivamente uma vantagem de seis pontos. Assim são apenas cinco. Mas isso no final não fará qualquer diferença...

A distinta lata de Mossoró

Parece que a choraminguice é apanágio no clube de Braga, senão veja-se as palavras de Mossoró:

“Eu tenho minha esposa e ele que mande beijos para a esposa dele que eu não quero os beijos dele.” (sobre Dí Maria)

Parece-me que este menino não tem estrutura para jogar futebol...

“O ano passado quando perdemos aqui, o Jorge Jesus foi o primeiro a chegar à sala de imprensa e falar… quero ver o que ele vai dizer hoje.”

Foi, de facto, novamente o primeiro a chegar à conferência de imprensa. E realmente ficou qualquer coisa por dizer. Primeiro, penalti não assinalado por mão de Rodríguez. Ninguém pode ir à bola de braços abertos. Segundo, o Desentería agrediu o Dí Maria com um pontapé/coice, mesmo nas barbas do árbitro, sem qualquer sanção. Terceiro, o Luis Aguiar, mal entrou em campo, pontapeou o Javi Garcia na barriga e ainda teve a distinta lata de ir reclamar com o nosso jogador... Amarelo?? Nada....

“O que me deixa mais triste é trabalharmos a época toda e sermos perseguidos pelos próprios jogadores. O Benfica está a fazer-se de vitima e inocente, e “xinga” os jogadores dos outros clubes.”

Vítima e inocente?!?! No jogo de Braga, fomos roubados. Golo mal anulado, penalti por marcar, expulsão do Cardozo por ter feito... nada, não-expulsão de Mossoró e Vandinho por terem agredido Cardozo e Raúl José, respectivamente. Mas de que merda é que estes senhores se queixam?? Ah, já sei... O plano conjunto do Porto e do Braga está a falhar... Pois, temos pena.


"Xinga" os jogadores dos outros clube?! Hmm... Segundo a definição do dicionário, "xingar" é insultar com palavras... Quem eu ontem vi por diversas vezes a espumar-se a insultar jogadores do Benfica foi, por exemplo, o Paulo César, o Luis Aguiar e o próprio Mossoró...

Os números não mentem. E os factos são estes: o Benfica tem a melhor equipa, o Benfica tem os melhores ataque e defesa, livres de quaisquer suspeitas, o Benfica merece o lugar onde está, o Benfica é das equipas mais correctas a jogar em Portugal.


O Braga é plantel mais choramingão que eu já vi... Será que também vão chorar por terem que tirar o pézito do acelerador...?

Uma lei peculiar

sábado, 27 de Março de 2010

Em finais de Dezembro, Cristián... hoje, Alberto. Achei estranho e resolvi pesquisar.

Lei nº 765476

Jogadores de apelido Rodríguez podem jogar a bola com a mão dentro da respectiva grande área no Estádio da Luz.

Playstation vs Pérolas

Apetecia-me dizer ao Choramingos Paciência para se dedicar a jogar na Playstation, mas, de facto, prefiro continuar a ouvir as pérolas do senhor.

Hoje saiu-se com a habitual:" ai, o árbitro isto e aquilo, o golo foi aos 47 minutos e 15 segundos, foi um golo que não devia ter acontecido. mas eu não quero desculpar-me com isto..." O paleio é sempre o mesmo. Não quero pressionar, não quero desculpar-me. -PSSSSSTTTTTT!!! Se não queres falar nas coisas, não fales nelas.

Depois tem ainda o desplante de dizer o seguinte: "o Braga reduziu o Benfica, não diria a uma equipa normal, mas a uma equipa que não criou perigo". Ou vê mal (das lágrimas) ou estava de costas... Não, isso é só contra o foculporto. 61% de posse de bola e várias situações de perigo, principalmente no início da segunda parte, sem que o Braga conseguisse sair com a bola, devem chegar para o senhor pensar duas vezes no que disse.

Como não podia deixar de ser, tentou responder ao Jorge Jesus, dizendo que a equipa está melhor classificada do que no ano passado. Jesus tratou de lhe responder na conferência de imprensa, afirmando que "o Braga está de férias há umas semanas a jogar só o campeonato". Sem espinhas...

Quanto ao Mossoró, há a lamentar a lesão grave que sofreu. Mas que ninguém ouse acusar o Carlos Martins de ter sido violento na entrada. Jogou a bola e só involuntariamente pisou com o joelho esquerdo o pé do jogador do Braga. Estou a adiantar-me porque os jogadores do Braga que estavam em campo não perderam tempo a reclamar com o Carlos Martins... E na segunda e terça-feiras vamos ter Aguiar, Andor e Oliveira e Costa a condenar a entrada do jogador.

Parabéns BENFICA!

Amanhã é dia de BENFICA!

sexta-feira, 26 de Março de 2010

Bem, é tempo e hora de preparar a voz e a força para apoiar o nosso Glorioso amanhã. A contagem decrescente e a ansiedade crescente começaram. Estamos a horas de um dos jogos mais importantes da época, aquele que não decide tudo, mas poderá significar quase tudo.

Estou invulgarmente ansioso pelo jogo de amanhã. Ansioso pela constituição da equipa, ansioso pelo primeiro toque na bola, ansioso pelo apoio incondicional à equipa, ansioso por ver a bola no fundo das redes do adversário, ansioso pelo apito final, ansioso pelo delírio absoluto.

Amanhã é o dia. O dia da união! O dia de cerrar os dentes! O dia de deixar tudo em campo! O dia de "E PLURIBUS UNUM"! Amanhã é dia de BENFICA!

CARREGA BENFICA!!!

Post para o indivíduo que assina como "Benfica - Orgulho,Honra,Gloria!!"

Recebemos um comentário bem engraçado a um post em que falamos do aparecimento de um grupo do Facebook que se inspirou num outro post em que sugerimos que no próximo jogo se leve um colete reflector para o estádio, e que passo a transcrever:

Benfica - Orgulho,Honra,Gloria!! disse...

Caro Scandium

Não precisas de te demarcar dessa iniciativa porque na realidade o movimento não surgiu daqui mas sim do AntiTripa,se esse grupo referiu o teu blog deve ser por outras razoes mas não precisas de dispensar os "louros" de algo que não surgiu aqui,esse grupo talvez use esta referencia mas os restantes não.
E no sabado,se fores à Luz,terás a oportunidade de ver esta "iniciativa parva" in loco.
A inercia e as queixinhas na net são o melhor remedio pra resolver os problemas do futebol portugues...
Contra juizes,policias e claques amestradas usamos imponentes posts de fina escrita na net,eles até tremem só de os ler...se os lessem!!

TUDO PELO BENFICA!!!!


Ora bem... Caríssimo indivíduo que assina como "Benfica - Orgulho,Honra,Gloria!!", normalmente não me daria ao trabalho de dar importância a tamanha imbecilidade, mas foram postas em causa coisas que eu não admito.
Vamos lá então explicar isto, de modo que até um atrasado mental compreenda.

O post do meu colega Scandium foi colocado pouco depois das 0 horas de dia 25. O nosso blogue não informa sobre as horas da publicação, mas o primeiro comentário a esse post foi às 1:05, como pode comprovar aqui.

O blogue Antitripa também não informa sobre a hora da publicação dos posts, mas o primeiro comentário a esse post que refere foi às 18:05 de dia 25, como pode comprovar aqui. O que, pelas minhas contas, que decerto também conseguirá fazer, são 17 horas mais tarde do que o primeiro comentário ao nosso post.

No final desse post, o GM do Antitripa diz o seguinte: "ideia (bem sugestiva) do amcslb deixada aqui no Blogue". Face a isto, qualquer pessoa mal intencionada seria livre de pensar: "Ai aqueles malandros do Céu Encarnado foram ler a caixa de comentários do Antitripa e publicaram primeiro o post a falar sobre isto... Não se faz!"

Para não haver dúvidas sobre isto, resolvi pesquisar o tal comentário... Encontrei-o aqui: "amcslb
sábado vou de colete amarelo. pqp para a federação
Yesterday, 15:15:46"

Foi portanto cerca de 15 horas depois do nosso post, correcto?

Já compreendeu a estupidez que tanto trabalho lhe deu a escrever, indivíduo que assina como "Benfica - Orgulho,Honra,Gloria!!"?

Fique portanto o indivíduo que assina como "Benfica - Orgulho,Honra,Gloria!!" a saber que neste blog não se copiam ideias de ninguém e que quando utilizamos textos ou frases alheias colocamos os respectivos links. Para a próxima investigue, pesquise, informe-se, leia. Isso irá ajudá-lo a não fazer figuras tristes.

As suas melhoras.

O estranho caso da braçadeira perdida

Esta notícia é espectacular. Ficamos a saber que o Vandinho, a partir do jogo contra a Académica, inclusive, deixou de usar a braçadeira de capitão de modo a não ter que cumprimentar os árbitros, que assim se iriam aperceber de que ele estava com gesso na mão, o que é proibido.

Gosto particularmente desta parte:

Ao retirar-lhe a braçadeira, Domingos garantiu que nada seria descoberto e que o jogador poderia continuar a ajudar a equipa. Caso contrário, teria perdido quatro jogos que o Braga venceu: Académica, Sporting, Marítimo e Freamunde, este último para a Taça de Portugal.

Palavras para quê? São artistas portugueses no seu melhor.
Uma das coisas mais peculiares deste país, é que quase sempre se enaltece quem infringe regras. Aliás, eu acredito mesmo que em Portugal as leis só existem para poderem ser violadas. E à bruta!

No futebol não se geme

Aiiii, o Proença! Uiiii, o Proença! Ahhh, o Proença...

Confesso que estou um bocadinho cansado de tanto gemido. A menos que não queiram que vos perguntem se têm sonhos molhados com o Proença, que tal uns...

Agarra-me essa merda, Quim! Vai-lhe às pernas, Maxi! Grande corte, Luisão! É tua, David! Olha as costas, Fábio! Olha ali o Jesus no banco, o homem está doidinho! Manda-me esse gajo abaixo, Javi! Corre, que ainda lá chegas, Ramires! Passa a merda da bola, Di María! Sobe com ela, Pablo! Estás sozinho, Saviola! Chuta, Cardozo! Golo, caralho! Goooooooolo!!! Estava a ver que não, foda-se! Carreeeeega, Benfica!!!

Acho que isto é um bocadinho mais másculo, não? E mais Benfica, já agora...

Quanto ao Proença... Eh pá, quero que ele se lixe com um "f" bem grande. Da maneira como o Benfica está a jogar, dá para ver que não é um Damir Skomina, um Jorge Sousa ou um Pedro Proença que vai conseguir parar o, e parafraseando o Pedro Ribeiro, rolo compressor.

Esclarecimento

Foi com alguma surpresa que a equipa deste blog se deparou com a criação no Facebook (aqui) de um grupo de apoio ao Movimento "um adepto um steward", parvamente falado por mim num post que escrevi ontem.

Como temos sentido de humor, não podemos deixar de achar piada à iniciativa, mas do modo que foi criado o grupo pode, de certa forma, dar a entender que este blog lhe está associado.

Vimos, por isso, demarcar-nos do referido grupo sem, no entanto, acentuar que já demos umas valentes gargalhadas de cada vez que fomos conferir o número de membros que o grupo já tinha.

Não obstante, e mormente para que o criador do grupo não seja conotado com a parvoíce reinante neste blog, ou para que não se pense que ele é um de nós, decidimos vincar aqui a nossa posição.

P.S. Caro Éter, bem que me avisaste para não me aventurar no campo da parvoíce. Tu lá sabias o que estavas a dizer.

Homem a quem o sistema nunca conseguiu corromper

quinta-feira, 25 de Março de 2010



Peço a vossa especial atenção para a escuta a partir dos 3:18. Não sei se as pessoas já se tinham esquecido desta conversa entre António Araújo e Fernando Gomes, mas eu não.

Alguém me explica como é possível que um indivíduo que estava envolvido no esquema das... falha-me a palavra... já sei... putas, possa sequer pensar em avançar para a presidência da Liga? Se o homenzinho não tem vergonha, cabe ao Benfica pegar nisto e fazer tamanho ruído que torne impossível esta candidatura ir para a frente. Pode ser o presidente, pode ser o João Gabriel, podem ser os comentadores nos programas sobre futebol. Pode ser o que quiserem. Gostava é que não se esbanjasse uma oportunidade destas para abalar o esquema que está a ser montado.

Para concluir, deixo-vos um trecho de uma notícia do Reco-reco:

o ex-administrador portista é um homem a quem o sistema nunca conseguiu corromper e um tecnocrata capaz de desempenhar um bom trabalho no desenvolvimento e renovação do futebol português.

Eheheheh. O "jornalista" escreveu isto sem se rir, mas isso não impede que eu o faça. Ahahahahah. Priceless!

Alerta hemorroidal


A filial corrupta de Braga reagiu hoje à manutenção do castigo de Vandinho (diminutivo de vândalo, talvez). Como? Atacando sem piedade o CD da Liga.
Ora isto não deixa de ser curioso, já que quem manteve a suspensão foi o CJ da Federação. Mas teceu a filial alguma crítica ao CJ? Népia. Nicles. Porquê? Não preciso responder, pois não?

Pronto, agora alguém se importa de pedir para tirarem a mão de dentro das nalgas do Salvador? O homem já deve estar com hemorróidas.

Ainda bem que venceu o laranja


Como devem estar recordados, no início desta época o Benfica e a Adidas levaram a cabo uma votação para eleger o equipamento alternativo para a época 2010/11. Venceu o laranja.
Mas... e se por acaso os adeptos do Benfica tivessem escolhido aquela coisa da esquerda? Poderiam ocorrer situações realmente idiotas...

Será que se o Ugh! agredisse um jogador do Benfica no túnel, este seria confundido com um steward e o Ugh! só apanharia três jogos de suspensão?

E se eu estivesse no estádio com um colete reflector vestido, poderia entrar em campo e jogar sem ninguém dar por ela?

E poderia um steward, à luz da deliberação do CJ, saltar para as bancadas e assistir ao jogo como um adepto normal, em vez de ter que estar desgraçadamente com o rabo virado para o relvado? E entrar em campo e dar uma cabeçada no gajo das tatuagens?

E poderia um jogador do Benfica agredir o Eduardo Barroso sem sofrer qualquer sanção desportiva, porque tinha sido confundido com um steward, que como toda a gente sabe não é um interveniente no espectáculo?

E se eu tivesse um furo na estrada e estivesse a mudar o pneu, será que alguém me confundiria com um jogador do Benfica e pedir-me-ia um autógrafo? Ou tentar-me-ia atropelar?

E se um jogador do Benfica estivesse a fazer exercícios de aquecimento junto à linha, poderia o chefe dos stewards mandá-lo parar com aquela parvoíce e prestar atenção ao público? E se depois o jogador do Benfica se irritasse e o agredisse? E se eu estivesse nas bancadas com o equipamento alternativo vestido e saltasse para o meio deles para os apaziguar mas acabasse por também comer na tromba? Qual seria o enquadramento legal desta situação? Seríamos todos considerados público e sujeitos à justiça civil? Ou seríamos considerados jogadores e expulsos pelo árbitro?

São de facto questões bem pertinentes e que muito me têm atormentado, mas para as quais infelizmente não tenho resposta. Vou enviá-las para o CJ e aguardar que me esclareçam. Se há gente com capacidade de decisão para tamanha parvoíce são eles.

Movimento "um adepto um steward"

Como hoje aprendi que na integração de lacunas se pode fazer coisas tão parvas como equiparar um steward a um espectador, tive uma ideia ainda mais parva. No próximo jogo na Luz, por cada adepto, um steward. Isto é, cada um tem no carro um colete amarelo, certo? Vistam-no!

Calma! O Hulk e o Sapu não vão estar na Luz. Não têm nada a temer.

Calma

quarta-feira, 24 de Março de 2010

Pessoal, não vamos dar muita importância à redução dos castigos. É uma questão meramente jurídica, de interpretação de normas e conceitos jurídicos. O tempo para recorrer da decisão da Liga já lá vai. Aí não era nada inócuo termos vincado a nossa posição, recorrendo dos castigos e exigindo que fossem mais pesados, sustentando que os stewards são inequivocamente intervenientes no jogo. Integrá-los por analogia no conceito de interveniente no jogo parece-me ter bastante mais lógica do que no conceito de espectador... Desse modo, o CJ não teria só "ouvido" o foculporto... Mas o que lá vai lá vai.

Temos que nos concentrar no próximo jogo e não nos deixarmos amedrontar com hipotéticos cenários de impugnação do campeonato. Isso só seria possível se o clube vigarista e violento conseguisse provar que o Hulk e o Sapunaru são tão influentes que o campeonato teria tido outro rumo. E isso não é mensurável... Ainda que o fosse, o foculporto tem contra si o facto de que em 10 jogos sem o hulk ganharam mais e marcaram mais do que com o Hulk a jogar. E mais, a diferença entre o Benfica e foculporto é abismal.

Nem o senhor Guilherme Aguiar defende a impugnação do campeonato, portanto não façamos nós o papel deles.

Força BENFICA.

P.S. O Hermínio Loureiro pode ter muitos defeitos, mas a sua pronta demissão demonstra bem que não vai em jogadas de bastidores.

O vazio de Saviola

A possível ausência de Saviola no desafio contra a filial corrupta de Braga é uma péssima notícia. Na minha opinião, o pequeno argentino é o único jogador que não tem um substituto que lhe chegue sequer aos calcanhares dentro do plantel.

Júlio César rende Quim sem problemas. Sidnei e Miguel Vítor substituem os dois centrais titulares e, embora não tendo a mesma autoridade em campo, o colectivo não nota grande diferença. Airton parece uma cópia de Javi. Peixoto faz bem o papel de Coentrão, que por sua vez também se safa a fazer de Di María. Amorim cumpre com eficácia os lugares dos titularíssimos Maxi e Ramires. Carlos Martins não tem o perfume de Aimar mas tem outros argumentos, igualmente poderosos. Kardec não é o mesmo que Cardozo, mas às vezes disfarça. E depois chegamos a Saviola e... Nada. Não há mais ninguém com aquela inteligência a mover-se entre linhas, a desbaratar a defesa adversária, a confundir marcações, a arrastar defesas, a vir buscar jogo atrás quando é preciso, a tabelar com Aimar, a esconder-se no segundo poste nas bolas paradas, a não perdoar na cara do guarda-redes. Esta época já vi Nuno Gomes, Éder Luís, Weldon e até Di María tentarem pisar aqueles terrenos, mas nunca com o sucesso do Conejo.

É óbvio que se me perguntarem se eu julgo que sem Saviola o Benfica não ganhará ao Braga, só me posso rir. A jogar como está, o Benfica ganha ao Braga com um jogador a menos durante 90 minutos. Mas com Saviola em campo o futebol é outro...

Circo

"O Conselho de Justiça da Federação Portuguesa de Futebol decidiu reduzir a pena dos jogadores Hulk e Sapunaru para 3 e 4 jogos de suspensão, respectivamente."

Preparem-se. Vai começar o maior circo que este país alguma vez viu.

Cada vez mais perto

As minhas últimas duas semanas foram terríveis mas consegui acompanhar os jogos do nosso Glorioso. O Benfica joga muito, joga com classe, tem garra, luta até ao fim e os jogadores deixam a sensação de que deram tudo o que podiam dar. Acreditam que o título está cada vez mais perto e isso sente-se dentro de campo.

Já tenho bilhete para os próximos jogos e estou ansiosa para que cheguem rápido. Eu também acredito, cada vez mais, no título e não quero perder um único jogo.

O outro Pinto

(foto A Bola)

Um dos rostos mais asquerosos do futebol português e também dos que mais mal lhe tem feito. A natureza, inevitavelmente, fará o seu papel...

Começou a pressão

terça-feira, 23 de Março de 2010

Acabo de chegar a casa, depois de um dia de trabalho, e ligo o computador para ver se há alguma novidade. Meio-distraído pelo cansaço, dou comigo a ler isto .

Esta historieta de a meio da semana começarem a pressionar o árbitro já irrita e foi apanágio do Braga durante toda a época. "ah e tal, não queremos pressionar, mas esperamos que o árbitro esteja à altura e não faça o que fez no ano passado". Oh meus caros, em vez de irem buscar o jogo do ano passado, vão buscar a roubalheira deste ano na pedreira...

E também acho piada à ideia de que gastámos milhões de euros em jogadores, portanto temos maior responsabilidade em ganhar. Será que ao Braga não custou mais gastar o que gastou...?

É por isso que digo que em Portugal só há um grande... o resto é paisagem.

Multa igual?

"FC Porto e Benfica vão ter de pagar uma multa de 2.250 euros cada pelo comportamento incorrecto do público na final da Taça da Liga disputada domingo no Estádio Algarve." in Record.

Considero um ultraje que o comportamento dos adeptos do Benfica seja equiparado ao de um bando de animais, que passaram todo aquele dia a cometer selvajarias na estrada, em estações de serviço, em portagens, em localidades, nas imediações do estádio e dentro do recinto.

Isto é escandaloso e a direcção do Benfica não deveria ficar calada perante tamanha desfaçatez.

Timing

Este Queiro(ó)z(s) é realmente um indivíduo desequilibrado mentalmente. Então vai escolher o fim-de-semana em que há a final da Taça da Liga, onde poderia observar in loco um punhado de jogadores portugueses, para ir numa viagenzinha, paga com o nosso dinheiro, até à Turquia para ver o Makukula? Será que foi precisamente na semana passada que se lembrou que o Makukula andava a marcar uns golitos interessantes no campeonato turco?

E ninguém da Federação o questiona? Ninguém lhe diz: "Oiça lá, o senhor está tontinho?" Nenhum jornalista o chama à pedra, com medo de levar na tromba?

Queiro(ó)z(s) representa um acumular de sketches sem precedentes na história da selecção. Alguém faça o favor de no final juntar tudo em DVD e teremos um sucesso do nível de um Benny Hill, Monty Python ou Mr. Bean.

Carta fora do baralho

É reconfortante iniciar a semana com a certeza de que Jorge Sousa não estará presente no Benfica-filial corrupta de Braga. Qualquer outro que possa ser nomeado para esse jogo não chega aos calcanhares do ex-super dragay em termos de manha e habilidade, e portanto no que toca à arbitragem julgo que o Benfica começa a ganhar mesmo antes de entrar em campo.

A minha aposta vai para o Olegário.

A defesa da cebola


Não vejo motivo algum para sumaríssimo. O jogador estava apenas a justificar-se perante os seus adeptos e o gesto significa simplesmente: "Com o Falcao sozinho lá na frente é difícil fazer melhor".

Bruno Alves e Meireles na Selecção? Não, obrigado!

segunda-feira, 22 de Março de 2010

Depois de rever o resumo do jogo de ontem, considero que será preciso muito descaramento para convocar Bruno Alves e Raúl Meireles para o Mundial de África do Sul.

São dois jogadores violentos a jogar, completamente descontrolados emocionalmente, que não hesitam em distribuir pancada quando o jogo não lhes corre bem. Ontem houve a agravante de, mesmo antes de o Benfica começar a ganhar, já o Bruno Alves andava a chamar nomes a tudo e a todos.

Os responsáveis da Selecção Nacional não podem esquecer-se que pela frente poderemos não ter jogadores com o nível que ontem o Cardozo demonstrou, ao aproximar-se do Bruno Alves e fazer-lhe uma festa na cara e a recomendar-lhe calma. Encontraremos outro tipo de jogador, que facilmente poderá explorar o mau-feitio daqueles dois senhores. E quem sairá prejudicada é a Selecção.

De resto, afirmo desde já que dificilmente apoiarei uma equipa que alberga jogadores deste nível, pelo que, a confirmar-se a convocação de Meireles e Bruno Alves, certamente que não verei nenhum jogo da Selecção portuguesa.

Não sei o que dizer...

"Achei o Bruno preparado para jogar um jogo Benfica-FC Porto, um jogo em que o FC Porto sofreu vários problemas. Achei que o Bruno jogou da melhor forma que pôde e soube e terminou o jogo dentro do campo, o que significa que tudo o que ele fez foi dentro do que é permitido no futebol". (palavras do pai de Bruno Alves)

Sem comentários...

Este não engana

Apesar de já ter destacado a sua exibição no jogo de ontem, julgo que o Airton merece um post só para ele. A maturidade que já revela é absolutamente fantástica. Dá ideia que estamos na presença de um trinco experiente e calejado, quando na verdade este menino só completou 20 anos no mês passado. E dá também ideia que o titular indiscutível é ele, tal a forma como se articula na perfeição com os centrais e com os médios, e isto chegando ao jogo de ontem com apenas 140 minutos nas pernas, repartidos igualmente entre Leixões e Naval. É obra!

Foi uma contratação em cheio do Benfica, e eu já não ficava tão entusiasmado com um jovem jogador desde que, em 2007, vi um miúdo brasileiro entrar aos 33' no Parc des Princes. Se por um lado tenho água na boca de o ver em acção muitas mais vezes, também me custa imenso ver um jogador como Javi no banco. Mas enfim, são as vicissitudes de se ter um plantel de luxo.

Pai é pai

Ontem vi pela primeira vez Jorge Jesus ficar momentaneamente sem palavras, olhos em baixo, emocionado. A custo, balbuciando algumas palavras, lá acabou por dedicar a vitória ao pai.

Pelo meio ainda pediu desculpa aos adeptos e aos jogadores mas não precisava de o ter feito. Jesus pode dedicar o que quiser ao seu pai que os benfiquistas certamente estão solidários com ele.

Frango de Loulé

A Junta de Freguesia da Guia, em Albufeira, está a equacionar processar o guarda-redes do foculporto pelo crime de "usurpação de marca". Em causa está o "frango de Loulé" que todo o país viu no jogo de ontem, que retirou ao célebre "franguinho da Guia" o título de frango mais famoso do Algarve.

A população local reconhece que Nuno tem todo o direito de dar os frangos que lhe apeteça, mas acha uma provocação inaceitável que isso aconteça a apenas 30 km da zona dos restaurantes da Guia. Além disso, o frango de ontem foi gigantesco, enquanto que o prato típico da região é conhecido pela pequenez dos galináceos. "Foi uma imitação muito reles, isto não se faz", lamenta um proprietário de restaurante, que prefere permanecer anónimo com receio de uma eventual visita dos super dragays ao seu estabelecimento.

Enfim, mais um crime no já longo historial daquela corrupta agremiação.

Benfica 3-0 foculporto

Penso que a única coisa que esteve em causa neste jogo foi saber quantas batatas ia o foculporto levar no saco de regresso ao seu covil, tal a supremacia do Benfica em todos os sectores do terreno. Este foculporto é uma equipa absolutamente miserável, o que permitiu aos jogadores do Benfica não carregarem muito no acelerador e pouparem energias para os dois próximos jogos, que podem ser absolutamente decisivos nas respectivas competições.

Quim: boa defesa num remate violento à figura e outra mais apertada no que poderia ter sido um autogolo infeliz de Coentrão. Na segunda parte apenas os animais que estavam atrás da sua baliza lhe deram trabalho.

Maxi: não se limitou a descascar a irritante cebola que lhe colocaram à frente, retalhou-a de tal forma que quem chorou foi a própria cebola. Levou um amarelo inacreditável, num dos muitos momentos "Jorge Sousa" do jogo.

Luisão: o Falcao jogou? Imperial no jogo aéreo.

David Luiz: julgo que não perdeu uma única disputa de bola e sempre que subiu no terreno aterrorizou a defensiva corrupta. Numa dessas vezes, numa jogada com pormenores técnicos deliciosos, ia marcando um golo de bandeira.

Fábio Coentrão: Belluschi e o novo Zidane iam alternando na ala direita corrupta, mas foram sempre de tal maneira inofensivos que eram eles próprios que tinham que parar o defesa esquerdo do Benfica, e não o contrário. Julgo que isto diz tudo.

Airton: o domínio esmagador do Benfica em muito se deve a este menino, que fez com que o novo Zidane jogasse tão bem que tivesse que sair ao intervalo. A forma como encheu todo o meio-campo é impressionante, prático e eficaz na abordagem aos lances e colocou sempre a bola redondinha para o colega mais próximo iniciar o ataque. O melhor em campo, na minha opinião.

Carlos Martins: ainda não estava decorrido um minuto, provou a animalidade da Besta. Como o Carlos não é homem para se ficar, foi atrás da Besta e disse-lhe duas ou três coisinhas. Com a bola no pé disse muitas mais coisinhas a toda a equipa corrupta e uma delas foi: "Vão buscá-la lá dentro, animais!", num estoiro espectacular na execução de um livre. Foi sempre um poço de luta e de esforço e por isso saiu inferiorizado fisicamente sob uma merecida ovação de pé dos adeptos.

Ruben Amorim: só um jogador de grande categoria pode fazer esquecer alguém do calibre de Ramires, e Ruben conseguiu-o. Abriu o activo no momento "Vítor Baía" do encontro. Combinou sempre muito bem com Maxi, compensando as suas subidas e sustendo as investidas de Álvaro Pereira. Nos descontos ainda teve tempo para uma tabelinha deliciosa com Saviola que acabou com a bola no ferro. Felizmente estava lá Cardozo.

Di María: não foi tão exuberante como em outros jogos, mas a verdade é que não era preciso acelerar muito e o próprio Di María deve ter percebido isso. Mesmo assim obrigou Juju a tirar o amarelado Miguel Lopes ao intervalo, já que o risco de levar o segundo cartão era grande.

Aimar: actuou solto nas costas de Kardec e foi o saco de pancada de Meireles, Fernando e da Besta. Jorge Sousa deve ter julgado que Aimar merecia apanhar mais, mas como não lhe pode ele próprio bater optou por lhe mostrar um amarelo. Construiu muito e bem, ganhou muitas faltas e soube contemporizar quando era preciso. Foi o primeiro a sair e ainda bem, corria risco de vida.

Kardec: jogo de grande esforço deste miúdo, revelando aqui e ali bons pormenores e conseguindo ser a referência ofensiva que a equipa precisava. Impressionante a forma como nunca se intimidou nem respondeu à forma peculiar como a Besta Alves marca homem a homem.

Saviola: a sua entrada poderá ter poupada a vida ao seu amigo de infância. Infernizou a já de si desconjuntada defesa corrupta e já nos descontos combinou na perfeição com Amorim na jogada do terceiro golo.

Ramires: entrou para o lugar do desgastado Martins e trouxe novo fôlego ao meio-campo do Benfica nos últimos vinte e cinco minutos da partida.

Cardozo: nos quinze minutos que esteve em campo teve tempo para marcar um golo e para ser espancado pela Besta, que com certeza estava triste por Aimar já não estar em campo.

Frase da noite

domingo, 21 de Março de 2010

"O resultado é injusto", por Raul Meireles.

AHAHAHAHHAHAHA!!!!

EHEHHEHEHEHEHE!!!!

Pára Meireles, por favor. Não aguento de tanto rir.

AHAHAHHAHAH!!!

Carrega BENFICA!!!

Mais uma demonstração da capacidade deste Benfica. Nem num jogo contra 10 raivosos, o jogador mais violento a jogar futebol em portugal e um árbitro adepto do foculporto nos vamos abaixo.

Somos de longe a melhor equipa a jogar em Portugal e seguramente das poucas que jogam à bola.

A equipa do foculporto de hoje lembrou-me algumas equipas da distrital. A jogar pouco e a dar muita porrada.

Para acabar deixo aqui três perguntas:

1) Oh jesualdo, o resultado foi exagerado?!?! AHAHAHAHAHAHAH. Nem assim vais salvar a tua pele pah.

2) É preciso inutilizar um jogador para o Bruno Alves ser expulso num jogo?

3) Há algum regime de excepção que permita ao Bruno Alves não ser castiga com sumaríssimos com base em imagens televisivas?

P.S. Para os senhores do foculporto: este ano era preciso muito mais do de fruta. Era preciso terem uma equipa de futebol.

P.S.2 Vou ter pena das estações de serviço.

Até quando?

Já fiz esta pergunta várias vezes neste blogue, e vou repetir: estão à espera que a Besta Alves mate um adversário durante um jogo para o expulsarem?

Até quando vai ser permitido que uma criatura que nem sequer chega a ser humana possa praticar este desporto?

Não sei se consigo ver a segunda parte com aquele animal em campo. Ainda me dá aqui uma coisinha má ou então parto qualquer coisa.

Blá blá blá

Acabei agora de ver o noticiário da SIC Notícias e, como seria de esperar, dado que a vão transmitir, estiveram quase quinze minutos a falar da final de logo à noite. O curioso é que desses quinze, estiveram sete minutos a falar da final do ano passado, e da arbitragem do Lucílio, e do penálti mal assinalado, etc.

Eu já percebi que o Benfica vai ter que levar com esta lenga-lenga durante o próximo milénio, mas gostava só que referissem também que no lance do golo do zbordin há uma falta clara do Vukcevic que não é assinalada. É daqueles pequenos pormenores que fazem toda a diferença numa história...

Túnel à solta?

A única explicação minimamente plausível que eu encontro para a lesão do Varela é que o túnel da Luz escapou do cárcere e lhe fez uma espera à porta de casa.

Ou então foi o Katsouranis que o lesionou gravemente há três anos, quando o rapaz jogava no Setúbal. Mas se calhar esta hipótese é tão rebuscada como a história do grego ter provocado uma grave lesão no Anderson...

Corrida aos bilhetes

sábado, 20 de Março de 2010

Os bilhetes para o jogo contra o Liverpool já estão à venda, e estou bastante curioso em saber quanto tempo vão demorar a voar.

Quem ainda não tem que se despache. Amanhã poderá já ser tarde.

Protecção total


Além de ser um filme soberbo, The Hurt Locker proporciona ainda uma dica bastante interessante. Amanhã, os jogadores do Benfica deverão sair do balneário com um fato destes vestido, e só poderão tirá-lo já no relvado. Quando soar o apito para o intervalo, devem voltar a vesti-lo no banco de suplentes antes de atravessar novamente o túnel. Este processo deverá ser repetido no final do jogo.

Limpeza

O director desportivo do zbordin, Jorge Mendes, começa a arrumar a casa afastando o jogador mais completo do plantel, e o único que eu acho que teria lugar no banco do Benfica, só porque o rapaz trabalha com Paulo Barbosa.
Este cenário era mais que previsível mas confesso que pensei que ia ter o decoro de esperar pelo final da época.

Obrigado por existires, zbordin. És, sem sombra de dúvida, a maior fonte de comicidade de Portugal.

Sondagem nº 12

Dado que Luís Filipe Vieira anunciou que pretende fazer um estudo sobre o grau de satisfação dos benfiquistas em relação à OliveirinhaTv, resolvi antecipar-me e fazer o mesmo.

Por favor, respondam aqui ao lado.

A classe do Luí$

sexta-feira, 19 de Março de 2010

Ora aí está o Luí$ no seu melhor. Como decerto anda muito incomodado com as notícias que têm vindo a público sobre certos pequenos-almoços milionários e dinheiros estranhos na sua Fundação, o bom do Luí$ decidiu amuar e mostrar ainda mais os seus já famosos tiques de vedeta. E como diz o ditado: quem não deve, não teme...

Peço atenção para o 1:10 do seguinte vídeo, onde o Luí$, interpelado por um jornalista da SIC, responde afavelmente: "Não, não, não. Para Portugal, zero." Que classe!


Mão de vaca

É engraçado como a História tem tendência a equilibrar as coisas. Vejamos: há uns bons anos atrás, o Marselha foi prejudicado pela célebre "mão de Vata"; porém, ontem foi beneficiado pela "mão de Platini".

Uma mão dissimulada e obscura, mas que em certos momentos do jogo foi amplamente visível a espreitar por entre as nádegas do senhor Damir Skomina, um árbitro que claramente deve ter sido recrutado na indústria de filmes pornográficos de leste.

E o Marselha bem pode agradecer a essa mãozinha do Platini, que os poupou a uma goleada histórica no seu próprio reduto e que ainda por cima lhes permitiu discutir um jogo para o qual não tinham o mínimo de argumentos futebolísticos.

Pode dizer-se que os franciús tiveram uma grande vaca. Uma mão de vaca!

O que dizem eles

Estou a ver benfiquistas a mais para o meu gosto a amaldiçoarem a sorte por nos ter calhado o Liverpool. É óbvio que vai ser difícil, mas sê-lo-á para os dois lados. Deixo-vos aqui alguns comentários de adeptos reds a este sorteio:


Fuck


This is actually a much harder draw than the mancs in the Champs Lge.

Worst possible draw, fucking typical.

I'm happy with the draw - not because benfica are easy but because of the opposite - because they are hard.

damn that is a very very difficult draw

If we beat benfica we will win the Uefa cup simples

in my opinion the worst possible draw. Benfica's attacking football is insane!! They're fantastic but i do think we will eliminate them

This is the best possible draw. If we win the Uefa Cup, we want to have earned it by getting through some tough teams, not to have it given to us by rolling over third-rate Slovak teams. Looking forward to it.

We are dreadful against poor teams. Much more chance that we will play well against good teams like Benfica.

I think they have the best budget attacking line up in Europe!
They took a small risk with Saviola and Aimar and they are getting there rewards. Angel di Maria is the type of player we need in our ranks, and cardoza has been scoring for fun!
They even sent young Kerrison packing because he couldn't get a game!

Would have preferred the Germans, this Benfica side ain't no easy task, they have a bulldozer of a forward in Cardozo and brilliant winger in Di Maria as well as quality all across the park. Their Portuguese league form is an easy gauge of how good they are in comparison to Sporting, who also spunked Everton

Funny how our route to the final in a 'lesser' competition is harder than United's.

will be harder than everyone thinks, they're playing well this season.
23 games, 1 loss, scored 60 conceded 12.

Good chance to see what this Angel Di Maria lad is all about.

O mais difícil

O sorteio foi bastante ingrato para o Liverpool, já que lhes calhou o adversário mais difícil possível, o Benfica. E digo isto sem a mínima ironia ou sobranceria.

E é também sem sobranceria que digo que o Benfica tem muito melhor onze e banco do que os ingleses; e que a defesa deles é absolutamente patética; e que o Benítez é dos treinadores mais medrosos que há, tipo um Jesualdo mais refinado; e que no Benfica só seriam titulares indiscutíveis três jogadores do Liverpool: Reina, Gerrard e Torres.

Mas há alguma dúvida de que os ingleses estão neste momento a amaldiçoar a sua sorte muito mais do que nós? Foi a eles que lhe calhou a melhor equipa do sorteio, caramba!

Desconfio que ninguém pára este Benfica

O presidente da Câmara Municipal de Braga há mais de 30 anos ontem decidiu dar mais um ar da sua graça. Em mais uma manifestação do seu clubismo, dar início à pressão sobre o árbitro do Benfica-Braga.

Dizendo que anda há muitos anos no futebol, deveria saber também quem é que durante décadas foi levado ao colo. E se andou atento durante esta época também facilmente perceberá que o seu braga foi mais vezes beneficiado do que o Benfica. Se calhar esqueceu-se do próprio jogo do Benfica em Braga...

Vir falar do Dí Maria como o responsável pelo sucedido é de uma cegueira atroz. E vir culpar Raúl José por ter apresentado queixa contra Vandinho é de ir às lágrimas. O Raúl José devia, então, comer e calar e lembrar-se que Vandinho foi seu jogador. Pena que o Vandinho não se tenha lembrado do mesmo e o tenha tentado agredir... É incrível como este Braga é um clube à imagem do foculporto. Os jogadores agridem, mas são endeusados... isto faz lembrar-me de qualquer coisa...

Ontem foi, pois, o dia escolhido para as movimentações sujas. Depois de Fernando Gomes anunciar que é candidato à presidência da Liga de Clubes, só faltava mesmo outro esperto vir falar de arbitragens. Ontem o que valia era tentar desestabilizar... o resto é conversa. Mas, meus caros, podem esfolar-se, podem pagar, podem oferecer fruta, que este ano não vão ter hipóteses... Precisam de muito mais que isso... Precisam de jogar dentro de campo e aí tem-se visto quem joga.

O jogo de ontem com o Marselha fez-me acreditar ainda mais nesta ideia. Fomos claramente empurrados, mas o Benfica soube dar a volta. Sofremos o golo e fomos à luta. Entrámos em campo em desvantagem e saímos de lá vitoriosos... Desconfio que ninguém pára este Benfica...

Um bom dia para todos...

Movimentações

Com a euforia de ontem, o anúncio de uma possível candidatura de Fernando Gomes, ex-administrador do foculporto, à presidência da Liga foi um pouco esquecido. É óbvio que o facto de o dia para tal declaração de intenções coincidir com o Marselha-Benfica foi tudo menos inocente.

E por falar em inocência, o que dizer do deprimente teatrinho montado há sensivelmente dois meses, em que este senhor fingia abandonar os comandos das finanças corruptas muito chateado com o resto da comandita?

O Benfica tem que se mexer, sob pena de regressar tudo à estaca zero. O presente está a ser maravilhoso, mas descurar o futuro poderá revelar-se um erro fatal.

Quem diria...


(foto ASF)


Quem diria que o primeiro golo de águia ao peito deste menino coincidiria com o centésimo golo do Benfica em competições oficiais esta época?

E que golo, meus caros... Que golo...

marselha 1 - 2 BENFICA

quinta-feira, 18 de Março de 2010

Há algum tempo que um jogo não me punha tão nervoso e me fazia levar as mãos à cabeça ou mandar pulos na cadeira. O Benfica jogou, jogou muito, jogou imenso. Jogámos e não deixámos jogar. Não foi aquele "não deixar jogar" tão típico do futebol português. Não... Foi aquele "não deixar jogar" de quem quer mandar e jogar sozinho, o tempo todo. Voltámos às grandes noites europeias...

Júlio César - não teve muito trabalho. Apanhou um ou outro susto, mas sem chegar a intervir. Na j0gada do golo do Marselha, talvez pudesse ter feito mais.

Maxi Pereira - ah grande super maxi. Depois de uns quantos centros falhados, que não passavam o defesa (e que tanto irritaram o meu amigo Éter), brindou-nos com um golo de muito longe. Tem propensão para marcar na Europa...e que continue assim.

Coentrão - defendeu bem e atacou melhor. Serviu Saviola de bandeja para o golo, mas este não conseguiu marcar. Lutou muito e cumpriu.

Luisão - defendeu muito bem. Os lances pelo ar foram dele. O único lance em que a defesa falhou, deu golo. Não lhe atribuo a culpa a ele, mas sim à defesa no seu todo.

David Luiz - pareceu-me menos tranquilo. Perdeu um lance junto à linha porque prefere sempre sair com a bola, em vez de meter a bola fora. Valeu Ramires a fazer a dobra.

Carlos Martins - jogo esforçado. Segurou bem o meio-campo. Afastou-se da bola, não caindo na tentação de rematar na ocasião, o que permitiu a Maxi marcar o golo. Boa Carlos! Saiu estafado.

Ramires - já não tenho palavras para este senhor. Que máquina! Que pulmão! Será que não se cansa? Mostra sempre uma disponibilidade incrível. Fez um jogão.

Javi Garcia - outro grande jogador e trabalhador desta equipa. Nem sempre se enaltece o seu trabalho, mas o que é facto é que hoje fez mais uma grande exibição.

Di Maria - grande jogo que ele fez. Correu que se fartou. Parece que é cada vez mais veloz. Tem que melhorar a concretização porque somou oportunidades falhadas, quando se exigia mais. Tem tudo para ser um dos melhores.

Cardozo - deu muita luta aos defesas. Logo nos primeiros minutos ia marcando um golaço, mas a bola foi ao poste. Combinou por diversas vezes com os colegas e numa dessas jogadas nasce o livre que dá o segundo golo.

Saviola - jogo um pouco apagado. Se tivesse sido mais agressivo em pelo menos duas jogadas, o desfecho poderia ter sido outro. Parece-me cansado.

Aimar - entrou para o lugar de Saviola. Marcou o livre que deu o segundo golo. Ajudou a segurar o jogo.

Kardec - entrou e resolveu. Muito oportuno, soube onde meter a redondinha. Sentiu o golo de tal maneira que mandou a camisola para o poço... Mas ele estava certo: o jogo tinha acabado ali.

Miguel Victor - entrou para celebrar a vitória.

Jorge Jesus - mais uma lição de futebol. Corrigiu os erros cometidos no Estádio da Luz e meteu os "francius" no bolso. Que continue por vários anos...

Esta não será a melhor das análises porque devo estar a esquecer-me de várias coisas. Mas hoje certamente que me perdoam, ou não estejamos todos felizes com a nossa equipa. Desculpem qualquer coisa. CARREGA BENFICA!!!

Queria só dizer isto

O Benfica joga muito, muito, muito futebol...

A minha estupidez tem algo de sobrenatural

Estava a ver o jogo, irritadíssimo com a exibição do árbitro, e nestas ocasiões os jogadores do Benfica costumam apanhar por tabela. Eu sei que é feio, mas é mais forte do que eu. Às tantas, começo a embirrar com o Maxi e mando um sms a uns amigos a dizer que ele não estava a jogar nada e que devia sair. Nem um minuto depois o Maxi marca e recebo as respostas que merecia.

Como achei que isto, além de castigar a minha estupidez, tinha sido um bom augúrio, lembro-me de repetir a graça para ver se resultava novamente e mando outra sms quando o Kardec entra a dizer que o rapaz não vale nada mas que ia marcar o golo da vitória.

Há dias assim, em que a estupidez compensa.

CARREEEEEGA, BENFICA!!!

Intervalo no Vélodrome

O Platini foi um grande jogador, mas como presidente da Uefa dá muito mais espectáculo.

Que vergonha!

Paranóia

Parece que o Simãozinho chegou a Portugal com segurança extra. Não por ser a estrela da companhia, mas porque à sua espera poderia estar um bando de débeis mentais.

A obsessão dos adeptos do zbordin com o Simão é algo de absolutamente paranóico e doentio. Mas será que alguém, a não ser o próprio zbordin, tem culpa de não saberem preservar durante alguns anos os bons jogadores que vão formando? Será que um jogador deve ser crucificado por chegar a outro clube e rapidamente se identificar com ele? Isto é algo tão absurdo como, por exemplo, se os adeptos do Penafiel odiassem o Abel por ele dizer que o clube da sua vida é o zbordin. Isto não faz sentido nenhum, não é? E este exemplo até não será o melhor porque, enquanto zbordin e Penafiel podem ser comparáveis, Benfica e zbordin não têm termo de comparação possível.

Sendo o zbordin o suposto clube dos doutores, por que não se juntam todos e fazem sessões de terapia uns aos outros? Seria um bonito gesto de beneficência e até podia ser que finalmente enchessem o WC. Teriam era que reservar um tempinho extra para o sapo disforme do programa Prolongamento que, sempre que pode, afirma com orgulho que se recusa a pronunciar o nome do Simão. Estou em crer que será um caso irrecuperável, mas não custa nada tentar...

Ele há coisas

Ontem, Lourenço Pinto, presidente da AF do Porto e adepto do foculporto, criticou a escolha do estádio do Algarve para a realização da Final da Taça da Liga, por força da distância a que fica do Porto.

Hoje, sabe-se da nomeação de Jorge Sousa, ex-membro da claque superdragões, para arbitrar essa mesma final.

Ele há coisas...

Palavra do Senhor

"Jogo de Domingo é secundário".

Além da sua evidente competência profissional, é por este género de afirmações que Jesus é o homem certo no lugar certo. O Benfica precisava de alguém assim há muito tempo. Terra-a-terra, sem papas na língua e politicamente incorrecto. Qualquer outro treinador teria dito que os dois jogos eram muito importantes, contra duas excelentes equipas e outras balelas do género.

Com Jesus não há rodeios. Ámen.

Não havia necessidade...

quarta-feira, 17 de Março de 2010

Vieira, de 60 anos, vai mais longe: já tem em preparação a encomenda de um estudo a uma credenciada empresa de consultoria para aferir, com o maior rigor possível, o grau de satisfação de sócios e adeptos com o trabalho realizado pelo canal temático nos jogos do Benfica.

in Record


Senhor presidente, será mesmo necessário contratar uma empresa para aferir se os adeptos apreciam o trabalho da OliveirinhaTv? Basta sair à rua, ir a um café, ler alguns blogues... Se há coisa que me irrita é ver o Benfica esbanjar dinheiro escusadamente.

Como dizia o Diácono Remédios: não havia nexexidade... zzz zzz... hmm...

Começou...

Já cá faltava... Depois de andarmos há dois meses a ser bombardeados com possíveis saídas de vários jogadores do Benfica, agora vamos começar a ser bombardeados com possíveis aquisições. O que não deixa de ser curioso, dado que este forrobodó jornalístico costuma começar um bocadinho mais tarde...

O primeiro alvo é o Quim. Vamos ver quem se seguirá.

Plastic Man

O Governo anunciou ontem no Conselho Nacional do Desporto (CND) que irá suspender nos próximos dias o estatuto de utilidade pública das federações portuguesas de Futebol e Vela (resto da notícia aqui).

"Eh pá, não acredito! Ganharam coragem! Vai acabar a pouca-vergonha!" Esta será porventura a primeira reacção ao ler esta notícia, certo? Mas quais serão realmente as consequências práticas disto no imediato?

Nenhumas. Zero. Nicles. Madaíl e a sua trupe vão poder continuar a rambóia à vontade. Este anúncio não passa de um pró-forma, já que Laurentino foi "obrigado" legalmente a decretar esta suspensão, até porque me parece óbvio que ele preferia continuar a tentar passar entre os pingos da chuva sem se molhar. E com aquele tamanho, convenhamos que isso não deve ser nada fácil...

A sorte dele é que é um homem muito... hmm... maleável... Menos com o Nuno Assis, claro.

Enchente

terça-feira, 16 de Março de 2010

A 11 dias do jogo contra a filial corrupta de Braga, os bilhetes já esgotaram. É um facto deveras impressionante e que mostra bem como está alta a confiança dos benfiquistas em resolver o campeonato nesse encontro.

Tenho só um pequeno reparo a fazer... Com o futebol que o Benfica está a praticar esta época, o Estádio da Luz deveria estar sempre cheio. E este é um aspecto da mentalidade do típico adepto português que é necessário alterar. Não nos devemos mobilizar apenas quando o Benfica está realmente perto de atingir os seus objectivos, ou nos jogos contra o foculporto e zbordin. O Benfica precisa sempre de nós. O mínimo que se pode fazer esta época para corrigir esta situação é haver casa cheia em todos os jogos até ao final do campeonato.

Julgo que jogadores e equipa técnica bem o mereciam.

Masoquismo

O jornal A Bola escreve que Jesus vai manter Cardozo a marcar os penáltis e fala mesmo em "confiança absoluta". É um ponto de vista, sim senhor, mas eu chamo-lhe masoquismo.

O Benfica não pode estar refém de uma possível quebra de confiança de um único jogador, ainda que este seja um grande ponta-de-lança e o melhor marcador do campeonato. Não é justo para a equipa nem para o próprio atleta. Aliás, na minha opinião, a maneira mais correcta de defender o Cardozo seria exactamente retirar-lhe essa pressão dos ombros. Ou então só o deixar bater os penáltis quando o Benfica já vencesse, para a pressão ser menor e ele readquirir a confiança, algo que é notório que neste momento ele não tem.

Ao longo dos anos, já vi grandes jogadores serem momentaneamente afastados dessa responsabilidade por estarem a falhar muitos penáltis. Aí, os interesses do colectivo prevaleceram e os atletas foram resguardados. Não percebo por que é que Jesus quer ser diferente.

Deixo uma suposição no ar: último minuto no Vélodrome, resultado em 0-0. Cardozo vai bater o penálti e converte. É erguido em ombros pelos colegas e os adeptos exultam.
Agora imaginem que falha... O que fará isso à tal confiança do jogador que Jesus tanto quer preservar? Como se sentirá Cardozo? Qual será a reacção dos adeptos? Sinceramente, é um filme que eu nem quero imaginar.

Notas vs pontos

Olha que engraçado, parece que o ex-membro dos super dragays teve a pior nota da época no Vitória de Setúbal-Benfica, principalmente por só à terceira ter assinalado penálti a favor do Benfica, o que aliás prova a extrema dificuldade que essa criatura tem em assinalar penáltis ou qualquer tipo de lances que possam beneficiar o Benfica. Em Setúbal foram preciso três para ele apitar um. É uma bela média...

Mas a questão fulcral aqui é: mas que importa agora que ele tenha levado 2,2 de nota, se os dois pontos que o Benfica ali deixou são irrecuperáveis?

Aleluia!


Até que enfim! Os blogues benfiquistas já falam disto há muito, muito tempo! Parece que finalmente alguém do Benfica abriu os olhos e resolveu dar um murro na mesa!

É caso para dizer: "Genial, presidente! Genial!"

Situação muito feia

segunda-feira, 15 de Março de 2010

Já tinha ouvido um sem-número de imbecilidades da boca do Choramingas, mas nunca uma deste calibre: "quando um treinador apresenta queixa de um jogador, é uma situação muito feia no futebol", numa clara indirecta a Raul José.

Eu realmente sou um tipo muito inocente. Para mim uma "situação muita feia no futebol" é quando um jogador agride um colega de profissão ou um treinador, mas já vi que não percebo mesmo nada disto. Pelos vistos isso para o Choramingas é uma coisa corriqueira. Talvez esta sua forma um pouco mais "liberal" de pensar se deva aos vários anos em que foi profissional de um certo clube, conhecido pelas suas práticas pedagógicas mais agressivas.

De qualquer forma, fico à espera do dia em que um jogador adversário lhe parta a tromba para ver o Choramingas numa conferência de imprensa, com um olho inchado e a boca a sangrar, dizer calmamente: "Isto não foi nada de especial, são coisas do futebol."

Até no voleibol...

Eu estava convencido de que ao Benfica só aconteciam certas "coincidências" no futebol e no hóquei, mas pelos vistos estava errado.

Parece que havia uma forte possibilidade de a final da Taça de Portugal de voleibol entre Benfica e Castêlo da Maia se disputar precisamente na Maia. Pergunto-me se caso o treinador do Benfica não tivesse vindo ontem a público dar conta da sua incredulidade perante tal facto, a federação teria levado a sua ideia avante na mesma.

Pelos vistos tiveram vergonha na cara e anunciaram hoje que a final vai ser disputada em Coimbra. Mas foi preciso alguém do Benfica falar no assunto!

Má notícia

A semana começa com uma má notícia para o Benfica, no que se refere à final da Taça da Liga, e também para todas as equipas que ainda vão jogar contra os corruptos até ao fim do campeonato: o Mariano lesionou-se e não joga mais até final da época.

Agora só espero que o Rolando e o Fucile não se aleijem também...

Nacional 0-1 Benfica

Confesso que estava um pouco apreensivo com a condição física de alguns jogadores, mas este jogo serviu para me sossegar. Aliás, como o próprio Jesus disse no final do jogo, devido ao pouco tempo de recuperação entre os dois jogos, a equipa não esteve tão forte como o habitual, mas a crença dos jogadores ultrapassou esse obstáculo.


Quim:
uma boa defesa na primeira parte, a suster um remate forte de fora da área, e na segunda parte mostrou excelentes reflexos e segurou a vitória do Benfica após um cabeceamento fortíssimo num pontapé de canto.

Ruben Amorim: na primeira parte não conseguiu soltar-se, por força da estratégia montada pelo "vintém". Na segunda parte apareceu mais solto e, depois de uma genial desmarcação de Saviola, ofereceu o golo a Cardozo numa bandeja de prata. Defendeu bem quando foi chamado a isso, mostrando boa condição física. Após a entrada de Maxi subiu no terreno.

Luisão: pouco trabalho, mas sempre que teve que intervir, fê-lo bem. Subiu nos cantos a favor do Benfica, ganhando a bola no ar por duas vezes. Invariavelmente, não criou perigo.

David Luiz: à semelhança do colega do lado, não teve muito trabalho na defesa. Subiu com a bola algumas vezes, mas na primeira parte falhou bastante na altura do passe. Veio do balneário com nítidas instruções para continuar a subir no terreno em posse de bola e tentar assim desbaratar as marcações cerradas do adversário, algo que fez impecavelmente e que trouxe grandes benefícios à equipa. Ganhou uma grande penalidade muito duvidosa, que as várias imagens não esclarecem.

Fábio Coentrão: teve algumas desatenções iniciais na defesa. Tentou algumas subidas pelo flanco, combinando com Di María. Os seus cruzamentos nunca encontraram o melhor remate. Teve o golo nos pés, mas Bracalli fez uma boa defesa. Com a entrada de Peixoto, acabou a extremo esquerdo.

Javi García: um pouco mais discreto na construção, mas presente quando necessário a eliminar as jogadas de ataque do Nacional.

Ramires: mas este homem não se cansa? Inicialmente jogou como habitualmente na direita e correu muito. Levou pau que se fartou, mas quem viu amarelo foi ele. Com a saída de Aimar, e a equipa a vencer, foi fazer companhia a Javi no centro do terreno. Tacticamente irrepreensível.

Di María: capaz do melhor e do pior, fez algumas arrancadas diabólicas, trocando os olhos ao adversário. Infelizmente, a bola saía ou para as mãos do guarda-redes ou para longe dos colegas de equipa. Tentou marcar, mas sem sucesso. Agarrou-se demasiado à bola em algumas ocasiões.

Aimar: exibição muito apagada na primeira parte, onde falhou muitos passe e não teve grande influência na mabora da equipa. No segundo tempo esteve um pouco melhor, mais esclarecido, e ganhou bastantes faltas. Mas é nítido que ainda está longe do grande Aimar que já vimos.

Saviola: nem sempre conseguiu combinar com Aimar, como tanto gosta, e desta vez assumiu ele próprio a batuta da equipa, entendendo-se às mil maravilhas com Cardozo, o qual serviu magistralmente inúmeras vezes. Ao minuto 25, e depois de uma grande jogada individual, rematou muito perto do poste direito de Bracalli. Era um golaço! O lance do golo inicia-se numa abertura genial do seu pé direito. Para mim foi o melhor em campo mas por vezes parece denotar alguma falta de poder de arranque.

Cardozo: lutou muito lá na frente. Combinou quase sempre muito bem com Saviola. Bateu dois livres, um deles uma bomba junto ao poste que o guarda-redes encaixou. Falhou mais um penálti mas redimiu-se apenas um minuto depois, encostando a bola para o fundo da baliza. Depois disto ainda esteve perto de marcar novamente por mais três vezes, numa delas falhando incrivelmente o 0-2.

Maxi: entrou para defesa direito e o Benfica passou a actuar em 4-4-2 em linha. Não teve grande trabalho e numa subida no terreno podia ter assistido Cardozo, mas embrulhou-se com a bola.

César Peixoto: entrou para defesa esquerdo, numa altura em que o Nacional procurava desesperadamente o empate. Cumpriu a sua missão.

Kardec: substituição típica para queimar tempo e acalmar o ímpeto do adversário. Julgo que não chegou sequer a tocar na bola.

mais um terror... à entrada para os túneis

domingo, 14 de Março de 2010

Então o clube que tanto fala de túneis (o foculporto, caso não seja claro) tem um adjunto que em 3 semanas arranja duas zaragatas à entrada para os túneis? hmmm... cheira-me a hipócritas.

União

Espectacular a forma como toda a equipa festejou o golo de Cardozo, depois de este ter desperdiçado uma grande penalidade. Titulares, suplentes, Jesus, adjuntos, médico, Rui Costa, toda a gente foi ter com o paraguaio numa emocionante demonstração de solidariedade e união.

A época tem sido desgastante, os jogadores podem estar mais ou menos cansados, mas o espírito de grupo que demonstram é a grande força do Benfica nesta fase crucial da época.

Carreeeeega, Benfica!

Cronologia dos túneis

É engraçado que nos últimos jogos do foculporto houve quase sempre confusão no intervalo. Ontem, em Coimbra, o adjunto fez das suas... Em Alvalade, o adjunto, novamente ele, desentendeu-se com o seu congénere do zbordin. Uns dias antes, no dragay, a Micaela tentou armar confusão com alguns jogadores do Arsenal. Em Dezembro, repetiram este comportamento na Luz, mas aí a culpa foi do Benfica que contratou uns stewards muito maus para magoar os meninos. Por falar em Benfica, no jogo contra o Nacional a Micaela, novamente ela, encenou uma peça de teatro nada original. Para terminar, na pedreira, os jogadores e corpo técnico do Benfica foram vítimas de agressões bárbaras mas quem foi expulso foi o Cardozo.

A verdade é esta, todas as historietas que envolvem confusões em túneis ou à entrada deles têm um denominador comum: o foculporto e pessoas ligadas ao foculporto. E o resto é conversa de andores, plagiadores e indivíduos flatulentos.

O mestre

sábado, 13 de Março de 2010

Para mim é sempre um motivo de vasto júbilo ler ou ouvir as prosaicas dissertações do professor Manuel Machado. Possuidor de uma erudição ímpar no panorama futebolístico português, esta nobre criatura não se limita a exercer o seu mister com competência. Não, Manuel Machado vai mais longe. Ufano, deleita-se particularmente com conferências de imprensa e flash interviews, situações em que pode fazer uso da sua inigualável verve, e papagueia palavras caras a um ritmo alucinante, sempre com um ar muito compenetrado. Julgo mesmo que ele não é um ser humano, mas sim uma enciclopédia viva e que o bigode é simplesmente para disfarçar.

Anseio pelo dia em que Manuel Machado abandone o futebol para o podermos ver em projectos tão díspares como realizar um documentário sobre as técnicas recolectoras dos bosquímanes ou chefiar uma equipa da NASA com o objectivo de efectuar a primeira viagem tripulada a Marte e aí, se possível, agradecer-lhe que fique por lá.

O planeta Terra já é muito pequeno para tão extensa sapiência.

Fretes, não

Estive a ver o Benfica vs Mogadouro em futsal. O jogo ficou resolvido muito cedo e não teve grande história até porque os trasmontanos nunca mostraram argumentos para discutir o resultado.

No entanto, houve algo de que não gostei: a atitude, ou falta dela, de Ricardinho. Gostava de saber onde está a sua alegria em jogar. Um jogador com aquela capacidade técnica não se pode limitar a ser mais um em campo, tem que desequilibrar. Hoje não vi nada disso. Vi um jogador tristonho e algo apático.

Se isto é birra por querer ir embora, por favor metam-lhe uma chupeta na boca e deixem-no uns jogos de fora. Se há algo que me tira do sério é ver um indivíduo que tem o privilégio de jogar de águia ao peito transformar isso num frete.

O sempre agradável chauvinismo francês

É engraçado como a rapaziada do France Football consegue invocar a mão de Vata no lance do golo do Maxi, e lhe chama a "mão de Mandanda". Suspeito que se ainda houver futebol no ano 4037 os franceses vão andar a falar disto...

Dizem ainda que o golo do Benfica foi contra a corrente do jogo, o que não deixa de ser uma grande imbecilidade. Qualquer pessoa com dois dedos de testa concordará que naquele momento o Benfica tinha encostado o Marselha à sua baliza e que cheirava a golo na Luz.

Gosto particularmente da forma como terminam a sua análise, certos de que o Marselha vai seguir em frente. Aliás, se calhar o melhor é o Benfica nem comparecer no Vélodrome. Ui ui, já estou cheio de medo...

Daqui a uma semana conversamos, franciús.

Bem podes rezar...

sexta-feira, 12 de Março de 2010

Enquanto não se sabe se Guus Hiddink, que tem tanto de excelente treinador como de intratável mercenário, abandona a selecção russa para tomar conta da Costa do Marfim durante o Mundial, há um patético homenzinho que vai pedindo a todos os santinhos para que tal não aconteça. E não é russo...

Então não era o andor?

O Andor dedica a sua crónica de hoje n'A Bola a malhar de princípio a fim na gestão desportiva do foculporto. Até chega a dizer que "a SAD deve optar por um investimento à Benfica", coisa que sinceramente eu não percebo, já que o orçamento para o futebol da sádica corrupta é bem superior ao do Benfica. A menos que ele se refira a um investimento que passe por não comprar um tal de Prediger por quatro milhões de euros, quando o Benfica pagou três por Airton, ou por gastar em metade do passe de Belluschi o mesmo que o Benfica desembolsou por Saviola.
É claro que com esta afirmação, o Andor acaba por deitar por terra a sua própria teoria do "andor", o que não deixa de ser satisfatoriamente irónico.

Não colou, não foi, Andor? Tens que inventar outra...

Atitude

“O Benfica faz golos em qualquer lado, por isso vamos fazer golos em Marselha. Foi pena não levarmos a vantagem, era uma vantagem emocional e táctica, mas vamos convictos de que vamos fazer golos. O Benfica tem valor para isso, tem uma qualidade técnica elevada e vai sabendo que tem de fazer golos.”

Estas são palavras do Jorge Jesus. É esta a atitude que se quer. Ainda falta um jogo, a eliminatória não acabou ontem e vamos entrar em campo com a vontade e atitude de quem quer ir longe nesta competição.


Eu acredito que vamos conseguir.

A classe de Júlio César

"Tinha 19 anos quando joguei contra o Romário, um dos melhores do mundo, que estava à procura do golo mil, no Maracanã com 90 mil pessoas. Ele não marcou."

Não ouvi estas afirmações na televisão, mas segundo o Pedro do blog Mágico SLB foi isto que o Júlio César respondeu ao protozoário do Nuno Luz, quando este o questionou sobre o que o iria esperar no Vélodrome na próxima quinta-feira.

Bravo, Júlio! Além de ter sido uma resposta de grande classe, foi também uma maneira educada de mandar o Nuno Luz à merda.

Benfica 1-1 Marselha

Quero começar por deixar bem claro que este Marselha é de longe a equipa mais poderosa com quem o Benfica já jogou esta época. É um Marselha que só não seguiu em frente na Champions por tremendo azar na fase de grupos nos jogos contra o Milan.
E depois há o facto de o Benfica ainda não ter tido um adversário que realmente impusesse o mínimo de respeito aos nossos jogadores. Naval, Leixões, Everton, foculporto, zbordin, Hertha, etc... Com mais ou menos golos, foram todos aviados e levaram um banho de bola. É com esta decrepitude de equipas que o Benfica tem jogado semana após a semana desde o início da época, e digo isto sem qualquer espécie de ironia ou piada. A verdade é que o facto de o Benfica não estar na Champions a jogar contra equipas a sério, algo que felizmente vai acabar, prejudica o estofo mental dos jogadores.

Tendo este cenário em conta, é óbvio que o Marselha iria ser um teste duríssimo para o Benfica, e isso confirmou-se. Os franceses criaram tantas oportunidades claras de golo como os últimos seis ou sete adversários juntos do Benfica nos últimos jogos, e numa delas a bola entrou mesmo. O facto de ter sido ao cair do pano é mais doloroso e pode até parecer injusto, mas não foi. Foi merecido. E para mim o resultado mais justo seria 3-3, tal a qualidade do jogo. Que não haja dúvidas, foi uma grande partida de futebol!

Júlio César: seguro, boas intervenções, uma defesa impossível e um golo sem hipótese nos últimos minutos.

Maxi Pereira: Deschamps decidiu colocar-lhe em cima um troglodita e é óbvio que o pequeno Maxi se assustou e não se aventurou muito no ataque. Curiosamente, um minuto depois de Brandão ter ido ocupar o lugar do substituído Niang entre os centrais, Maxi subiu e fez o golo.

Luisão: a ele se deve o facto de o perigosíssimo Niang ter tido apenas uma oportunidade de marcar.

David Luiz: sem homem para marcar, alternou entre o auxílio a Luisão, no centro, e a Peixoto, na esquerda. Perdeu algumas bolas nas suas habituais arrancadas e falhou alguns passes, e lá acabou por compreender que não estava a jogar contra o zbordin.

César Peixoto: com maior ou menor dificuldade, lá ia conseguindo travar as investidas do horrível Abriel e do excelente Bonnart. O tal Abriel foi de tal maneira secado que Deschamps até o substituiu pelo mais ofensivo Valbuena. Adivinhava-se mais perigo por aquele lado... E o que fez Jesus? Tirou-o do relvado e colocou Fábio Coentrão um minuto após o golo de Maxi. Sinceramente, não percebi.

Javi García: o Benfica inicia muitos dos seus ataques colocando a bola nos pés do espanhol, mas desta vez ele teve sempre, alternadamente, Lucho ou Cheyrou em cima. Excelente análise por parte de Deschamps. No capítulo defensivo foi insuficiente para travar Lucho, que fez um grande jogo na Luz.

Ramires: enorme jogo de Ramires, um dos poucos que manteve a habitual qualidade de passe do Benfica. Teve muito trabalho face a Brandão e a Taiwo, que mais parecem tanques de assalto quando comparados ao franzino brasileiro, mas mesmo assim ganhou-lhes inúmeros lances. E se aquele estoiro à barra tem entrado...

Di María: foi uma das principais vítimas do desacerto dos passes dos colegas, que poucas vezes conseguiram lançar a bola para a velocidade do argentino. Procurou e bem servir Cardozo e Saviola, Acabou o jogo completamente estoirado e talvez por isso tenha grandes culpas na cavalgada de Bonnart que deu origem ao golo do empate.

Aimar: apanhado na teia gaulesa, Aimar acabou por ser mais prejudicial do que benéfico para o Benfica. A quantidade de passes que falhou, e alguns deles originaram contra-ataques bem perigosos, deve ser um recorde negativo na sua longa carreira. E ainda por cima falhou um golo que até o... Sei lá, que até o Edinho marcava!

Saviola: com Aimar em noite não, Saviola percebeu que teria que descer mais do que costuma para ter a bola no pé, como tanto gosta. Infelizmente também ele esteve desinspirado no capítulo do passe e não teve grandes hipóteses de causar perigo. Foi substituído à beira do fim, exausto.

Cardozo: já se sabe que o paraguaio tem que ser municiado para poder facturar. Obviamente que com a quantidade de passes que a equipa falhou, a bola não lhe chegou muitas vezes lá à frente. Numa dessas raras vezes, um centro fabuloso de Di María, Cardozo fez o mais difícil, falhou.

Carlos Martins: não é coincidência que a sua entrada coincidiu com o melhor período do Benfica, que começou a empurrar os franceses para a sua área. Veio dar a acutilância de que a equipa precisava.

Fábio Coentrão: o grande erro de Jesus. Não por ter entrado, mas por ter saído quem saiu. E havia tantas opções, caramba! Sair Saviola, passar Di María para uma posição mais central e o Fábio para a esquerda do ataque... Sair simplesmente o Di María, que já estava todo rebentado... Nunca o Peixoto.

Éder Luís: aqui Jesus poderia ter emendado a mão, e ele próprio reconheceu isso na flash interview. Não deveria ter sido o Éder a entrar, mas sim o Ruben Amorim ou mesmo o Miguel Vítor. Só faltavam dois minutos e não estávamos a jogar contra o Paços do Ulisses... Era só o que faltava o Benfica ter vergonha de defender um resultado de 1-0! Sou um fã incondicional do espírito e da ambição de Jesus, mas julgo que nos últimos minutos houve alguma sobranceria, que se pagou bem caro.

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.