marselha 1 - 2 BENFICA

quinta-feira, 18 de março de 2010

Há algum tempo que um jogo não me punha tão nervoso e me fazia levar as mãos à cabeça ou mandar pulos na cadeira. O Benfica jogou, jogou muito, jogou imenso. Jogámos e não deixámos jogar. Não foi aquele "não deixar jogar" tão típico do futebol português. Não... Foi aquele "não deixar jogar" de quem quer mandar e jogar sozinho, o tempo todo. Voltámos às grandes noites europeias...

Júlio César - não teve muito trabalho. Apanhou um ou outro susto, mas sem chegar a intervir. Na j0gada do golo do Marselha, talvez pudesse ter feito mais.

Maxi Pereira - ah grande super maxi. Depois de uns quantos centros falhados, que não passavam o defesa (e que tanto irritaram o meu amigo Éter), brindou-nos com um golo de muito longe. Tem propensão para marcar na Europa...e que continue assim.

Coentrão - defendeu bem e atacou melhor. Serviu Saviola de bandeja para o golo, mas este não conseguiu marcar. Lutou muito e cumpriu.

Luisão - defendeu muito bem. Os lances pelo ar foram dele. O único lance em que a defesa falhou, deu golo. Não lhe atribuo a culpa a ele, mas sim à defesa no seu todo.

David Luiz - pareceu-me menos tranquilo. Perdeu um lance junto à linha porque prefere sempre sair com a bola, em vez de meter a bola fora. Valeu Ramires a fazer a dobra.

Carlos Martins - jogo esforçado. Segurou bem o meio-campo. Afastou-se da bola, não caindo na tentação de rematar na ocasião, o que permitiu a Maxi marcar o golo. Boa Carlos! Saiu estafado.

Ramires - já não tenho palavras para este senhor. Que máquina! Que pulmão! Será que não se cansa? Mostra sempre uma disponibilidade incrível. Fez um jogão.

Javi Garcia - outro grande jogador e trabalhador desta equipa. Nem sempre se enaltece o seu trabalho, mas o que é facto é que hoje fez mais uma grande exibição.

Di Maria - grande jogo que ele fez. Correu que se fartou. Parece que é cada vez mais veloz. Tem que melhorar a concretização porque somou oportunidades falhadas, quando se exigia mais. Tem tudo para ser um dos melhores.

Cardozo - deu muita luta aos defesas. Logo nos primeiros minutos ia marcando um golaço, mas a bola foi ao poste. Combinou por diversas vezes com os colegas e numa dessas jogadas nasce o livre que dá o segundo golo.

Saviola - jogo um pouco apagado. Se tivesse sido mais agressivo em pelo menos duas jogadas, o desfecho poderia ter sido outro. Parece-me cansado.

Aimar - entrou para o lugar de Saviola. Marcou o livre que deu o segundo golo. Ajudou a segurar o jogo.

Kardec - entrou e resolveu. Muito oportuno, soube onde meter a redondinha. Sentiu o golo de tal maneira que mandou a camisola para o poço... Mas ele estava certo: o jogo tinha acabado ali.

Miguel Victor - entrou para celebrar a vitória.

Jorge Jesus - mais uma lição de futebol. Corrigiu os erros cometidos no Estádio da Luz e meteu os "francius" no bolso. Que continue por vários anos...

Esta não será a melhor das análises porque devo estar a esquecer-me de várias coisas. Mas hoje certamente que me perdoam, ou não estejamos todos felizes com a nossa equipa. Desculpem qualquer coisa. CARREGA BENFICA!!!

2 comentários:

Vitor Viola disse...

Meu caro,
So tenho um reparo a fazer sobre a sua apreciação aos jogadores do BENFICA:

Daid Luiz: UM SENHOR JOGADOR !!!

Saudações BENFIQUISTAS
VV

Scandium disse...

Caro Vitor Viola, sem dúvida que David Luiz é um senhor jogador. Quem segue este blog já leu algumas análises minhas a jogos em que bato nessa tecla. é muito bom e ainda está em evolução...

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.