Tricampeões!!!

terça-feira, 30 de Junho de 2009

Que grande jogo de futsal! Muitos e belos golos, emoção a rodos e um prolongamento impróprio para cardíacos. E no final a tão esperada vitória que garante o tricampeonato para o Sport Lisboa e Benfica.

Parabéns ao André Lima, que no seu ano de rookie mostrou que já percebe da poda, e a todos os grandes jogadores de futsal do Benfica, que foram fantásticos durante toda a época.

P.S. Com um jogo emocionante como o de hoje, apetece perguntar como é que há benfiquistas para os quais "as modalidades não dizem nada"... Felizmente que esse senhor não teve a lata de aparecer no pavilhão.

P.S.2. Novo choradinho do Tio Alípio, que diz que pondera abandonar a modalidade, mesmo depois de os árbitros terem perdoado uma expulsão clara do Diego Sol e revelarem dualidade de critérios na marcação de detreminadas faltas.

Os habitués da secretaria

Adivinhem quem vai ficar outra vez na primeira divisão graças à secretaria...
Isso mesmo, o Belém!

A equipa com o pior futebol e o pior treinador da época passada não vai descer de divisão. Já o Estrela, aliás, os jogadores do Estrela, que fizeram um campeonato verdadeiramente espectacular para quem nada recebia, vão directamente para a segunda divisão, sem sequer pararem na Liga Vitalis para um cafezinho.

A única coisa positiva que emerge disto é que o foculporto vai perder um satélite. Mas, como sempre, por cada um que cai outro se levanta...

Bye bye

Finalmente uma boa notícia: Jorge Ribeiro faz parte da lista de dispensas de Jorge Jesus.

Todos os jogos em que o mini-homem envergou o manto sagrado já foram a mais.
Vai e não voltes.

Há coisas que não mudam II

segunda-feira, 29 de Junho de 2009

O foculporto e os seus avençados preparam-se para mais uma jogada Kaźmierczak neste defeso. Para acalmar os ânimos da cáfila portista devido à saída de Lucho, que afirmava há poucos dias pretender acabar a carreira no foculporto e manter o emocionante duelo "a tatuagem mais horrível é minha" com Raúl Meireles, Dom Flato vai acenar com o "roubo" de Luis García, de Falcão, de Buonanotte ou de Djalma.

Graças a um grande trabalho de investigação jornalística, vamos também descobrir que em 1994 o profícuo e espectacular ponta-de-lança Walter Paz esteve com um pé no Benfica mas acabou por ir parar ao foculporto porque na altura os carros não tinham GPS.

É esperar para ver.

Há coisas que não mudam

A história repete-se: o foculporto perde (seja em que modalidade for) e Madureira e sus muchachos destroem tudo por onde passam. Ontem foi a vez de uma pastelaria em Lagoa, após a derrota na Taça de Portugal de andebol.
O argumento que a simiesca criatura dá para o que aconteceu é hilariante: "insultos de dois ou três jovens que estavam na esplanada com camisolas da claque No Name Boys".

Portanto, após um jogo de andebol entre foculporto e ABC numa pacata localidade algarvia, há três jovens que estão sentados numa pastelaria com camisolas de uma claque afecta ao Benfica que decidem provocar uma claque inteira do foculporto que se encontra de passagem.

E eu sou o Pai Natal...


Adenda:
só agora é que soube que a destruição da pastelaria foi antes do jogo, o que torna a situação ainda mais caricata. É uma espécie de aquecimento que eles fazem...

O gestor

domingo, 28 de Junho de 2009

"Não fiquei nada satisfeito. A contratação do Saviola é igual à do Aimar no ano passado. Se fossem mesmo bons, se estivessem na parte boa da carreira, não vinham para o Benfica. Quero descobrir novos talentos, jogadores que possam dar tudo pelo Benfica e não acabar a carreira e passar férias."

E diz-se Bruno Carvalho um gestor de homens? Imaginemos, ao estilo de qualquer episódio da mítica série Twilight Zone, que o homem ganhava as eleições. Com que cara é que o Aimar e o Saviola iam olhar para ele? Que confiança daria isto aos jogadores?

Gestor... 'Tá bem, 'tá!

Jogo repugnante

sábado, 27 de Junho de 2009

Ora cá está. Temos um interveniente directo a afirmar que tudo aquilo de que suspeitamos é mesmo verdade. Há um clube português que tem como política oficial de trabalho o uso sistemático de doping.

Este é o meu parágrafo predilecto:

«Em certos treinos víamos um ou dois juniores que apareciam para treinar connosco. Esses juniores não estavam ali porque eram muito bons ou porque tinham de ganhar experiência. Estavam ali para servirem de cobaias a novas dosagens. Um elemento do corpo clínico dava cápsulas ou injecções com composições ilegais a miúdos dos juniores (...) Diziam-lhes que eram vitaminas e que a urina era para controlo interno».

Ó Fernando, isto não é jogo sujo. É jogo repugnante! Aliás, é tão repugnante que os médicos do Milan acharam que a sujidade estava de tal modo entranhada no Xixôxo que não dava para limpar.

Mas o senhor Laurentino e a pandilha do CNAD só se preocupam com casos como o do Nuno Assis. Triste país...

Sondagem nº 5

Desta vez gostava de saber a opinião dos leitores sobre o facto de o Benfica ter declinado a participação nas competições europeias de basquetebol. Podem votar ali ao lado.

Verti uma lágrima...

sexta-feira, 26 de Junho de 2009

Saviola!

Adenda: Pode dizer-se que o Rui Costa tirou um conejo da cartola.

12?!

Esta não. Por mais bem pagos que à primeira vista pareçam, 12 anos em sponsorship são uma eternidade agrilhoada.

Love is in the air

quinta-feira, 25 de Junho de 2009

Matías Fernández anda há uma semana a ser capa de jornais como reforço quase garantido do zbordin. Com o Ramires também foi assim.

Posso concluir que a CMVM só tem olhos para o Benfica. O amor é tão bonito...

Moda Primavera/Verão

quarta-feira, 24 de Junho de 2009

Pois é, parece que as providências cautelares vão ser os crocs deste Verão. À semelhança dos horríveis sapatinhos, também elas são de mau gosto, irritantes e, pior do que tudo, pegaram de estaca.
Desta feita foi Carlos Quaresma (quem?) a interpor uma. O curioso é que a sua candidatura já havia sido considerada irregular aquando das últimas eleições e dessa vez o senhor acatou calmamente a decisão. Mas como agora as providências estão na moda...


P.S. Peço desculpa a quem leu o título e pensou que eu iria falar sobre o Miguel Veloso e as suas t-shirts com ursinhos a dizer "hold me in bed".

P.S. 2. Aliás, não peço desculpa.

Legitimidade de um candidato

terça-feira, 23 de Junho de 2009

Não sendo a minha opinião encomendada/paga por A, B ou C e tendo eu direito a ela, decidi partilhá-la convosco, neste que tem sido um tempo tão profícuo em polémicas em redor da legitimidade dos candidatos.

A questão que se impõe, não obstante terem sido aceites ambas as candidaturas, é: poderá um sócio efectivo há pouco mais de um ano e auxiliar durante 5 ser eleito para exercer um cargo num órgão social do clube?

Desde logo urge esclarecer que os Estatutos do Sport Lisboa e Benfica (doravante designados Estatutos) consagraram a existência de duas categorias distintas de sócios: efectivo e auxiliar.

Os sócios efectivos encontram-se definidos no artigo 7.º dos Estatutos, sendo-lhes atribuídos todos os direitos e deveres estatutários consagrados naqueles, não obstante a obrigatoriedade de se verem cumpridos determinados requisitos específicos para o exercício de alguns direitos, nomeadamente o de ser eleito para os órgãos sociais do clube.

Já os sócios auxiliares encontram-se definidos e identificados no artigo 8.º dos Estatutos e são-lhes atribuídos, nos precisos termos do artigo 7.º n.º 3 do mesmo diploma, alguns direitos e deveres estatutários.

Decidiu, pois, o legislador fazer uma diferenciação entre as duas categorias de sócios ao nível de direitos e deveres.

Posto isto, diga-se que no artigo 12.º n.º 1 dos Estatutos estão consagrados de forma genérica os direitos e deveres dos sócios, especificando-se no n.º 2 que determinados direitos só podem ser exercidos pelos sócios que cumpram certos requisitos.

Diz-se então que "Só os sócios efectivos com mais de cinco anos consecutivos de filiação associativa gozam do direito consignado na alínea d), precisamente o direito de ocupar cargos nos órgãos sociais do clube. Ora, esta é a norma geral que identifica quem pode exercer tal direito. Mas, da leitura do artigo 23.º dos Estatutos, resulta que há mais um requisito específico para o exercício do referido direito.

Não se trata de uma incongruência. Trata-se, sim, de uma norma que respeita especificamente aos órgãos sociais do clube e a quem pode desempenhar os respectivos cargos. E foi, pois, nesta norma que o legislador entendeu fazer a exigência que alguns, habilidosamente, teimam em não ver. Esta norma, o artigo 23.º, refere que os cargos dos órgãos sociais são desempenhados por sócios efectivos que, à data da eleição, perfaçam pelo menos cinco anos de filiação associativa ininterrupta nessa categoria.

Resulta, pois, de modo cristalino que se torna necessário que o sócio efectivo que pretenda exercer o direito que vimos de aludir tenha de cumprir também um requisito temporal, mais precisamente o de ser sócio efectivo há 5 ou mais anos.

Poderão alguns argumentar que a norma do artigo 12.º entra em contradição com o artigo 23.º. Mas discordo de tal visão. O que sucede é que nem há verdadeiramente uma contradição. O que existe, sim, é uma norma geral, o artigo 12.º, reguladora dos direitos dos sócios, e uma norma específica, o artigo 23.º, que regula de modo especial a matéria relativa ao exercício de cargos nos órgãos sociais, pelo que é a esta que se deve atender no que tange à definição dos requisitos específicos que os sócios efectivos devem preencher. "Lex specialis derogar lex generalis". Quanto muito, aceitaria uma leitura conjugada das duas normas, mas nunca uma sobreposição do artigo 12.º ao artigo 23.º, que resultasse na não aplicação deste.

Não obstante, para ultrapassar este obstáculo, um candidato na situação definida no início deste texto poderia lembrar-se de argumentar que, para tal contagem de tempo, deveria contar o lapso temporal que perfez enquanto sócio auxiliar.

Poderia até basear tal argumentação no artigo 12.º n.º 3 dos Estatutos. Nos termos deste normativo, "ao sócio auxiliar que passe a efectivo são concedidos todos os direitos inerentes a esta categoria, desde que naquela qualidade preencha as condições previstas no número anterior."

A única interpretação possível e que tem cabimento na previsão desta norma é a de que o sócio auxiliar que transitar para efectivo passa a poder exercer os direitos próprios desta categoria, não significando isso que fica isento do cumprimento dos requisitos específicos que o legislador impôs para o exercício de certos direitos, como é o caso de ser eleito para um órgão social.

O sócio auxiliar que o seja durante 10 anos e que transite para a categoria de sócio efectivo terá sempre de cumprir os requisitos dispostos no artigo 23.º dos Estatutos, dentre os quais os referidos 5 anos.

Não faz sentido interpretação distinta que opere uma espécie de transformação dos anos como sócio auxiliar em anos como sócio efectivo, senão veja-se:
- um sócio auxliar durante 5 anos e efectivo há uma semana, por exemplo, estaria, para efeitos do exercício de cargos em órgãos sociais, em igualdade de circunstâncias com um sócio efectivo há mais de 5 anos. Não parece ter sido, de todo, este o espírito que o legislador pretendeu conferir a tal norma.

Portanto, o sócio efectivo que esteja nas circunstâncias descritas no início do presente texto só poderá exercer o direito de integrar cargos em órgãos sociais do clube quando perfaça 5 anos nessa categoria, contados desde a sua passagem a sócio efectivo. Não integra, pois, tal contagem o tempo que tenha decorrido como sócio auxiliar. De outro modo ficaria desprovida de sentido a clara diferenciação que o legislador decidiu criar entre as duas categorias de filiação associativa (efectivo e auxiliar).

De referir apenas, e em jeito de remate, que este não é um texto contra A ou a favor de B.

Quanto ao pretenso estudo jurídico divulgado na segunda-feira na comunicação social, deixo as considerações sobre o mesmo para um próximo texto.

Força BENFICA!

Palhaçada

Foi com alguma curiosidade, não pelas ideias mas pelas novas manobras que se avizinhavam, que me sentei ontem em frente ao televisor para seguir a conferência de imprensa de Bruno Carvalho.

A entrada foi profissionalmente fraquinha. Parece-me óbvio que se impunha alguém a anunciar bem alto, ao som de uma musiquinha irritante: "Senhoras e senhores, meninos e meninas: os palhaços!"
A escolha do segundo palhaço também me pareceu algo desajustada. Escolher um advogado com aspecto de tasqueiro para tentar convencer o maior número de pessoas de algo que não é verdade é, no mínimo, surreal para alguém que apregoa ser um especialista em marketing. Se bem que o senhor Carvalho também apregoa ser benfiquista, portanto não sei em que pé é que ficamos em relação à questão do marketing.
Sobre a conclusão do espectáculo não me posso pronunciar, pois não vi o mesmo até ao fim. Entretanto começou um programa no Discovery Science sobre a importância das anilhas no bom funcionamento dos aspiradores e eu não queria mesmo perder.

P.S. A análise jurídica vou deixar para o meu colega de blog. Eu é mais bolos.

Ibson, o afoito

segunda-feira, 22 de Junho de 2009

"Apesar das investidas, inclusive do Internacional e do próprio FC Porto, é preciso registrar a dignidade do Ibson. No mundo de hoje, onde as pessoas pensam muito mais em dinheiro do que no amor pela causa, ter uma atitude como a dele é realmente algo digno de nota. Ele foi pressionado para não jogar e jogou", disse o vice-presidente do Flamengo , Kléber Leite, sobre a atitude de Ibson.

"Cuidado com as rótulas", digo eu ao Ibson.

The plot thickens

José Manuel Delgado assina hoje, no jornal A Bola, um artigo fortíssimo e sinistro em que dá conta das movimentações de diversos grupos económicos, nos bastidores do movimento "Benfica, Vencer, Vencer", para tomarem de assalto o Sport Lisboa e Benfica e controlarem assim os apetitosos direitos televisivos do clube.
Em virtude desse artigo, José Eduardo Moniz decidiu processar o referido jornal.

Estas eleições do Benfica davam um thriller do caraças! O enredo, até agora, está a ser empolgante. Só falta raptarem alguém, ou algo pior...

Coincidências

sábado, 20 de Junho de 2009

Na época passada, o Benfica empatou 1-1 por duas vezes com o foculporto. Em ambos os jogos os corruptos marcaram os seus golos de penálti.

Hoje, foi a vez dos juniores do Benfica sentirem na pele o peso das arbitragens. Perdão, das coincidências.

Simply the best

Jorge Sousa foi o árbitro do ano em Portugal. Julgo que não haverá dúvidas da justeza deste prémio. Nos quatro jogos do Benfica que dirigiu, Jorge Sousa averbou três derrotas e um empate para as nossas cores. Nada mau!

Providências providenciais

sexta-feira, 19 de Junho de 2009

Confesso que não me lembraria desta. E agora? Irá aparecer outro maluquinho a apresentar uma providência cautelar com vista a impedir a candidatura de Luís Filipe Vieira, alegando que usar bigode o torna inelegível?
De facto, a pobreza de espírito de Bruno Carvalho não parece ter limites...

Tudo o que tem rodeado estas eleições do Sport Lisboa e Benfica assemelha-se a um enredo de uma telenovela mexicana. E até dia 3 de Julho ainda devem estar mais surpresas a caminho.

Como diria o narrador do Son Goku: "Não percam o próximo episódio, porque nós também não."

O pecado de Juju

quinta-feira, 18 de Junho de 2009

Hoje li dezenas e dezenas de piadas sobre o negócio do Xixôxo. Ri-me bastante, mas, apesar de as piadas serem de todos os géneros e feitios, senti que faltava qualquer coisa. Faltava abordar o assunto de um prisma puramente brejeiro e badalhoco. Portanto, cá vai:

No meio do alvoroço provocado pelo súbito volte-face do negócio "Xixôxo", que decerto terá deixado bastante irritados os dirigentes corruptos, há um homem que está ainda mais preocupado: o professor Juju. O decano entrou em pânico quando soube que o seu jovem protegido tinha uma infecção na cavidade bucal e apressou-se de imediato a realizar uma bateria de testes médicos, aguardando ansiosamente o resultado dos mesmos.

Dúvida desfeita

Havia algo que me impedia de ter a certeza absoluta se iria ou não votar em branco no próximo dia 3 de Julho. Hoje, ao saber que Manuel Vilarinho não fará parte da lista de Luís Filipe Vieira, desfiz as dúvidas.

P.S. As outras duas "candidaturas" nunca foram opção para mim.

"Oposições"

Ontem estava curioso para ouvir a reportagem sobre o anúncio da candidatura do senhor Bruno Carvalho. Não só por ter sido realizada a bordo de um avião, mas principalmente porque queria ouvir "ideias", ideias novas, ideias construtivas se possível.

Afirmou veementemente que vai demitir Jorge Jesus mal tiver sido eleito. Isto não é novidade nenhuma no Benfica. Quando Manuel Vilarinho foi eleito, não demorou a despedir Mourinho para ir contratar Toni. A surpresa para mim foi dizer que Carlos Azenha é o seu treinador... Continua, portanto, a insistir nesta tecla.

A única coisa que sei do senhor Carlos Azenha é que foi adjunto do Jesualdo Ferreira e que adora o Benfica... Quase tanto como eu gosto do foculporto.

Quanto à outra candidatura, acho-a igualmente estranha. Não se entende que se apresentem sem um candidato definido... Sobre esta, nada mais consigo dizer.

Não entendo, pois, o móbil de certas candidaturas que uma vez por outra aparecem nas eleições do Benfica. E entristece-me, não obstante reconhecer o bom trabalho de Luis Filipe Vieira, que não apareça uma candidatura séria, que fosse capaz de meter o presidente demissionário em sentido. A falta de oposição não é nem nunca será positiva.

Força BENFICA!

Jesus no maravilhoso mundo dos castos e das virgens ofendidas

quarta-feira, 17 de Junho de 2009

Como em quase tudo o que diz respeito ao universo do Benfica, a contratação de Jorge Jesus suscita divergências de opinião. Uns a favor e outros contra. Até aqui tudo bem. Aliás, muito mal estaria este clube se os benfiquistas não fossem mais do que um lindo rebanho que se movimentava ao sabor do áspero bordão de um qualquer pastor. Isso são práticas de outras agremiações que, felizmente, não queremos imitar.
Resumindo, as divergências são quase sempre saudáveis e profícuas para qualquer debate que almeje ter um mínimo de seriedade.

E é assim que, tendo como ponto de partida esse mínimo de seriedade, me interrogo como é que alguém pode dizer, seriamente, que é contra a contratação de Jorge Jesus porque este, na época passada, humilhou o Benfica após o jogo no Estádio da Luz contra o Sporting de Braga.

Vamos então relembrar essa famosas declarações, das quais destaco o seguinte:

"O Benfica, na minha opinião, fez um bom jogo... Tentou ganhar e ser melhor do que o Braga. Não o foi, mas não tem culpa nenhuma de ter uma equipa de arbitragem que o beneficiou nitidamente em determinados lances e que fez com que o Braga não saísse daqui pelo menos com o empate."

Estas são as únicas frases em que ele se refere directamente ao Benfica, o resto do discurso é sobre a arbitragem em geral no futebol português. Portanto, alguém me explique, por favor, em que aspecto é que estas declarações são ofensivas para o Sport Lisboa e Benfica.

E para aqueles que gostam de utilizar o argumento de que Jesus, na semana seguinte, no jogo entre o Braga e o foculporto se acanhou nas críticas à arbitragem, eu continuo a perguntar em que medida é que isso humilha o Benfica. As únicas pessoas que podem, e devem, sentir-se humilhadas são os adeptos do Braga, que não viram o seu clube ser defendido como deveria. Mas cada um trata da sua casa...
Esse acobardamento de Jesus serviu apenas para colocar ainda mais a nu toda a influência que o padrinho tem junto da direcção do Braga. Jesus mostrou que é um homem inteligente e que teve que defender os seus próprios interesses (na altura falava-se bastante da sua ida para os corruptos) e os do seu presidente, que não dá um passo sem auscultar a opinião do padrinho.

Só quem vive num limbo idílico e completamente desfasado da lúgubre realidade do futebol português é que podia esperar que Jesus fosse duríssimo nas críticas à arbitragem após esse jogo contra o foculporto. Tinha mantido a coerência em relação à semana anterior, é um facto, mas o que aconteceria à sua carreira (assim de repente, vêm-me à memória dois nomes: Manuel José e João Carlos Pereira)? O homem pode ser Jesus mas não é nenhum anjinho, caramba!

Espero que quem se serve deste tipo de argumentação bacoca para afirmar com toda a pompa e circunstância que Jesus humilhou o Benfica, nunca tenho tido que engolir nenhum sapo, tanto a nível pessoal como profissional, e que nunca tenho tido que fazer ou dizer coisas com as quais não concorda para preservar os seus próprios interesses ou os de quem lhe paga. Caso isto seja verdade, dou-lhes desde já os mais sinceros parabéns. A sério.

Vira o disco e toca o mesmo

Pela enésima vez Luís Filipe Vieira foi confrontado com o facto de ser sócio do foculporto. E pela enésima vez retorquiu que foi Pinto de Sousa que o fez sócio e que não sabe quem lhe paga as quotas.
Pela enésima vez lhe perguntaram porque não envia uma carta com um pedido de anulação. E pela enésima vez explicou o que sucedeu da última vez que enviou uma carta para esse clube; foi publicada num jornal.
Mais, desta vez disse, em bom português e para toda a gente ouvir: "Dizerem que sou portista é uma ofensa para mim e para a minha família".
E agora? Será preciso um desenho?

Pela enésima vez Luís Filipe Vieira foi confrontado com o facto de ter sido sócio do zbordin. E pela enésima vez retorquiu que teve necessidade de o fazer para poder usufruir das piscinas do zbordin por questões de saúde.

É curioso que um homem de quem os opositores/detractores apregoam ter inúmeros podres e telhados de vidro continue a ser atacado apenas com este género de frivolidades. Para toda essa gente, Luís Filipe Vieira há-de ter 80 anos e estas questões continuarão a ser actuais, importantes e pertinentes.


P.S. Gostei de o ouvir admitir que o afastamento de Fernando Santos foi precipitado e errado.

No meio do trio

terça-feira, 16 de Junho de 2009

Luís Filipe Vieira vai ser, simultaneamente, anfitrião e convidado do programa Trio d'Ataque em directo do Estádio da Luz.

Julgo que todos sabemos que os maiores ataques do trio virão do benfiquista António Pedro Vasconcelos, para quem todos os males do Benfica e do planeta Terra começam e acabam na pessoa do actual presidente, a menos que não mantenha a mesma postura quando se encontra cara a cara com as pessoas de quem tão mal fala habitualmente.

Quanto a Rui Moreira, que é o único comentador portista que consigo ouvir durante mais de cinco minutos, julgo que poderá levantar algumas questões interessantes do ponto de vista económico-financeiro.

Por último, já sei que o outro mentecapto que representa o zbordin vai "subscrever" tudo o que dizem os outros. No fundo, não se pode pedir muito mais da personagem, que tem tanta competência para discutir futebol como o João Baião para apresentar o Telejornal.

O verdadeiro negócio do Xixôxo

"A foculporto SAD informa que chegou a acordo com o Vitória de Setúbal e adquiriu uma parte do passe (não nos perguntem quanto, porque não dizemos) do atleta Xixôxo e ainda 6 pontos referentes a duas vitórias nos jogos a contar para o campeonato entre os dois clubes. Como compensação, o Vitória receberá 300 mil euros e arbitragens favoráveis nos últimos jogos do campeonato, de modo a assegurar a permanência na primeira divisão."

Jesus

segunda-feira, 15 de Junho de 2009

E pronto, confirma-se a mais que esperada contratação de Jorge Jesus. Para este entrar e Quique sair, o Benfica despendeu cerca de 2,5 milhões de euros.

Espero que esta mudança seja benéfica para o clube e que para o ano não estejamos todos a crucificar Jesus (julgo que os cristãos não iriam aguentar isto uma segunda vez) e a pensar quem será o senhor que se segue.

Mais uma

Pensei que não haveria notícia mais ridícula do que o suposto interesse do Benfica em Tixier, mas pelos vistos enganei-me.

Hoje fiquei a saber que o PAOK quer o Aimar por empréstimo.

Resumo das férias

domingo, 14 de Junho de 2009

Depois de uma bela semana de férias, durante a qual não escrevi um único post mas mantive uma frenética e benfiquista troca de mensagens com o meu colega de blog e mais alguns amigos, eis os factos que gostava de salientar:

- o Quique sempre foi embora; muitos adeptos não gostaram e a Orsi também não

- a marioneta Salvador está a tentar dificultar a contratação do Jesus para agradar ao padrinho; este, por sua vez, manda para lá o Domingos e mais um contentor de jogadores

- O Vieira provocou eleições antecipadas para minar a concorrência; cai por terra o argumento dos que defendem que não se deve votar em Veiga porque ele abusa dos golpes baixos

- a Besta Alves marcou nos descontos e deu a vitória àquele grupo de jogadores; serviu apenas para prolongar a agonia de quem ainda acredita em "não sei bem o quê" e o contrato do Queiroz

- Benfica campeão de basquetebol; com aquela equipa fabulosa havia dúvidas?

- os valores da transferência de Cristiano Ronaldo são absurdos; os do Xixôxo, além de absurdos são inacreditáveis, não vale metade

- o Derlei gosta muito do zbordin; mas gosta ainda mais de dinheiro

- o Andújar deve ir para o Catania; mesmo que o campeonato português seja muito inferior ao italiano, é muito triste ver que um jogador prefere jogar num clube que luta para não descer de divisão do que no Benfica

- Tixier; Tixier?

- não há propostas pelo Di Maria; mas só os corruptos é que conseguem enfiar barretes a outros clubes?

- Adu e Zoro de saída; nunca deviam ter entrado

- já sabia que Vilarinho detestava as modalidades mas pelos vistos agora também detesta benfiquistas; mesmo tendo como atenuante a sua forte tendência para o álcool, esse homenzinho devia ter vergonha de se aproximar do estádio da Luz

Interrogações

Terá a atitude de Vieira, ao antecipar as eleições e assim impedindo que Veiga se candidatasse, dignificado o Benfica? Não...

Terá isso consequências ao nível da pacificação interna? Não... Se se queria vencer a oposição, as eleições eram o palco ideal.

E ajudou em alguma coisa a equipa de Futebol? Por agora, não... E vamos ver se não vai prejudicar. Numa altura em que os outros clubes têm a situação directiva estável e podem concentrar-se no que interessa para a preparação da próxima época, o Benfica vai andar um mês a pensar em eleições, com toda a instabilidade que isso acarreta.

A escolha do treinador pode passar ao lado das eleições? Poderá passar sim, isto se Vieira for o eleito. Imagine-se que aparece um candidato mais forte e que até triunfa nas eleições. O que fazer se não apoiar o treinador escolhido pela direcção cessante há um mês atrás?

Queixinhas

sábado, 13 de Junho de 2009

Só por ingenuidade alguém poderia pensar que o presidente do Braga ia comportar-se com dignidade no processo de transferência de Jorge Jesus.

Alguém com ligações fortes ao foculporto e ao seu presidente jamais poderia lidar com a situação com urbanidade. Que o senhor não abdique da cláusula de rescisão, é lá com ele. Acho que qualquer um faria o mesmo no seu lugar... Mas ponderar apresentar queixa na Federação por assédio ao treinador é de soltar gargalhadas.

Acredito que a ideia não foi sua. Talvez seja encomenda do seu amigo portista. Mas é tão mau o que tem a ideia como aquele que a põe em prática.

Como tenho vindo a dizer desde há uns tempos para cá, o futebol em Portugal é vergonhoso e anedótico.

Campeões

quarta-feira, 10 de Junho de 2009

Parabéns aos nossos Iniciados de Futebol, que se sagraram hoje campeões nacionais. Para além deste escalão, estamos também bem posicionados em Juvenis e Juniores. Espero que sigam o mesmo caminho.

A fazer fé nestes resultados, podemos ansiar por novos talentos a singrar na equipa de Seniores. Não desistam miúdos!

Demissão

segunda-feira, 8 de Junho de 2009

Havia já alguns rumores de que a actual direcção do Benfica iria demitir-se em bloco, por forma a antecipar as eleições. Segundo noticia o DN, e tal como consta do próprio site do SLB, tais rumores acabaram por confirmar-se.

Não percebo o porquê...E não sei se será a melhor opção. Quem contratará o treinador? A actual direcção? E o que acontecerá se a direcção eleita for diferente da actual e não apreciar o treinador escolhido? Vai esperar-se pela tomada de posse da próxima direcção para se escolher o treinador, ficando a equipa sem rumo definido até meados de Julho?

Confesso que não entendo a jogada e que o Benfica não está a ser colocado acima de tudo.

Campeões

sábado, 6 de Junho de 2009

A equipa de basket do nosso glorioso festejou o seu 21.º título de campeão nacional, depois de mais de uma década de jejum.

Os jogadores não deram hipóteses aos anteriores campeões nacionais, sendo que as duas últimas vitórias foram obtidas no reduto do adversário.

É tempo de celebrar e de preparar a nova época, para que para o ano sejamos de novo campeões, criando azia a certas "pessoas".

Deixo aqui também uma palavra à Telma Monteiro que ganhou a medalha de ouro na Taça do Mundo de Lisboa, na categoria -57kg.

Força BENFICA!

Prémio

sexta-feira, 5 de Junho de 2009

O treinador do foculporto confirmou hoje (se é que isso vale alguma coisa para aqueles lados) que aquele jogador do E. Amadora que ficou conhecido por se ter magoado estrategicamente antes de certos jogos vai integrar o plantel azul.

Valeu a pena ou não? Mais uma jogada típica de quem vicia o jogo.

Idiota

Não sei se foi realmente o novo reforço do foculporco, o tal que dizem que nos foi roubado, que afirmou o que vem hoje num certo pasquim, mas se foi tenho umas palavrinhas para ele.

Alguém tem que dizer a esse senhor que ele não escolheu entre dois clubes para estar a dizer que foi para o foculnojento porque é melhor. Ele escolheu, sim, a única hipótese em cima da mesa, visto que o Benfica já se tinha virado para outras opções.

Parece que este já foi amestrado e ainda não chegou.

Tempo

De cada vez que vejo Bergessio marcar pela selecção da Argentina fico ainda mais convicto de que foi uma grande asneira da parte da direcção do Benfica não lhe ter dado tempo para se adaptar.

Mas os adeptos, principalmente os da velha guarda, eternos saudosistas dos tempos de Eusébio e que não se conseguem convencer que os tempos são outros, também têm uma grande fatia de culpa, já que, de uma forma completamente néscia e absurda, persistem em assobiar novas contratações depois de duas ou três exibições menos conseguidas.
Nem de propósito, ouvi ontem o Toni dizer uma grande verdade: "No Benfica não há tempo para pedir tempo".

Ontem o rapaz marcou mais dois...

O verdadeiro roubo da noite de quarta

Ontem, ao acordar e passar os olhos pelas capas dos desportivos, não pude deixar de experienciar um certo desconforto. Sentia realmente que tinha sido roubado pelo foculporto mas não estava minimamente relacionado com a novela "Pereira".

Na noite de quarta, fomos roubados à grande, sim senhor, mas no caixote dos corruptos, onde tiraram das mãos dos nossos atletas do andebol o título de campeões. Era esse roubo, desvio, ou que lhe queiram chamar, que os jornais deveriam ter mencionado.

Guarda-redes a caminho da Luz

quinta-feira, 4 de Junho de 2009

Além de estar muito perto de assegurar os serviços de Makabal Kouhamadi, como revela e bem o JNF do Eterno Benfica, o Benfica vai ainda avançar para a contratação de Daouda Diakite, guarda-redes burquinense de 26 anos e titular da selecção do seu país, actualmente a jogar no Al-Mokawloon al-Arab, um clube egípcio.
Diakite foi recomendado a Rui Costa por Paulo Duarte, antigo jogador da União de Leiria, que está de saída do comando técnico da selecção burquinense.

Segundo consta, Diakite é filho de um engenheiro português que trabalhou alguns anos no Burkina Faso ao serviço da Mota-Engil e de uma empregada doméstica burquinense que lhe ia limpar a casa às terças e quintas, pelo que poderá vir a adquirir a nacionalidade portuguesa em breve.
Diz-se inclusive que Carlos Queiroz está atento a essa situação e que poderá convocar o rapaz num futuro próximo, mas apenas e só se ele for contratado pelo foculporto.

Há cerca de duas semanas, o Benfica apresentou uma proposta inicial de 5 milhões de euros mais o seu assessor jurídico Paulo Gonçalves, mas esta foi liminarmente recusada pelos egípcios. A nova proposta inclui apenas os 5 milhões de euros e deverá ser suficiente para libertar Diakite, que irá auferir 20 mil euros/mês e ainda vai ter direito a um apartamento na Musgueira e um Compal Pêra e pão com manteiga à hora do lanche.

Comidos

Análise nº1 (ler o texto com as mãos na cabeça e a espumar da boca, fazer uma pausa a meio para ir à janela gritar e regressar 2 minutos mais tarde):

Porra! Não acredito que nos roubaram outro jogador mesmo nas nossas barbas! O negócio estava quase feito, caramba! Os gajos do foculporto nisto não perdoam, trabalham muito melhor do que nós e por isso é que ganham sempre! Já se viu que o Rui Costa não serve, não tem pedalada para isto! Rua com ele! O Benfica não tem dinheiro para mandar cantar um cego! Rua também com o Domingos Soares de Oliveira! E rua com o Vieira que manda neles os dois! Rua com todos!


Análise nº2 (ler o texto com toda a calma do mundo, enquanto se coça suavemente a região do escroto para enfatizar ainda mais a absoluta descontracção do momento):

O Benfica deixou morrer o negócio do Pereira por vontade própria, virando-se para outras opções mais acessíveis do ponto de vista financeiro. O foculporto paga 4,5 milhões de euros por 80% do passe de um jogador cujo clube exigiu apenas 4 milhões ao Benfica. O foculporto continua a perseguir de forma demente todo e qualquer jogador que esteja na órbita do Benfica, não olhando ao preço nem à necessidade real de reforçar a posição em que esse determinado jogador actua.


Afinal de contas, quem é que comeu quem?

Eu fico-me pela "Análise nº2" (sim, estou a coçar o escroto).

Medo

O facto de a finalíssima do andebol ser jogado no dragay caixa de estrume não me deixou acreditar que seria possível ganharmos o campeonato. Se calhar até foi melhor assim, pois sabemos que os nossos jogadores não foram comidos vivos.

E também não me permite ter estranheza quanto à roubalheira a que se assistiu, aliás à semelhança do que já tinha acontecido nos outros dois jogos naquele antro. Neste caso, os árbitros nem precisam de fruta para beneficiar o porco e prejudicar o Benfica; basta-lhes ter amor ao corpinho e temer pela sua integridade física. Com aquela malta não se brinca...

Isto é desporto?

Assim também eu

quarta-feira, 3 de Junho de 2009

Intervalo no foculporto-Benfica em andebol. Não tinha visto os outros dois jogos no caixote do dragay, mas agora percebo como é que eles ganham: os senhores do apito só assinalam pés na bola e excesso de virilidade a uma das equipas e raramente permitem que o Benfica esteja em campo em igualdade numérica.

Uma vergonha.

Formação

Benfica, Real Madrid, Barcelona, Milan, Juventus, Manchester United e Liverpool. Estes são os maiores emblemas da Europa, repletos de êxitos nacionais e internacionais. São inúmeras as semelhanças entre eles, mas há um aspecto preocupante em que o Benfica tem vindo a ficar para trás.
Vejamos:


Real Madrid - Raúl, 17 épocas

Barcelona - Puyol, 14 épocas

Milan - Maldini, 25 épocas

Juventus - Del Piero, 17 épocas

Manchester United - Giggs, 22 épocas

Liverpool - Gerrard, 22 épocas

Benfica - ?

Este ponto de interrogação é o resultado de anos e anos a descurar a formação de jovens atletas.
Todos os colossos europeus, por mais dinheiro que tenham para contratar estrelas, preocupam-se em manter no clube pelo menos dois ou três jogadores provenientes da formação ou que chegaram ao clube muito novos. Apesar das espantosas 25 temporadas de Maldini em San Siro, Gerrard é, na minha opinião, o melhor exemplo: está no Liverpool desde os 7 anos de idade!

Só recentemente o Benfica voltou a investir e a dar importância a esse aspecto absolutamente basilar da vida de qualquer clube. E os resultados estão à vista, o Benfica tem equipas a lutar pelo título em quase todos os escalões da formação e jovens preparados para dar o salto para os séniores.

Na actualidade, o rosto visível da aposta na formação é o Miguel Vítor. O Benfica tem que preservá-lo a todo o custo e dar-lhe condições para evoluir ainda mais. Há muitos anos que não tínhamos um jogador vindo da formação com tanta qualidade e raça. Vê-se que o Miguel sabe muito bem o que é o Benfica, resultado de vários anos a capitanear os diversos escalões da formação por onde passou.

Tenho esperança que daqui a uns anos o Miguel Vítor possa ocupar o lugar do ponto de interrogação daquela lista. Será apenas uma questão de tempo até ser o capitão dos séniores e o líder do balneário.

Raça

"Falta técnica a Miguel Minhava por exagerar nos festejos após desarmar um lançamento na passada de Nuno Manarte."

São este tipo de coisas que tornam as vitórias do Benfica ainda mais especiais.

Continua assim Miguel, é impressionante a maneira como vives o jogo!

AC Milan na Luz

terça-feira, 2 de Junho de 2009

Excelente escolha para a segunda edição da Eusébio Cup.

Mas não vai matar a saudade da Champions...

Mais carvalhices

Quando, há pouco mais de um mês, Bruno Carvalho pediu eleições antecipadas e ninguém lhe ligou nenhuma, foi um aqui d'el Rei que parecia que lhe tinham morto o canário.

Hoje, que o pasquim do costume produz mais um guião digno de qualquer novela da Tvi, cheira-lhe a "golpe palaciano" e "o clube é um completo caos".

Palavras para quê, é um artista português.

Humildade

segunda-feira, 1 de Junho de 2009

"sempre tive noção de que o que tinha em casa e o que comia vinha do bolso dos adeptos, pelo que sempre os respeitei, desempenhando a minha profissão com dignidade".
in Mística nº7, pág. 80

É pena que, nos dias que correm, haja poucos jogadores a pensar como o grande Valdo. Talvez tivéssemos um Benfica diferente. Para melhor.

Money Talks

O facto de o Benfica ter apresentado um resultado líquido negativo de cerca de 18 milhões de euros referentes aos primeiros 9 meses da época desportiva de 2008/09 anda a deixar muita gente em alvoroço.

Mas o que é certo é que o Benfica já está a reforçar o plantel para a próxima época e ainda não vendeu nenhuma truta, o que deverá acontecer nas próximas semanas.
Portanto, os vários profetas do Apocalipse que se acalmem um pouco. Infelizmente para eles ainda não é desta que o Benfica fecha portas.

E, ao contrário de outras agremiações, o Benfica nunca esteve em situação de falência técnica...

P.S. Aguardo ansiosamente pela reacção do Camilo Lourenço a esta notícia.

Related Posts with Thumbnails
 
Céu Encarnado - by Templates para novo blogger
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.