Para reflectir

terça-feira, 31 de Agosto de 2010

Há um mecanismo e uma rede de contra-informação, que numa era de novos media pode trabalhar constantemente... Não me vou preocupar demasiado com os rumores que surgem. Se passar todo o meu tempo a perseguir isso, não farei grande coisa.


Palavras interessantes de Barack Obama em relação a boatos que têm vindo a ser postos a circular, acusando-o de ser muçulmano e de não ter nascido nos EUA, por um grupo mais ou menos identificado que, desde que ele foi eleito, não tem feito outra coisa a não ser tentar afastá-lo da presidência.

Acomodados, não, obrigado

Muito sinceramente, um jogador que prefere ir para Inglaterra jogar numa equipa que luta para não descer ao invés de vir para Portugal disputar títulos e jogar na Champions, está claramente acomodado e já não quer chatices nem pressão na sua vidinha, nos anos de trabalho que ainda lhe restam.

É pena, mas não há Aimares e Saviolas todos os anos.

12


Como provavelmente saberão (e se não sabem deviam, porque é uma excelente série), o agente Jack Bauer consegue resolver qualquer crise planetária em 24 horas.

Neste momento, temos pouco mais de 12 horas até ao fecho do mercado de transferências. É dar-lhe uma apitadela que ele trata disto.

Curioso... ou não

É curioso como um grande número de benfiquistas vaticinaram que Roberto ia defender o penalti... E não é que defendeu?

Há alguns dias, o meu colega de blog, Luis Rosário, escreveu aqui um post muito interessante sobre as energias positivas e negativas e que Roberto estava enredado numa carga negativa enorme, por diversos factores.

No único jogo em Roberto entrou sem que se ouvissem assobios, em que muitos o apoiaram efusivamente e alguns mais envergonhadamente, o guarda-redes defendeu um penalti a frio e interveio sempre com segurança.

Eu não sou daqueles que julga que, neste momento, está tudo resolvido pelo facto de Roberto não ter sofrido golos neste jogo... Mas onde quero chegar é que a energia positiva gerada à volta do Roberto, desde o momento em que calçou as luvas até que se colocou entre os postes, deu frutos e, quem sabe, se não se dará a reviravolta que todos esperamos.

Para muitos tem de ficar claro que é a apoiar os nossos jogadores que vamos lá chegar!

Porque para dizer mal já bastam algumas bestas disfarçadas de jornalistas, que em rádio, televisão ou jornais, não hesitam em ofender. Roberto andou a criar aves em capoeira, não foi?? Para esses, inchem caralho e vão gozar com o raio que vos parta!

P.S. Outro reflexo do mau jornalismo que se faz é a história do Hleb. O mesmo jornal que faz capa com o Hleb a caminho do Benfica, anuncia durante o dia que vai para o Birmingham. E de repente todos os serviços noticiosos se apressam a representar a notícia. Mas que merda de fontes é que eles têm? Um inventa e os outros reproduzem... Por favor. Mais uma razão para não comprar jornais...

Seria a transferência da época

segunda-feira, 30 de Agosto de 2010

O Mourinho não diz que ainda precisa de um avançado?

E emprestar-lhes o Rodrigo com opção de compra no final da época? Espera, essa opção eles já têm...

Está aí alguém?!

Ontem, foculporto e sua filial de Braga (sim, há um lance em que há uma falta dentro da área da filial que o árbitro entende ser fora da área, que ninguém fala) foram ajudados a conquistar mais três pontos. Hoje, o decrépito zbordin, que não conta para nada mas que no entanto convém estar moralizado para o iminente clássico contra o Benfica, vai pelo mesmo caminho.

É um regalo, todos mamam na grande teta da arbitragem portuguesa.

Todos? Não, há um desgraçado que em vez de também mamar, é sempre mamado.

Vieira, Jesus, Rui, João Gabriel... Alguém aí dentro que abra a boca, pá! Digam qualquer coisa! Estou farto de ser enrabado e só vamos em três jornadas!

Não lhe querem pagar, não é?

O Queiro(ó)z(s) é um indivíduo execrável e mal-formado mas esqueceu-se de que na Federação há quem o bata aos pontos nesse aspecto. Agora lá saiu uma suspensãozinha de seis meses, isto em véspera de se iniciar a fase de apuramento para o Europeu.

Vale tudo para tentar que o homem saia sem lhe pagarem um tusto, isto com a incrível conivência de um secretário de Estado. Este país é uma comédia de péssima qualidade.

A tradição já não é o que era

O Marítimo em três jogos tem três derrotas. Resolvi ir pesquisar há quanto tempo isto não acontecia. Parei na época 95/96 porque não me apetecia procurar mais. Portanto, há pelo menos 15 anos que o Marítimo não tinha um início tão mau.

É incrível o que um moço chamado Kléber faz ao peso da tradição...

Resultados da Sondagem n.º 18 e 19 - Análise Preliminar

Os adeptos do SLB esperam no mínimo 2 reforços (85%) até ao fecho do mercado.

Os adeptos do SLB estão crentes, na sua maioria (52%) que a SAD vai contratar no máximo um reforço.

48% declara que teremos efectivamente 2 ou mais reforços.

Se tiveremos mais 2 reforços até amanhã, as expectativas terão sido cumpridas.

À grande e à francesa

Acabámos de dar uma pipa de massa por um puto do Real e agora parece que ele vai ser emprestado. Isto foi mais ou menos o que o Barça fez o ano passado com o Keirrison.

Desde miúdo que sempre tive noção de que era adepto de um clube com uma massa adepta gigantesca, e estou agora a começar a mentalizar-me de que também sou adepto de um clube tremendamente rico. É um bocado estranho, confesso, mas com o tempo lá me hei-de habituar...

Assunto encerrado?

Não sei se repararam, mas a BenficaTv anda a passar, com alguma frequência, um vídeo com a defesa do penálti do Roberto.

Não faço ideia se havia negociações em curso com outros guarda-redes, mas se tivesse que apostar dinheiro neste assunto, diria que não vem mais nenhum esta época. Mais dois dias e saberemos.

Mais 3


Depois venham cá dizer-me que os benfiquistas não se devem queixar das arbitragens, porque isso é um sinal de menoridade, e porque este ano estamos mais fracos e a jogar pior, e mais não sei quê...

Tretas! O que é certo é que uma equipa que deveria ter 5 pontos, está com 9. E o resto é conversa.

Ponham uma lembrança no telemóvel: "renovar com este, urgente!"

domingo, 29 de Agosto de 2010

Já se fala no assunto desde o meio da época passada, mas os meses vão passando e eu continuo a ver o Maxi sem renovar. Sendo o empresário dele o mesmo indivíduo que representa o Cebola, é preciso estar muito mais atento do que o habitual...

E, já que parece que andamos cheios de guito, também dava jeito comprar o restante passe do homem, digo eu...

Vejam lá isso.

Ao cuidado dos responsáveis do Benfica


No final de cada jogo dêem-lhe banhinho, massajem-lhe as perninhas, façam-no beber aguinha, e levem-no a casa para ele fazer oó. Resumindo, mimem-no o mais possível. Porque se este homem esta época não tiver lesões e andar sempre fresquinho que nem uma alface...

Ontem foi o que foi com o Benfica em inferioridade numérica o jogo quase todo. Isto promete!

Branco e preto

(foto retirada do Mais Futebol)

Não, este post não é sobre o Júlio César nem sobre o Roberto Jiménez.

É apenas para dizer que este equipamento de guarda-redes é espectacular. Quando não se inventa muito nas cores e nos padrões, geralmente as coisas correm melhor. Branco e preto pode ser uma combinação simples mas eu gostei bastante.


P.S. Se bem que, por momentos, eu olhava para o campo e parecia que estavam lá dez (depois da expulsão, nove) jogadores do Benfica e um jogador da Mannschaft. Se fosse o Muller quase dava para jogar sem guarda-redes...

O futebol é isto mesmo

Os acontecimentos do jogo desta noite exemplificaram na perfeição por que é que o futebol é algo tão espectacular e, apesar de muitos se esforçarem por o teorizar e escalpelizar minuciosamente, completamente imprevisível. Por muito que se escreva, leia ou discuta, tudo pode cair por terra em fracções de segundo.

É por isso que eu adoro este desporto.

BENFICA 3 - 0 V. Setúbal

sábado, 28 de Agosto de 2010

Terceira jornada, primeira vitória do Benfica neste campeonato. Foi um jogo que tinha tudo para correr bem, ao marcarmos logo aos 3 minutos por Cardozo. E, de repente, parece que tudo se vai virar contra nós, com um erro repartido entre Maxi e Júlio César, acabando este por ser expulso, depois de provocar um penalti. Muitos terão desesperado por verem que Roberto ia acabar novamente por ficar entre os postes... E que bem ficou, defendendo o penalti marcado por Hugo Leal. Boa vitória, mesmo jogando contra 10.

Júlio César - aplaudido de cada vez que tocou na bola, acabou por ter um erro clamoroso quando, depois de um atraso à queima de Maxi, tentou dominar a bola, em vez de a chutar para longe, perante a proximidade do adversário. Acabou por fazer penalti e ser expulso. Deu o lugar a Roberto.

Máxi Pereira - apesar do atraso arriscado para Júlio César, fez um grande jogo. Nem sempre com jeito, mas sempre com uma garra de louvar. Está novamente a ganhar forma.

Coentrão - está a jogar imenso. Esteve na jogada do 3.º golo, com um passe de calcanhar a rasgar para Gaitan cruzar para a área, onde Aimar, na recarga, fez o golo.

David Luiz - muito bom jogo. Boas antecipações e algumas subidas a desequilibrar. Gostei...

Luisão - jogo seguro, coroado com o segundo golo, numa cabeçada impressionante, na marcação de um canto por Aimar.

Javi Garcia - segurou muito bem o meio-campo. É a primeira barreira, muitas vezes intransponível.

Aimar - está com vontade o nosso 10. Agarrou bem o jogo e pautou bem o ataque. Marcou o 3.º golo.

Salvio - não deu para ver nada do novo reforço, visto que saiu aquando da expulsão do Júlio César, para dar o lugar ao Roberto.

Gaitán - grande jogo. Deu o primeiro a Cardozo, num cruzamento com peso e medida. Esteve no 3.º também, depois de combinar com Coentrão. Acho que nos vai dar muitas alegrias.

Saviola - não se deu muito por ele. Podia ter marcado ainda na primeira parte.

Cardozo - entrou a marcar. Grande cabeçada depois de assistência de Gaitán. Não gostei de o ver em picardias com os defesas. Correu muito. Se tivéssemos jogado com 11, certamente teria estado mais em jogo.

Roberto - Entrou a frio para defender o penalti. E fê-lo, para delírio de todos os benfiquistas. Não alinho já em euforias, até porque neste jogo não houve o lance típico em que Roberto tem problemas. O setúbal não causou problemas em matéria de cruzamentos e Roberto não teve que sair dos postes. Quando foi chamado a intervir, fê-lo com segurança, mas sempre lances em que já todos vimos que ele é bom. Espero que não se mude de ideias relativamente à contratação de outro guarda-redes.

Carlos Martins - entrou para o lugar de Gaitán. Teve pouco tempo para fazer das suas, ou melhor, dos seus... remates.

Ruben Amorim - Substituiu Saviola. Ou estive a dormir ou andou apagado do jogo.

É desta!

O assobio fica à porta

Não sei dizer se Jorge Jesus é ou não um homem teimoso. Mas sei uma coisa que ele, decididamente, não é: burro. Portanto, acredito que ele tem a plena consciência de que a larga maioria dos adeptos têm memória curta e, a partir de agora, qualquer erro de Roberto Jiménez não será atribuído ao jogador mas sim a quem o pôs lá dentro.

Assim sendo, se logo à noite o espanhol for o escolhido para defender a baliza, eu não vou atribuir isso a teimosia, ma sim ao facto de Jesus ter uma confiança inabalável no jogador.

A quem vai ao estádio (como eu) e não concorda com a titularidade do Roberto (como eu), só resta uma coisa: apoiar o jogador do primeiro ao último minuto sem assobios vergonhosos quando alguma coisa correr mal ou palmas ridículas quando o homem segurar alguma bola fácil.

Aprendam a estar no estádio de maneira responsável. As convicções em relação ao onze inicial preferido devem ficar à porta. Lá dentro é para apoiar incondicionalmente os onze que o treinador escolheu, não o vosso onze.

Há cura para isso

Se o Benfica deixasse sair, por um valor entre os 11 e os 13 milhões de euros, um dos capitães de equipa, pulmão do meio-campo das últimas épocas e dos internacionais portugueses com melhores exibições na pobreza que foi a participação da selecção no Mundial, a esta hora já haveria imolações nas imediações do estádio da Luz.

Como o negócio ocorreu em outras paragens, já li benfiquistas a elogiarem a capacidade negocial do presidente desse clube e a dizerem que assim é que se vendem jogadores.

Isto é patético. Tratem-se.

PENSAR BEM ANTES DE FALAR

Confesso que a pré-época me deixou triste. Mas também tenho que dizer que a atitude de muitos benfiquistas está a dar-me que pensar. Muitos estão a fazer o papel do inimigo, carregando onde não devem carregar, interpretando mal o que se diz só para acentuarem que algo vai mal.

Vários benfiquistas lamentaram hoje que Jesus tenha afirmado que está a fazer a pré-época no campeonato... Outros disseram que Jesus não devia ter dito tal coisa. Um autêntico ultraje...

Se tivessem ouvido a entrevista, perceberiam que Jorge Jesus lamentou à BenficaTV o facto de não ter tido a equipa completa na pré-época, ao contrário do que se passou no ano passado. Disse ainda que isso obrigou o Benfica a fazer com alguns jogadores a pré-época no campeonato.

A coisa muda de figura não é? Se para uns Jesus estava a mandar uma farpa à direcção, vendo bem as coisas, afinal Jesus lamentou o facto de alguns jogadores terem tido participações no Mundial e, por isso, chegaram mais tarde.

Se não formos os primeiros a blindar o plantel, insistindo em explorar a fragilidade, os nossos adversários vão limitar-se a ficar quietinhos e a observar a derrocada de uma época.

Pensar antes de falar....

Força BENFICA

Em 2135...

sexta-feira, 27 de Agosto de 2010

Estava agora a fazer zapping e deparei-me com o futebol de praia na RTP N. Pelos vistos há uma novidade nessa modalidade: enquanto o jogo decorre, as colunas do estádio transmitem música de discoteca.
Fiquei feito parvo a olhar para a televisão e imaginei-me na Luz a assistir a um jogo com um irritante hum-tss hum-tss hum-tss de fundo. Medo...

A minha sorte é que essa inovação só vai chegar ao futebol de onze lá para 2135 (dizem as estatísticas que não vou viver tanto tempo, embora eu não acredite muito nelas). Mas que vai chegar, vai. Não tenho grandes dúvidas disso.

Os gajos da Federação devem pensar que os jogadores são todos burros

A partir desta data, e em virtude de motivos de ordem pessoal, não poderei estar disponível para representar oficialmente, e como jogador profissional, a Selecção Nacional de Futebol. É o adeus de Simão Sabrosa à selecção nacional, quando claramente ainda tinha muito para dar... Mas como o Nani agora já está a jogar no Manchester, recuperado da sua horrível lesão, já não há desculpas idiotas para o afastar da selecção. É uma grande palhaçada, é o que isto é...

O Simão não é parvo nenhum, não senhor, e, a poucos dias de sair a convocatória, fez muito bem em ser ele a bater com a porta.

Espero que o Simão ainda conte a verdadeira história do estágio antes do Mundial 2010. De preferência enquanto o Madaíl, o Amândio, o Queiro(ó)z(s) e o Nani forem vivos.

Sondagem Relâmpago nº 18 e nº19

Procuramos com esta sondagem perceber, até Domingo, se estão ajustadas as expectativas dos Benfiquistas e os esforços da Direcção no que diz respeito aos reforços.

O objectivo é perceber, durante os 2 dias finais de mercado, se se irão concretizar ou não o que os Benfiquistas gostariam nesta matéria.

Votem nas 2 sondagens. Definam o que era necessário e o que pensam que vai acontecer.

3ª Feira teremos o confronto entre o desejado, o que esperam da acção da direcção em 2 dias e o que realmente aconteceu, e tiraremos então as conclusões.

Estranha forma de vida

É deveras engraçado o funcionamento dos jornalistas desportivos portugueses. Andam há duas semanas completamente histéricos com o Wendell e o Maylson, até que, um belo dia, lêem uma notícia num site de um jornal espanhol (quiçá através de links em blogs, fóruns, facebook ou twitter de benfiquistas) e descobrem que há um rapaz chamado Hleb que, ao que tudo indica, está quase, quase no Benfica. Claro que depois, mesmo sem terem a menor noção do que se está a passar e com um belo melão enterrado nas nalgas, não têm outro remédio a não ser corroborar a notícia e informar que afinal o Wendell e o Mayslon já não vêm.

Dever ser triste.

Hebraico, essa língua maravilhosa

Como habitualmente gosto de fazer, fui espreitar os sites dos clubes que nos calharam em sorte...

Os franceses destacam a eliminatória da época passada contra o Marselha, o facto de o Benfica ter adeptos um pouco por todo o lado e elogiam o "magnífico" Estádio da Luz.

Os alemães apontam Aimar, Saviola, Cardozo e Luisão como as principais vedetas, realçam que o Benfica é o clube com mais sócios e lembram as míticas conquistas europeias dos anos sessenta.

Os israelitas não faço ideia... Aquela malta é um bocado preguiçosa e ainda não traduziram para inglês, portanto se alguém me conseguir dizer o que está aqui, eu agradeço desde já:

הגרלת 32 הקבוצות הטובות ביבשת יצאה הערב לדרך במונקו, בניגוד לשנים עברו הפעם השתתפה בהגרלה גם הפועל תל אביב, שזכתה באליפות ובגביע בישראל בעונה החולפת.

הפועל הוגרלה לבית עם ליון, בנפיקה, ושאלקה בה משחק ראול,
מיד בסיום ההגרלה אמר אלי גוטמן לאתר הרשמי: "זה בית מעניין עם קבוצות אטרקטיביות, אמנם לא כמו ברצלונה ומנצ'סטר אבל נגיע כדי לייצג את המועדון בכבוד".

גיל ורמוט הוסיף לאחר ההגרלה: "על הנייר לא מדובר בבית הכי אטרקטיבי שיש אבל אנחנו לא באים רק להשתתף אלא לנסות להוציא נקודות ולסיים במקום
ה-2 או ה-3. לפחות נשחק נגד ראול", סיים ורמוט את דבריו בחיוך.

O Tadeia e uma gaja nua

Depois de, à tarde, ter sido brindado com o inenarrável Tadeia a comentar o sorteio, à noite vi o senhor Rui Tovar na RTP N. E que diferença! Enquanto o primeiro parece que está ali mal-disposto, a fazer um frete a alguém (se calhar obrigam-no a pagar para estar ali, querem ver...), vê-se que o senhor Rui Tovar tem prazer em falar de futebol e, na minha opinião, que desde que me lembro de ser gente o ouço (como esquecer os relatos dos grandes jogos europeus do Benfica de finais dos anos 80/princípios de 90...), sabe de bola como ninguém.

A RTP podia fazer-me o enorme favor de colocar o senhor Rui Tovar a comentar os resumos dos jogos da fase de grupos da Champions, às terças e quartas ao fim da noite. Eu sei que eles tentam compensar a idiotice do Tadeia pondo ao seu lado uma carinha laroca para distrair os incautos, mas isso para mim é igual ao litro. Nem que a gaja estivesse em pelota! Hmm... se calhar assim até...

Coiso da Uefa

quinta-feira, 26 de Agosto de 2010

Antes do coiso propriamente dito, a Uefa começou por informar que, depois do sucesso dos árbitros de baliza na passada edição da Liga Europa, estes vão agora ser utilizados também na Champions. Eu sinceramente não sei que sucesso é que eles viram mas, assim de repente, lembro-me de um penálti verdadeiramente inacreditável, em plena Luz, na área do Liverpool, mesmo nas barbas (por acaso tinha mesma barbas) do árbitro de baliza, que até teve que levar com um petardo para ver se acordava. E houve muita mais escandaleira no ano passado na Liga Europa... Portanto, para mim, isso dos árbitros de baliza é uma grande tanga. Porque se uma equipa de arbitragem entrar em campo com certas e determinadas instruções (como esquecer a forma como o senhor Ovebro arrumou com o Chelsea e colocou Messi na tão ansiada e lucrativa final contra Ronaldo?), não interessa para nada se os árbitros são três, cinco, ou cinquenta e quatro.

Depois desta parvoíce, veio outra. A Uefa fez cara feia e, qual Inquisição dos tempos modernos, avisou que vai perseguir os batoteiros que compram e influenciam resultados de futebol (o foculporto ainda hoje tem marcadas no lombo as consequências de tão dura perseguição, não é?).

Minutos depois destas palavras começa o coiso. E porquê coiso? Porque chamar àquilo um sorteio é falta de educação para com os sorteios. A meio do coiso do pote 3, estava eu todo contente com as hipóteses do Basel ir direitinho para o grupo do Benfica, quando me apercebo que afinal isso não podia ser. Porquê? Não se sabe. Que eu tivesse reparado não havia ali mais nenhuma equipa suíça...

Depois saiu o papelinho com o nome do Ajax. Ok, porreiro, pode ser este, pensei eu. Mas pensei mal, afinal também não podia ser, isto apesar de ainda não haver qualquer equipa holandesa nos grupos (o Twente era do grupo 4). Resumindo, quando faltavam sair quatro equipas do pote 3, os senhores da Uefa já tinham mais ou menos determinado quem ia ficar em qual grupo. Isto depois daquela conversa da batota... Espectacular!

Quanto ao nosso grupo... Tivemos sorte no pote 1, azar no pote 3 e assim-assim no pote 4. O Lyon já não é o mesmo de há três ou quatro anos atrás. O Schalke é uma equipa alemã e o Benfica parece que tem uma espécie de maldição quando joga nesse país (a ver se é desta que quebramos isso). O Hapoel implica uma viagem muito longa e isso nunca é bom.

Num clube com o prestígio e dimensão do Benfica e, muito especialmente, face a estes três adversários, considero ridículo sequer pensar-se que o objectivo mínimo é ficar em terceiro para passar para a Liga Europa. O mínimo é ficar em segundo e o máximo é ficar em primeiro. Qualquer resultado que não seja seguir em frente na Champions será, na minha opinião, uma vergonha.

Tinha pedido um sorteio da Champions

Um sorteio em que calhamos num grupo com Lyon, Schalke e Hapoel parece um sorteio de um grupo da Liga Europa.

Não quer dizer que seja fácil... Mas ir à Luz ver Man Utd, Chelsea, Barcelona, Ajax era diferente.

Agora é focalizar no Setúbal e esquecer este sorteio por mais umas semanas, que o realmente importante é o bicampeonato.

A Gestifute, o Mercado e o SLB

 Uma amostra do plantel da Gestifute.
 Representa actualmente 4 jogadores do Sportem, 4 do Braga, 2 do foculporto (tinha ainda adicionalmente Nuno e tem Bruno Alves) e 7 do Benfica.

Representa actualmente 14 dos 23 jogadores convocados por Queirósz para o Mundial.

Influencia os negócios de 3 dos maiores do Mundo (RM, Barcelona e ManUtd)

Coloca Manuchos e Bebés no Man Utd, Alipios no Real Madrid e Benfica, Paulo Ferreira no Chelsea.

Aproveitar e lidar com o poder e influência dos empresários em prol dos resultados desportivos e financeiros do clube é poventura o maior dos desafios futuros que temos para enfrentar.

Quanto maior o clube, mais exposto está à tentativa de obtenção de melhores condições e acordos dos jogadores e dos empresários que os representam (Como Benfica, se estivessemos interessados em Lima, do Belenenses, não pagariamos certamente apenas o que o Braga pagou - 200 mil euros).

Como somos dos maiores do mundo, e demonstramos capacidade financeira, estamos mais susceptíveis a que nos peçam mais valor pelos activos - pedem os clubes, os empresarios e os jogadores - donde se afigura fundamental estarmos preparados para lidar com os interlocutores de mercado da melhor forma possível.

Á luz do que se vê, o modelo do Benfica é híbrido. Tem alguns negócios feitos com a Gestifute, Kia e outros, tem algumas iniciativas de contratação directa do clube fruto do trabalho de olheiros (Halliche, David Luiz, etc), tem alguns negócios feitos entre presidentes que envolvem cedências, empréstimos e contrapartidas futuras de cada uma das partes.

Qual será o modelo mais adequado? Deve o clube suportar a sua actividade num modelo único de abordagem ao mercado?


  • Encontrarmos um/dois empresários de referência e delegar neles a responsabilidade das contratações definidas pela estrutura, remunerando-os pela performance desportiva e financeira futura?

  • Negociar apenas jogadores cujo passe esteja na totalidade na posse de clubes?

  • Encontrar 2/3 clubes com que se faça uma parceria / estabeleça uma relação privilegiada de contacto e negociação (como vemos actualmente com o Real e o Atlético de Madrid)?
Na minha pespectiva não se justifica a lógica de parceria em que o Benfica é subserviente aos interesses de outros (Madrid), pelo que não defendo esta opção. Na minha perspectiva precisamos de um modelo combinado entre a aquisição directa e a ligação com empresários como Jorge Mendes para termos sucesso.

Tivemos inequivocamente problemas na preparação desta época sobretudo porque a peça fundamental falta do nosso lado. O elemento, profissional, 100% dedicado a esta questão, que conheça o mercado dos 2 lados (oferta e procura de jogadores) e que garanta que os interesses do Benfica serão assegurados atempadamente, sendo remunerado em função do desempenho financeiro e desportivo do clube.

Garantindo um elemento que não corre o risco de ter eventuais incompatibilidades pessoais com agentes desportivos, interesses profissionais extra-futebol, outras temáticas de preocupação que não a pasta do mercado, teremos um Benfica mais forte, capaz de lidar com as Gestifute e com os Kia do universo futebolístico de igual para igual, capaz de preparar uma época desportiva de forma adequada e atempada, o que não aconteceu em 2010/2011.

Rezem muito, meus lindos


Comemora-se hoje o centenário do nascimento desta pequenina grande mulher, a Mãe dos Pobres.

O que, na minha opinião, é um óptimo augúrio para o zbordin. Se os cerca de 35 adeptos dessa agremiação acenderem várias velinhas e rezarem muito, muito, muito, pode ser que hoje corra bem. Não se esqueçam que a Madre Teresa fazia verdadeiros milagres.

Hleb?

Alexander Hleb, por su parte, ha acabado interpretando que no tendría ninguna oportunidad de jugar en el equipo de Pep Guardiola ya ha aceptado marcharse cedido al Benfica. En la liga portuguesa, el bielorruso intentará volver a convertirse en un futbolista importante en el panorama europeo, del que se descabalgó cuando abandonó el Arsenal.

Acho curioso que os jornais desportivos portugueses, pródigos em especular jogadores para o Benfica, não tenham lido esta notícia do Sport, um dos jornais espanhóis mais bem informado sobre o que se passa no Barça.

A PSP é marota

A filial de Braga está indignada com a acção da polícia ontem no aeroporto. Dizem eles que foi um acontecimento festivo, onde não se registou qualquer agressão ou acto de vandalismo por parte dos adeptos presentes.

Gostava de saber a opinião deles sobre os benfiquistas que foram perseguidos e sovados por adeptos da filial nas ruas de Braga na festa do título, tudo sob o plácido olhar da PSP.

Se fosse eu a escolher...

quarta-feira, 25 de Agosto de 2010

Agora que já se sabem as equipas apuradas para a fase de grupos da Champions, aqui ficam as minhas preferências para o nosso grupo.

Do pote 1, o Lyon. Não por aparentemente ser a mais fraca (acho que o Milan é mais fraco), mas porque qualquer oportunidade de poder ver franceses a serem malhados me entusiasma bastante.

Do pote 3, o Rangers. Porque os escoceses são adeptos de uma simpatia e fair play inigualáveis e é sempre um prazer confraternizar com eles nas imediações do estádio.

Do pote 4, o Zilina. Porque em termos de distância/dificuldade me parece a melhor opção.


P.S. Graças ao Auxerre, a Champions vai ser uma competição mais limpa. Obrigado.

Não vamos entrar por aí, pois não?

Atenção a alguns artigos do jornal A Bola (fortemente ligado à estrutura do Benfica, como toda a gente sabe) que começam, paulatinamente, a atacar Jorge Jesus e a invocar acontecimentos do passado para tentar iniciar o desgaste da imagem do treinador.

Já vi este filme antes. Tenham vergonha na cara.

Amordaçados?

O campeonato espanhol ainda nem sequer começou e o Mourinho já anda a dizer que os árbitros não protegem o Ronaldo.

Cá em Portugal só vamos com duas jornadas e, à semelhança da época passada, o Aimar e o Saviola são os sacos de pancada favoritos dos adversários. Gostava que algum responsável do Benfica fizesse o que fez Mourinho mas, e novamente à semelhança da época passada, parece que é proibido falar-se de arbitragem nas conferências de imprensa.

Porquê? Isso gostava eu de saber.

Oblak

Espero sinceramente que o treinador do Beira-Mar tenha dado aos responsáveis do Benfica indicações de que poderá apostar no Oblak, caso contrário não vejo o porquê deste empréstimo. Se é para não jogar, aprende mil vezes mais no Benfica do que em Aveiro.

Golazo!

O Cristiano Reinaldo não deve andar muito contente. Nas equipas onde ele joga a pasta dos golos espectaculares pertence-lhe.

Reparem como ele já estava doidinho a pedir a bola. Mas o Di María olhou para ele e deve ter pensado: Ó pá, e se fosses pr'ó ca...?

Uns milhões a menos

terça-feira, 24 de Agosto de 2010

Os adeptos do Sevilha devem estar furiosos mas eu também estou. Acabaram de nos tirar 2 milhões e tal de euros.

Reconheço que a filial de Braga passou a eliminatória com todo o mérito, mas não consigo dar-lhes os parabéns depois de todos os esquemas, dentro e fora dos relvados, que presenciámos na época passada.

E caso alguém vier com a conversa do patriotismo, respondo já: a minha pátria chama-se Sport Lisboa e Benfica.

Leitura recomendável

Não sei porquê, mas palpita-me que este excelente texto do José Marinho não vai andar a circular aí pela blogosfera em caixas de comentários ou até publicado em outros blogs. O que até é compreensível, já que a generalidade das pessoas tem horror à sobriedade.

Como não gosto de obrigar ninguém a fazer algo, limito-me a recomendar que o leiam.

Sai um pulitzer para a mesa do canto

Excelente resposta do Departamento de Comunicação do Benfica à notícia do Correio da Manhã, da qual destaco estas partes:

...um diário generalista noticiou um almoço “secreto” - com mais 50 a 60 pessoas à volta – num restaurante frequentado por jornalistas e a dois passos das redacções de um conhecido grupo de comunicação social...

...o toque pessoal e o estilo policial que o jornalista dá à sua escrita: “o motorista que durante meia hora tudo fez para despistar a equipa de reportagem do CM”. Seguramente, candidato a um pulitzer.

E Pluribus Unum traduzido dará qualquer coisa como "De todos, um"


Não é:

Um agrada a todos;  Um por todos; Um de todos; Alguns fazem um; De todos nas vitórias, Um...

De todos nós se faz o Sport Lisboa e Benfica.

Não se nega esmola a um pobre

(foto retirada do Correio da Manhã)

Pronto, calma... Nós emprestamos o Makukula e o Balboa para poderem lutar pelo quarto lugar, de igual para igual, com o Nacional.

Mas só se o Costinha parar de combinar fatos azuis claros com camisas amarelas. Isso fere-me a vista.

Um bom negócio

segunda-feira, 23 de Agosto de 2010

Finalmente um excelente negócio neste mercado de transferências. Estava a ver que não! 2,5 milhões de euros por um jogador que nunca chegou a vestir a camisola do Benfica e andou a perder três anos de vida na Madeira, só pode ser considerado óptimo. É claro que se não fossem as boas exibições no Mundial acabaria por ser emprestado novamente até que o seu vínculo com o Benfica expirasse. Nunca percebi por que é que em três anos o rapaz não teve uma oportunidade de fazer a pré-época, mas pronto...

Boa sorte, Halliche! Pode ser que a tua carreira desportiva comece agora.

Delírio colectivo

Depois do jornal oficial do foculporto, vulgo O Nojo, aqui há uns dias ter colocado numa capa que o Villas-Boas queria lutar pela Liga Europa, pelo título e pela Champions, agora é a vez de um jovem argentino de seu nome Otamendi voltar a falar no assunto da Champions.

Isto parece-se cada vez mais com aquelas seitas religiosas obscuras em que um indivíduo consegue convencer um bando de imbecis (que depois passam a chamar-se fiéis) a suicidarem-se ao mesmo tempo.

Ou então o foculporto prepara-se para tomar o lugar do Braga na Champions alegando que a modesta filial só ficou em segundo porque lhes emprestaram uma carrada de jogadores e de árbitros.

Seja como for, se algum adepto do foculporto me vier com essa conversa de que eles estão na Champions, eu não vou dizer nada. Os médicos dizem que é perigoso contrariar este tipo de pessoas.

Um quarto com vista sobre o buraco


Num mundo perfeito, esta foto não seria de uma cidadezinha que serve a comunidade mineira de uma gigantesca mina de diamantes na Sibéria.

Nesse tal mundo perfeito, esta foto seria de uma cidadezinha, algures em Portugal, que serve a comunidade de oportunistas que gravitam à volta do Benfica e que estão todos escondidos dentro dum buraco enquanto o clube é ganhador; só quando as coisas começam a correr mal é que eles saem cá para fora e retomam a sua vida habitual.

Espera, acho que estou a ver ali a casa do Moniz...

Roberto, a Mística e o Benfica

A equipa constrói-se de trás para a frente. O guarda-redes é a primeira das vértebras da coluna da equipa e tal como a nossa primeira vértebra, a Atlas (que carrega o peso da nossa cabeça, impedindo-a de cair) também é fundamental que o nosso guarda-redes carregue com sucesso toda a nossa equipa. A sua função não é brilhar, é não deixar que a nossa equipa caia.

O ano passado não tínhamos um guarda-redes brilhante, mas tínhamos uma “Atlas” efectiva, um guarda-redes confiante, que raramente deixava a equipa cair. Era essa a nossa crença, era nisso que acreditávamos. Este ano Roberto não tem para já, condições para suportar uma equipa como o Benfica, pelo que deve ser encontrada outra solução de imediato, defende o universo benfiquista.

A questão chave aqui é perceber o que está por detrás de um desempenho tão fraco como o que temos visto, e durante as férias, enquanto lia o “Símbolo Perdido” do Dan Brown, ocorreu-me que poderá efectivamente ser isto. E digo-vos que alguma coisa mudou na minha forma de “ver” esta questão, que vos vou tentar descrever.

Reza a lenda, Roberto era bom guarda-redes até há 2 meses. Zelavam por ele para aí uns 100.000 adeptos do Zaragoza, que rezavam a ele todos os fins-de-semana pela salvação da manutenção. Não sei quantas mil almas, concentradas num indivíduo, num clube, com um objectivo positivo – defender as balizas do Zaragoza, salvando-o da descida.

Este fenómeno de concentração de pensamento grupal (técnica usada desde as civilizações mais antigas, que a noética tenta explicar através de métodos científicos que funciona) teve os seus frutos e Roberto foi “ajudado” pelos adeptos a ser maior, atingindo o objectivo.

Vai daí, disseram-lhe “agora vais para Lisboa, para garantir pontos. E by the way, eles pagaram 8,5 Milhões, uma pechincha por um salvador como tu”.Roberto não mudou, não ficou mau guarda-redes. A envolvência é que mudou drasticamente.

De um clube com umas dezenas de milhar de sócios, 28000 espectadores em média, passou para o SLB. Veio desconhecido, foi caro e não é empático (nem todos podem ter a cara do Nuno Gomes ou do Saviola).

Quando alguns meses antes uns 100.000 canalizaram pensamentos positivos para o homem, agora uns milhões de benfiquistas pensam “vai correr mal”. E corre mal porque mesmo os que não o assobiam, mesmo os que defendem que o homem precisa de tempo, etc. cada vez que surge um canto ou um livre para a área pensam que vai correr mal (isto é visível até nele, nos companheiros de equipa e exponenciado por milhões de anti-benfiquistas que vêem os nossos jogos e que querem que corra mal).

A mente humana é capaz de proezas extraordinárias, se estiver concentrada em questões positivas, e de grande destruição, se estiver a pensar no que de negativo pode acontecer.

Quando a crença se instalou o ano passado, quem nos conseguiu parar? Só nós próprios, pelo receio com que abordámos o jogo de Liverpool, juntando a descrença de ver David Luiz à esquerda! Até uma equipa fatigada depois de Marselha limpou o foculporto no Algarve, sem dúvidas.

Quem chegava ao Estádio da Luz, já sabia que ia correr mal e nós os vários milhões, com a equipa, fazíamos acontecer o expectável!

Bella Gutman tinha razão e só agora começo a perceber exactamente o que ele queria dizer. Nós somos a Mística. Somos nós que temos a capacidade de fazer o Benfica imparável. De através do nossa concentração de pensamentos positivos ajudar a marcar golos e a defender resultados.

E sim, acredito que fomos todos nós que fizemos aquela bola bater na trave e ir parar à cabeça do tripeiro emprestado, porque estávamos já enterrados em pensamentos negativos face ao nosso guarda-redes.

A prova de que nós somos muito responsáveis pelo que acontece no campo vamos vê-la mais uma vez no próximo fim-de-semana: Vamos ganhar, não porque o Júlio César é melhor do que o Roberto, mas sim porque os Benfiquistas vão estar a pensar que o Júlio César é melhor que o Roberto, os anti-benfiquistas vão estar menos focalizados em enviar pensamentos negativos, os colegas não vão estar a pensar que vai correr mal.

É que por isso vamos ganhar. Nós temos a capacidade de fazer o Benfica vencer, com qualquer guarda-redes na baliza. Se não estivéssemos estado a pensar que o Roberto iria ser um problema, que nos iria fazer sofrer golos, já teríamos 6 pontos, mais uma Super Taça e Roberto seria o nosso guarda-redes para 2010/2011.

Isto sim, é triste

Um homem de 70 anos com problemas cardíacos morreu anteontem enquanto visionava o encontro entre o Nacional da Madeira e o Benfica, apurou o ‘CM’. A vítima estava na sua residência, em Paredes, quando se sentiu mal. Ainda conseguiu alcançar o pátio da moradia, mas acabou por desmaiar. Os bombeiros voluntários – cujo edifício se situa mesmo defronte da casa – já nada puderam fazer para salvar a vítima. Os familiares do septuagenário estavam na residência quando tudo aconteceu, in Correio da Manhã.

Pela notícia não podemos aferir se o facto de o senhor estar a ver o jogo influenciou ou não a sua morte, mas isto faz-me lembrar que tenho um colega cujo avô está expressamente proibido pelo médico de ver ou ouvir jogos do Benfica. É um tormento para a família que o senhor cumpra essas indicações mas, com maior ou menor custo, lá vão conseguindo impedi-lo.

É preciso muito cuidado e atenção com pessoas com problemas cardíacos graves que vivem o futebol de maneira intensa e que teimam em ver os jogos. Este tipo de casos são mais usuais do que aquilo que as pessoas pensam.

Deixem-se de brincadeiras, por favor

Julgo que foi a primeira vez que fiquei tremendamente decepcionado com um comunicado no site do Benfica a desmentir uma notícia. No entanto, quero acreditar com todas as minhas forças que foi apenas um pró-forma.

Temos um guarda-redes que, neste momento, não tem as condições técnicas e psicológicas mínimas para representar o Benfica.

Temos um guarda-redes que na época passada teve um ataque de pânico em Anfield. Até acredito que para consumo interno sirva perfeitamente mas na Champions a conversa é outra...

Temos um guarda-redes que, por mais bom rapaz, benfiquista e menino querido dos adeptos que seja, não tem um joelho a 100%, o que obviamente o limita imenso.

Face a este cenário, parece-me que não é altura de fazer finca-pé e de ter vergonha de dar o braço a torcer. É altura de contratar um guarda-redes a sério. Porque se é para brincar (ainda mais) com a época do Benfica, desculpem lá mas assim nem na Playstation.

Roberto emprestado

domingo, 22 de Agosto de 2010

Segundo a TSF, o guarda-redes espanhol vai ser emprestado, em princípio para o campeonato espanhol.

Parece-me que, a ser verdade, é uma boa solução. Não há riscos assim. A sua presença, nem que seja no banco ou na bancada, já não intranquiliza ninguém.

A TSF adianta ainda que o Benfica está à procura de um novo guarda-redes. Vamos confiar que desta vez vamos acertar num bom guarda-redes. Até lá, é aguardar com tranquilidade e não começar já a criticar por isto ou aquilo.

Força BENFICA!

Roberto de saída?

A TSF acaba de anunciar que Roberto Jiménez está de saída da Luz (por empréstimo) e que um novo guarda-redes será contratado.

A confirmar-se esta notícia, houve mesmo a coragem que pedi no post anterior. Aguardemos pelo desenlace de tudo isto.

Haja coragem

Éder Luís, Keirrison, Balboa, Adu, Edcarlos, Zoro, Bergessio, Jorge Ribeiro, Patric, Shaffer, etc.

Se ao longo destes últimos tempos houve coragem para encostar estes jogadores sem olhar para o preço que custaram ou para o seu ordenado, o mesmo terá que acontecer com Roberto Jiménez. O espanhol não é mais nem menos do que os outros. Os interesses do Benfica têm que estar sempre à frente de tudo e de todos.

Que acordar tão mau...




E como se já não bastasse o jogo de ontem, que uma noite mal-dormida não soube fazer esquecer, os benfiquistas deparam-se hoje com umas lindas capas de jornal, algumas bem idiotas. Deviam ser tão assertivos e implacáveis com outros clubes, mas isto é mais do mesmo e é por isso que de mim não levam um tostão que seja.

P.S. O menino dos powerpoints já mete nojo. Sem estatuto e sem currículo como treinador, anda já todo inchado a mandar patadas ao Benfica, todas as semanas. -Oh jovem, não enchas tanto o peito de ar porque ainda rebentas... ou a coisa até pode correr-te mal e vais para onde todos os outros vão. É só um conselho de alguém que se está a cagar para ti.

Reflexão impõe-se

Não sou apologista de, nestas alturas, insultar toda a estrutura do Benfica ou até de dizer que o Benfica é uma anedota, como infelizmente já li pela blogosfera. Mas a crítica é saudável e, mais do que nunca, premente.

Errar é humano e reconhecer o erro é de Homem. Os dirigentes do Benfica devem assumir, ainda que indirectamente, que o negócio do Roberto foi um erro. E curiosamente o negócio foi feito novamente com o Atlético de Madrid... Se os observadores falharam, se o passe foi excessivamente alto, se é mau tirá-lo da equipa, se os adeptos ajudaram na instabilidade do jogador, se o Moreira ou o Júlio César também não dão garantias, nada disso me interessa. Há sempre algo mais elevado por que há que pugnar: a dignidade do BENFICA. E Roberto vai continuar a envergonhar a camisola.

Estou farto de comentários jocosos, incomoda-me ver os treinadores adversários a pedirem aos seus jogadores para meterem a bola na área, irrita-me ver quatro defesas de alto nível constantemente inseguros pelo que têm atrás deles. CHEGA! Neste momento, nem tão-pouco quero saber dos 8,5M pagos pelo Roberto. Foi um erro, assumam-no e, se possível, corrijam-no.

A época foi mal planeada e isso vê-se em cada jogo. Matem-se, esfolem-se, façam o que for preciso para corrigir os erros. Apesar do apelo do meu colega de blog, já não acredito em mais contratações, nem de guarda-redes, nem de médios. Acho que vamos ter de lutar e ganhar com quem cá está. Mas dos que cá estão só interessam os que estão verdadeiramente em condições técnicas e psicológicas para defender o Benfica, tenham custado 8,5M, 5M ou 50 mil euros.

É mau dizer isto, mas parece que a época passada fez com que as pessoas no Benfica se desleixassem. Não foram capazes de precaver as saídas óbvias de alguns jogadores (Quim, Di María e Ramires) e de reforçar alguns sectores da equipa (Luís Filipe e César Peixoto são jogadores a mais).

Neste momento, é acertado dizer que o presidente do Benfica está em falta para com os benfiquistas. Prometeu uma equipa mais forte, já para não falar nas saídas pelas cláusulas (mas isso é outra conversa). Até ao fim do mês (apesar de eu não acreditar nisso), tem tempo para cumprir a primeira promessa. Aguardemos... Vou dormir e tentar não pensar mais nisto.

P.S. Quanto aos que já insultam os dirigentes e brincam com o Benfica por essa blogosfera fora, pensem antes de falar.

Enorme, enorme, enorme

sábado, 21 de Agosto de 2010


Uma vénia minha para ti, miúdo.

Chega!

Até hoje sempre apoiei o Roberto Jiménez (contra o meu próprio instinto, admito) em conversas com amigos e dentro deste blog, mas agora chega.

Tirem esse gajo da baliza enquanto ainda é tempo, por amor de Deus! A titularidade dele numa equipa como a do Benfica roça o ridículo. A forma como sofre golos é de principiante, parece que não tem escola de guarda-redes. A defesa treme como varas verdes nos lances de bola parada, até um cego vê isso. Não entendo como foi possível dar-se tanto dinheiro por um jogador destes. Clubes como o Real ou o Manchester podem dar-se ao luxo de estoirarem dinheiro em flops, o Benfica não.

Ainda vamos a tempo de comprar um guarda-redes titular. Vejam lá isso, se faz favor.

Contagem decrescente

De cada vez que leio ou ouço as alarvidades do perito em Excel e PowerPoint mais compreendo por que é que o Mourinho o escorraçou da sua equipa técnica. Além de ter um ego maior do que o do próprio Mourinho (algo que julguei impossível), consegue ser mil vezes mais idiota.

Adoro quando este tipo de gente se espalha ao comprido na vida. E neste caso é só uma questão de meses. Já está a contar, Andrézito. Tic tac, tic tac, tic tac...

É preciso ter-se muita lata

Ontem à noite falei ao telemóvel com um amigo de Coimbra que tinha acabado de ir ver o Académica-Olhanense e se queixava bastante do penálti que permitiu o empate aos algarvios e que a Académica era sempre roubada.

Se não fosses meu amigo mandava-te para o c...

Sabem onde é que podem enfiar o anelar esquerdo?

Eu já nem sequer vou falar dos convenientes atrasos na documentação de alguns atletas do Beira-Mar, porque isso só é motivo de espanto para quem anda a dormir ou quem acreditou que Fernando Gomes seria um presidente de todos os clubes.

Agora uma fractura no dedo anelar esquerdo?! Mas onde é que isso é impeditivo de alguém jogar futebol? Porra, eu uma vez joguei basket com um dedo partido, ainda por cima da mão que lançava, e foi só uma questão de suportar as dores.

E uma fractura do nariz? Já ouviram falar de máscaras de protecção? O mítico Charles Barkley chegou a jogar mais de duas semanas com o nariz partido e com uma máscara na tromba. E não se acanhava debaixo da tabela, olha logo quem!

Fosse o jogo contra o Benfica, até sem um olho os mandavam lá para dentro... Como é contra os amigalhaços, já são todos umas flores de estufa. Qualquer dia aparece um gajo numa lista de lesionados com uma dor no baixo-ventre decorrente de uma laqueação de trompas.

Este tem a mania que é esperto...

sexta-feira, 20 de Agosto de 2010

Alguma vez ouviu um Secretário de Estado do Desporto de um qualquer país dar palpites sobre se um treinador de futebol tem condições para continuar a exercer a sua profissão?, perguntou o único cachalote terrestre que eu conheço.

Não faço ideia, mas já ouvi o mesmo cachalote que colocou essa questão dar palpites sobre um jogador do Benfica envolvido num processo de doping que estava encerrado e por causa dessa intervenção foi reaberto.

As insondáveis palavras do Senhor

Enquanto a maior parte das pessoas destacam que Jesus acredita plenamente no bicampeonato (e, já agora, eu também), eu prefiro reflectir sobre outra afirmação que parece ter passado despercebida:

Começámos o campeonato de forma diferente, não pela forma da equipa mas por outras situações.

Recados para dentro, para fora, ou para ambos os lados?

Prece


Suplico à Santíssima Trindade que contrate rapidamente um jogador o mais parecido possível com o Ramires, para equilibrar o meio-campo e não deixar o Benfica tão exposto a contra-ataques. Ámen.

A visão de Costinha

Os vitós não estão na Liga Europa. O clube do Rui Alves não está na Liga Europa. O Marítimo ontem à tarde ficou apenas com a unha do dedo mindinho dentro da Liga Europa... Vá, ficou fora.

Face a este cenário, o que resolveu fazer ontem à noite o zbordin? Ficar igualmente com a unha do dedo mindinho dentro da Liga Europa... Vá, ficou fora.
Assim, lutarão de igual para igual pelo quarto lugar no campeonato nacional com os restantes candidatos.

E ainda há malta que tem coragem de dizer que o Costinha não sabe planear as coisas. Curvo-me humildemente perante tamanha sabedoria e juro que se ele não tivesse dito que era antibenfiquista o contratava para me fazer a lista de compras do supermercado. É que quando regresso a casa reparo sempre que me falta qualquer coisa.

Eternamente pequenos

“Quando definimos um objectivo, quando o FC Porto entra em disputa com outro clube lisboeta, com o Benfica, o historial diz que o FC Porto leva a melhor. Por isso, se o FC Porto tivesse entrado na corrida pelo Salvio, o Salvio estava no plantel do FC Porto."

Ainda agora chegou, sem estatuto nenhum, e já está completamente imbuído do espírito provocatório que é apanágio daquela casa...

Haverá algum dia que esta gentinha não pense em provocar ou tramar o Benfica?

Mas cá continuo dizendo: é o preço da grandeza do Benfica.

Soltas do Sul, sobre o Benfica

Esperava a semana passada por alguma contratação e sobretudo uma entrada demolidora contra a Académica, o que não aconteceu, mas espero que não seja mau pronúncio e antes o anunciar de uma época no mínimo com o sucesso da época transacta.

Gostei também de, depois de perder com a Académica, não ter de fazer uma viagem não sei a onde para jogar uma eliminatória não sei com quem, a uma 5ª ou 3ª Feira, e correr o risco de ter mais um jogo azarado que destabilize a equipa e uma má preparação para a importante deslocação à Madeira. Para mim, todas as competições são secundárias, inclusive Liga dos Campeões. O fundamental é obviamente o bicampeonato. O regresso à gloria europeia pode esperar mais uns anos.

Também tenho visto com piada as capas de jornais, embora adivinhe sempre o que surge no dia seguinte. Não sei se já repararam, mas durante uma tarde qualquer ficamos a saber pela Bola Branca ou equivalente que o Benfica está interessado no X. A partir desse dia já podemos saber as 3 capas dos 3 dias seguintes, que invariavelmente serão:

Dia N+1: X vem para o Benfica
Dia N+2: X ou Empresário de X diz que o Benfica é grande e gostava muito de jogar nesse grande clube
Dia N+3: foculporto tenta desviar X

Salvio não é extremo (aqui fica o meu bitaite - mas sei que a estrutura do Benfica não vai cancelar o negócio com isto que acabei de escrever...). Espero que no final desta época passe a ser tanto extremo como o Fábio era defesa esquerdo no início da época passada.

Pelos vistos não dá para comprar ou pedir emprestado para o plantel jogadores com mais de 24 anos, com experiência de Europa, que não sejam do Real ou do Atlético.

A relação entre o Cruzeiro e o foculporto parece a do Benfica para o Real Madrid, e isto é preocupante, porque Real Madrid e foculporto vão-se libertando dos excedentários, questão esta que se mantém de enorme dificuldade para o SLB (felizmente o J. Ribeiro também já foi resolvido esta época).

O que me deixa intranquilo para já: Reforços com necessidade de adaptação, sem experiência de Europa e muito jovens, dificuldades para colocar excedentários, dificuldades para fechar plantel, Roberto pelo valor desportivo desalinhado com o valor financeiro, a excessiva intervenção de LFV nas contratações.

O que me deixa confiante para já: A mesma estrutura do ano passado, os jogos à 4ª Feira que permitem descanso, o mesmo treinador, a convicção que ainda fecharemos as vulnerabilidades do plantel, a convicção de que se Roberto falhar, JJ colocará Júlio César e que no início do ano passado tinha as mesmas intranquilidades deste ano.

Papa-títulos

quinta-feira, 19 de Agosto de 2010


Villas-Boas quer Liga Europa, título e disputa da Champions

Ou o imbecil que escreveu isto não percebe que conquistando o título o foculporto vai à Champions ou o foculporto prepara-se para ser a primeira equipa de sempre a disputar duas competições europeias ao mesmo tempo. E com jeitinho ainda vai tentar sagrar-se campeão do Djibouti. Eu dessa agremiação já espero tudo.

Bitaites

nós bloguers temos a tentação do bitaite, isto foi dito na caixa de comentários do post anterior e julgo que é tão pertinente que justifica que eu escreva um post sobre isto.

Na minha óptica, um blog serve essencialmente para isso, para mandar bitaites. É que nem sequer chega a ser uma tentação, é mesmo assim. O problema é que, com o crescimento da blogosfera, muita gente (tanto bloggers como comentadores) se convenceu de que os blogs são mais importantes do que aquilo que realmente são e sobrevaloriza-se de maneira incrivelmente parva o que é escrito por aqui e por aí.

Se me apetece dizer que acho que o Salvio é pouco interessante, é por isso que ele vai ser mesmo pouco interessante? É por isso que foi um mau negócio, ou que o Jesus não o quer, ou que o Rui não percebe nada disto? Por amor de Deus... Desçam à Terra! Isto são apenas opiniões. Ou bitaites, como preferirem.

Eu quero é que o Salvio rebente com tudo, que marque quatro golos por jogo e que seja eleito o melhor extremo do campeonato. E não me importo nada que depois venham cá dizer-me: "Viste? Não percebes um peido de futebol". Porque quem tem que perceber de futebol não sou eu, é quem trabalha no Benfica.

As ideias que se escrevem neste blog não passam de um insignificante grão de areia no imenso Universo que é o Benfica. E digo isto com muito orgulho, não pelo grão de areia mas pelo Universo do Benfica.

Não levem os blogs tão a sério, ok? Eu, pelo menos, não levo. Nem o meu próprio. Ou julgam que aquela coisa aqui do lado direito que diz Lembras-te de uma parvoíce que foi aqui escrita mas não encontras o post? é inocente? Pois... Não é. É para se algum dia eu andar iludido com o número de visitas diárias aqui do blog me relembrar qual é o meu verdadeiro lugar no meio disto tudo: o tal grão de areia...

Porque quando eu tiver algo de realmente importante e construtivo, e que não seja um mero bitaite, para dizer sobre o Benfica, mesmo correndo o risco de não me ligarem patavina, entrarei em contacto com o próprio clube, não vou colocar num blog. Nem poderia ser de outra forma.

Espero que tenham ficado esclarecidos em relação a isto. Os bitaites seguem, como habitualmente, dentro de momentos.

Bipolaridade

Baseado no meu parco conhecimento futebolístico, não creio que um jogador com as características de Salvio seja assim tão necessário no plantel do Benfica. E, tal como eu, decerto haverá mais pessoas a pensar assim. Porém, dentro desse grupo de pessoas há um subgrupo bastante interessante. O dos bipolares histéricos.

Esse gajo não vem para cá fazer nada, que negócio horrível. Somos sempre comidos pelo Atlético.

Foculporto entra em acção...

Esse gajo é um craque! Como é possível deixá-lo escapar? Somos sempre comidos pelo foculporto.

Salvio apresentado no Benfica...

Esse gajo não vale nadinha. Deviam tê-lo deixado ir para o foculporto. Somos sempre comidos pelo Atlético e pelo foculporto.

As aventuras de Pedrito na Champions

Vejam com atenção os dois penáltis assinalados ontem pelo nosso amigo Pedrito, comparem com os inúmeros vídeos que há no Youtube de jogos do Benfica apitados pela mesma criatura e enquanto estiverem a ver o jogo do próximo sábado rezem.

Se não acreditarem em rezas façam uma dança ridícula qualquer. Pode ser que a criatura assinale um penálti a favor do Benfica (mas um penálti a sério, não quero cá ajudas à moda do foculporto).


Facciosismos à parte...

A filial corrupta de Braga é, de longe, a equipa portuguesa em melhor forma neste início de época. Vi a segunda parte do jogo contra o Sevilha e, apesar de o golo ser em fora-de-jogo (de há uns anos para cá a malta de Braga habituou-se a estas ilegalidades e agora não quer outra coisa), os espanhóis levaram um banho de bola como eu não pensei ser possível numa equipa que tem, entre outros, Zokora, Renato, Navas, Capel, Kanouté e Fabiano.

Se o foculporto persistir em lhes emprestar jogadores arrisca-se a ficar outra vez em terceiro.

Olha quem vai também à Madeira...

quarta-feira, 18 de Agosto de 2010


Ainda era cedo para o Jorge Sousa, não era? Pois, nós compreendemos.

A competência do senhor López


É incrível como a selecção portuguesa de basquetebol tem andado a ser malhada em tudo o que é jogo (e nem sequer joga contra Espanha, Alemanha, Grécia e outras potências do género) depois de nos últimos anos até ter mostrado alguma evolução competitiva. Mais inacreditáveis ainda têm sido as declarações do senhor Moncho, que até já teve o desplante de dizer que todos querem ganhar a Portugal pelo maior número de pontos possíveis, passando desse modo um atestado de estupidez e de incompetência aos jogadores e a ele próprio.

Não acumulasse ele os cargos de seleccionador e de treinador do foculporto e certamente já teria recebido guia de marcha da Federação. Porque no que ele é competente, é a aliciar jogadores do Benfica a transferirem-se para o foculporto e a tentar convencer os que estão em vias de assinar pelo Benfica a não o fazerem. O que nos vale é que quase todos têm ignorado essas manobras de bastidores. Quase todos...

Presunção e água benta...


A barreira que separa a ambição da presunção é muito ténue, e é preciso ter a cabeça no sítio para manter o equilíbrio em cima dessa mesma barreira. Quem não tem cabeça acaba invariavelmente por cair para o lado errado. Há inúmeros exemplos disto na história do futebol.

Compreendo que dê jeito a muita gente pegar neste caso para atacar a direcção e os responsáveis da formação do Benfica, mas vamos ver o que será feito deste rapaz daqui a uns anos. Nessa altura, seria extremamente interessante entrevistá-lo e também ao seu empresário.

Negociatas

Foi o jogador mais jovem a atuar com a camisa do Real Madrid B. Dizem que é um fenômeno, e foi tratado como tal. Mas é muito jovem, e isso é tudo o que falam sobre ele aqui na Espanha. É jogador de Jorge Mendes, que tem um relacionamento incrível com Florentino Perez. Inclusive, influencia muito em suas decisões. Essa transferência foi algo bem estranho, diz um repórter do As a um site brasileiro. Mais informação aqui.

Outro pormenor curioso: O empresário de Alípio é Jorge Mendes, o mesmo que toma conta da carreira de Cristiano Ronaldo. Mendes, em 2008, prometera ajudar o Real na contratação do português caso o clube fechasse com o jovem brasileiro. Dito e feito.

Eu sou um crítico feroz do poder que os empresários têm actualmente no mundo do futebol e julgo mesmo que a Fifa deveria tomar medidas para controlar este fenómeno. Porque enquanto isso não acontecer, os empresários vão continuar a ditar leis. O facto de o Real Madrid ter comprado o Alípio ao Rio Ave só para continuar nas boas graças do Jorge Mendes, e desse modo conseguir marcar pontos para contratar o Cristiano Ronaldo, é uma prova evidente desse poderio. Se até um clube como o Real tem de se vergar perante um empresário, como é que há pessoas que continuam espantadas por ver certos negócios no Benfica? A ingenuidade tem limites, caramba! É evidente que, à semelhança do Real, muitas vezes o Benfica tem que comprar quem não quer para depois conseguir quem realmente quer. E obviamente que isto não sucede apenas com Real e Benfica, é um fenómeno generalizado. Ou pensam que o Manchester United não vai colher frutos por ter enterrado nove milhões (!!!) no Bebé do Guimar... perdão, do Jorge Mendes?

Quanto ao Alípio, a única coisa que eu desejo é que o miúdo seja realmente o fenómeno que todos dizem que ele é.

Piada seca com muita água

A região espanhola da Andaluzia, com destaque para a província de Málaga, está a ser fustigada por chuvas torrenciais que estão a provocar cheias gravíssimas.

É impressionante como é que, mesmo sem o campeonato espanhol ter começado, o Juju já está a meter tanta água.

Que Benfica querem?

terça-feira, 17 de Agosto de 2010

Mais um grande post do excelente Velho Estilo Ultras. Só lamento que o seu autor não escreva com mais regularidade, pois é sempre um enorme prazer lê-lo.

Adeus, mini-homem

Já começava a ficar resignado que ninguém nunca mais lhe pegava. Obrigado aos vitós por pagarem metade do chorudo salário deste verdadeiro cepo.

Só é pena que no final da época ele se apresente no Seixal outra vez...

Corpo de Instrutores do foculporto


(retirado daqui, com um obrigado por tornar os nomes legíveis)


Se estes senhores/as, (em oito, cinco são da zona Porto) já estivessem em funções na época passada, o caso do túnel da Luz teria acabado com jogadores do Benfica castigados e com uma medalha de louvor ao Ugh!

Este ano, com Fernando Gomes à frente da Liga, vai ser bonito, vai. É bom que nos vamos mentalizando...

O regresso do Imperador (não sei bem de quê)


A malta do Marítimo não viu vídeos da época 2001/02 do Benfica? Este homem estava em praticamente todos os golos sofridos até que acabou por perder o lugar para o João Manuel Pinto, esse colosso futebolístico, o que diz muito sobre o seu valor.

Mas pronto, o Marítimo já pode dizer que tem um vencedor de uma Champions (ao serviço do Real) nas suas fileiras. E isso é prestígio, como diriam os Gato Fedorento.

Joder!

Estou completamente saturado de negócios com o Atlético de Madrid. Qualquer dia parecemos uma filial portuguesa desse clube de merda. Porra, pá! Há tanto clube por onde escolher...

Portanto, espero que as capas de jornal de hoje não sejam verdade. A menos que o tal Salvio esteja incluído nos famosos dois jogadores a que temos direito por causa do negócio do Simão. Mas algo me diz que hei-de ter 80 anos (e que contente me sentirei se lá chegar) e andar a dizer aos meus netos (eles que se livrem de não serem do Benfica!) que o Atlético de Madrid nos deve dois jogadores.

O bom exemplo do basquetebol

Excelente, este post do Coluna.

No basquetebol o Henrique Vieira diz Preciso disto, disto e daquilo, e depois o Carlos Lisboa e o José Tomaz vão buscar precisamente o que foi pedido.

Já no futebol, o Jesus diz Preciso disto, disto e daquilo, e depois metem-lhe à frente aquilo e acoloutro.

E é precisamente por causa disto que o basquetebol do Benfica atingiu uma dinâmica de vitória impressionante e assim se vai manter durante bastante tempo. Porque quem trata do basquetebol do Benfica percebe muito sobre esse desporto.

Quando a estupidez e a memória curta se juntam

segunda-feira, 16 de Agosto de 2010

É incrível como já anda por aí malta a colocar em causa o trabalho de Jorge Jesus. Confesso que também não tenho concordado com algumas das suas opções, mas daí a esquecer o futebol maravilha (que já não via na Luz há anos e anos) com que fui presenteado na última época vai um enooooorme bocado.

Se em vez de apetrecharem o plantel com Alípios e Rodrigos lhe tivessem dado os médios que ele anda a pedir publicamente há mais de um mês, talvez hoje a conversa fosse outra.

A nova estratégia de Jesus

Confesso que me está a deixar um tudo nada indisposto, esta estratégia de concentrar todas as 3 derrotas que iriamos ter em toda a época logo de seguida.

Mas Jesus é que sabe. Se não quer perder mais até Maio/Junho, tudo bem.

Como estou de férias, entre banhos, sestas e churrascos a coisa vai-se passando, sobretudo se juntar a isto a grande estratégia que é não ligar a TV nem ir à Net.

Sugiro a todos que não estão de férias que façam o mesmo até ao próximo fim de semana.

E aproveitar a prata da casa, não?

Parece que o Newcastle também anda a cheirar o Halliche e quer desviá-lo do Fulham...

E que tal se for o Benfica a desviar o Halliche para dentro do próprio Benfica? Dava um certo jeito... Pelos vistos só eu e meia dúzia de treinadores ingleses é que gostámos das exibições do rapaz no Mundial. Mas como segundo Jesus os treinadores ingleses são muito fraquinhos e não percebem nada de bola é porque o Halliche não deve valer mesmo nada...


P.S. Não havia aí uma proposta de 12 milhões pelo Sidnei?

O mesmo filme ano após ano

Para quem continua a julgar que estes inícios de época são uma mera coincidência, aqui ficam os resultados das jornadas inaugurais de Benfica e foculporto, desde 2004/05 (época do 31º título de campeão do Benfica) até hoje:

Benfica: V E D* E E E D

foculporto: E V V V V E V

* O jogo que estava marcado para a primeira jornada só se realizou em Dezembro (vitória por 4-0 sobre o Belenenses) e na prática o Benfica estreou-se com uma derrota no Bessa


Por comparação, fui ver também os inícios de época de Real e Barça, dois clubes que, à semelhança do que acontece em Portugal, dividem entre si a hegemonia do campeonato e se acusam mutuamente de controle sobre a arbitragem.

Real Madrid: V V E V D V

Barcelona: V E V E D V


Grande diferença de equilíbrio entre Portugal e Espanha, não é? A culpa é certamente das tais coincidências.

E o Benfica caladinho em relação às arbitragens... E o criminoso a rir-se... E o Fernando Gomes a rir-se... E o empreiteiro de Braga a rir-se... E o Bostinha, que se está a marimbar para o zbordin, a rir-se...

E os benfiquistas a aguentarem...

Série de coisas que me vêm à cabeça

- a melhor forma de rentabilizar o Peixoto é pedir-lhe que faça um vídeo caseiro com a namorada para depois ser comercializado na loja do Benfica

- ver o constante sobe e desce do Coentrão é mais cansativo do que ir ao ginásio fazer ferro ou correr na passadeira

- o Roderick, o Halliche e o Miguel Vítor não podem ser piores do que o Sidnei

- o Sidnei é o defesa central mais caro da História do Benfica (sim, isto é mesmo verdade)

- ouço e leio muitas vezes que o Sidnei é um falso lento. Discordo, o Sidnei é um falso jogador

- durante a pré-época fiquei entusiasmado com aquela espécie de 4-3-3 com o Jara de início. Tanto tempo a treinar aquilo para nada. É um bocado como mostrarem-me uns minutos iniciais de um filme que parece espectacular e depois não me deixarem vê-lo.

- o Gaitán faz uma falta tremenda

- o Luisão não tem preço nem substituto dentro ou fora do plantel

- mais deprimente do que ver um jogador com a classe do Aimar não jogar nadinha é mesmo vê-lo atirar-se para a piscina. Não havia necessidade

- quem julgava que o Amorim poderia ser o substituto natural do Ramires teve hoje a resposta. E nem é por falta de qualidade do Rúben, é que o Ramires é mesmo de outra galáxia. Ficámos mal, aliás, bem habituados.

- darem 6 milhões por um puto brasileiro/espanhol, que ainda ninguém sabe se fica ou se é para emprestar, e depois dizerem que 7 milhões pelo Leto ou 8 milhões pelo Wesley é caro, é tão ridículo que até parece mentira

- o que também parece mentira são os amigáveis das selecções na véspera de se iniciarem alguns dos principais campeonatos europeus

- custa muito entender que as baboseiras sobre vencer a Champions só agudizam o mal-estar provocado por derrotas como a de hoje? Mais comedimento no discurso para os adeptos, por favor. Fanfarronice não faz parte do vocabulário do Benfica.

- há anos que se repete o mesmo filme: foculporto a ser ajudado ao máximo nas jornadas iniciais para permitir que a equipa cresça com calma ao mesmo tempo que ganha vantagem o mais rápido possível sobre os rivais, e Benfica a ser mandado abaixo para intranquilizar a equipa e obrigá-la a correr atrás do prejuízo. Será que, à semelhança da época passada, ninguém dentro do clube vai falar sobre as arbitragens?

- quem vai para a Luz só para assobiar e dizer mal devia ser impedido de lá entrar. Para todo o sempre.

Benfica 1 - Académica 2

domingo, 15 de Agosto de 2010

Antes de mais, posso dizer que não entendo a intranquilidade da equipa. Hoje não houve intranquilidade do Roberto, bem pelo contrário. É incrível a falta de soluções e a desinspiração. Esta é fácil de contrariar. A falta de soluções é outra conversa... Esperemos melhores noites, bem melhores, porque este ano não vai ser como no ano passado. Estávamos todos avisados para isto, inclusivamente a direcção do Benfica, que devia ter pensado nisso a tempo.
Quanto ao que o Benfica não pode dominar (ao contrário do que outros fazem), diga-se que foi uma arbitragem muito fraca. Qualquer dos lances duvidosos a favor do Benfica teria dado penalti se fosse num jogo do foculporto. O árbitro foi igualmente conivente com o anti-jogo da Académica.
Um comentário ainda para o comentador da sporttv. Se ontem assistimos ao conceito de "mão invisível" (que me perdoe Adam Smith), hoje assistimos à invenção de um novo conceito: o "choque inevitável". Foi esta a explicação para alguns lances faltosos sobre jogadores do Benfica. Algum tipo de estupidez é também inevitável.
Gostaria ainda de dizer que à equipa da Académica o foculporto não emprestou só jogadores. Emprestou algo mais... A pressão sobre os fiscais de linha, o anti-jogo, o chico-espertismo, etc. Esta já foi, em tempos, a equipa dos estudantes. Mas os tempos são outros...
Por fim, e pouco me importo se isto vai ferir susceptibilidades, acho incrível que haja adeptos que vão ao estádio para estar, aos 30 minutos, a assobiar a equipa. É lamentável... Peguem no dinheiro que vão gastar no bilhete e vão para o estádio de Alvalade. Lá é que há essa tradição...


Roberto - exibição tranquila, com várias intervenções muito seguras. Não teve culpa em nenhum dos golos.

Rúben Amorim - exibição mediana. Jogou a defesa e a médio, com a segurança habitual.

Maxi Pereira - ainda sem ritmo e sem o fulgor a que nos habituou.

Fábio Coentrão - para mim, o melhor em campo. Uma garra sem igual. Tentou marcar, fazendo dois remates perigosíssimos. Deu a marcar a Jara, numa jogada espectacular.

David Luiz - boa exibição, com algumas perdas de bola desnecessárias. Há um lance em que podia ter acabado expulso, por ter mandado uma cotovelada no Sougou. Podia ter marcado num remate de fora da área.

Sídnei - não é jogador para o Benfica. Parece que está sempre a dormir. O primeiro golo é falha na marcação dele. Reage sempre tarde. É um jogador apático. Mil vezes o Miguel Vitor.

Javi Garcia - este jogador tem de jogar sempre. Nota-se a diferença. Sabe antecipar-se em qualquer zona do campo. Pena é que continue a perder algumas bolas na zona recuada. Tem que melhorar nesse aspecto.

César Peixoto - por muito boa vontade que se tenha, não serve para este Benfica. Este ano vai ser muito mais difícil que o ano passado. A hostilidade vai ser enorme. Não há lugar para experiências ou adaptações, nem para jogadores esforçados. Tem que se ser muito bom. Peixoto não cumpriu hoje.

Aimar - jogo muito apagado. Entrou em evidência quando simulou um penalti. Não consigo gostar deste tipo de situação.

Saviola - Veio buscar a bola atrás e tentou algumas combinações com colegas, sempre sem sucesso.

Cardozo - muito pouco em jogo. Hoje pareceu estar sempre no lugar errado, ao contrário do que o caracteriza.

Carlos Martins - entrou para dar um pouco mais de qualidade na posse de bola e no passe. Tentou alguns passes de ruptura, mas sem sucesso.

Franco Jara - entrou e marcou, a cruzamento de Coentrão. Tentou alguns remates de fora da área, mas inconsequentes. Gosto da garra deste jogador.

Wéldon - jogou poucos minutos.

P.S. A cada dia que passa sem colmatar as lacunas da equipa estamos a dar vantagem aos adversários. E a cada jornada que passa sem a entrada dos novos jogadores que virão (?) podemos estar a deitar fora pontos. É inútil estar a criticar a demora e a falta de preparação das saídas de Di Maria e Ramires... Mas não se pode demorar mais.

Bandeiras! Muitas!


Hoje à noite é fundamental repetir este cenário. Mais importante do que tarjas em alusão ao campeonato conquistado na época passada ou ao revalidar desse mesmo título, eu quero é ver muitas bandeiras do Benfica e também a espectacular bandeira do nosso pai, o senhor Cosme Damião.

Para que os novos jogadores sintam o que é a Mística em todo o seu esplendor.

Como ganhar dinheiro facilmente

Ontem cometi uma pequena loucura. Era o último dia de férias e tinham-me sobrado cerca de 100 euros do meu orçamento para as mesmas. Olhei para as apostas da Bwin e vi que a vitória do Setúbal na Madeira pagava 5.50 euros. Vi também que o árbitro era um conhecido ex-superdragay e lembrei-me da intransigência do presidente do Marítimo em relação ao negócio do Kléber. Pensei para comigo: Isto vai ser o dinheiro mais fácil de ganhar dos últimos tempos!

Não vi o jogo, não vi resumos, não sei se a vitória do Setúbal foi justa ou não, não sei se houve dedo do árbitro. Só sei que, desse lá por onde desse, o Marítimo tinha que perder este primeiro jogo.

O futebol português é demasiado previsível e os administradores da Bwin são uns belos papalvos se ignoram as habituais manobras de bastidores cá do burgo. Mas aproveito desde já para lhes agradecer estes 450 euros. Que sejam os primeiros de muitos a cair no meu bolso.

E o espectáculo deprimente começou...

sábado, 14 de Agosto de 2010

É verdade... O espectáculo deprimente começou. É altamente depressivo e pode até levar às lágrimas ver o monstrozinho azul a rematar vezes sem conta para a bancada e uma vez para a rua do Casino da Figueira. Para os que não soltaram o choro com aqueles remates, certamente o fizeram quando o viram a suplicar à querida Jabulani para não ir para tão longe.

É igualmente triste ver o rapazinho a quase choramingar com árbitro, fiscais de linha, adversários e colegas de equipa. É um rejeitado, o coitadinho...

Mas verdadeiramente deprimente e triste é a forma como o foculporto consegue resolver os jogos quando a coisa está mal-parada. Pois claro, o senhor do apito consegue invariavelmente ver faltas que mais ninguém vê. Bola na mão ou mão na bola, eu não consigo ver a bola a sofrer desvio de trajectória e/ou a inviabilizar uma jogada de perigo. Mas no fim lá está a bola dentro da baliza adversária.

Enfim, espero que o Benfica me anime amanhã porque já me basta para a semana ter de levar com mais um jogo triste como o desta noite.

Para acabar em beleza

Último dia de férias. Praia. Acordo e vejo Dias Ferreira a uns metros da minha toalha. Levanto-me horrorizado e vou ao mar. Passados alguns minutos, Dias Ferreira a uns metros de mim no mar.

Estava um nadador-salvador demasiado próximo... Fica para a próxima.

Uma ideia bem interessante

sexta-feira, 13 de Agosto de 2010

Esta, do Constantino do Mão de Vata.

Seria excelente para debater ideias e para tentar acabar com dois mitos blogosféricos. O mito que diz que quem é contra algumas (ou todas) políticas da actual direcção do clube é perseguido, intimidado, ameaçado, vilipendiado e outros verbos pouco simpáticos; e o mito que diz que quem concorda com algumas (ou todas) políticas da actual direcção do clube tem um tacho dentro do Benfica ou está a fazer-se descaradamente a isso.


P.S. Aquela parte da malta que é perseguida por não se sabe bem o quê, faz-me lembrar um caso de uma senhora da ala psiquiátrica que dizia que era perseguida por vários pénis que lhe entravam em casa pela internet. Ainda hoje lá está, coitadita.

Quique Flores revisitado

Foi parar a uma equipa de topo como o Benfica e pensava que estava a treinar uma equipa da segunda divisão espanhola. Nunca foi um treinador de ponta nem nunca será porque não tem estofo para isso, diz o pequeno grande Léo sobre Quique Flores.

Apesar da habitual habilidade dos homens do apito em subtrair pontos ao Benfica, nessa época já tínhamos o melhor plantel do campeonato e poderíamos perfeitamente ter sido campeões. Muita gente escuda-se nas arbitragens, mas o facto é que Quique Flores parecia estar a treinar uma equipa de segunda linha, que jogava principalmente para não perder.

Só foi pena não ter havido coragem de o pôr a andar enquanto era tempo.

1 de Abril em Agosto

quinta-feira, 12 de Agosto de 2010


A ida deste moço para o Manchester parece mesmo daquelas notícias parvas que os jornais gostam de inventar no dia 1 de Abril. Mas desta vez é mesmo a sério.

E a menos que o Águias de Alpiarça adquira o passe do CR7 por um saco de Jabulanis vermelhas e 0,5 kg de pêra rocha, esta será seguramente a transferência mais espectacular desta época.

Se o regresso de Ramires acontecer...

quarta-feira, 11 de Agosto de 2010

Gostaria só de salientar que na minha opinião o clube devia fazer o esforço de contratar o "clone" do Ramires, mesmo que ele retorne por não conseguir a licença de trabalho.

Eventualmente uma sugestão para concretização do negócio seria a inclusão de uma clausula em que o jogador contratado viria apenas em Janeiro, se Ramires retornasse à Luz, ou então já, se Ramires conseguir a licença.

Todos sabemos que para jogadores jovens e sem experiência na Europa meia época de adaptação pode ser muito importante e benéfica. E já que não se vai buscar o Elano à Turquia, esta seria uma sugestão de reforço da ala direita.

Ps: Quem é o empresário do Bebé (Guimarães para MUnited por 8,8 M€)? Nós temos cá alguns casos que gostariamos que este senhor nos ajudasse a resolver.

Ligação Lisboa-Madrid

terça-feira, 10 de Agosto de 2010

Nos últimos anos temos assistido cada vez mais a uma relação privilegiada entre o SLB e os 2 clubes de Madrid, iniciada aquando da venda de Simão.

Desde esse momento, a troca de jogadores tem sido significativa, tendo o SLB vendido 2: Simão Sabrosa (20M) e Di Maria (25M)… (mais 5M + 6M potenciais que não sabemos bem como poderemos receber, dado que não está claro) e comprado para já 6/7: Reyes (25% por 2,65M), Alípio? (?M), Balboa (4M), Saviola (5M), Rodrigo (6M), Javi Garcia (7M) e Roberto (8,5 M).

Desta “ligação” resultam dois efeitos:

O SLB vende jogadores de topo mundial, no auge da performance desportiva, de dificílima substituição…

O SLB resolve, pagando a peso de ouro, problemas de excedentários dos clubes de Madrid… (mesmo no caso de Saviola e Javi, dois bons negócios para o SLB, foram claramente ainda melhores negócios para o Real Madrid, pois eram jogadores que não contavam para o clube).

Esta relação de “subserviência” a Madrid não é compreensível, pelo menos com os dados que estão à disposição dos adeptos. Algo se passa aqui nesta questão e como não acredito em aproveitamento interno da situação, só consigo identificar que é falta de capacidade do SLB na compra e venda de jogadores.
  • Como é que um clube que vende por 25M + potenciais 11M de objectivos um Di Maria no mês seguinte compra ao mesmo clube, negócio feito pelas mesmas pessoas, 2 jogadores de 18 anos sem provas dadas no futebol sénior, por 11 M, por 5 anos, sem fixação de objectivos, potencialmente para emprestar, com cláusulas de recompra?
  • Como é que após um negócio de contornos pouco claros como o do Simão (onde estava incluídas as célebres "opões de compra" sobre jogadores do Atlético de Madrid e ainda pagámos pelo passe de Reyes, que não joga cá...), não se exerce poder negocial resultante dessa venda e se paga efectivamente o preço “justo” por Roberto? 
A actuação do clube no mercado este ano não faz sentido para os sócios, que vêem de perto a realidade do clube e percebem minimamente o que faz falta e que valores são adequados suportar pelos jogadores.

Como é que um clube que só vende os indiscutíveis, demonstrando grandes limitações para colocar os “excedentários”, comprou até agora apenas reforços de alguma qualidade, mas sem o nível necessário para entrar no 11 base de “caras”?

Mantenho a minha convicção que o SLB tem um excelente Presidente. Mas precisamos que Luis Filipe Vieira deixe a pasta do Futebol.

O sucesso ou falha nas contratações, uma das áreas mais visíveis e importantes do clube, tem de ser entregue a profissionais, remunerados por objectivos cumpridos ou afastados por incumprimento. Se não houver no clube, contrate-se um bom que eles existem.

Está na hora de profissionalizar esta área, porque no ano de regresso à Champions estamos a ser amadores. E isto paga-se muito caro, não só na Europa, mas também a nível interno.

Provavelmente a semana mais importante desta época...

segunda-feira, 9 de Agosto de 2010

Começou hoje e acaba no próximo fds.

Esperamos uma semana com reforços, atitude mental positiva e liderança.

Corolário: Victoria e bom futebol contra a académica e o primeiro passo na caminhada para o bicampeonato.

Para pensar...

domingo, 8 de Agosto de 2010

O jogo de ontem obriga a estrutura do Benfica a pensar em diversos aspectos. Desde logo, o guarda-redes Roberto. Não comprometeu ontem, mas nota-se a sua intranquilidade, que alastra a toda a defesa. Isto é visível. E, pior, os jogadores da defesa denotam já alguma insatisfação, bastando para isso ver um lance em que Roberto falhou a intercepção e que ia dando golo. Nem um companheiro se chegou a ele para o apoiar.

De quem é a culpa? De todos! De quem o comprou por 8,5M, de quem o assobiou ao primeiro erro e de quem insistiu em assobiá-lo no jogo de apresentação, do treinador que não o resguarda por uns tempos, de quem o observou e concluiu ser o tal guarda-redes que vale pontos, etc. Não vejo solução para este problema.

Em segundo lugar, é preciso pensar bem na opção Airton ou Javi Garcia. O Airton é claramente mais exuberante e vistoso a jogar, indo mais à luta pela bola. Javi Garcia é menos visível, mas no final dos jogos do ano passado muitas vezes comentámos que a equipa adversária não passou por ele. Javi tem claramente um posicionamento melhor do que Airton. E no segundo golo de ontem viu-se isso. Airton deixou-se antecipar.

Em terceiro lugar, Coentrão não pode ser Dí Maria. Coentrão afirmou-se como um grande lateral e é como tal que deve permanecer. E Peixoto não dá conta do recado contra equipas mais fortes. Não entendo que não tenhamos opções... Ninguém no Benfica se lembra de Urreta??!!

A saída de Ramires devia igualmente ter sido colmatada com antecedência. Ninguém acreditava que o brasileiro ia continuar pela Luz. Como tal, a sua substituição deveria ter sido assegurada. Com o aproximar do fim do período de transferências será mais difícil conseguir um substituto à altura. E Martins não é solução.

Por fim, a equipa tem de ser preparada para enfrentar jogos como o de ontem de forma mais serena. O David Luiz estava irreconhecível e podia perfeitamente ter vindo para a rua. Equipas como a do Porto vivem para nos ganhar e a garra com que entram em campo obrigam-nos a jogar com mais cabeça. Este é um aspecto a pensar...

Perante estas premissas, os dirigentes e equipa técnica do Benfica devem reflectir e tentar encontrar soluções, percebendo que a época passada criou grandes expectativas e aumentou a exigência.

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.